Jump to content
Pedro M.

Super Nanny [suspenso]

Recommended Posts

 

há 8 minutos, Duarte disse:

Privacidade invadida? Mostrar uma birra é privacidade? São crianças, mas não tem noção das câmaras querem ver? Opaaa

não tem a mesma noção de um adulto como é óbvio, ou agora nascem automaticamente preparadas para lidar com as câmaras?

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 3 minutos, msm0 disse:

Acho que não devia ser cancelado, quem não gostasse que não visse e deixasse o programa morrer por si. E isto de cancelar programas só porque meia dúzia não gosta é muito pouco democrático, onde está liberdade de as pessoas verem o que querem? 

Ainda se admiram por haver saudosistas de Salazar. Se é um Salazar ou um Maduro o que querem, eu não sei, mas que há gente que tem saudades de um regime para censurar à vontade, isso há. Mas, bem, se calhar isso é natural num país onde a democracia tem apenas 44 anos.

  • Like 1
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 16 minutos, srcbica disse:

Ainda se admiram por haver saudosistas de Salazar. Se é um Salazar ou um Maduro o que querem, eu não sei, mas que há gente que tem saudades de um regime para censurar à vontade, isso há. Mas, bem, se calhar isso é natural num país onde a democracia tem apenas 44 anos.

Bem, que confusão. Neste caso entre o que seria uma ordem arbitrária decorrente de um ato de tirania (que penso ser a referência ao Salazar e o Maduro) e o cumprimento da lei de um sistema democrático, tal como decretado, neste caso, pelo Tribunal Cível de Oeiras.

Esquecendo os argumentos da "maltazinha do politicamente correto" (que cada vez mais infeta o espaço opinativo português; mas que, se for preciso, tem igualmente o armário cheio de esqueletos), a decisão do Tribunal Cível de Oeiras (que a SIC só não acata porque "tecnicamente impossibilitaria a transmissão do programa") reflete uma sociedade até bastante evoluída, para a qual os Direitos da Criança não são mero conteúdo panfletário. Basta fazer um exercício tão simples como comparar, genericamente, a saúde mental dos portugueses com, por exemplo, a dos americanos (tendo em conta que os EUA não têm qualquer prurido em emitir programas que exploram, no verdadeiro sentido da palavra, crianças) e têm provavelmente a maior taxa de psicotatia e sociopatia do planeta, e tirar algumas ilações genéricas. Estou a falar sem qualquer corroboração científica, mas desconfio que não andarei muito longe da realidade.

O que eu gostava mesmo era que a SIC refizesse o programa através do uso de reenactments, e apostasse a sério na componente pedagógica.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 15 minutos, Kandinsky disse:

Bem, que confusão. Neste caso entre o que seria uma ordem arbitrária decorrente de um ato de tirania (que penso ser a referência ao Salazar e o Maduro) e o cumprimento da lei de um sistema democrático, tal como decretado, neste caso, pelo Tribunal Cível de Oeiras.

Esquecendo os argumentos da "maltazinha do politicamente correto" (que cada vez mais infeta o espaço opinativo português; mas que, se for preciso, tem igualmente o armário cheio de esqueletos), a decisão do Tribunal Cível de Oeiras (que a SIC só não acata porque "tecnicamente impossibilitaria a transmissão do programa") reflete uma sociedade até bastante evoluída, para a qual os Direitos da Criança não são mero conteúdo panfletário. Basta fazer um exercício tão simples como comparar, genericamente, a saúde mental dos portugueses com, por exemplo, a dos americanos (tendo em conta que os EUA não têm qualquer prurido em emitir programas que exploram, no verdadeiro sentido da palavra, crianças) e têm provavelmente a maior taxa de psicotatia e sociopatia do planeta, e tirar algumas ilações genéricas. Estou a falar sem qualquer corroboração científica, mas desconfio que não andarei muito longe da realidade.

O que eu gostava mesmo era que a SIC refizesse o programa através do uso de reenactments, e apostasse a sério na componente pedagógica.

Também posso comparar a mente dos portugueses com a dos suecos, único país nórdico onde o programa foi adaptado. Se calhar, o problema aqui foi, diferentemente da Suécia, não haver transmissão do original, provocando polémica mais cedo com um produto estrangeiro e, assim, na altura em que foi adaptado, não só o pó já estava assente, como fizeram as alterações que entenderam, mas censura não houve.

Contudo, a SIC não pixelizar as caras também demonstra uma certa teimosia da sua parte.

