Jump to content

Memórias RTP1


Recommended Posts

On 20/04/2021 at 11:03, FraisesSucrées disse:

E aqui vai a cobertura das Eleições Legislativas 1980 intitulada "Decisão 80" - quase dois meses antes do trágico falecimento de Francisco Sá Carneiro:

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-i/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-ii/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-iii/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-iv/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-v/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-vi/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-vii/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-viii/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-ix/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-x/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-xi/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-xii/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-xiii/

Ao contrário do arquivo que a RTP tem das presidenciais (que acho que está praticamente completo... ou quase), o das legislativas não está muito completo

+ o contraste entre os dois programas em termos de convidados musicais difere e muito um do outro. No programa das legislativas, a aposta foi sobretudo no campo da musica pop (com uma artista sendo o representante do rock e um outro sendo o representante do fado) e lá estavam: Rui Veloso, José Cid (com voz ao vivo e que na sua segunda intervenção músical tinha como corista a sua então mulher Maria Armanda (nada a ver com duas outras cantoras conhecidas nessa altura sob o mesmo nome (uma sendo uma fadista com mais de uma década de carreira por essa altura, a outra sendo a rapariga de 4 anos que representou Portugal no Sequim de Ouro desse ano com "Eu vi um sapo")DocePaulo de CarvalhoJoel Branco (com voz ao vivo), Rita Ribeiro (com voz ao vivo), Lara Li, Rodrigo (inteiramente ao vivo) e Bric-à-Brac

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

P.S.: esta imagem (assim como o meu novo avatar) diz tudo sobre o destaque que se encontra em algumas das partes do programa (especialmente a terceira parte, aonde está definitivamente mais completa) - a vinheta da RTP 1 dessa altura a cores... que até então estava na categoria "lost media"

Edited by LAboy 456
  • Like 4
Link to post
Share on other sites
  • Replies 4k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Recordar quando a RTP 1 achou por bem transmitir um jogo de futebol e o concerto de Ariana Grande em Manchester (em homenagem às vítimas do atentado) em simultâneo...  

O meu primeiro post a sério neste fórum tem de ser a prestar tributo ao genérico do Telejornal co-produzido pela BBC que ia para o ar entre 2000-2002. Está com 20 anos mas, na minha opinião, ainda muito atual.     

Acho que foi um erro terem terminado com esta promoção aos vários canais do grupo RTP.  

há 1 hora, LAboy 456 disse:

E aqui vai a cobertura das Eleições Legislativas 1980 intitulada "Decisão 80" - quase dois meses antes do trágico falecimento de Francisco Sá Carneiro:

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-i/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-ii/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-iii/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-iv/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-v/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-vi/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-vii/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-viii/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-ix/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-x/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-xi/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-xii/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-xiii/

Ao contrário do arquivo que a RTP tem das presidenciais (que acho que está praticamente completo... ou quase), o das legislativas não está muito completo

+ o contraste entre os dois programas em termos de convidados musicais difere e muito um do outro. No programa das legislativas, estavam: Rui Veloso, José Cid (que tinha como corista em algumas canções a sua então mulher Maria Armanda (nada a ver com duas outras cantoras conhecidas nessa altura sob o mesmo nome (uma sendo uma fadista com mais de uma década de carreira por essa altura, a outra sendo a rapariga de 4 anos que representou Portugal no Sequim de Ouro desse ano com "Eu vi um sapo")DoceJoel Branco, Rita Ribeiro, Paulo de CarvalhoLara Li, Rodrigo e Bric-à-Brac

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

P.S.: destaque para algo muito especial em algumas das partes do programa (especialmente a terceira parte, aonde está definitivamente mais completa) - a vinheta da RTP 1 dessa altura a cores... que até então estava na categoria "lost media"

Já há tempos, o Gramofone da RTP Memória tinha exibido a actuação das Doce nessa noite eleitoral.

https://www.rtp.pt/rtpmemoria/gramofone/doce-por-joao-carlos-callixto_426

Link to post
Share on other sites
há 1 hora, Rangel disse:

Boa, estão a colocar os meus pedidos online. 

Haverá mais, e bons. :)

Também se tratam de coisas que pedi há meses. Lucky you!

