Jump to content

Justiça [T2 | brevemente]


Jão

Recommended Posts

 

Globo define detalhes de “Justiça”, segunda novela das 23h de 2016

Conforme já informamos aqui no TV FOCO, a Globo pretende contar com duas novelas na faixa das 23h no ano que vem, após ter produzido apenas folhetins anuais, desde 2011 até este ano de 2015.

Após “Liberdade, Liberdade”, escrita por Marcia Prates, deve estrear no primeiro semestre de 2016, enquanto a sua substituta, fica para o segundo. Por enquanto, a Globo já começa a definir os detalhes.

De acordo com o colunista Fernando Oliveira, a trama se chamará “Justiça”, e deve estrear próximo do final de 2016, contando com um total de 20 capítulos. A autoria fica por conta de Manuela Dias.

Fonte: http://otvfoco.com.br/globo-define-detalhes-de-justica-segunda-novela-das-23h-de-2016/#ixzz3u21LjW1m

Link to comment
Share on other sites

53 minutos atrás, Pedro M. disse:

Novela de 20 episódios?

Se for 4 episódios semanais, sempre dura 1 mês e 1 semana, aprox. xD Mas tal como a Liberdade Liberdade, isto deverá ser mais virado para mini-série que propriamente novela. :P Mas também a fonte é o TvFoco. :rolleyes:

Link to comment
Share on other sites

1 minuto atrás, JoãoM94 disse:

Se for 4 episódios semanais, sempre dura 1 mês e 1 semana, aprox. xD Mas tal como a Liberdade Liberdade, isto deverá ser mais virado para mini-série que propriamente novela. :P Mas também a fonte é o TvFoco. :rolleyes:

Pois, deve ser isso. No fundo, como não dava para cumprir o calendário normal, por causa das Olimpíadas, eles decidiram criar duas novelas, uma para abril - junho e outra para agosto - outubro. Claro, ficam as duas curtíssimas.

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...
  • 2 weeks later...

De acordo com a colunista Patricia Kogut, a Globo já deu início a fase de pré-produção de “Justiça”, uma de suas próximas novelas das onze.

Segundo consta, o diretor José Luiz Villamarim já iniciou os testes em busca de novos rostos para a trama escrita por Manuela Dias, que assinou “Ligações Perigosas”, exibida ainda este mês. Villamarim também vem se encarregando de “Nada Será Como Antes”, que já está entrando em fase de finalização. O diretor é conhecido por comandar minisséries de sucesso, como “O Canto da Sereia” e “Amores Roubados”.

As gravações de “Justiça” começam em maio. Com estreia prevista para agosto, substituindo “Liberdade, Liberdade”, a minissérie já tem no elenco nomes como os de Cássio Gabus Mendes, Adriana Esteves e Vladimir Brichta.

Fonte: http://otvfoco.com.br/diretor-faz-testes-para-elenco-de-justica/#ixzz3yg6anx1f

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...
  • 3 weeks later...
  • 2 weeks later...
  • 1 month later...

“Justiça” está sendo tratada na Globo como “novela seriada”. A trama conta a história de quatro crimes independentes, mas interligadas. Serão 20 capítulos, exibidos às segundas, terças, quintas e sextas. Cada dia é dedicado a uma história. Os personagens moram na mesma cidade e o tempo funciona como um scanner que varre as quatro histórias simultaneamente, evidenciando coincidências temáticas, temporais e espaciais. O protagonista de segunda-feira pode ser coadjuvante na terça e passar ao fundo da cena na história de quinta.

 

http://extra.globo.c...o-19213909.htm

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

  • 4 weeks later...

A Globo avança na produção de sua próxima novela das 23h, “Justiça”, escrita por Manuela Dias com direção artística de José Luiz Villamarim. Diferente das convencionais, ela será dividida em quatro tramas, que terão um elemento em comum.

Em todas, um dos protagonistas passou sete anos na cadeia. É o caso dos personagens de Adriana Esteves, Cauã Reymond, Jesuíta Barbosa e Jessica Ellen. Mauricio (Cauã) irá preso por fazer eutanásia na mulher, a bailarina Beatriz (Marjorie Estiano).

