Jump to content
Vieira

Aqui Tão Longe

Recommended Posts

Já vi... é simplesmente mau.

Não há enquadramento, os personagens são básicos... aparece tudo à balda tentando dar um aspecto de vida normal mas os textos não fazem sentido.

Claro que não esperava ver uma produção muito elaborada de um desastre aéreo... mas as cenas no aeroporto são a coisa mais parva que há memória sem grande coerência.

no fim ficamos na mesma...

Para primeiro episódio isto afugenta logo o publico... além de ter um tom de novela tipicamente SP, que o shaky câmara não retira por mais que alguém ache piada a isso e a andar com a câmara pelos corredores a seguir personagens.

Uma desilusão, que sinceramente já esperava dado o fraco argumento que isto tem...

nunca pode ser um bom episódio se o piloto não consegue sequer dimensionar o argumento que vai conduzir a série... é uma falhanço total.

Venha a próxima lol

Enviado do meu SM-J500F através de Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 5 minutos, Eoburrosoueu disse:

Não quero dar uma de "especialista", mas fiz toda a minha formação como argumentista nos EUA e escapa-me completamente à compreensão como é que um guião destes avança para produção, ainda para mais sendo um piloto, que tem um papel fulcral no sucesso da série. É que este guião tem muitas daquelas coisas que os professores nos dizem que são PROIBIDAS, aqueles erros crassos de principiante...

Mas isto pode ter muitas explicações: talvez o autor tivesse história para 10 episódios e disseram-lhe que isto só avançava com 30 episódios; talvez tenha sido obrigado a escrever dezenas de episódios de empreitada. Certo é que a RTP não está muito preocupada com a qualidade...

Hoje li no Público uma entrevista do Virgílio Castelo onde ele diz o seguinte: "É possível dentro de cinco anos estarmos a fazer as primeiras séries para conseguir exportar."

Não sei o que é que eles esperam que aconteça nos próximos cinco anos. Que por algum milagre apareça mais dinheiro para fazerem melhores séries? Isto quando a RTP está novamente a perder audiências e receitas comerciais? Para quê fazer produtos de pouca qualidade que depois não rendem? Porque não fazer menos episódios, com mais qualidade, como acontece em qualquer país do mundo?

Talvez seja melhor tirarmos umas férias da RTP e voltarmos daqui a 5 anos :nyam:

É verdade, a rtp e esta gente criam uma falsa ideia de que fazer muito é sinal que vai funcionar ou seja o pouco orçamento que já têm dividem ainda mais para produzir 10 series sem qualidade nenhuma... a rtp já tinha boas séries na sequencia começada pelo Fragoso, conta-me, liberdade 21, pai à força, maternidade, cidade despida, etc... o andrade estragou tudo é certo... mas isto não é um bom recomeço... nem a BBC produz esta quantidade de séries por ano que a rtp pensa fazer. Não há qualidade que aguente produções escritas e produzidas em 10 dias...

E ainda bem que há alguém que tendo alguma formação na área percebe que o que vimos hoje nesta série é um desastre ainda maior que o atentado na série...

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

os restantes episódios serão disponibilizados no RTP Play antes de serem exibidos no canal? 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tinha alguma curiosidade mas ate tenho  medo de ir espreitar! 

Share this post


Link to post
Share on other sites

A RTP assim vai estoirar como a Construção civil estoirou em Portugal, construíram tantas casas que arrebentou assim vai ser a RTP com estas séries da treta. Muito pobrezinha esta série, até Beirais era melhor escrito que isto e teve 630 episódios.:negative:

 

Daqui a 5 anos vão exportar para Angola. :haha:

 

Amanhã, vai dar uma excelente série bem escrita e que prende o telespectador ao ecrã, Versailles, mas isso não quer dizer que tenha boas audiências, mas que é uma série que dá gosto ver isso dá. Só se a RTP investir em séries históricas como já fez no passado é que pode exportar, estas séries não vão exportar para lado nenhum.

 

A cena do aeroporto foi tão parva e irrealista, que aquilo não tem drama nenhum.