Espero pelo resto. Será que a RTP terá em arquivo as legislativas/intercalares de 79 (Dezembro-Eleiçoes, apresentado por Carlos Cruz)? 

Edited by Vascof2001
  • Like 1
Link to post
Share on other sites
39 minutes ago, Vascof2001 said:

Também se tratam de coisas que pedi há meses. Lucky you!

Espero pelo resto. Será que a RTP terá em arquivo as legislativas/intercalares de 79 (Dezembro-Eleiçoes, apresentado por Carlos Cruz)? 

Pedi esse também, parece que haverá.

Os não que devem haver são os das emissões autonómas da RTP2 para estas eleições de 80 (legislativas e presidenciais), mas também não me lembrei de os pedir. Alguém que o faça por mim.

Edited by Rangel
Link to post
Share on other sites
há 14 horas, FraisesSucrées disse:

Destaque para as fragilidades técnicas notáveis quando passavam de régies para régies, assim como a possível má conservação das cassetes (tanto pela estática que às vezes aparece como pelos segmentos incompletos, sendo um deles uma atuação do José Cid).

No entanto, tiveram oportunidade brincar com chroma key nos segmentos com o Raul Durão e os caracteres de oráculos parecem-me bastante modernos para altura (os entendidos nesta matérias que me corrijam, por favor).

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

A cobertura acaba com o slide que iria ser usado precisamente dois meses mais tarde ao som de música solene ao longo da emissão - aqui teria sido um fecho de emissão onde tiveram preguiça de colocar o hino?

Em Dezembro os diapositivos já eram a cores (os de encerramento), amarelo sobre azul, mas ao contrário do encerramento do primeiro período em 1976 só diz RTP (como os fechos de 1985/1986, na altura a azul)

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Um pequeno pedaço de continuidade no dia 11 de Novembro de 1975:

https://arquivos.rtp.pt/conteudos/interrupcao-da-emissao-televisiva/

A locutora de continudade nesse dia, Maria Fernanda (que começou a carreira de locutora de continudade e apresentadora nos anos 60 (entre os programas que ela apresentou ou co-apresentou figuram-se dois Festivais (RTP) da Canção em 1968 e 1970) e que mais tarde viria a fazer parte de um duo de continudade em voz-off para a promoção de programas entre 1985 e 1986), anunciava a ligação directa a partir do Terreiro do Paço para uma manifestação unitária de trabalhadores da cintura industrial de Lisboa (esta manifestação estava a interromper, portanto, a programação normal da RTP 1 para esse dia):

https://arquivos.rtp.pt/conteudos/manifestacao-de-trabalhadores-da-cintura-industrial-de-lisboa-i/

A primeira página mencionada, na sua gravação original, tem a emissão especial incompleta. A continuação (ou parte dela) está nesta página seguinte... mas em formato de telegravação por pelicula (um método diferente ao da pura telegravação (telerecording) que exisita no Reino Unido... mas que era comun em outros países como a França. Há o exemplo do Festival (RTP) da Canção 1972 - a RTP tem duas versões em arquivo desse festival (a que foi gravada originalmente em videotape normal para essa época e a outra em telegravação por pelicula (esta última é a que a RTP mais usa, se bem que a RTP Memória já deu excerptos da gravação original em alguns dos seus programas):

https://arquivos.rtp.pt/conteudos/manifestacao-unitaria-de-trabalhadores-da-cintura-industrial-de-lisboa/

Edited by LAboy 456
  • Like 2
  • Shock 1
Link to post
Share on other sites
há 15 minutos, LAboy 456 disse:

A locutora de continudade nesse dia, Maria Fernanda (que começou a carreira de locutora de continudade e apresentadora nos anos 60 (entre os programas que ela apresentou ou co-apresentou figuram-se dois Festivais (RTP) da Canção em 1968 e 1970) e que mais tarde viria a fazer parte de um duo de continudade em voz-off para a promoção de programas entre 1985 e 1986), anunciava a ligação directa a partir do Terreiro do Paço para uma manifestação unitária de trabalhadores da cintura industrial (esta manifestação estava a interromper, portanto, a programação normal da RTP 1 para esse dia):

Também ela foi a primeira mulher em Portugal a apresentar (pelo menos sozinha) um Telejornal em Junho de 1968!

