Jump to content
Titinha

Notícias TVI

Recommended Posts

Posted (edited)

Felipa Garnel é a nova diretora de programas da TVI

 

Felipa Garnel substitui Bruno Santos na direção de programas da TVI, indica uma nota enviada pela Media Capital às redações esta quinta-feira (18). O diretor do canal agora de saída não conseguiu estancar a perda de audiências que se iniciou em janeiro, depois de durante sete anos ter ocupado a gestão da estação na liderança do mercado português.

De acordo com a mesma nota, a saída de Santos da TVI, representa também “o fim da sua relação com o Grupo Media Capital“. Felipa Garnel, que já foi “diretora das revistas Caras e Lux“, foi apresentadora da SIC, onde foi a cara do Mundo Vip, da RTP e também da TVI.

Felipa Garnel, que recentemente esteve um ano a fazer a experiência de ser condutora da Uber, afirmou gostar de desafios e ter aceite “desde a primeira hora fazer parte de uma equipa coesa, empenhada em reconquistar a preferência dos portugueses“. A nova diretora sublinhou ainda acreditar “no valor de cada pessoa que trabalha na TVI” e estar certa de que conseguirá “inovar e surpreender“.

Bruno Santos assumia também a função de Gestão da Antena, que agora passa a ser ocupada por Luís Cunha Velho, administrador da TVI e antigo diretor da estação. Esta é a primeira grande mexida da nova administração do grupo de media, que passou a ser liderado por Luís Cabral em julho, depois de oito anos sob a gestão da espanhola Rosa Cullell.

Cabral diz ter acompanhado de perto o trabalho que fez enquanto “esteve na Media Capital” e, por isso mesmo, acreditar “na sua combatividade, modernidade e capacidade de liderança, necessários num ciclo que agora se inicia“.

A Quatro, líder de audiências por treze anos consecutivos, abandonou a liderança mensal em fevereiro e é neste momento a segunda estação mais vista em Portugal no ano de 2019, tendo também perdido o primeiro lugar no principal horário da televisão: o prime-time.

 

Fonte: https://espalhafactos.com/2019/07/18/felipa-garnel-e-a-nova-diretora-de-programas-da-tvi/

Gostava de ver a apostarem no Pedro Fernandes e claro que acabassem com tanta festa.

Edited by tiago_nunes
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rindo imenso com o Felipa Ubernel :lol:

  • LOL 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 8 minutos, gr9 disse:

Mas ela n andava a conduzir ubers?

Agora vai conduzir a TVI?

Tá certo...

Eu estive a ler e ela conduziu o Uber para fazer um livro. Foi uma experiência. 

Mas Felipa Ubernel é tão engraçado :rofl:

  • LOL 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 9 minutos, Luíza Albuquerque disse:

Rindo muito. Fraquíssimo. Até o mês da mudança é o mesmo da SIC.

A SIC mudou no final de junho :ph34r:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bem...

Eu passo um dia sem vir ao fórum, e acontece a notícia mais aguardada do ano!!! Bruno Santos, infelizmente só te posso dizer que já vais muito tarde embora... Mas antes tarde do qie nunca!!!

Vai ficar para a história da TVI como o Diretor que perdeu a principal apresentadora e a maior potência do mercado atualmente... E como conseguiu afundar a TV líder em tempo recorde!!!

Quase no mesmo tempo que o Daniel subiu, ele desceu. Foi um desastre total e só ficou provada a sua incompetência perante um cenário de crise que não soube dar a mínima resposta. 

Quanto à Felipa Garnel, confesso ver com surpresa... Mas é uma pessoa ligada ao meio... Mas que não vem de dentro do meio. E isto pode ser muito bom!

Acho que ela consegue ter uma TVI bem melhor que o Bruno... mesmo el low cost...

Uma das primeiras medidas era meter já das 18 as 20h "Morangos com Açúcar - verão" e apelar à saudade das gerações que viu e do público que não viu e pode ver agora!

