Jump to content
k3o4

Política

Recommended Posts

há 8 minutos, Forbidden disse:

Ela já disse que não tinha interesse em concorrer. Isso é uma ideia da Internet que não me parece que se concretiza (falta-lhe experiência), mas depois do Trump, já acredito em tudo. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
On ‎15‎-‎11‎-‎2016 at 18:49, Daniel_TV disse:

A minha única esperança é a Constituição norte-americana. É um documento muito objetivo e não permite que um louco faça o que bem entender. É muito diferente da situação do Hitler na Alemanha. Trump vai ser moderado pelo Congresso, pelo Senado e, fundamentalmente, pela Constituição, nomeadamente na questão da NATO. 

 

Tão objectivo que já admitiu a escravatura.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 hora, Marie Grzechowski disse:

Tão objectivo que já admitiu a escravatura.

Mesmo... eu não entendo esta reverencia que os americanos fazem a constituição, como se fosse algo sagrado que não se pode tocar. A nossa constituição já teve diversas modificações e só tem 40 anos, a deles tem mais de 200...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 2 horas, Forbidden disse:

Mesmo... eu não entendo esta reverencia que os americanos fazem a constituição, como se fosse algo sagrado que não se pode tocar. A nossa constituição já teve diversas modificações e só tem 40 anos, a deles tem mais de 200...

mas a deles também já teve alterações ao longo dos tempos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 5 horas, Marie Grzechowski disse:

Tão objectivo que já admitiu a escravatura.

Claro que sim. Como era normal. Sim, por muito estranho que nos pareça, a escravatura já foi a coisa mais natural do mundo. Nós não podemos olhar com os nossos olhos liberais do século XXI para a realidade do século XIX. Não podemos esperar que partilhem dos mesmos valores que não. Faz parte da evolução. 

há 1 hora, joanna disse:

mas a deles também já teve alterações ao longo dos tempos.

Exato, chamam-se emendas constitucionais. 

há 23 horas, TheSecret disse:

Fala-se do Trump, mas ainda me assusto mais o aquele tal Pence :|

Verdade. E o pior é que os Republicanos preferem-no a ele como Presidente do que o Trump. Por isso, não terão problemas nenhuns em fazer cair o Trump (vai acontecer, eventualmente) à mínima oportunidade para poder elevar Pence a Presidente. Não sei o que é pior. :dontknow:

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 11 horas, TheSecret disse:

Estou super revoltado com a reportagem que deu na SIC. Mas quem é aquela porca, sim... desculpem, mas não tem outro nome: A Porca da Isabel dos Santos. 

Onde já se viu ter milhões e pedir para o povo angolano doar dinheiro para vacinas ou o crl? Isto é de doidos. Que loucura. 

Valia mais colonizar aquela porra, again. 

Também vi a reportagem e fiquei sem palavras. Mas pelo que sei os portugueses residentes em Angola ainda têm um bom nível de vida.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 12 horas, TheSecret disse:

Estou super revoltado com a reportagem que deu na SIC. Mas quem é aquela porca, sim... desculpem, mas não tem outro nome: A Porca da Isabel dos Santos. 

Onde já se viu ter milhões e pedir para o povo angolano doar dinheiro para vacinas ou o crl? Isto é de doidos. Que loucura. 

Valia mais colonizar aquela porra, again. 

Não digas isso que ainda te chamam de fascista ou de racista. 

 

 

http://www.dn.pt/mundo/interior/eua-votam-contra-resolucao-das-nacoes-unidas-a-condenar-nazismo-5504572.html  Não acredito como é que o Obama votou contra isto :dontknow: Depois o Trump é que é o "fascista":lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites

E hoje aconteceu a primeira volta das primárias republicanas francesas. Em primeiro lugar, quero escrever que só esta semana entendi porque o senhor Allain Juppé é apoiado por centristas nestas primárias: li no Fígaro que estas são as primeiras primárias da história francesa que junta o centro e a direita.

Em segundo, não sei porque o Publico informa que a vitória de Fillon é uma surpresa, quando ontem os media portugueses estavam a dizer que ele podia ser um problema para o Sarcozy... e foi mesmo. Sarcozy sai (ainda bem) e a segunda volta será entre Fillon e Juppé.