Ela ficará tetraplégica após ser atropelada pelo rico Antenor (Antonio Calloni), que fugirá sem prestar socorro. No futuro, Mauricio terá um caso com a mulher de Antenor, uma alcoólatra vivida por Drica Moraes. Fátima (Adriana Esteves) também será presa.

A empregada doméstica é falsamente incriminada como traficante por um policial (Enrique Diaz). O mesmo acontecerá com Rose (Jessica Ellen), filha de uma doméstica. Ela não é traficante, mas será pega pela polícia com as drogas dos amigos em uma festa.

Já Vicente, vivido por Jesuíta Barbosa, pegará sua noiva, Isabela (Marina Ruy Barbosa), com outro e a assassinará. A mãe dela, Elisa (Débora Bloch), vive com o desejo de matá-lo, de acordo com a colunista Lígia Mesquita, que assina a coluna Outro Canal.

Angelo Antonio, Cassio Gabus Mendes, Camila Márdila, Leandra Leal, Luisa Arraes e Vladimir Brichta também estão no elenco. Villamarin está há um mês gravando a minissérie no Recife. A estreia da trama, com 20 capítulos, está prevista para o segundo semestre.

 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Saiba tudo sobre a nova novela das Onze ''Justiça'', que estreia em agosto na tela da Globo

 

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Um dos projetos mais aguardados deste ano, a série Justiça começa a tomar forma com força total. Desde maio a minissérie vem sendo gravada em Recife, cidade que ambienta a trama. Dirigidos por José Luiz Villamarim, Cauã Reymond, Adriana Esteves, Deborah Bloch, Enrique Diaz, Vladimir Brichta, Luisa Arraes, Jesuíta Barbosa e Jéssica Ellen baixaram no Nordeste, fazendo tomadas em diversos pontos da capital pernambucana, como a praia de Boa Viagem, o mercado São José e o bairro de Brasília Teimosa. Jesuíta, que vive Vicente, foi o primeiro ator a entrar no set, um apartamento do colossal edifício Holiday, arquitetura conhecida na cidade. O cenário – da mobília aos utensílios – foi intocado, para se tornar um espelho da realidade. 
Essa estética, que joga luz na crueza do que é real, verdadeiro, foi o caminho que Villamarim escolheu para contar a história, que traz a assinatura de Manuela Dias. Para isso, Fabio Rangel e Moa Bastsow, que assinam a cenografia e a produção de arte, respectivamente, realizaram uma extensa pesquisa de campo e visitaram uma lista enorme de endereços compatíveis com os perfis dos personagens. E esse processo se aplica a todas as áreas de produção: dos cenários até a pouca ou mesmo ausência de maquiagem dos atores, passando por um figurino simples, desprendido de glamour. Apesar de ter viajado com cinco caminhões abastecidos com equipamentos e material de produção, os profissionais da minissérie adquiriram muita coisa em Recife, como artesanato em cerâmica para compor os cenários que estão sendo feitos no estúdio e figurino, especialmente o de Fátima (Adriana Esteves).
 
A trama
Justiça não trata de leis ou processos jurídicos, mas sim do conceito de justo sob o ponto de vista ético e moral. Perdão e arrependimento são temas satélites dessa discussão, assim como a vingança. "Justiça e vingança são conceitos que se misturam o tempo todo, a depender do ponto de vista que olhamos para a questão”, conceitua Manuela. “Ninguém determina o destino de outra pessoa, a não ser ela mesma", completa a autora. Na obra, o formato e a história estão  ligados. A minissérie vai ao ar de segunda a sexta, com exceção de quarta-feira. 
Em cada dia da semana, uma história será contada. Todas as segundas, as pessoas acompanharão especialmente uma trama, às terças será a vez de um outro núcleo, e o mesmo para as quintas e sextas. Mas todas se cruzam e o público será um detetive, que vai desvendando e juntando as peças. "Temos quatro tramas muito fortes. O que mais me atrai é a possibilidade de realizar um trabalho brasileiríssimo, com aspectos dramáticos profundos, que podem me permitir realizar grandes cenas. Tudo o que acontece com os nossos personagens é muito intenso e demasiadamente humano. Isso é fascinante em Justiça, descreve Villamarim.
Além dos personagens viverem na mesma cidade, Recife, as histórias têm outra coisa em comum: quatro crimes ocorridos há sete anos. Crimes que mandaram para a cadeia seus culpados, inclusive aqueles que foram erroneamente condenados. A minissérie mostra a vida dessas pessoas a partir do momento em que conquistam a liberdade, quando já pagaram pelos crimes que os colocaram atrás das grades. 
 