Se a série fizer tanto como Beirais fazia neste horário, já não será mau, mas temo que faça menos e vamos ver se não é uma irmã gémea de terapia.

 

Edited by santos12

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cheira a novo 'Sinais de Vida'... que coisa tão mal amanhada.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu sei que não são comparáveis porque a série que deu na rtp2 é de época... mas ver o piloto da série francesa comparado com isto é o dia da noite... e a série é de 2009 ou 2010 se não me engano. Mas a forma como apresentam as várias histórias e como elas depois nos dizem quais são os dramas da restante série é muito bem conseguido e apelativo. Aqui não se consegue nem sequer ter afinidade com nada na série... é tudo muito básico é tudo muito conversa da treta.

Há momentos em que as conversas entre as personagens chegam a ser embaraçantes de tão repetitivas e sem nexo. Alguém fica com vontade de ver o episódio seguinte? eu não, a gaja viajou ficou feliz a família  refez-se do susto... que mais ficou para contar? ah que um dos personagens é terrorista? que interessa... ninguém na famíia morreu. vivemos bem com o mal dos outros.

 

há 56 minutos, RicB disse:

os restantes episódios serão disponibilizados no RTP Play antes de serem exibidos no canal? 

Sim ao meio dia antes da exibição à noite...

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu pretendo acompanhar, apesar de tudo o que já foi dito anteriormente (ao qual eu concordo). Isto tem interpretações bastante boas :)

Edited by Ivo

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 10 horas, pickles disse:

Mas a forma como apresentam as várias histórias e como elas depois nos dizem quais são os dramas da restante série é muito bem conseguido e apelativo. Aqui não se consegue nem sequer ter afinidade com nada na série... é tudo muito básico é tudo muito conversa da treta.

Até as novelas dos últimos anos estabelecem bem as premissas da história no primeiro episódio, é uma das coisas mais básicas... Pode ser que hoje o segundo episódio dê alguma ideia dos enredos que vamos ter...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguém me explica porquê é que as cenas do aeroporto foram assim tão terríveis? Eu achei normais, por acaso.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

A sinopse já era um pouco duvidosa, com a suspeita absurda em torno da "única sobrevivente", e ontem o episódio confirmou os meus receios. Não cumpriu de todo o que é suposto um primeiro episódio fazer, nem despertou grande interesse para continuar a ver (embora eu vá ver na mesma).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fui o único que chegou ao fim do episódio sem perceber qual era a história, se havia história, wtv? Pareceu um monte de coisas a acontecer. Não percebi :haha: 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 2 horas, Ivo disse:

Alguém me explica porquê é que as cenas do aeroporto foram assim tão terríveis? Eu achei normais, por acaso.

é terrível por não ter nada mais que uma gaja a rodopiar no meio da rua com gente a correr à volta... se querem fazer uma cena dramática como esta convinha inserirem alguma maior confusão, outros familiares a chorar ... o desespero de não ter notícias de algum responsável... so que aquilo dura uns dois minutos e a outra aparece a culpar meio mundo por n ter embarcado (por n ter morrido?)... então o ridiculo transforma-se numa paródia. Nada coerente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vi agora o segundo episódio e acho que só não adormeci porque estava a beber café :haha:

A história não tem sentido nenhum, é tudo uma parvalheira, tudo muito forçado e para mim já me chegaram dois episódios...

Share this post


Link to post
Share on other sites

2º Episódio

Muito lento, praticamente nada aconteceu.

A descoberta na cena final despertou-me interesse mas acho que não está relacionada com a queda do avião.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que não podemos ser tão exigentes com a RTP visto no estado em que estamos, já é muito bom conseguirmos não uma não duas não três nem quatro se não estou enganado 6 ou 7 séries originais.

Há coisas a melhorar sim, para o primeiro episódio a série vai parecer muito stressante para as pessoas, tanta gritaria nos primeiros minutos.

Mas há coisas positivas, a meu ver os planos da câmara são muito mais interessantes e elaborados que as novelas, o diálogo parece muito teatral, alguém sabe de o realizador tem algo haver com teatro?

