Jump to content
Nuno Scp

Our Dystopian Story - Episódio 2 [Uma Questão De Identidade]

Recommended Posts

Magy: Desvalorizo a massiva corrente de distopias jovens que existem por aí hoje em dia; pegando nesses traços seria possível fazer muita coisa original. 

Herportait: Não estou a ser prepotente contigo nem com ninguém, mas é normal que, se fui convidado para ser jurado, não estar a gostar de ser tão questionado sobre as minhas opiniões, que são bem claras. Essas contradições que referes só podem resultar de uma má interpretação tua, quando falei do ambiente, referi-me às cenas em questão, parecerem-me semelhantes ao THG... personagens idem. Quando critiquei palavras do primeiro episódio, achei que seriam muito rebuscadas e expliquei com todas as letras o porquê de não as achar pertinentes. Não significa que queira literatura de cordel. Critiquei o que achei que devia criticar, elogiei o que achei que devia elogiar. Não gostarem é direito vosso, agora se querem cair-me em cima, vieram bater à porta errada. E ainda querem que seja simpático.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Magy: Desvalorizo a massiva corrente de distopias jovens que existem por aí hoje em dia; pegando nesses traços seria possível fazer muita coisa original. 

Herportait: Não estou a ser prepotente contigo nem com ninguém, mas é normal que, se fui convidado para ser jurado, não estar a gostar de ser tão questionado sobre as minhas opiniões, que são bem claras. Essas contradições que referes só podem resultar de uma má interpretação tua, quando falei do ambiente, referi-me às cenas em questão, parecerem-me semelhantes ao THG... personagens idem. Quando critiquei palavras do primeiro episódio, achei que seriam muito rebuscadas e expliquei com todas as letras o porquê de não as achar pertinentes. Não significa que queira literatura de cordel. Critiquei o que achei que devia criticar, elogiei o que achei que devia elogiar. Não gostarem é direito vosso, agora se querem cair-me em cima, vieram bater à porta errada. E ainda querem que seja simpático.

Dizes que nao estás a ser prepotente, mas depois dizes que nao gostas de ser questionado sobre as tuas opinioes...ok :yes: lá por seres avaliador da coisa nao quer dizer que nao possas ter discussoes com os participantes. Sim, devo ter sido eu e os outros todos que interpretamos mal, nao foste tu que te trocaste ou explicaste mal...a culpa é nossa, desculpa :) 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Magy: Desvalorizo a massiva corrente de distopias jovens que existem por aí hoje em dia; pegando nesses traços seria possível fazer muita coisa original. 

Então sempre desvalorizas alguma coisa. Neste caso, estás também a desvalorizar o estilo apresentado aqui, influenciando os teus comentários com esse "desvalor" do estilo.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dizes que nao estás a ser prepotente, mas depois dizes que nao gostas de ser questionado sobre as tuas opinioes...ok :yes: lá por seres avaliador da coisa nao quer dizer que nao possas ter discussoes com os participantes. Sim, devo ter sido eu e os outros todos que interpretamos mal, nao foste tu que te trocaste ou explicaste mal...a culpa é nossa, desculpa :) 

Uma coisa é dizerem se concordam ou não, outra é partirem para o ataque e distorcerem tudo o que eu disse à vossa vontade lol Se fosse prepotente nem me tinha tentado justificar.

Então sempre desvalorizas alguma coisa. Neste caso, estás também a desvalorizar o estilo apresentado aqui, influenciando os teus comentários com esse "desvalor" do estilo.

O jogo de palavras é para me baralhar as ideias? Como já disse, desvalorizo a onda recente, que parece copy+paste de THG, repetindo-me pela milésima vez, dava para fazer muita coisa original numa distopia.

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Neste momento eu só penso "o que vou fazer da p*** da minha vida" visto que sou o terceiro escritor. Mesmo assim acho que estão a ser demasiado dramáticos em relação ao virar da história no segundo capítulo. Talvez possam acusar o Mundo de insensatez, mas desrespeito parece-me exagerado. Eu não sei quanto a vocês mas eu sou completamente inexperiente nestas andanças, e por isso que eu estou aqui, a ganhar experiência, a arriscar e a aprender. 

Continuem a criticar construtivamente como têm feito até agora, e por favor façam-no comigo, mas não se esqueçam do que este projeto realmente representa, ou devia representar.

Eu pessoalmente, tenho estado atento às vossas críticas e expetativas, e vou tê-las em conta, mas essencialmente vou seguir o meu instinto e aquilo que toda esta história me faz sentir. 