As histórias
Elisa (Débora Bloch) é uma professora que não consegue superar a morte da filha, Isabela (Marina Rui Barbosa). A jovem é assassinada pelo noivo, Vicente (Jesuíta Barbosa), num rompante passional após flagrá-la nos braços de um ex-namorado. Vicente cumpre sua pena, sete anos de reclusão, o que não acalma o coração desta mãe. Ela acredita que a única forma de fazer justiça é tirando a vida de Vicente e passa anos se preparando para resolver o problema com as próprias mãos. Ele, por sua vez, dorme e acorda na companhia do remorso e da culpa. Justamente por isso o ex-detento passa a ter um único objetivo na vida: conseguir o perdão de Elisa.
A vida simples de Fátima (Adriana Esteves) nunca mais foi a mesma, desde que Douglas (Enrique Diaz) e Kellen (Leandra Leal) se mudaram para a casa ao lado. Mãe de duas crianças e casada com Waldir (Angelo Antonio), Fátima vê o seu sossego acabar, quem diria, por causa de um cachorro. Dizem que os bichos são reflexos dos donos. Douglas é um policial machão e truculento. Kellen é sinônimo de confusão. O cachorro invade a casa vizinha inúmeras vezes até morder o pequeno Jesus (Bernardo Berruezo/Tobias Carrieres), filho de Fátima. Ela mata o cachorro e Douglas se vinga ao “plantar” drogas em sua casa. Fátima passa sete anos presa por tráfico de drogas. Livre, ela faz aquilo que julga ser o certo: recuperar o tempo perdido ao lado da família. Para ela, nada mais importa.
Amigas desde sempre, Rose (Jéssica Ellen) é a filha da empregada da casa de Débora (Luísa Arraes). Entre elas, não há distinção de cor, classe social ou quantidade de grana no bolso. As duas não dispensam uma diversão, que anda de mãos dadas com o frescor inconsequente tão comum à juventude. Em mais uma balada, Rose carrega nos bolsos as drogas que seriam consumidas pelos amigos. Rose não comercializa, apenas faz um favor ao grupo e se dispõe a buscar os entorpecentes no quiosque de Celso (Vladimir Brichta). O grupo é surpreendido por uma batida policial, mas somente Rose é revistada. Ela é presa sob o silêncio de Débora, que não tem coragem de dividir a culpa com a amiga. Rose fica enclausurada por sete anos. Quando coloca os pés na rua, resolve reencontrar a amiga. Ela não quer cobrar nada. Muito pelo contrário. Ela se dispõe a ajudar Débora, que se transforma em uma mulher fragilizada após sofrer um estupro. As duas resolvem encontrar o criminoso.
Maurício (Cauã Reymond) cede ao último pedido de sua esposa, a bailarina Beatriz (Marjorie Estiano), que suplica pela eutanásia. Beatriz está presa em uma cama, tetraplégica, após ser atropelada, bem no dia em que faria sua estreia como principal atração em um espetáculo de dança. Maurício põe fim à vida do grande amor de sua vida, e fica sete anos preso por esta razão. Quando conquista a liberdade, põe em prática seu plano de vingança. Tudo o que ele faz tem um motivo traçado, premeditado: acabar com Antenor (Antonio Calloni), o homem que atropelou Beatriz e fugiu sem prestar socorro.
 