Eu ainda tenho que ler o programa dos candidatos, que veio no Figaro sob a forma de uma tabela, para ver quem é mesmo o melhor na minha opinião, mas por enquanto continuo a querer o Juppé. Além disso, tinha graça ser o ex-primeiro-ministro de Jacques Chirac a travar a Marine Le Pen 15 anos depois de Chirac ter travado o seu pai.

https://www.publico.pt/mundo/noticia/surpresa-nas-primarias-da-direita-francesa-fillon-e-favorito-1751892

Já agora deixo-vos com as tabelas do Fígaro:

Spoiler

img010.jpgimg011.jpg

img012.jpgimg013.jpg

img014.jpg

 

Edited by srcbica

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 13 minutos, srcbica disse:

E hoje aconteceu a primeira volta das primárias republicanas francesas. Em primeiro lugar, quero escrever que só esta semana entendi porque o senhor Allain Juppé é apoiado por centristas nestas primárias: li no Fígaro que estas são as primeiras primárias da história francesa que junta o centro e a direita.

Em segundo, não sei porque o Publico informa que a vitória de Fillon é uma surpresa, quando ontem os media portugueses estavam a dizer que ele podia ser um problema para o Sarcozy... e foi mesmo. Sarcozy sai (ainda bem) e a segunda volta será entre Fillon e Juppé.

Eu ainda tenho que ler o programa dos candidatos, que veio no Figaro sob a forma de uma tabela, para ver quem é mesmo o melhor na minha opinião, mas por enquanto continuo a querer o Juppé. Além disso, tinha graça ser o ex-primeiro-ministro de Jacques Chirac a travar a Marine Le Pen 15 anos depois de Chirac ter travado o seu pai.

https://www.publico.pt/mundo/noticia/surpresa-nas-primarias-da-direita-francesa-fillon-e-favorito-1751892

Já agora deixo-vos com as tabelas do Fígaro:

  Mostrar conteúdo escondido

img010.jpgimg011.jpg

img012.jpgimg013.jpg

img014.jpg

 

A melhor forma de derrotarem a Marine é não haver mais nenhum ataque terrorista. Se houver mais algum ataque terrorista na França acho que ninguém a consegue vencer. A grande vantagem da Marine é prometer a expulsão de imigrantes muçulmanos o que convenhamos tornaria a França mais segura. O grande problema da França neste momento é que os governantes de esquerda e de direita são todos uns bananas na luta contra o terrorismo. Só alguém com um pulso forte pode acabar com isso.

 

Entretanto por cá...

 

Portugal, o país com portugueses de primeira e portugueses de segunda

 

1-9.jpg

fonte: http://www.direitapolitica.com/portugal-o-pais-com-portugueses-de-primeira-e-portugueses-de-segunda/ 

Já não basta os meninos da função pública trabalharem apenas 7h por dia como também tem a vantagem de poderem reformar-se mais cedo. Acho que Portugal devia fundar um novo PCP (partido comunista dos privados) a ver se alguém defendia os interesses dos trabalhadores do sector privado. Não é justo uns terem de trabalhar mais horas e mais anos e serem obrigados a reformarem-se mais tarde. Haja alguém que os defenda.

 

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 7 minutos, Manuel Silva disse:

Entretanto por cá...

 

Portugal, o país com portugueses de primeira e portugueses de segunda

 

fonte: http://www.direitapolitica.com/portugal-o-pais-com-portugueses-de-primeira-e-portugueses-de-segunda/ 

Já não basta os meninos da função pública trabalharem apenas 7h por dia como também tem a vantagem de poderem reformar-se mais cedo. Acho que Portugal devia fundar um novo PCP (partido comunista dos privados) a ver se alguém defendia os interesses dos trabalhadores do sector privado. Não é justo uns terem de trabalhar mais horas e mais anos e serem obrigados a reformarem-se mais tarde. Haja alguém que os defenda.

 

 

É que nem experimentes mandar isso à cara de um funcionário público (trabalhar 7h por dia) porque eles ficam todos ofendidinhos e atiram-se logo a ti

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 9 horas, Manuel Silva disse:

A melhor forma de derrotarem a Marine é não haver mais nenhum ataque terrorista. Se houver mais algum ataque terrorista na França acho que ninguém a consegue vencer. A grande vantagem da Marine é prometer a expulsão de imigrantes muçulmanos o que convenhamos tornaria a França mais segura. O grande problema da França neste momento é que os governantes de esquerda e de direita são todos uns bananas na luta contra o terrorismo. Só alguém com um pulso forte pode acabar com isso.