E claro, cancelar imediatamente aquele "Like Me" e meter no reality algum a repetir!!

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom, realmente o Bruno Santos fez um trabalho muito mau. O orçamento curto também não justificava tudo, embora também devesse ser uma restrição complicada. Já vai tarde, de facto.

A escolha da Filipa é muito estranha para quem está de fora. Pode ser que surpreenda, mas não fiquei muito expectante. 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 9 minutos, lvigario disse:

Antes de mais estou contente por ser uma mulher.  Acho que temos de lhe dar uma oportunidade. Bom para agitar as águas será certamente.

Contudo, percebo o que dizem quando dizem que não tem imensa experiência em televisão. E, de facto, haviam nomes com mais experiência e que podiam ter sido opções 'mais seguras'. [Mas é bom arriscar]

Teresa Guilherme

Já se havia dito aqui. Sabe imenso de televisão. Vive à frente do seu tempo, já se rendeu ao Youtube, porque já percebeu que o futuro passa por lá. Produziu dezenas de formatos. Sabe o que resulta em televisão. Foi responsável por fenómenos como Floribella, Ai os Homens, Não se Esqueça da Escova de Dentes, Passeio dos Alegres, Lux, As Manhãs da Sofia. Ou seja está perfeitamente confortável tanto com o entretenimento como com a ficção que são os produtos mais característicos do canal. Tenho a certeza que ia obrigar a TVI a investir. A fazer as coisas com cabeça, tronco e membros. E seria uma mulher.

Lurdes Guerreiro

Saiu este ano da Endemol, após 25 anos. Sabe bem de televisão. Seria uma mais valia para reestruturar.

Sofia de Carvalho

Ex-diretora da SIC Mulher. Está afastada da televisão há algum tempo. E às vezes o afastamento dá uma perspetiva nova e fresca. Seria ótimo para a TVI fazer auto-promoção porque após 20 anos, Sofia de Carvalho regressaria ao canal. Responsável por um canal por cabo que resistiu ao tempo. O maior sucesso do seu legado terá sido "Querido Mudei a Casa". 

Manuel Fonseca

Numa aposta diferente e sem ser uma mulher. Manuel Fonseca poderia ter sido também uma boa escolha. Atual diretor da editora Guerra e Paz, foi diretor de programas da SIC durante quatro anos.  Responsável por sucessos como : Ídolos, Levanta-te e Ri, Masterplan, Êxtase, Campeões Nacionais, Não Há Pai!, Maré Alta e a mini-série Até Amanhã Camaradas. Também durante a sua era estrearam formatos míticos como Às Duas por Três, O Meu Nome é Ágata, Na Casa do Toy,  Esquadrão G, À Sombra da Bananeira, Juras de Amor e O Olhar da Serpente. Pelo currículo percebe-se que sabe de televisão, seria uma excelente opção.

Nuno Artur Silva

Fundador das Produções Fictícias e do Canal Q.  Foi administrador e assessor criativo da direção de programas da RTP de 2015 a 2018. Seria uma lufada de ar fresco também. Compreende o público jovem e sabe 'desconstruir' televisão. 

Que belo fenómeno esse :cryhappy:

  • Love 1
  • Thanks 1
  • LOL 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ainda não foi desta que alguém se lembrou de ir buscar o Hugo Andrade à prateleira onde está na RTP. 

  • LOL 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 hora, miguelalex23 disse:

Ainda não foi desta que alguém se lembrou de ir buscar o Hugo Andrade à prateleira onde está na RTP. 

Graças a Deus sinceramente. :cryhappy:

  • LOL 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 13 minutos, JJS disse:

Graças a Deus sinceramente. :cryhappy:

Ficavam melhor servidos, mas de longe. E não sou propriamente um fã do mandato dele na RTP1.

