Jump to content

Notícias SIC


Recommended Posts

  • Replies 10.2k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Fogo, se isto não merece uma vénia, não sei o que merece. É objetivo e correto, não esconde a importância da Cristina como uns e outros, é diplomático, mostra segurança e dá esperança a quem fica.  O Daniel Oliveira é um líder nato. A SIC sofre um abalo, mas se acham que se vai desmoronar como a TVI se desmoronou, é porque ainda não perceberam o valor do Daniel Oliveira enquanto decisor. Não quero parecer fanático, mas porra, como alguém que vibra com a televisão, é impossível não

Audiências – Totais diários de quinta-feira, 14 de março de 2019: [LIVE] RTP1 – 11,2% RTP2 – 1,1% SIC – 27,8% TVI – 15,9% Total CABO – 29,5% Outros – 12,7%

"RICARDO ARAÚJO PEREIRA DE QUARENTENA

A SIC decidiu cancelar a emissão deste domingo de "Isto é gozar com quem trabalha", apresentado por Ricardo Araújo Pereira, cuja gravação estava marcada para o Teatro Villaret, em Lisboa. O humorista está em isolamento profilático e não poderá conduzir o programa no formato habitual.

A informação foi confirmada ao JN por fonte oficial da SIC. Ao que o JN apurou, a estação está a agora organizar a grelha de programação para o mesmo horário (depois das 21.30 horas), não se sabendo para já o que vai entrar no alinhamento amanhã para substituir o formato, que é um dos programas mais vistos da TV portuguesa.

Não está, porém, colocada de parte a hipótese de Ricardo Araújo Pereira (RAP) aparecer em antena."

JORNAL DE NOTÍCIAS

Afinal ainda pode haver programa, mas por videochamada!

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
há 6 minutos, Miguel 4 disse:

"RICARDO ARAÚJO PEREIRA DE QUARENTENA

A SIC decidiu cancelar a emissão deste domingo de "Isto é gozar com quem trabalha", apresentado por Ricardo Araújo Pereira, cuja gravação estava marcada para o Teatro Villaret, em Lisboa. O humorista está em isolamento profilático e não poderá conduzir o programa no formato habitual.

A informação foi confirmada ao JN por fonte oficial da SIC. Ao que o JN apurou, a estação está a agora organizar a grelha de programação para o mesmo horário (depois das 21.30 horas), não se sabendo para já o que vai entrar no alinhamento amanhã para substituir o formato, que é um dos programas mais vistos da TV portuguesa.

Não está, porém, colocada de parte a hipótese de Ricardo Araújo Pereira (RAP) aparecer em antena."

JORNAL DE NOTÍCIAS

Afinal ainda pode haver programa, mas por videochamada!

Não deve haver. Mudaram a grelha no site da SIC e o Noivo É Que Sabe já aparece às 22h.

Vão prolongar o Jornal da Noite como seria de esperar.

Edited by PedroTexas
  • Like 2
Link to post
Share on other sites
há 5 minutos, PedroTexas disse:

Não deve haver. Mudaram a grelha no site da SIC e o Noivo É Que Sabe já aparece às 22h.

Vão prolongar o Jornal da Noite como seria de esperar.

Então depois do Marques Mendes vem ele fazer o discurso monárquico, se tiver em condições, claro. :clap:

Edited by dav01
  • LOL 2
Link to post
Share on other sites
há 12 minutos, dav01 disse:

Para os curiosos:

  Ocultar conteúdo

 

Contrato de Cristina Ferreira com a SIC valia quase 7 milhões

Os valores reais do contrato milionário constam no processo judicial interposto pela SIC

Na sequência do processo que Cristina Ferreira enfrenta por ter rescindido unilateralmente o contrato com a SIC, antes da data do seu término, ficaram agora a conhecer-se os valores reais do contrato milionário. Segundo os números que constam no processo, a apresentadora auferia cerca de 5 mil euros por dia, num contrato que valia perto de 7 milhões de euros.

Os números que constam no processo judicial e que sustentam a indemnização de mais de 20 milhões de euros pedida pela estação de Paço de Arcos foram divulgados pela TV Mais. O valor total do contrato resulta de duas componentes: ganhos fixos e ganhos variáveis.

Ao nível dos valores fixos, a apresentadora auferia mensalmente 80 mil euros de ordenado base. A este valor, acresciam 7 232 mil euros pelas funções de consultora executiva da estação, 1 339 de subsídio de isenção de horário e 6,23 euros diários, correspondentes ao subsídio de alimentação.

No que respeita aos ganhos variáveis, Cristina Ferreira lucrou um total de 652 mil e 500 euros com os espaços comerciais inseridos dentro do programa — EDP, Viva Melhor, Medicare —, o correspondente a uma média mensal de 36 mil 250 euros.

Pelo concurso Prémio de Sonho, que conheceu 50 emissões fora do horário nobre, a SIC ofereceu 60 mil euros (+ IVA), o que dá uma média mensal de 3 mil 333 euros. Já as chamadas de valor acrescentado renderam à apresentadora, só nos meses de abril, maio e junho de 2020, 51 mil e 700 euros.