Edited by srcbica
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora mesmo, srcbica disse:

A mesma lei do mesmo país democrático que censurou livros porque eram sexistas.:rolleyes:

Também posso comparar a mente dos portugueses com a dos suecos, único país nórdico onde o programa foi adaptado. Se calhar, o problema aqui foi, diferentemente da Suécia, não haver transmissão do original, provocando polémica mais cedo com um produto estrangeiro e, assim, na altura em que foi adaptado, não só o pó já estava assente, como fizeram as alterações que entenderam, mas censura não houve.

Contudo, a SIC não pixelizar as caras também demonstra uma certa teimosia da sua parte.

Não seria muito viável durante uma hora pixelizar as caras, aliás muito difícil, porque estão sempre em movimento, e o programa é centrado na sua educação. Digo eu isto claro. Pode ser teimosia também.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 30 minutos, srcbica disse:

Ainda se admiram por haver saudosistas de Salazar. Se é um Salazar ou um Maduro o que querem, eu não sei, mas que há gente que tem saudades de um regime para censurar à vontade, isso há. Mas, bem, se calhar isso é natural num país onde a democracia tem apenas 44 anos.

Meu deus, já vamos no Salazar, é o drama, o horror, a tragédia :lol:

  • LOL 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora mesmo, Forbidden disse:

Meu deus, já vamos no Salazar, é o drama, o horror, a tragédia :lol:

Olha, Forb, é a censura do povo. Toda a gente sabe que ela existe e acabámos de ver mais uma evidência.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 6 minutos, srcbica disse:

A mesma lei do mesmo país democrático que censurou livros porque eram sexistas.:rolleyes:

Também posso comparar a mente dos portugueses com a dos suecos, único país nórdico onde o programa foi adaptado. Se calhar, o problema aqui foi, diferentemente da Suécia, não haver transmissão do original, provocando polémica mais cedo com um produto estrangeiro e, assim, na altura em que foi adaptado, não só o pó já estava assente, como fizeram as alterações que entenderam, mas censura não houve.

Contudo, a SIC não pixelizar as caras também demonstra uma certa teimosia da sua parte.

Isso é ridículo e ia tirar a piada toda ao programa.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 7 minutos, srcbica disse:

A mesma lei do mesmo país democrático que censurou livros porque eram sexistas.:rolleyes:

isso não foi bem assim. não vamos confundir uma recomendação com censura, além do mais, a porto editora voltou a pôr os livros à venda e, não precisou de autorização que se sabia.

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 3 minutos, srcbica disse:

Olha, Forb, é a censura do povo. Toda a gente sabe que ela existe e acabámos de ver mais uma evidência.

A lei foi feita por pessoas eleitas pelo povo. Se não estão satisfeitas com ela podem muda-la, isso é uma democracia. Agora comparações com Salazar? Isso é comédia.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 5 minutos, Ivo disse:

Isso é ridículo e ia tirar a piada toda ao programa.

Também acho, mas, pronto, se é o que querem para representar o papel de civilização superior literalmente para inglês ver, fazia-se a vontade.

há 4 minutos, joanna disse:

isso não foi bem assim. não vamos confundir uma recomendação com censura, além do mais, a porto editora voltou a pôr os livros à venda e, não precisou de autorização que se sabia.

Sendo assim, peço desculpa. Vou inclusive eliminar o que escrevi.

Edited by srcbica

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 2 minutos, Forbidden disse:

A lei foi feita por pessoas eleitas pelo povo. Se não estão satisfeitas com ela podem muda-la, isso é uma democracia. Agora comparações com Salazar? Isso é comédia.

Para mim, não é comédia, Forb. Pelo contrário, é algo muito sério. Mas, por mim, é preferível assim do que ver a extrema-direita a subir como noutros países da União.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, Bloody disse:

Eu nem sei se sou a favor ou não do cancelamento do programa. Vi o primeiro episódio e confesso, não gostei nada... Mas foi pelo conteúdo em si. Não por ser o programa mais polémico da década. Agora eu não concordo quando dizem que as crianças "não escolheram ser filmadas"... Então mas quem escolheu não foram os pais? Os pais não souberam que elas iam ser filmadas? Não viram as câmaras a entrar pela casa dentro? As crianças acabam sim, por "quererem" ser filmadas, porque os pais assim o quiseram. Uma criança está sempre subordinada aos seus pais. Elas nem têm idade sequer para terem vida independente para querer coisas. Quem tem culpa são os pais, que permitiram que elas fossem filmadas. Violaram a privacidade? Culpem os pais, que têm mais que idade para saber ter decisões e mais que responsabilidade para salvaguardar os filhos. E deixem-se também de tanta mesquice, cada um vê uma birra numa rua em público, um pai/mãe a bater no filho/a, e ninguém faz nada. É agora por verem na tv que vão armar-se em Velhos do Restelo e "ai coitadinha" e "ai que ele está a receber porrada" (pelo que li aqui). As pessoas parecem flores de estufa nesta época, qualquer coisa e ficam chocadas. Eu recebi uns belos pares de estalos quando fazia algo que não devia e não foi por isso que morri ou virei um vagabundo. :dry: Não sei se me fiz compreender. 