  • Shock 1
Link to post
Share on other sites
há 4 minutos, OTalAntiquado disse:

Tinha ideia que era a Maria Elisa.

Acho que a Maria Elisa foi a primeira jornalista-pivot principal do Telejornal no pós 25 de Abril

  • Like 4
Link to post
Share on other sites
On 14/04/2021 at 16:32, FraisesSucrées disse:

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

 

A primeira temporada de Os Andrades no site de arquivos da RTP

https://arquivos.rtp.pt/programas/os-andrades/

A segunda temporada também já está disponível:

https://arquivos.rtp.pt/programas/os-andrades-temporada-ii/

  • Like 1
  • Love 1
Link to post
Share on other sites
On 20/04/2021 at 19:42, Televisão 10 disse:

Era melhor então terem programado a novela para um horário onde fosse difícil ter bons resultados?

Era melhor terem programado a novela para um horário decente. É um produto de luxo!

Link to post
Share on other sites
há 11 horas, LAboy 456 disse:

Um pequeno pedaço de continuidade no dia 11 de Novembro de 1975:

https://arquivos.rtp.pt/conteudos/interrupcao-da-emissao-televisiva/

A locutora de continudade nesse dia, Maria Fernanda (que começou a carreira de locutora de continudade e apresentadora nos anos 60 (entre os programas que ela apresentou ou co-apresentou figuram-se dois Festivais (RTP) da Canção em 1968 e 1970) e que mais tarde viria a fazer parte de um duo de continudade em voz-off para a promoção de programas entre 1985 e 1986), anunciava a ligação directa a partir do Terreiro do Paço para uma manifestação unitária de trabalhadores da cintura industrial de Lisboa (esta manifestação estava a interromper, portanto, a programação normal da RTP 1 para esse dia):

https://arquivos.rtp.pt/conteudos/manifestacao-de-trabalhadores-da-cintura-industrial-de-lisboa-i/

A primeira página mencionada, na sua gravação original, tem a emissão especial incompleta. A continuação (ou parte dela) está nesta página seguinte... mas em formato de telegravação por pelicula (um método diferente ao da pura telegravação (telerecording) que exisita no Reino Unido... mas que era comun em outros países como a França. Há o exemplo do Festival (RTP) da Canção 1972 - a RTP tem duas versões em arquivo desse festival (a que foi gravada originalmente em videotape normal para essa época e a outra em telegravação por pelicula (esta última é a que a RTP mais usa, se bem que a RTP Memória já deu excerptos da gravação original em alguns dos seus programas):

https://arquivos.rtp.pt/conteudos/manifestacao-unitaria-de-trabalhadores-da-cintura-industrial-de-lisboa/

Um amigo meu, que é jornalista e viveu bons anos no meio televisivo, disse-me não entender qual era a real função dos locutores de continuidade na Europa. Tal função foi quase totalmente inexistente no Brasil e a continuidade era feita sempre em voz-off ao longo da emissão. 

há 20 horas, OTalAntiquado disse:

Destaque para as fragilidades técnicas notáveis quando passavam de régies para régies, assim como a possível má conservação das cassetes (tanto pela estática que às vezes aparece como pelos segmentos incompletos, sendo um deles uma atuação do José Cid).

No entanto, tiveram oportunidade brincar com chroma key nos segmentos com o Raul Durão e os caracteres de oráculos parecem-me bastante modernos para altura (os entendidos nesta matérias que me corrijam, por favor).

Acredito eu que a RTP tenha registrado tal emissão em cassetes U-matic, de qualidade inferior às fitas Quadruplex e BVH

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
On 18/04/2021 at 18:46, Robalinho disse:

Aquelas promos 'anti brasil' hoje em dia seriam um escândalo de ofensivas...

Acabei de ver, antes disso até aconteceu um processo contra a RTP na ocasião das promos de Desencontros em 1995 em que apareciam riscados os nomes "BRASILEIROS" cinco vezes.

  • LOL 1
  • Shock 1
Link to post
Share on other sites
6 minutes ago, PierreDumont said:

Acabei de ver, antes disso até aconteceu um processo contra a RTP na ocasião das promos de Desencontros em 1995 em que apareciam riscados os nomes "BRASILEIROS" cinco vezes.