 

Entretanto por cá...

 

Portugal, o país com portugueses de primeira e portugueses de segunda

 

1-9.jpg

fonte: http://www.direitapolitica.com/portugal-o-pais-com-portugueses-de-primeira-e-portugueses-de-segunda/ 

Já não basta os meninos da função pública trabalharem apenas 7h por dia como também tem a vantagem de poderem reformar-se mais cedo. Acho que Portugal devia fundar um novo PCP (partido comunista dos privados) a ver se alguém defendia os interesses dos trabalhadores do sector privado. Não é justo uns terem de trabalhar mais horas e mais anos e serem obrigados a reformarem-se mais tarde. Haja alguém que os defenda.

 

 

Sabias que há trabalhadores precários no estado e a ganhar o SMN? Actualmente os trabalhadores da FP reformam-se aos 66 anos.

Pior são os trabalhadores da banca que se reformam aos 50 anos e com falsas declarações médicas. 

há 9 horas, Carlosss disse:

É que nem experimentes mandar isso à cara de um funcionário público (trabalhar 7h por dia) porque eles ficam todos ofendidinhos e atiram-se logo a ti

Mas esses também aturam muita gente mal educada e com a p da mania, como é o caso dos trabalhadores da SS que têm medo dos ciganos e dos mitras.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 25 minutos, joanagsantos disse:

Sabias que há trabalhadores precários no estado e a ganhar o SMN? Actualmente os trabalhadores da FP reformam-se aos 66 anos.

Pior são os trabalhadores da banca que se reformam aos 50 anos e com falsas declarações médicas. 

Mas esses também aturam muita gente mal educada e com a p da mania, como é o caso dos trabalhadores da SS que têm medo dos ciganos e dos mitras.

E só há ciganos e mitras na SS? Fala-me dos trabalhadores de supermercado por exemplo, há gente mal educada em todo o lado, não são só os funcionários publicos a lidarem com eles

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 15 minutos, Carlosss disse:

E só há ciganos e mitras na SS? Fala-me dos trabalhadores de supermercado por exemplo, há gente mal educada em todo o lado, não são só os funcionários publicos a lidarem com eles

há em todo o lado, mas não concordo quando se diz que os funcionários públicos é que são os privilegiados.

Casos como este são cada vez mais comuns na administração pública - 

https://www.bep.gov.pt/pages/oferta/Oferta_Detalhes.aspx?CodOferta=45402

Neste caso, o contrato só dura 9 meses.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 37 minutos, joanagsantos disse:

há em todo o lado, mas não concordo quando se diz que os funcionários públicos é que são os privilegiados.

Casos como este são cada vez mais comuns na administração pública - 

https://www.bep.gov.pt/pages/oferta/Oferta_Detalhes.aspx?CodOferta=45402

Neste caso, o contrato só dura 9 meses.

Mas são privilegiados sim no caso das reformas e nas horas semanais que trabalham, isso é um facto. Vais dizer que é mentira?

E é injusto uns trabalharem 35 horas semanais e outros 40, sempre achei isso e vou continuar a achar (a carga devia ser 35 horas pra todos os trabalhadores, como é em grande parte dos paises europeus).

E achas que no privado também não usam e abusam de contratos de 9 meses (ou até menos que isso)?!

Edited by Forbidden
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 12 horas, Manuel Silva disse:

Já não basta os meninos da função pública trabalharem apenas 7h por dia como também tem a vantagem de poderem reformar-se mais cedo. Acho que Portugal devia fundar um novo PCP (partido comunista dos privados) a ver se alguém defendia os interesses dos trabalhadores do sector privado. Não é justo uns terem de trabalhar mais horas e mais anos e serem obrigados a reformarem-se mais tarde. Haja alguém que os defenda.

 

Já se sabia que com este governo iria ser assim, infelizmente. Há que garantir os votos da função pública dando-lhes palmadinhas nas costas e beneficiando-os ainda mais do que já são. 

há 1 hora, joanagsantos disse:

há em todo o lado, mas não concordo quando se diz que os funcionários públicos é que são os privilegiados.

Casos como este são cada vez mais comuns na administração pública - 

https://www.bep.gov.pt/pages/oferta/Oferta_Detalhes.aspx?CodOferta=45402

Neste caso, o contrato só dura 9 meses.

