Jump to content
Catita

Novidades de Programação RTP1

Recommended Posts

Esses excelentes programas tinham pouca audiência mas geralmente até tinham mais share (e às vezes até maior rating) do que aquele empecilho do Sinais de Vida. Acho que alguns deles às 21h30 fariam melhor figura do que o Anticrise e Sinais de Vida faziam. As coisas mudaram bastante, como sabemos, e praticamente já só o 5PMN (e o Prós e Contras) não chegam aos 10% de share.

 

E eu devolvo a pergunta: vale a pena a RTP investir dinheiro público em formatos onde já há excesso de oferta nas privadas? Vale a pena, por exemplo, a RTP investir dinheiro numa novela low-cost que é uma pasmaceira num horário como as 14h quando pode ter novelas brasileiras a um preço inferior e canalizar esse investimento para outros tipos de ficção?

 

Claro que não vale a pena! Mas não deixa de ser um eterno dilema este do "serviço público de qualidade versus audiências".

Por mim, a estratégia da grelha do início de 2013 mantinha-se. E até com algumas melhorias. Mas também percebo a visão da RTP e não quero ter um serviço público de televisão com 15% de quota.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um dos grandes dilemas das mudanças de 2013 foi a herança deixada pelo desafio final...se este programa já tinha mas resultados, então os programas de infoteinement piores resultados tiveram muito graças a sinais que vida que foi um flop de todo o tamanho que foi bem substituído por Beirais...hoje em dia é um bocado difícil acreditar que Beirais já andou pelos 200 mil espectadores diariamente.

Edited by FilipeF
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pior que isso foi a fraca promoção às mudanças de Janeiro de 2013. E acabar com a UCL na RTP1 também foi de génio (NOT!!!).

 

Fiquem Bem.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pior que isso foi a fraca promoção às mudanças de Janeiro de 2013. E acabar com a UCL na RTP1 também foi de génio (NOT!!!).

 

Fiquem Bem.

 

???

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pior que isso foi a fraca promoção às mudanças de Janeiro de 2013. E acabar com a UCL na RTP1 também foi de génio (NOT!!!).

 

Fiquem Bem.

Foi tudo isso.

Realmente no horário que agora é pertença do 5 PMN podia apostar nesses programas alternativos de 2013. Série às 21h e concurso às 22h.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estavam à espera de quê? Foi um conjunto de factores que pôs a RTP na lama no hn dos inícios de Janeiro.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A grelha de verão vai ser igual a grelha de setembro no horário nobre .. boa rtp até vai enjoar 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

A grelha de verão vai ser igual a grelha de setembro no horário nobre .. boa rtp até vai enjoar 

O problema é esse: ao que parece isto não vai ser uma situação temporária de Verão (algo que a RTP até costumava fazer com repetições do Conta-me ou do Pai à Força a ocupar o HN, por exemplo) mas sim até ao fim do ano, pelo menos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vocês preferiam um verão com reposições? É que eu não...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vocês preferiam um verão com reposições? É que eu não...

 

Reposições não, mas algo só para o verão... agora dia 14 começa a grelha que vai durar até dezembro são mais de 6 meses 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Reposições não, mas algo só para o verão... agora dia 14 começa a grelha que vai durar até dezembro são mais de 6 meses

Acabava por ser mais dispendioso do que assim.

De qualquer das formas vais ter especiais do Preço Certo e do Sabe ou Não Sabe agora durante o verão.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Para acabarem de vez com esta patetice, aumentem a porcaria da taxa de audiovisual!!! Porra, até mete vergonha ver a Dinamarca, com cinco milhões de habitantes, a ter um serviço público que lança cá para fora senhoras séries como The Killing e Borgen, e nós com onze milhões levamos com Beirais todos os santos dias (e agora vai ser pior).

 

Fiquem Bem.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Para acabarem de vez com esta patetice, aumentem a porcaria da taxa de audiovisual!!! Porra, até mete vergonha ver a Dinamarca, com cinco milhões de habitantes, a ter um serviço público que lança cá para fora senhoras séries como The Killing e Borgen, e nós com onze milhões levamos com Beirais todos os santos dias (e agora vai ser pior).

Fiquem Bem.

A taxa já foi aumentada recentemente e não viste o escândalo que as privadas fizeram por cêntimos?

Eu gosto do género de séries ao estilo de Beirais mas já devia de ser substituída.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A taxa já foi aumentada recentemente e não viste o escândalo que as privadas fizeram por cêntimos?

Eu gosto do género de séries ao estilo de Beirais mas já devia de ser substituída.

 

As privadas que calem a boca mas é, porque não têm nada a ver com a taxa e a RTP só tem 6 minutos de publicidade (algo que tanto pedincharam em 2002 e que conseguiram).

 

Aumentem a taxa e façam programação com base semanal, em que eu vejo um certo conjunto de programas em dias diferentes e onde não apanho com a mesma coisa todos os santos dias.

 

Não me importava de pagar €5 de taxa se isso significasse ter algo próximo da qualidade de um "Borgen". Acho que estão a matar a RTP1 ao continuarem assim.

 

Fiquem Bem.

Edited by JDaman
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

As privadas que calem a boca mas é, porque não têm nada a ver com a taxa e a RTP só tem 6 minutos de publicidade (algo que tanto pedincharam em 2002 e que conseguiram).

