Jump to content
João

Memórias RTP1

Recommended Posts

Rangel    570
4 hours ago, Vascof2001 said:

Fecho da emissão da Rtp1 de um dia de Janeiro da 1997( uma pergunta @Rangel, o Lotação Esgotada dava às segundas naquela altura? porque ouvi dizer que chegou a dar às segundas por pouco tempo, aquilo foi um erro)

Destaque para a programação, a trilha da RTP1 e um tipo raro de Mira

Fabuloso vídeo. Grande banda sonora com os New Order!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
mavb98    430

Esse relógio das miras quando chegava aos 59 segundos demorava mais um segundo, mas o relógio ficava sempre certo? Que bruxaria é essa? :haha:

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
ATVTQsV    4349
há 18 minutos, mavb98 disse:

Esse relógio das miras quando chegava aos 59 segundos demorava mais um segundo, mas o relógio ficava sempre certo? Que bruxaria é essa? :haha:

Se calhar o segundo 59 era mais comprido porque o relógio digital tinha de sincronizar com o analógico. Acho que isto resolve a tua pergunta.

  • Gostar 1
  • Obrigado 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
ATVTQsV    4349

Relógio de 1967 (tive de o publicar porque o documentário tem um prazo na RTP Play):

RTP 1967.png

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
ATVTQsV    4349

A tua história de subestação: capítulo 18 - o "enchimento do chouriço" e as falhas técnicas

(adaptação "livre" do post do @Vascof2001)

Houve uma altura (uma altura bastante comprida) em que haviam menos anunciantes na televisão. Os anúncios passavam menos vezes (era lógico já que só havia poucas horas de emissão) e haviam espaços por preencher na grelha da RTP. Ora, o que é que a RTP fazia para passar o tempo quando:
a) haviam minutos de sobra entre o intervalo e o programa;
b) o programa falhava?

Viajemos então pelos vários métodos usados pela RTP 1 para preencher os espaços livres da grelha.

Quando havia falhas técnicas mas não tinham vídeos para passar
16656400_bzomn.jpegPedimos_desculpa_por_esta_interrupcao.jpg
Na primeira foto, na parte da direita, vemos dois exemplos de diapositivos do tipo que passavam nos primórdios da RTP que poucos viam porque os televisores eram caríssimos. Na parte de baixo vemos uma que aparenta ser do regime experimental (1956-57) e em cima parece ser dos primeiros anos de emissão regular, onde aparentamos ver uma câmara desligada da tomada. Na segunda foto, uma imagem que calculo que seja dos anos 70 (é claro, o tipo de letra Benguiat aparentava estar em voga em Portugal mais ou menos por aquela altura), sempre acompanhado pela mesma música em todos os programas em que foi recordado. A frase da segunda imagem que pus aqui é a mais recordada delas todas.

Quando a televisão surgiu nas regiões autónomas, as interrupções também eram frequentes. A RTP usava diapositivos que só continham texto.

O interlúdio
Uma característica que definia a televisão europeia nos seus primórdios era o interlúdio. Para a RTP, não era a excepção. Só sobreviveu um interlúdio nos arquivos da RTP e pode ser visto no segundo episódio de Conta-me Como Foi (logo a seguir aos pais contarem ao filho de que estava a dar o Carrocel Mágico e eram horas de deitar).

Haviam vários tipos de interlúdio: os interlúdios com paisagens e um interlúdio em que um gato brincava com um novelo de lã. Normalmente, a meio, iria aparecer o símbolo da RTP e a palavra "INTERLÚDIO" num tipo de letra típico da pré-era croma. Nos anos 80 os interlúdios passaram a ser ainda mais raros, sendo substituídos por um mero ecrã branco a dizer "INTERVALO".