Além dos imensos caminhos inexplorados que esta história por onde posso percorrer, o meu amor obstinado pelos Hunger Games é outro aspeto que me está influenciar muito, e pelo qual eu vou tentar passar completamente por cima.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu gostei. :P Claro, como têm vindo a dizer, há semelhanças com o Hunger Games/Divergente/etc, mas nota-se o esforço que tiveram para separarem as coisas. Confesso que não estava à espera que a rapariga com que o Seth ia ter as relações fosse a irmã, o que trouxe surpresa e um bom mote para o próximo episódio, o que já disse anteriormente em relação ao Mundo ter aproveitado isso. Anyway, para primeiro episódio está bom, as cartas estão na mesa e os dados lançados. Agora é dever de cada um pegar nos melhores aspectos, eu pelo menos já tenho algumas ideias. Agora é esperar que não me "roubem". :mosking:

Well, ficaste com o melhor episódio, mas ainda muita coisa pode acontecer, não faças grandes planos :haha: :P estou curiosa para ler o teu capítulo, sem duvidas :)

Neste momento eu só penso "o que vou fazer da p*** da minha vida" visto que sou o terceiro escritor. Mesmo assim acho que estão a ser demasiado dramáticos em relação ao virar da história no segundo capítulo. Talvez possam acusar o Mundo de insensatez, mas desrespeito parece-me exagerado. Eu não sei quanto a vocês mas eu sou completamente inexperiente nestas andanças, e por isso que eu estou aqui, a ganhar experiência, a arriscar e a aprender. 

Continuem a criticar construtivamente como têm feito até agora, e por favor façam-no comigo, mas não se esqueçam do que este projeto realmente representa, ou devia representar.

Eu pessoalmente, tenho estado atento às vossas críticas e expetativas, e vou tê-las em conta, mas essencialmente vou seguir o meu instinto e aquilo que toda esta história me faz sentir. 

Além dos imensos caminhos inexplorados que esta história por onde posso percorrer, o meu amor obstinado pelos Hunger Games é outro aspeto que me está influenciar muito, e pelo qual eu vou tentar passar completamente por cima.

:haha: não era minha intenção assustar os próximos! Eu não acho exagerado porque sei o que custou a mim e ao Oxi construir aquilo, talvez para outros possa parecer, mas é o que sentimos...talvez tenhamos sido um pouco brutos a expressar mas pronto, a história é muito "especial" para nós :rolleyes:
Eu também adoro HG (please, olhem só o meu avatar :P ) mas há que fazer coisas diferentes, dentro do possível. Tens boas bases e bons plots, acho que o teu episódio é o mais aguardado de sempre :haha: 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Well, ficaste com o melhor episódio, mas ainda muita coisa pode acontecer, não faças grandes planos :haha: :P estou curiosa para ler o teu capítulo, sem duvidas :)

:haha: não era minha intenção assustar os próximos! Eu não acho exagerado porque sei o que custou a mim e ao Oxi construir aquilo, talvez para outros possa parecer, mas é o que sentimos...talvez tenhamos sido um pouco brutos a expressar mas pronto, a história é muito "especial" para nós :rolleyes:
Eu também adoro HG (please, olhem só o meu avatar :P ) mas há que fazer coisas diferentes, dentro do possível. Tens boas bases e bons plots, acho que o teu episódio é o mais aguardado de sempre :haha: 

 As críticas "brutas" e agressivas são as únicas que valem a pena, são as que causam mais impacto.;)

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Neste momento eu só penso "o que vou fazer da p*** da minha vida" visto que sou o terceiro escritor. Mesmo assim acho que estão a ser demasiado dramáticos em relação ao virar da história no segundo capítulo. Talvez possam acusar o Mundo de insensatez, mas desrespeito parece-me exagerado. Eu não sei quanto a vocês mas eu sou completamente inexperiente nestas andanças, e por isso que eu estou aqui, a ganhar experiência, a arriscar e a aprender. 

Continuem a criticar construtivamente como têm feito até agora, e por favor façam-no comigo, mas não se esqueçam do que este projeto realmente representa, ou devia representar.

Eu pessoalmente, tenho estado atento às vossas críticas e expetativas, e vou tê-las em conta, mas essencialmente vou seguir o meu instinto e aquilo que toda esta história me faz sentir. 

Além dos imensos caminhos inexplorados que esta história por onde posso percorrer, o meu amor obstinado pelos Hunger Games é outro aspeto que me está influenciar muito, e pelo qual eu vou tentar passar completamente por cima.