Fazendo um balanço total, a apresentadora terá ganho, no ano e meio em que deu a cara pela SIC, 2 milhões 840 mil euros. Tendo em conta os ganhos fixos e as médias dos ganhos variáveis, o contrato teria rendido, de 17 de julho a 30 de novembro de 2022, 3 milhões 922 mil e 350 euros. No total do contrato, Cristina Ferreira receberia 6 milhões e 800 mil euros.

Cristina Ferreira responsável por perdas de 24 milhões, aponta a SIC

O fim abrupto da ligação de Cristina Ferreira com a SIC no dia 17 de julho provocou prejuízos, a que a estação recorreu para calcular o valor da indemnização pedida. Em chamadas de valor acrescentado, o canal de Paço de Arcos alega ter perdido 11 milhões e 37 mil euros até ao previsto final do contrato.

O cancelamento de contratos de publicidade terá lesado a estação em 6 milhões 653 mil 189,67 euros. Em ações comerciais, a receita prevista seria de 6 milhões 669 mil e 89 euros. No total, os lucros cessantes correspondem a 24 milhões 359 mil e 767 euros.

Ao valor total dos prejuízos, a SIC abateu o montante que estava previsto ter de pagar a Cristina Ferreira até ao final do contrato (3 milhões 922 mil e 350 euros), a chamada cláusula penal, obtendo o valor pedido de 20 milhões 437 mil 417 euros e 54 cêntimos.

SIC apanhada de surpresa pela decisão

De acordo com a TV Mais, a decisão de cessar antecipadamente o vínculo contratual apanhou de surpresa a SIC, que não suspeitava das intenções da apresentadora. Aliás, salienta o processo, “a boa relação das partes, aliada ainda aos melhores resultados da execução do contrato, motivaram a SIC a propor a Cristina Ferreira a renovação antecipada do contrato“.

O diretor de programas da estação, Daniel Oliveira, terá enviado um e-mail com a proposta de renovação a 26 de junho. No novo contrato, que vigoraria de 1 de janeiro de 2021 a 31 de dezembro de 2025, a SIC oferecia mais 10 mil euros mensais à apresentadora, que passaria a auferir 90 mil euros por mês.

De acordo com o processo, Cristina Ferreira “mostrou interesse na renovação do contrato“, o que causou estranheza à estação quando, menos de um mês depois, a apresentadora “declarou vontade de cessar unilateralmente” o vínculo com a SIC.

Fonte: EFactos

 

 

20M é só 1/5 do que vai ter de pagar. Mal posso esperar por 6 novelas da Globo nas tardes da SIC.

  • LOL 3
Link to post
Share on other sites
há 49 minutos, Diogo Marreiros disse:

Coragem para meter Totalmente Demais aí depois do que lhe fez...

É importante referir o produto que lidera até à 1:15 da manhã. :angel:q

  • LOL 4
Link to post
Share on other sites

Audiências

SIC É O CANAL MAIS VISTO HÁ 21 MESES

- SIC mantém-se em outubro como o canal mais visto da televisão Portuguesa com 18,7% de share a uma distância de 2,2 p.p. para a TVI;

- SIC Notícias mantém-se como o canal de informação mais visto pelos Portugueses e termina o mês de outubro com 2,0% de share

Em outubro, a SIC manteve-se como a estação mais vista em Portugal. A estação da IMPRESA terminou o mês a liderar com 18,7% de share contra 16,5% de share da TVI e 12,5% de share da RTP1.

A liderança continua a estender-se aos targets comerciais. No target A/B C D 15/54, a SIC liderou em outubro, no universo dos canais generalistas, com 16,6% de share, contra os 11.9% da TVI e os 6,7% da RTP1. No target A/B C D 25/54, a SIC liderou em outubro, no universo dos canais generalistas, com 16,4% de share, contra os 11.9% da TVI e os 6,8% da RTP1.

 

  • Like 3
Link to post
Share on other sites
há 2 horas, DannyOcean disse:

Audiências

SIC É O CANAL MAIS VISTO HÁ 21 MESES

- SIC mantém-se em outubro como o canal mais visto da televisão Portuguesa com 18,7% de share a uma distância de 2,2 p.p. para a TVI;

- SIC Notícias mantém-se como o canal de informação mais visto pelos Portugueses e termina o mês de outubro com 2,0% de share

Em outubro, a SIC manteve-se como a estação mais vista em Portugal. A estação da IMPRESA terminou o mês a liderar com 18,7% de share contra 16,5% de share da TVI e 12,5% de share da RTP1.

A liderança continua a estender-se aos targets comerciais. No target A/B C D 15/54, a SIC liderou em outubro, no universo dos canais generalistas, com 16,6% de share, contra os 11.9% da TVI e os 6,7% da RTP1. No target A/B C D 25/54, a SIC liderou em outubro, no universo dos canais generalistas, com 16,4% de share, contra os 11.9% da TVI e os 6,8% da RTP1.