Os slides

Com a chegada da televisão a cores (novamente caríssima, mas o exemplo em cima já vem de um tempo em que já boa parte tinha televisões a cores) as imagens do "pedimos desculpa pela interrupção" já eram antiquadas. A chegada à 5 de Outubro e a utilização de um computador para inserir textos tornaram as iamgens maçadoras mais aprazíveis - ou será que não? No exemplo em cima podemos observar um slide de 1984 com o símbolo da RTP 1 da altura, em que dizia o programa que vinha aí a seguir ou era também emitido para passar uma mensagem de que havia problemas técnicos na emissão. Quando haviam problemas, normalmente colocavam um ecrã azul. Com a mudança para Canal 1, já era usada uma imagem estática tirada do separador.

Os telediscos e outros que tais

O Nuno Markl já disse na Caderneta de Cromos que este teledisco era o ideal para passar o tempo quando haviam falhas técnicas. Também haviam derivações do mesmo: por volta de 1987 havia o "Uma canção para si", um vídeo que consistia em pessoas a andarem em caiaques em rápidos ao som da Cavalgata das Valquírias e uns tipos a fazer windsurf. Normalmente, se a RTP preferisse, iria colocar o relógio da mira.

Os desenhos animados

Os desenhos animados (sobretudo os da Hanna-Barbera) eram também uma arma para passar o tempo nos buracos entre os programas. No vídeo em cima vemos um exemplo de mais ou menos 1985 onde o primeiro minuto consiste na locutora a dar o que iria dar no resto do dia, à qual seguia-se uma curta da série Crazy Claws. A Hanna-Barbera produzia séries com várias séries, e o Crazy Claws era da série do Kwicky Koala. Deixem-me fazer um exemplo: um programa meu baseado no que faço no fórum. O programa seria hipoteticamente dividido em três segmentos: o A seria a tua história de subestação, o B seria o clone da Caderneta de Cromos "Cromos Falsos" e o C seria algo tipo o Há Vida em Markl. Vamos supor que o segmento A fosse usado como o enchimento do chouriço do canal cá do fórum.

Também davam Os Malucos das Máquinas Voadoras (Dastardly and Muttley in their Flying Machines. Stop that pigeon, NOW!), segundo o Markl, que afirma que a gravidade das falhas técnicas era definida pela hipotética quantia de desenhos animados que iriam encaixar no buraco da grelha.

As nébulas do Monte da Virgem

Muito comuns no fim dos anos 80. Estas nébulas eram também utilizadas para falar sobre os programas da manha quando a emissão arrancava e o primeiro período era feito no Porto. Esta preciosidade foi dissecada pela Caderneta de Cromos que comparou este interlúdio alucinante com uma rádio pirata ("E do meio-dia passam 58 minutos"). Neste exemplo aqui, o locutor anuncia também o que iria dar no capítulo da noite da novela Palavras Cruzadas em que iria também dizer que "os negócios de jóias serão cambalacho". Quando faltava pouco para o Jornal da Tarde o relógio crescia e no exemplo em cima tocava... sei lá, o que é isto? A música do São João em acordeão? Seria mais ou menos como, à noite, antes do Telejornal, o tempo à espera do banco anunciante do relógio preenchido com Lisboa, Menina e Moça ou Cheira bem, cheira a Lisboa. O Markl também disse que as músicas do Rão Kyao também preencheram intervalos mais compridos com os relógios da RTP.

  • Gostar 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Vascof2001    625

Gostei mas posso dar umas Notas:
 

há 5 horas, ATVTQsV disse:

Quando a televisão surgiu nas regiões autónomas, as interrupções também eram frequentes. A RTP usava diapositivos que só continham texto.

Este diapositivo chegou a ser útilizado em 1970, vi num canal da crítica de 1970

Nos anos 80, também era comum apresentar o logo da RTP1 em slide.

há 5 horas, ATVTQsV disse:

A chegada à 5 de Outubro e a utilização de um computador para inserir textos tornaram as iamgens maçadoras mais aprazíveis - ou será que não?