Desencontros foi a primeira novela desta fase de novelas da NBP a começar em horário nobre que só viria a ser quebrado com o fim de Terra Mãe e a opção de os Lobos às 19h

Link to post
Share on other sites
há 1 hora, Robalinho disse:

Desencontros foi a primeira novela desta fase de novelas da NBP a começar em horário nobre que só viria a ser quebrado com o fim de Terra Mãe e a opção de os Lobos às 19h

Sim, eu sei...mas vou postar a nota para que entendas o contexto:
 

Jornal/Revista: Jornal do Brasil

Data de Publicação: 04/07/1995

Autor/Repórter: Norma Couri
 

NOVELA EM PORTUGAL

Brasileiro vai a justiça contra

LISBOA - Depois ce ler a palavra brasileiros riscada cinco vezes num anúncio de meia página nos melhores jornais lusitanos, um paulista de 31 anos resolveu mover ação contra o Estado português por crime de injúria e difamação. A propaganda anuncia Desencontros, a nova novela da TV estatal, e avisa que, desta vez, brasileiros não entram.

Ricardo Rezende, diretor, montador e cameraman de comerciais e vídeos para televisão e cinema, há sete anos em Portugal, sentiu-se atingido. Primeiro publicou uma carta nos jornais onde chamava a Rádio e Televisão Portuguesa de Rádio Xenovisão Portuguesa. Depois, partiu para a queixa-crime acompanhado por um ator e dois diretores, um brasileiro, outro português.

"A campanha publicitária Mais Portugal é xenófoba na linha do francês Le Pen: Imigrantes, fora! Discrimina diretamente produtos audiovisuais dirigidos, produzidos, interpretados por brasileiros e realizados com participação de técnicos brasileiros. Acho que passaram dos limites", diz Rezende, dono da produtora Lunática em Lisboa. "Não sou dentista, mas chegou a minha hora de ser discriminado."

A ONG S.O.S. Racismo também entrou na briga, do lado dos brasileiros.

Mudando o assunto: ao final de cada emissão de "Pedra sobre Pedra" no Brasil aparecia o selo da RTP (depois de 5:00). O mais interessante é que abaixo vos deixo uma gravação em cassete Super Beta com extraordinária qualidade de imagem (50% superior aos cassetes da época). Normalmente, as gravações feitas no Brasil possuem qualidade inferior de imagem devido à erros de conexão, decodificação ou mesmo falta da devida regulação da antena. Raridade que gostaria de compartilhar com @JDaman e @ATVTQsV
 

 

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
há 8 horas, PierreDumont disse:

Sim, eu sei...mas vou postar a nota para que entendas o contexto:
 

Jornal/Revista: Jornal do Brasil

Data de Publicação: 04/07/1995

Autor/Repórter: Norma Couri
 

NOVELA EM PORTUGAL

Brasileiro vai a justiça contra

LISBOA - Depois ce ler a palavra brasileiros riscada cinco vezes num anúncio de meia página nos melhores jornais lusitanos, um paulista de 31 anos resolveu mover ação contra o Estado português por crime de injúria e difamação. A propaganda anuncia Desencontros, a nova novela da TV estatal, e avisa que, desta vez, brasileiros não entram.

Ricardo Rezende, diretor, montador e cameraman de comerciais e vídeos para televisão e cinema, há sete anos em Portugal, sentiu-se atingido. Primeiro publicou uma carta nos jornais onde chamava a Rádio e Televisão Portuguesa de Rádio Xenovisão Portuguesa. Depois, partiu para a queixa-crime acompanhado por um ator e dois diretores, um brasileiro, outro português.

"A campanha publicitária Mais Portugal é xenófoba na linha do francês Le Pen: Imigrantes, fora! Discrimina diretamente produtos audiovisuais dirigidos, produzidos, interpretados por brasileiros e realizados com participação de técnicos brasileiros. Acho que passaram dos limites", diz Rezende, dono da produtora Lunática em Lisboa. "Não sou dentista, mas chegou a minha hora de ser discriminado."

A ONG S.O.S. Racismo também entrou na briga, do lado dos brasileiros.