 

Aumentem a taxa e façam programação com base semanal, em que eu vejo um certo conjunto de programas em dias diferentes e onde não apanho com a mesma coisa todos os santos dias.

 

Não me importava de pagar €5 de taxa se isso significasse ter algo próximo da qualidade de um "Borgen". Acho que estão a matar a RTP1 ao continuarem assim.

 

Fiquem Bem.

 

Todos sabemos que a RTP tem como ídolo a BBC, e ambos os canais são similares, a BBC faz isso que dizes, programas diferentes todos os dias, mas todos sabemos que eles pagam um balúrdio mas têm direito ao melhor serviço público que eu já vi! A RTP não tem financiamento para isso, por isso faz isto das séries com assuntos diferentes todos os dias, é isso que eu acho. Mas que precisamos de algo BBC-ish precisamos, a RTP para mim é o único canal em ascenção, os outros dois(três) estão estagnados... Eu como jovem tenho os meus sonhos em ter um canal de jeito em Portugal, a ver vamos se consigo :P

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu também gostava que a RTP1 tivesse um HN diferente todos os dias. :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu também gostava que a RTP1 tivesse um HN diferente todos os dias. :)

Nem no tempo do Rangel, em que foi gastar, gastar, gastar...  :haha:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nem no tempo do Rangel, em que foi gastar, gastar, gastar...  :haha:

Por acaso do que me lembro o HN tinha sempre, tirando um ou outro programa, coisas diferentes todos os dias há noite. E sinceramente a época do Rangel foi das melhores fases da RTP desde o aparecimento das privadas, Ele conseguiu endireitar a RTP1 e encontrou um rumo para o canal, que estava pelas ruas da amargura...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim, mas gostei mais sinceramente da era seguinte, do Luís Andrade/Nuno Santos. Com menos dinheiro, mantiveram a variedade e o excelente grafismo - até à mudança da sede, em Março de 2004 - e as audiências foram sempre a subir.

O Rangel exagerou em algumas coisas, houve uma altura em que passaram filmes da playboy e tudo... mas que a RTP precisava de agitar as águas para sair do marasmo, precisava. E Rangel fez isso. A mudança de grafismo da RTP foi divinal na altura...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

As privadas que calem a boca mas é, porque não têm nada a ver com a taxa e a RTP só tem 6 minutos de publicidade (algo que tanto pedincharam em 2002 e que conseguiram).

 

Aumentem a taxa e façam programação com base semanal, em que eu vejo um certo conjunto de programas em dias diferentes e onde não apanho com a mesma coisa todos os santos dias.

 

Não me importava de pagar €5 de taxa se isso significasse ter algo próximo da qualidade de um "Borgen". Acho que estão a matar a RTP1 ao continuarem assim.

 

Fiquem Bem.

 

Pois o problema é esse dá a impressão que a rtp arranjou forma de compensar não ter orçamento do estado com a taxa mas a grelha está cada dia mais pobre. Sem informação, sem documentários, sem programas educativos e com uma ficção básica e com aspecto de novela... assim não dá.

 

o investimento feito nestas séries que ao fim de 3 ou 4 meses é sempre a mesma coisa podia ser investido em produções mais elaboradas que dessem projecção ao canal como as séries históricas, cidade despida e outras que foram feitas na direcção antereor que até foram vendidas para o exterior... estas porcarias ninguém as vai comprar por terem durações abusivas e portanto ficam muito caras.

 

Eu preferia uma base de séries com temporadas limitadas e não andar 2 anos a ver a mesma porcaria no horário nobre.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim, mas gostei mais sinceramente da era seguinte, do Luís Andrade/Nuno Santos. Com menos dinheiro, mantiveram a variedade e o excelente grafismo - até à mudança da sede, em Março de 2004 - e as audiências foram sempre a subir.

O Rangel exagerou em algumas coisas, houve uma altura em que passaram filmes da playboy e tudo... mas que a RTP precisava de agitar as águas para sair do marasmo, precisava. E Rangel fez isso. A mudança de grafismo da RTP foi divinal na altura...

E no legado do Rangel incluem-se dois programas que foram fundamentais para o trajecto da última década da RTP: o Bom Dia Portugal e o Preço Certo.  :)

 

 

Pois o problema é esse dá a impressão que a rtp arranjou forma de compensar não ter orçamento do estado com a taxa mas a grelha está cada dia mais pobre. Sem informação, sem documentários, sem programas educativos e com uma ficção básica e com aspecto de novela... assim não dá.

 

o investimento feito nestas séries que ao fim de 3 ou 4 meses é sempre a mesma coisa podia ser investido em produções mais elaboradas que dessem projecção ao canal como as séries históricas, cidade despida e outras que foram feitas na direcção antereor que até foram vendidas para o exterior... estas porcarias ninguém as vai comprar por terem durações abusivas e portanto ficam muito caras.

 

Eu preferia uma base de séries com temporadas limitadas e não andar 2 anos a ver a mesma porcaria no horário nobre.

Por exemplo, o Fragoso só fazia trapalhadas na gestão da grelha, era uma confusão em que tudo mudava de horário e era interrompido a meio (o caso de Liberdade 21 é paradigmático), gastava-se dinheiro em produções para ficarem anos na gaveta... e no entanto já estou com saudades da RTP1 dessa época. 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Realmente no horário que agora é pertença do 5 PMN podia apostar nesses programas alternativos de 2013. Série às 21h e concurso às 22h.

Era uma boa hipótese.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...