Mas uma crítica essencial que eu tenho é que as pessoas estão fartas de ouvir atentados no telejornal e duvido que queiram ver atentados na ficção também, é por isso que o Beirais era um "sucesso", foge aquilo que estamos habituados!

Enfim gente, vamos dar uma chance. Já vimos 2 séries da era Virgílio, mais virão..

PS: Estou a ver a série e agora mesmo foram hipócritas: Estava a dar a notícia do atentado na televisão e a velha pediu para mudar para a novela, porque será?

Pergunta para quem diz que a cena do aeroporto está má, o que vocês fariam?

Edited by Gonçalo Bila

Share this post


Link to post
Share on other sites

Numa série deste género (dramática e dark), fica tão mal estarem constantemente a rodopiar com as câmaras e a balançarem a imagem. É que não tem nada a ver :S

A cor da imagem está excelente (isto é produzido pela SP, certo? É que são perfeitos nisso), mas depois estragam com o trabalho de câmara. Isto é série para planos estáticos ou fixo em carris.

O texto é terrível: a miúda histérica no aeroporto a culpar a mãe por se preocupar com ela, não fez sentido nenhum :huh: E o outro no cemitério a falar para a campa com um texto tão mau. Muito forçado. E não me façam comentar aquele miúdo que não queria a sandes da mãe. Que cena tão mal feita :80: Acho que nem o elenco infantil da novela da TVI é tão mau.

A Fátima é realmente excelente :wub: E a única parte que gostei mesmo foi o início da série, acho que a abertura inicial com o telejornal ficou bem feita e muito bem filmada. Os cenários também nem estão muito maus, nada assim de muito exuberante (e ainda bem, nem tudo tem de ser mansões gigantescas com 10 empregadas a passear de um lado para o outro).

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 2 horas, pickles disse:

é terrível por não ter nada mais que uma gaja a rodopiar no meio da rua com gente a correr à volta... se querem fazer uma cena dramática como esta convinha inserirem alguma maior confusão, outros familiares a chorar ... o desespero de não ter notícias de algum responsável... so que aquilo dura uns dois minutos e a outra aparece a culpar meio mundo por n ter embarcado (por n ter morrido?)... então o ridiculo transforma-se numa paródia. Nada coerente.

Depois de "muito pensar", chego à conclusão que a rapariga é simplesmente idiota, queria muito ir para Londres e arma-se em idiota e infantil.

Edited by Ivo
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 hora, Gonçalo Bila disse:

Pergunta para quem diz que a cena do aeroporto está má, o que vocês fariam?

Talvez não ter o seguinte diálogo:

Mãe: Caiu um avião, morreram centenas de pessoas!

Filha: Eu quero lá saber, hoje era o MEU dia!

Aí mataram logo a personagem Cristina :rolleyes:

há 41 minutos, Magazine disse:

Numa série deste género (dramática e dark), fica tão mal estarem constantemente a rodopiar com as câmaras e a balançarem a imagem. É que não tem nada a ver :S

House of Cards é um ótimo exemplo de como se deve fazer.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 4 minutos, Eoburrosoueu disse:

Talvez não ter o seguinte diálogo:

Mãe: Caiu um avião, morreram centenas de pessoas!

Filha: Eu quero lá saber, hoje era o MEU dia!

Aí mataram logo a personagem Cristina :rolleyes:

House of Cards é um ótimo exemplo de como se deve fazer.

A Cristina é idiota, infantil, mimada, insensível, acho que é mais por aí...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 29 minutos, Ivo disse:

A Cristina é idiota, infantil, mimada, insensível, acho que é mais por aí...

E qual é o espectador que sente empatia com uma protagonista assim?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Também não gostei muito do primeiro episódio. Demasiado dramático, arrisco a dizer depressivo. Aquela Cristina é totalmente irreal, aquela pobre mãe interpretada pela Fátima Belo pareceu-me uma tontinha que aceita tudo dos filhos... Tinha as expectativas mais altas. Porque as séries da RTP costumam ser óptimas. Mas pelo genérico já não se avizinhava grande coisa. Veremos como será o episódio de hoje, para ver se continuo a acompanhar ou largo. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...