Eu só te peço para não criares mistérios novos! Com sorte ainda chegamos ao penúltimo com mil perguntas e o desgraçado do Bloody só terá 7/8 páginas para responder aos mistérios de 5 episódios. Por favor xD Resolve a borrada que foi feita respondendo às dúvidas que entretanto surgiram :P Acho que não há necessidade de criar novos enredos, só vai criar confusão. Lembrem-se que isto só tem 6 episódios e já vamos para o do meio! E outra coisa... não se esqueçam de escrever sob o ponto de vista da personagem e não apenas na 3º pessoa como aconteceu.

Boa sorte, Sérgio :D

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

 As críticas "brutas" e agressivas são as únicas que valem a pena, são as que causam mais impacto.;)

Lá impacto causaram :haha: 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu prometo que amanhã publicarei a minha avaliação. :haha: Peço desculpa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu só te peço para não criares mistérios novos! Com sorte ainda chegamos ao penúltimo com mil perguntas e o desgraçado do Bloody só terá 7/8 páginas para responder aos mistérios de 5 episódios. Por favor xD Resolve a borrada que foi feita respondendo às dúvidas que entretanto surgiram :P Acho que não há necessidade de criar novos enredos, só vai criar confusão. Lembrem-se que isto só tem 6 episódios e já vamos para o do meio! E outra coisa... não se esqueçam de escrever sob o ponto de vista da personagem e não apenas na 3º pessoa como aconteceu.

Boa sorte, Sérgio :D

Sim, eu estou a tentar "afunilar" a história se assim se pode dizer. Vou alimentar os conflitos já criados. Obrigado.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ola a todos !

Voltei, estive ausente por motivos de saúde e por isso [desde já] agradeço ao Nuno ter colocado o episódio :)

Vou começar por dizer que confio a 100% nos jurados escolhidos, todos eles foram escolhidos por alguma razão e dou-lhes o mérito todo deste mundo e do outro. Sendo que foram eles que me alertaram face alguns dos erros, que o Mundo tinha feito na primeira versão que me enviou. E por isso (e não só por isso), estou-lhes inteiramente grato. 

Ao contrário do que foi dito aqui, o episódio só foi aceite ( e os jurados e o próprio Mundo sabem disso) após ser quase totalmente alterado. Daí eu ter dado feedback ao Mundo, acerca dos tais erros detetados e foram muitos. Eu acho que a história não regrediu, e deu passos em frente que vão permitir ao próximo concorrente ter mais sumo. E não acho que esteja tudo perdido: há 300 mil possibilidades de continuar a história. Agora tenho que concordar que não fiquei fã dos Jogos Imperiais, mas não me cabia a mim, enquanto organizador do formato, dizer ao concorrente (que supostamente tem liberdade) que não devia criar um Jogos Imperiais, ele está no direito dele e depois nós todos e os jurados estão no seu direito de avaliar. Não se preocupem que nada está perdido, e eu vou garantir que até ao final do concurso, todos os mistérios tenham resposta e que a analepse fique resolvida e dignamente compreendida. Ainda há personagens que não foram inseridas na história e terão de o seu, porque aparecem no cartaz (como as duas raparigas), há a possibilidade (como já aqui foi dito) de existir um episódio [ou mais] escrito totalmente na perspetiva da Lorena. 

Fico contente que sejam tão apaixonados e levem isto a sério. Mas não levem TÃO a sério. Divirtam-se. É um jogo.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ola a todos !

Voltei, estive ausente por motivos de saúde e por isso [desde já] agradeço ao Nuno ter colocado o episódio :)

Vou começar por dizer que confio a 100% nos jurados escolhidos, todos eles foram escolhidos por alguma razão e dou-lhes o mérito todo deste mundo e do outro. Sendo que foram eles que me alertaram face alguns dos erros, que o Mundo tinha feito na primeira versão que me enviou. E por isso (e não só por isso), estou-lhes inteiramente grato. 

Ao contrário do que foi dito aqui, o episódio só foi aceite ( e os jurados e o próprio Mundo sabem disso) após ser quase totalmente alterado. Daí eu ter dado feedback ao Mundo, acerca dos tais erros detetados e foram muitos. Eu acho que a história não regrediu, e deu passos em frente que vão permitir ao próximo concorrente ter mais sumo. E não acho que esteja tudo perdido: há 300 mil possibilidades de continuar a história. Agora tenho que concordar que não fiquei fã dos Jogos Imperiais, mas não me cabia a mim, enquanto organizador do formato, dizer ao concorrente (que supostamente tem liberdade) que não devia criar um Jogos Imperiais, ele está no direito dele e depois nós todos e os jurados estão no seu direito de avaliar. Não se preocupem que nada está perdido, e eu vou garantir que até ao final do concurso, todos os mistérios tenham resposta e que a analepse fique resolvida e dignamente compreendida. Ainda há personagens que não foram inseridas na história e terão de o seu, porque aparecem no cartaz (como as duas raparigas), há a possibilidade (como já aqui foi dito) de existir um episódio [ou mais] escrito totalmente na perspetiva da Lorena. 