Lembra-vos que o Centro de Emissões na 5-10 foi inaugurado em 1986, aquilo era por gerador de caracteres lá no Lumiar, no Live Aid ( O vídeo dos Desenhos é tirado logo a seguir a essa transmissão Histórica) como por exemplo, passava aquela cena do abraço de moçambique.

há 5 horas, ATVTQsV disse:

As nébulas do Monte da Virgem

Olha que a 5-10 também passava isso.

Portugal

 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Vascof2001    625

Cenário do Telejornal Regional Do Nortehttps://drive.google.com/file/d/1vZFORRSCLQYISFS8nJM8EpLuJ3zeS8BT/view?usp=drivesdk

https://drive.google.com/file/d/1L6uXpBxX2YYNBQ-D5DgmHpGAfn-PwUfj/view?usp=drivesdk

kKc9ewinDDbAiQMRc1o_Fc7jwFaoCpCOT1C9jjJq

I_4ny12FGOWj5ZkDmEr4waZ0_9v_oE6Gkhb2XwMs

Slide Telejornal Estúdios do Porto (além do vídeo ser de 1975, o slide parece-me mais antigo, da altura do peão, 1963 foi o ano em que fizeram um TJ a partir do porto pela 1ªvez)

https://drive.google.com/file/d/1m27BzOr9b7u_61PQPX0OOoQHqL9R_143/view?usp=drivesdk

xqkU8qSz3xkZuTRzCWmSIJlvK0hpEq9gQg1Vy35b

Genérico do TJRdN

https://drive.google.com/file/d/1LeZHlCUUpbrSahHol1CVRWgHkXVpPUxm/view?usp=drivesdk

fY1ETtzqxXIkD-IsdIJxgm3LRDjTM9h8qCoOuYVo

Editado por Vascof2001
  • Gostar 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
ATVTQsV    4349

Julgava que aquela caixa do tempo só estreou em 2002. Afinal não.

 

  • Gostar 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
mavb98    430
há 2 horas, ATVTQsV disse:

Julgava que aquela caixa do tempo só estreou em 2002. Afinal não.

 

Também pensava que só tinha aparecido em 2002. Essa até é mais bonita que a de 2002, que era só azul e branca. Até os ícones tinham cor.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Rangel    570

Isso já foi com o Rangel na RTP, em fins de Outubro.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
RQ7T    554
há 3 horas, ATVTQsV disse:

Julgava que aquela caixa do tempo só estreou em 2002. Afinal não.

 

Eu também pensava isso. Fui ver em que altura isso foi  e remonta a Novembro de 2001 deve ter sido quando mudaram para aquele grafismo curto.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Vascof2001    625

Eu trago-vos aqui uma das versões do "peão" do Telejornal

Acho que seria das edições de fds no inicio dos anos 60, entre 1961 e 1966, as edições de Segunda a Sabado tinha os nomes edição da Tarde, da noite e últimas notícias.

545195_10200254832478633_1859236513_n.jp10403088_1584581958424495_34069404801570

Programção de 1964

  • Gostar 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
ATVTQsV    4349

Supostamente no genérico normal aparecia o "TELEJORNAL" e depois desaparecia para dar lugar ao nome da edição.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
ATVTQsV    4349

Hoje no Agora, Memórias do Agora Nós recordaram a antiga Telescola e mostravam umas imagens.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Vascof2001    625

Peça sobre os 50 anos da RTP porto

Uma pergunta: De que ano é o set do Jornal da Tarde/Sumário em que apareçe aos 2:39(onde aparece a Manuela de Melo)? Aposto que seria em 1988, porque o mapa múndi ao fundo é o de 1988-90.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Vascof2001    625

Memórias de Concursos:

Uma das coisas que Gostava de ver na RTP1 eram concursos, eis aqui os que me lembro

Acho que devo ter em memória o QQsM com o Jorge, mas o que lembre mais foi o Um Contra todos:

Outros que me lembro também:

Ainda tenho recordações deste Supermíudos, dava aos domingos. Das fases do concurso, só recordo do nome de uma: Memória Cheia! Era com imagens essa fase

Também achava muita piada a este:

 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
LP 98    533
há 3 minutos, Vascof2001 disse:

Memórias de Concursos:

Uma das coisas que Gostava de ver na RTP1 eram concursos, eis aqui os que me lembro

Acho que devo ter em memória o QQsM com o Jorge, mas o que lembre mais foi o Um Contra todos:

Lembro-me do Jogo Duplo e do Um Contra Todos, que inclusive o meu pai chegou a participar uma vez :)

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Vascof2001    625

Pergunto: Isto era a Informação Meteorológica mesmo?! É que não percebo nada de Frances e quero entender melhor o que eles estão a dizer.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
ATVTQsV    4349

"O primeiro canal é o canal da informação, pois a sua grelha é dedicada aos noticiários, aos magazines,  às reportagens e aos programas políticos. Noutra régie fica o segundo canal, o dito emite essencialmente filmes, novelas (folhetins), desporto (muito desporto) e, bem entendido, variedades. Dois canais com vocações muito distantes, aqui a concorrência não existe, sem ser a 1 e a 2, são do mesmo organismo que é a RTP, Radiotelevisão Portuguesa.

Com o mesmo genérico [de abertura]. há entre a 1 e a 2 uma verdadeira repartição de papéis: a 1 é, precisamente, a televisão institucional, composta essencialmente pela informação, com as suas três edições diárias, onde a mais importante é a das 20. Sem apresentadores vedeta, sem limpezas no cenário, o Telejornal é enriquecido por notícias de âmbito cultural, de sociedade e, claro está, da informação geral.

Com um toque de originalidade, o tempo, neste deserto territorial (referindo às peças examinadas pela reportagem do 7 sur 7?). (acabou por dizer algo como "sem Michel Chevalier", não consegui perceber bem esta parte, mas aposto que o Telejornal da altura era sóbrio, nem sequer tinham panca para meteorologistas por esta altura, era tira e põe)

E mesmo antes e depois do jornal da 20, o poder está omnipresente. Temos as publicidades governamentais que explicam os problemas que representam a negligência no trabalho."

Ou seja, quem fez esta reportagem para o 7 sur 7 ignorou a novela e a programação infantil da 1 e fingia que a 1, apesar da sua grelha reduzida (que não é mencionada) era um canal de informação. Tipo a RTP 3 mas sem repetir a mesma coisa 326 vezes num dia só.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Televisão 10    5862
há 17 horas, Vascof2001 disse:

Memórias de Concursos:

Uma das coisas que Gostava de ver na RTP1 eram concursos, eis aqui os que me lembro

Acho que devo ter em memória o QQsM com o Jorge, mas o que lembre mais foi o Um Contra todos:

Outros que me lembro também

Ainda tenho recordações deste Supermíudos, dava aos domingos. Das fases do concurso, só recordo do nome de uma: Memória Cheia! Era com imagens essa fase

Também achava muita piada a este:

 

Pelos nomes, não chegava lá. Ao ver as imagens, lembro-me de todos menos do "Um Contra Todos". O "Cubo" lembra-me um pouco o "Ganha num Minuto", da SIC.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Vascof2001    625

Sinceramente prefiro mil vezes mais o formato que o Bom-dia Portugal tinha em 2002. Era mais dinamito, mais Diversificado, com maior número de apresentadores.

Idem aspas para o Grafismo, sonoridade e para o João Tomé de Carvalho.

 

Site Jornal da Tarde:

http://arquivo.pt/wayback/20030216042931/http://www.rtp.pt/web/jornaldatarde/index.shtm

Site Telejornal:

https://web.archive.org/web/20040621203556/http://www.rtp.pt/web/sites/tj.htm

Site BDP:

http://arquivo.pt/wayback/20031212055031/http://www.rtp.pt/web/bomdia/

  • Gostar 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
ATVTQsV    4349

Preferia acordar com um Bom Dia Portugal à antiga e não uma maratona repetitiva de notícias.

  • Gostar 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora


×