 

Eu juro que não entendo, eu já aqui escrevi duzentas vezes que os pais não tem direitos legais pra ceder a reserva da vida privada dos seus filhos. Porque e que ignoram isto?! :|

Share this post


Link to post
Share on other sites

A SIC Mulher devia ter emitido o original - que tenho ideia de o ter visto no extinto People + Arts. Mais alguém confirma?

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 56 minutos, Forbidden disse:

Vai fazer uma petição pra alterarem a Constituição. Se pensas que sabes mais de leis que a Procuradoria Geral da República... É muita pretensão mesmo.

Vamos lá ser todos politicamente corretos como tu.

  • LOL 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 2 minutos, srcbica disse:

Para mim, não é comédia, Forb. Pelo contrário, é algo muito sério. Mas, por mim, é preferível assim do que ver a extrema-direita a subir como noutros países da União.

Isto é uma contradição de termos.

Então uma sociedade (chamemos-lhe assim) que está a aplicar uma lei que protege os direitos humanos (simplifiquemos assim) corre o risco de ver subir a extrema direita cujo modus operandi é justamente o silenciar dos direitos humanos? Não percebo. A confusão entre cumprimento da lei e censura está a deixar-me perplexo. 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora mesmo, Kandinsky disse:

Isto é uma contradição de termos.

Então uma sociedade (chamemos-lhe assim) que está a aplicar uma lei que protege os direitos humanos (simplifiquemos assim) corre o risco de ver subir a extrema direita cujo modus operandi é justamente o silenciar dos direitos humanos? Não percebo. A confusão entre cumprimento da lei e censura está a deixar-me perplexo. 

Então, eu vou tentar explicar-me. Em toda a Europa, parece haver uma subida de ideias que apoiam a censura. Nuns países, isso demonstra-se no ato eleitoral. Aqui, demonstra-se em polémicas de facebook.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora mesmo, srcbica disse:

Então, eu vou tentar explicar-me. Em toda a Europa, parece haver uma subida de ideias que apoiam a censura. Nuns países, isso demonstra-se no ato eleitoral. Aqui, demonstra-se em polémicas de facebook.

Quanto às "polémicas do facebook" tens toda a razão. A polícia do politicamente correto mete-me nojo. Mas eu, pessoalmente, acho que isto vai além do politicamente correto. Ou até do moralmente correto (que é igualmente dúbio). Não é à toa que existem Comissões dos Direitos Humanos. Os Direitos Humanos são factuais, não são um ímpeto ou veículo de tirania ou censura. Vi 3 minutos do 2º programa e achei que a imagem/integridade/direitos daquele puto hiperativo estava(m) claramente a ser violada(s).

O conteúdo do programa é super válido e pertinente. Mas, à imagem do E Se Fosse Consigo?, que arranjem outra forma.

  • Like 1
  • Love 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora mesmo, Kandinsky disse:

Quanto às "polémicas do facebook" tens toda a razão. A polícia do politicamente correto mete-me nojo. Mas eu, pessoalmente, acho que isto vai além do politicamente correto. Ou até do moralmente correto (que é igualmente dúbio). Não é à toa que existem Comissões dos Direitos Humanos. Os Direitos Humanos são factuais, não são um ímpeto ou veículo de tirania ou censura. Vi 3 minutos do 2º programa e achei que a imagem/integridade/direitos daquele puto hiperativo estava(m) claramente a ser violada(s).

O conteúdo do programa é super válido e pertinente. Mas, à imagem do E Se Fosse Consigo?, que arranjem outra forma.

É assim, se a lei portuguesa diz claramente que os conteúdos do programa não podem ser emitidos, não só me resta acatá-la, como também devo, como cidadão, cumpri-la e ajudar a que assim seja cumprida. Afinal, em nada essa mesma lei afeta os meus princípios. A mim só me espanta como é que tal lei existe em Portugal, mas não existe em países como Inglaterra ou até mesmo a Suécia. Países onde os Direitos Humanos são levados muito a sério e, que eu tenha conhecimento, não aconteceu nada disto.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...