Quebra-cabeça
 Ano de 2009. Isabela e Vicente são namorados. Ele tem grana, é filho de Euclydes (Luiz Carlos Vasconcellos), dono de uma empresa de ônibus. Isabela é filha de Elisa. As duas moram sozinhas, mas dividem a companhia da empregada da casa, Fátima. 
Fátima é casada com o motorista Waldir, que trabalha para Euclydes. Eles são pais de Jesus e Mayara (Letícia Braga/Julia Dalavia). Moram em uma casa simples, que fica ao lado do barulhento casal Douglas e Kellen. Ele é um policial de caráter duvidoso e vive dando umas “incertas” no quiosque de Celso. Quem também vive a frequentar o lugar são as amigas Rose e Débora.
Isabela e Vicente ficam noivos. Isabela acha que tirou a sorte grande, afinal o rapaz é endinheirado. Ou pelo menos era... O pai do rapaz, Euclydes, sofre um golpe de seu sócio, Antenor. Ele limpa a empresa e deixa os funcionários, como Waldir, sem pagamento. Antenor passa a mão na grana e foge. Na fuga, atropela Beatriz, esposa de Maurício. Ele é advogado de Euclydes e reconhece o homem que vai embora sem prestar socorro à sua mulher, uma bailarina que perde todos os movimentos de seu corpo.  
 
Com estreia prevista para agosto, Justiça é uma minissérie de 20 capítulos escrita por Manuela Dias, com a colaboração de Mariana Mesquita, Lucas Paraizo e Roberto Vitorino. A direção artística é de José Luiz Villamarim, e a direção é de Luisa Lima, Walter Carvalho e Isabella Teixeira.
  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

 

Cauã Reymond aparecerá assim,  grisalho, em “Justiça”, série de Manuela Dias com direção de José Luiz Villamarim prevista para estrear em agosto na Globo. Na história, ele será Maurício, um contador cuja mulher, interpretada por Marjorie Estiano, ficará tetraplégica após ser atropelada. Ela acabará morrendo e Maurício, preso por sete anos. Quando sair da cadeia, o personagem tentará se vingar do motorista que atropelou sua mulher, um político corrputo vivido por Antônio Calloni.

- O Maurício é um personagem muito interessante, que foge daquele lugar de macho alfa viril que os mocinhos costumam ocupar - observa Cauã, que foi o Juliano em "A regra do jogo". - É um perfil diferente do que o público de TV está acostumado a me ver. Estarei grisalho, com um figurino careta, mais largo.

Para deixar Cauã envelhecido, a equipe de caracterização utilizou uma tinta branca em seu cabelo que era retirada logo depois das gravações. O ator revela que ele não estranhou a "mudança" quando se viu no espelho:

- Eu já tenho uns cabelos brancos, só fiquei um pouco mais grisalho do que já sou - conta Cauã, que diz levar a passagem do tempo numa boa. - Tenho muitos colegas que pintam o cabelo e respeito a opção deles. Mas eu não me preocupo com isso, não. Estou mirando no George Clooney, no William Bonner.

As gravações de "Justiça" estão previstas para acabar em setembro. Depois disso, o ator pretende dar uma pausa na televisão. Ele já fez a série "Dois irmãos", com direção de Luiz Fernando Carvalho, em que interpreta dois personagens, irmãos gêmeos. A produção ainda não tem data para ir ao ar.

Link to comment
Share on other sites

A Globo está vendo esta história de minissérie e não novela, então, vi o resumo da história e já me prendeu, vontade de conferir esta minissérie, como foi ''Ligações Perigosas'', Manuela Dias, tem no sangue fazer histórias de suspense que deixa o espectador na torcida de ligar uma história na outra, que venha 22 de agosto para conferir.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...
  • 2 weeks later...

Fotos do Lançamento da Minissérie:


 

Spoiler


Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

 

 

Mais fotos em:

 

 

Link to comment
Share on other sites

há 26 minutos, Dnunes disse:

Muito bom o trailer da minissérie, boas histórias e um enredo que liga toda a trama, gostei bastante.

Mesmo. Por acaso estou bastante empolgado. Os atores são muito bons, a história parece ótima e depois de Ligações Perigosas, também da Manuela Dias, penso que vem mais um ótimo projeto!

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...