 

Oh Joana, por favor. Os funcionários públicos são mais que privilegiados e o pior nem é isso, é o facto de serem privilegiados e ainda existirem imensos casos de incompetência por aí. Claro que há pessoas competentes e incompetentes em todo o lado mas no privado, se são incompetentes é problema de quem os contratou, não são os impostos dos portugueses que lhes pagam o salário. Há muitos funcionários públicos por aí que nem têm capacidade para desempenhar o trabalho de forma correta e depois quando uma pessoa lhes chama a atenção ainda se irritam como que se não pudessem ser criticados. Ora, se os impostos também lhes pagam o salário e todas as outras regalias que eles têm, só faz sentido que, ou sejam chamadas à atenção de modo a melhorarem a produtividade, ou sejam despedidas.

há 13 horas, srcbica disse:

E hoje aconteceu a primeira volta das primárias republicanas francesas. Em primeiro lugar, quero escrever que só esta semana entendi porque o senhor Allain Juppé é apoiado por centristas nestas primárias: li no Fígaro que estas são as primeiras primárias da história francesa que junta o centro e a direita.

Em segundo, não sei porque o Publico informa que a vitória de Fillon é uma surpresa, quando ontem os media portugueses estavam a dizer que ele podia ser um problema para o Sarcozy... e foi mesmo. Sarcozy sai (ainda bem) e a segunda volta será entre Fillon e Juppé.

Eu ainda tenho que ler o programa dos candidatos, que veio no Figaro sob a forma de uma tabela, para ver quem é mesmo o melhor na minha opinião, mas por enquanto continuo a querer o Juppé. Além disso, tinha graça ser o ex-primeiro-ministro de Jacques Chirac a travar a Marine Le Pen 15 anos depois de Chirac ter travado o seu pai.

https://www.publico.pt/mundo/noticia/surpresa-nas-primarias-da-direita-francesa-fillon-e-favorito-1751892

Já agora deixo-vos com as tabelas do Fígaro:

  Mostrar conteúdo escondido

img010.jpgimg011.jpg

img012.jpgimg013.jpg

img014.jpg

 

 

Não estava à espera que o Fillon ganhasse, mas até não estou descontente, pois também acho que a França precisa de umas reformas como aquelas implementadas pela Thatcher - algo que defende. Além disso, o Fillon também é um bom candidato - bem melhor que o Sarkozy - para defrontar (e vencer) a Marine Le Pen à 2ª volta (na 1ª volta, a Le Pen deve ganhar quase de certeza). Dado os resultados, não sei se o Juppé tem capacidade para vencer, a não ser que se posicione mais à direita nestes últimos dias (e mesmo assim será difícil)..

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 hora, Forbidden disse:

Mas são privilegiados sim no caso das reformas e nas horas semanais que trabalham, isso é um facto. Vais dizer que é mentira?

E é injusto uns trabalharem 35 horas semanais e outros 40, sempre achei isso e vou continuar a achar (a carga devia ser 35 horas pra todos os trabalhadores, como é em grande parte dos paises europeus).

E achas que no privado também não usam e abusam de contratos de 9 meses (ou até menos que isso)?!

Quem entra agora na FP desconta para a SS, tem de trabalhar 40 horas por semana, tem direito a 22 dias tal como no privado e as reformas passaram para os 66 anos, tal como acontece nos privados.

Quanto ao valor das reformas, há funcionários públicos a receber entre 250€ e 400 e poucos euros (quem recebia o SMN).

Acho esta situação da banca (o fundo das reformas passou para SS) bem mais escandalosa -

https://www.publico.pt/economia/noticia/sindicato-admite-que-bancarios-reformados-por-invalidez-ascendem-a-milhares-1734015

Share this post


Link to post
Share on other sites

É assim, eu considero este meu pensamento perigoso... mas porquê que é assim tão mau travar as imigrações daqueles países mais complicados no médio-oriente, etc? É assim, eu sei que isso é  o que a extrema-direita defende... obviamente que nãio apoio a extrema-direita, mas eu entendo essa medida. Percebem o que quero dizer? Sei lá, pode ser ignorância minha, mas sei lá...