Mudando o assunto: ao final de cada emissão de "Pedra sobre Pedra" no Brasil aparecia o selo da RTP (depois de 5:00). O mais interessante é que abaixo vos deixo uma gravação em cassete Super Beta com extraordinária qualidade de imagem (50% superior aos cassetes da época). Normalmente, as gravações feitas no Brasil possuem qualidade inferior de imagem devido à erros de conexão, decodificação ou mesmo falta da devida regulação da antena. Raridade que gostaria de compartilhar com @JDaman e @ATVTQsV
 

 

No entanto, havia uma série de brasileiros na equipa de Desencontros:

Álvaro Fugulin (realizador)

Ivan Coletti (produtor)

Oscar Gil (operador câmara)

Enio Motta (editor)

Dante Leccioli (diretor de fotografia)

Etc

Link to post
Share on other sites
On 4/20/2021 at 9:10 PM, LAboy 456 said:

E aqui vai a cobertura das Eleições Legislativas 1980 intitulada "Decisão 80" - quase dois meses antes do trágico falecimento de Francisco Sá Carneiro:

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-i/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-ii/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-iii/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-iv/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-v/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-vi/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-vii/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-viii/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-ix/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-x/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-xi/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-xii/
https://arquivos.rtp.pt/conteudos/decisao-80-parte-xiii/

Ao contrário do arquivo que a RTP tem das presidenciais (que acho que está praticamente completo... ou quase), o das legislativas não está muito completo

+ o contraste entre os dois programas em termos de convidados musicais difere e muito um do outro. No programa das legislativas, a aposta foi sobretudo no campo da musica pop (com uma artista sendo o representante do rock e um outro sendo o representante do fado) e lá estavam: Rui Veloso, José Cid (com voz ao vivo e que na sua segunda intervenção músical tinha como corista a sua então mulher Maria Armanda (nada a ver com duas outras cantoras conhecidas nessa altura sob o mesmo nome (uma sendo uma fadista com mais de uma década de carreira por essa altura, a outra sendo a rapariga de 4 anos que representou Portugal no Sequim de Ouro desse ano com "Eu vi um sapo")DocePaulo de CarvalhoJoel Branco (com voz ao vivo), Rita Ribeiro (com voz ao vivo), Lara Li, Rodrigo (inteiramente ao vivo) e Bric-à-Brac

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

P.S.: esta imagem (assim como o meu novo avatar) diz tudo sobre o destaque que se encontra em algumas das partes do programa (especialmente a terceira parte, aonde está definitivamente mais completa) - a vinheta da RTP 1 dessa altura a cores... que até então estava na categoria "lost media"

Entretanto, dei conta que as partes estão com a ordem errada, a certa é: (...) - V - VII - VIII - VI - IX - (...).

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

A RTP está de facto de parabéns pela quantidade de conteúdo que disponibiliza no seu arquivo web.

Podiam disponibilizar os separadores RTC/RTP utilizados ao longo dos anos, mas deve ser pedir demais.:rezando:

Os separadores que mais gosto, o de 1986 e do 1991/1992. Há tempos encontrei no Youtube uma compilação de todos eles mas deve ter sido eliminado.:triste:

 

  • Like 3
Link to post
Share on other sites

@starlx90 Podes mandar um e-mail ao RTP arquivos, quem saiba, pode ser que te respondam e tenham em consideração a tua sugestão. De qualquer das maneiras eles já postam muito grafismo "indiretamente" quando postam lá os mais variados programas. Há uns dias puseram lá as presidenciais de 1980 e pudemos ver então o separador dessa época, até agora lost media.

Também tens o canal do @LP 98 , entre outros, o qual eu sigo regularmente. No canal dele tens grande parte do grafismo da RTP retirado de várias fontes em vídeos individuais e pessoalmente considero mais organizado que essas compilações feitas por estrangeiros.

Edited by jcfb
  • Like 1
  • Thanks 2
Link to post
Share on other sites

Eu queria era unir esforços para fazermos uma cronologia DEFINITIVA de separadores da RTP 1, sem grandes falhas como os das quianças do YouTube, como o do Telefe Cronologias que até meteu um separador da SIC num vídeo que era suposto ser da RTP 1

  • Like 2
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...