 

O resto do comunicado:

Em outubro, o Jornal da Noite foi mais uma vez o programa de informação mais visto, de segunda a domingo, terminando a liderar, no universo dos canais generalistas. Para a boa performance do Jornal da Noite contribuíram de forma muito positiva os bons resultados das rubricas existentes ao longo da semana, como a Opinião de Luís Marques Mendes, a rubrica 15|25 ou a Grande Reportagem – Pandemia, líderes no horário, no universo dos canais generalistas, destaque também para o Polígrafo SIC que terminou o mês a liderar, no universo dos canais generalistas, com 24.8% de share e 13.6% de audiência média, o que corresponde a 1 milhão 286 mil e 400 telespetadores fidelizados. Outro destaque vai para o Primeiro Jornal, que terminou o mês de outubro a liderar, no universo dos canais generalistas, de segunda a domingo.

A SIC manteve em outubro a sua extraordinária performance no prime time e terminou o mês a liderar com 22,1% de share contra 19,4% de share da TVI e 13,3% de share da RTP1. Para a liderança da SIC no prime time contribuiu o excelente desempenho dos vários produtos de ficção que a SIC transmite no horário nobre – Nazaré, Terra Brava, Golpe de Sorte e a novela da Globo Totalmente Demais. A 2ª temporada da novela Nazaré terminou o mês de outubro a liderar, no universo dos canais generalistas, com 24.9% de share e 13,0% de audiência média, o que corresponde a 1 milhão 229 mil e 700 telespetadores. A novela Terra Brava terminou o mês de outubro a liderar, no universo dos canais generalistas, com 24,7% de share e 11,1% de audiência média, o que corresponde a 1 milhão 54 mil e 300 telespetadores. A novela da Globo Totalmente Demais terminou o mês de outubro a liderar, no universo dos canais generalistas, com 20.8% de share.

No prime time de domingo a SIC liderou com 20,2% de share, contra 19,5% de share da RTP1 e 18,5% de share da TVI, com o Jornal da Noite, com o programa Isto é Gozar Com Quem Trabalha 2ª vaga e com O Noivo é que Sabe. O programa Isto é Gozar Com Quem Trabalha 2ª vaga, apresentado por Ricardo Araújo Pereira, terminou o mês a liderar, no universo dos canais generalistas, com 23,5% de share e 13,1% de audiência média, o que corresponde a 1 milhão 239 mil e 500 telespetadores, tendo sido o programa de entretenimento mais visto da televisão Portuguesa em outubro. Também no prime time de domingo, o programa, O Noivo é Que Sabe terminou o mês de outubro com 20,5% de share e a liderar, no universo dos canais generalistas, em ambos os targets comerciais – A/B C D 15/54 e A/B C D 25/54. O diário do programa O Noivo é Que Sabe, que vai para o ar aos dias úteis às 19h, terminou o mês de outubro com 17,1% de share e a liderar, no universo dos canais generalistas, em ambos os targets comerciais – A/B C D 15/54 e A/B C D 25/54.

No prime time de sábado o programa Terra Nossa, apresentado por César Mourão, terminou o mês de outubro a liderar, no universo dos canais generalistas, com 24.9% de share e 12.9% de audiência média, o que corresponde a 1 milhão 223 mil e 600 telespetadores.

No período horário da manhã (entre as 08h e as 14h) a SIC mantém a liderança e termina o mês de outubro com 18,3% de share. O programa Casa Feliz terminou o mês de outubro com 19.9% de share e 3,6% de audiência média, o que corresponde a 342 mil e 500 telespetadores e a subir 1,6 p.p. face ao mês de setembro.

No período horário da tarde (entre as 14h e as 20h), a SIC manteve a liderança e terminou o mês de outubro com 18,1% de share. De destacar a performance do programa de Júlia Pinheiro que manteve a liderança aos dias úteis e do programa Domingão aos domingos que terminou o mês de outubro também a liderar. Para o bom desempenho das tardes da SIC em outubro contribuiu também, aos dias úteis, o programa Linha Aberta e as novelas Amor à Vida e Êta Mundo Bom! que terminaram o mês a liderar, no universo dos canais generalistas, tanto no universo como em ambos os targets comerciais. 

O grupo de canais SIC termina o mês de outubro a liderar com 22,3% de share contra 20,4% do universo TVI e 15,4% do universo RTP.

SIC NOTÍCIAS MANTÉM-SE COMO O CANAL DE INFORMAÇÃO MAIS VISTO PELOS PORTUGUESES

Em outubro, a SIC Notícias continua a ser a escolha dos portugueses quando procuram informação de qualidade e rigor. A SIC Notícias terminou o mês de outubro com 2.0% de share, a subir 0.2 p.p. face a setembro. A SIC Mulher terminou o mês de outubro com 0.7% de share, a SIC K terminou com 0.3% de share, a SIC Radical terminou com 0.2% de share e a SIC Caras terminou com 0.2% de share.

  • Like 1
  • Love 1
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...