Mas pronto, sem querer menorizar a Felipa, parece-me provável que quem vá mandar seja o Cunha Velho. E com o Moniz sempre com um pé dentro outro fora. Daí que convenha ter uma directora de programas vinda de fora e com pouco peso dentro da estrutura.

  • Love 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ao menos foram buscar uma pessoa com imaginação.

há 2 minutos, miguelalex23 disse:

Ficavam melhor servidos, mas de longe. E não sou propriamente um fã do mandato dele na RTP1.

Mas pronto, sem querer menorizar a Felipa, parece-me provável que quem vá mandar seja o Cunha Velho. E com o Moniz sempre com um pé dentro outro fora. Daí que convenha ter uma directora de programas vinda de fora e com pouco peso dentro da estrutura.

Duvido que alguma vez o Cunha Velho e o Moniz a vão deixar de decidir nas novelas que são a ancora do canal? Vai ser uma diretora igual ao Bruno Santos, a gerir o resto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quem é Felipa Garnel, a nova mulher-forte da TVI?

spacer.png

Felipa Garnel sucede a Bruno Santos na direção de programas da TVI. A informação foi avançada através de nota divulgada pela estação.

A nova mulher-forte do canal começou a carreira televisiva na frente das câmaras. Em 1989 estreou-se como assistente no “P’ra Variar” de Vítor Espadinha, um game show que não deixou marca.

No mesmo ano chegava ao vespertino “Jogo de Cartas”, apresentado por Nicolau Breyner. A cumplicidade televisiva entre Nico e Pimpinha (como lhe chamava o apresentador) foi imediata e era uma atração à parte no formato.

Pela mão de Nicolau Breyner estreou-se como atriz. Primeiro como empregada do hotel onde se passava “Os Homens da Segurança” e, depois, no sketch show “Euronico”.

Na SIC atingiu o estrelato ao apresentar o magazine do social “Club VIP”, que depressa passou a “Mundo VIP”. Paulo Pires era coapresentador do formato de sucesso que entrevistou alguns dos maiores artistas do mundo à época.

 

Esteve ligada ao fracassado “Confiança Cega” (reality show da SIC, 2001) e ao vespertino de fim de semana “Melhor é Impossível” (RTP1). Estávamos 2002 e Felipa Garnel regressava à RTP pela mão de Emídio Rangel que havia ocupado a direção há pouco tempo.

Mais recentemente apresentou o “Face to F@ce” na então recém-inaugurada TVI Ficção. Tratava-se de um espaço de entrevistas a profissionais ligados ao mundo das novelas.

Ao longo da carreira foi atriz, apresentadora ou colaboradora de vários programas na RTP, SIC e TVI e trabalhou ainda como locutora na RTP e RTP2.

Na imprensa, destacam-se as funções de direção das revistas Caras e Lux. Esta última fazia parte da Mediacapital, grupo para onde a nova diretora de programas da TVI regressa.

Nos últimos tempos Felipa Garnel foi notícia devido à experiência como condutora da Uber. A opção da agora diretora da TVI originou o livro “Confidências” lançado em março último.

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 19 minutos, miguelalex23 disse:

Ficavam melhor servidos, mas de longe. E não sou propriamente um fã do mandato dele na RTP1.

Mas pronto, sem querer menorizar a Felipa, parece-me provável que quem vá mandar seja o Cunha Velho. E com o Moniz sempre com um pé dentro outro fora. Daí que convenha ter uma directora de programas vinda de fora e com pouco peso dentro da estrutura.

^Isto.

O Andrade pode ter tido algumas das piores escolhas para algo como a RTP1, mas acho que o tipo de programação e escolhas que fez entre meados de 2013 até finais de 2014 adequavam-se num canal mais comercial. Para mim, essa era dele (não conto 2011 a meados de 2013 porque foram períodos com escolhas diferentes) é uma espécie de versão mini do choque rangeliano na RTP1 em 2001-2002.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...