Edited by TheSecret

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quando e que será que os EUA ganham vergonha e abolem de uma vez a pena de morte?! Que degredo, a maior potencia ocidental com pena de morte, pararam no século XIX.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 33 minutos, TheSecret disse:

É assim, eu considero este meu pensamento perigoso... mas porquê que é assim tão mau travar as imigrações daqueles países mais complicados no médio-oriente, etc? É assim, eu sei que isso é  o que a extrema-direita defende... obviamente que nãio apoio a extrema-direita, mas eu entendo essa medida. Percebem o que quero dizer? Sei lá, pode ser ignorância minha, mas sei lá...

É mau porque é uma generalização. É dizer que a população do médio-oriente = criminosos. Nem todos os são. Há aqueles que vêem o ocidente como o caminho para a liberdade, para a sua felicidade. É injusto para com elas que se diga que aqui não são bem-vindas, quando há uns anos a esta parte temos vivido num mundo em que as fronteiras se esbatem, em que se acredita que o mundo é para todos (infelizmente, este mundo liberal em que achávamos que vivíamos solidamente está a morrer aos poucos). 

há 4 minutos, Forbidden disse:

Quando e que será que os EUA ganham vergonha e abolem de uma vez a pena de morte?! Que degredo, a maior potencia ocidental com pena de morte, pararam no século XIX.

O pior não é os EUA terem pena de morte. O problema é que na Europa está a voltar a nascer a ideia de que a pena de morte faz sentido. Acho que estamos mais perto de ver o mundo voltar a legislar nesse sentido do que ver os EUA a abolirem completamente a pena de morte.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora mesmo, Daniel_TV disse:

 

O pior não é os EUA terem pena de morte. O problema é que na Europa está a voltar a nascer a ideia de que a pena de morte faz sentido. Acho que estamos mais perto de ver o mundo voltar a legislar nesse sentido do que ver os EUA a abolirem completamente a pena de morte.

Eu espero bem que não regridamos nesse sentido... pelo menos em Portugal não vejo nenhum dos principais partidos a pedirem a pena de morte, credo, isso é tão sem sentido no século XXI.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 2 minutos, Forbidden disse:

Eu espero bem que não regridamos nesse sentido... pelo menos em Portugal não vejo nenhum dos principais partidos a pedirem a pena de morte, credo, isso é tão sem sentido no século XXI.

Pois, pois. Acredita que nos meios intelectuais essa ideia está a começar a ganhar força. Acho que a nossa geração vai assistir ao fim do mundo liberal e dos direitos humanos universais. A história é isso: avançam-se dois passos, regrede-se três.  

Edited by Daniel_TV

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que mais do que se achar que os imigrantes do médio oriente são criminosos (embora para a extrema-direita, qualquer imigrante, de onde quer que venha, seja sempre o bode expiatório perfeito para tudo o que acontece de mal na sociedade), em relação a estes acho que o foco vai mais para a diferença de valores culturais. É certo que as outras comunidade imigrantes também têm outros valores diferentes dos nossos, mas tende-se a acreditar que eles conseguem mantê-los sem entrar em confronto com a nossa cultura. Tal não acontece quando se pensa em pessoas que vêm de países que são praticamente teocráticos e onde a religião comanda a forma de viver. Onde tu paras não sei quantas vezes por dia para orar ou quando tratas o outro como os livros sagrados dizem para o tratares.

Embora me considere bastante aberta a pessoas de outros países (às vezes até me considero um bocado xenófila), vou dar um exemplo pessoal que me deixou um bocado de "pé atrás": eu trabalho em atendimento ao público, e já mais do que uma vez vi as minhas instruções serem desrespeitadas por homens muçulmanos de um certo país pelo facto de ser mulher. E como sei que é pelo facto de ser mulher? Porque mal eu lhes explicava o porquê de não poderem fazer o que pensavam quem que vinham fazer ao local, eles imediatamente dirigiam-se ao colega do sexo masculino que estava ao meu lado (nem sequer é meu superior nem nada, é simplesmente um colega) para lhe fazer a mesma pergunta, ele respondia o que eu tinha respondido e eles aceitavam e iam embora. E agora vocês dizem "Ah, mas só porque aconteceu isso contigo já estás a generalizar!" E eu digo que não, claro que também há outros clientes muçulmanos que são muito simpáticos e educados. No entanto, tenho de realçar que isto SÓ me aconteceu com homens daquela nacionalidade específica.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...