Fico contente que sejam tão apaixonados e levem isto a sério. Mas não levem TÃO a sério. Divirtam-se. É um jogo.

Espero que esteja tudo no lugar certo e bem contigo!

 

Quanto ao episódio, tenho que discordar. Houve alterações? Claro que houve... O episódio não podia sair com uma Amanda a passear-se na vila dos homens quando ficou bem explicito que as pessoas estavam separadas por sexo e que não havia contacto entre homens e mulheres a não ser no Dia da Criação. A Amanda lá virou Richard (qual Bruce renascendo Caitlyn) [daí aquele"disse ela" que o Oxi referiu]. Claro que o episódio não podia sair com um Seth lembrando-se do pai que morrera, porque, para além de ali ninguém conhecer os progenitores, foi dito que o homem morreu poucos meses depois do Dia da Criação em que o Seth foi concebido. Logo, a não ser que sejam memórias de espermatozóide, como eu já disse, é impossível o Seth lembrar-se do pappy! Claro que houve correcções de Português (porque a malta insiste em usar á em vez de à)...

Eu gosto muito de ti e tenho-te o maior respeito como organizador, mas não me digas que o episódio foi todo alterado, porque algumas das coisas que, pelo menos, eu e o Nuno referimos continuam! E volto a frisar a tal liberdade que prezas, eu aceito que dês essa liberdade e acho que é a grande chave deste concurso. Mas essa liberdade tem de ter algum limite quando se trata de coerência. E eu acho que a coerência da história se perdeu ali por alguns caminhos. E também não me digas que os erros são para avaliar depois, porque depois já não há remédio. Já está, já está... O próximo que arrume a casa!

 

E para ficar claro, eu não tenho nada contra o Mundo, só acho que ele se perdeu na história. Ele próprio assumiu que preferiu criar mais "mistérios" em vez de tratar os que já estavam criados por ser mais fácil para ele... Epá, coise, né!?

Edited by Magy
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

chestpains.gif

Vou fingir que não acabei de ler o que li!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Qué que eu disse?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Desde já, peço desculpa por só publicar hoje a minha avaliação.

Nota: 8/20

Avaliação: Eu nem sei se hei de começar pelas críticas negativas ou positivas, mas vamos lá! Depois do excelente primeiro episódio que tivemos, é normal estar com as expetativas elevadas e este capítulo da história desiludiu-me. Primeiro, porque o Mundo decidiu começar a história de novo - mais parece um primeiro episódio. Tudo bem que ele deu uma continuação ao capítulo dos Heroxi, mas porra, ele não quis saber de muita coisa que fazia parte do essencial que foi criado para a trama. Não quis saber do facto das raparigas viverem separadas dos rapazes, o caráter inicial do Seth foi completamente posto de parte - mais parece que o espírito da Mara de AUM o invadiu de cabeça aos pés -, etc, etc. Toda uma atmosfera que eu apreciei bastante foi deixada de lado. É quase como deitar por terra, literalmente, o trabalho que a Herportait e o Oxi fizeram, uma história que foi criada numa semana (!!!!!). Esta semana não posso citar a frase célebre de Antoine de Lavoisier porque há demasiadas parecenças com Hunger Games, posso mesmo arriscar-me a dizer que houve um pouco de plágio. Sim, o primeiro episódio também tinha algumas parecenças, algumas efetivamente, mas aqui já se trata de exagero. Jogos do Império? Por favor! Acho que não devias escrever na primeira e na terceira pessoa ao mesmo tempo, ou escreves numa, ou escreves noutra. Ah e a morte do Anthony ou lá como se chama foi um pouco confusa. Mas para não bater mais no ceguinho, vou passar às críticas positivas. :haha: A escrita é, de facto, boa. Também gostei do plot twist e daquele Presidente, que é mais um Imperador como já aqui disseram. Dou-te nota negativa mas não é motivo para alarmes porque se tivesses respeitado mais o episódio anterior, podias ter uma nota muito mais elevada, pois a escrita não é nada má. De todas as maneiras, parabéns! Boa sorte aos próximos escritos, vão precisar dela. :)

Edited by Nuno Scp
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...