Jump to content
Ruben Fonseca

Profissionais RTP1

Recommended Posts

Já eu não sou da mesma opinião o Malato é um melhores a fazer concursos e é uma pena estar parado, espero que em setembro acabem com o QQSM que já enjoa e apostem num concurso novo e de preferência com o Malato apresentar.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aviso à RTP: «Fernando Mendes está no mercado» ao dispor de SIC e TVI


Negando que houve qualquer contacto formal com Fernando Mendes por parte da SIC, Pedro Martins, agente do apresentador, adianta que se a RTP não renovar, pode haver mais estações interessadas.
«Posso referir que o Fernando está no mercado. Ele tem contrato até ao final do ano com a RTP e depois disso logo se vê», adianta o empresário à Nova Gente.


 

Até 31 de dezembro deste ano “O Preço Certo” está garantido pela RTP. A partir de 1 de janeiro de 2016 é ainda uma incógnita: «Por enquanto, está a apresentar o seu programa e está feliz com isso».
Ainda à revista da Impala, Pedro Martins adianta que as privadas estão atentas às movimentações através de «um namoro antigo… e constante».
Já este ano, Fernando Mendes também se pronunciou acerca do futuro, desta feita à revista VIP. «Como deve calcular, também há outros canais interessados na minha pessoa. Claro que tenho um carinho muito grande pela RTP, sempre trabalhei na estação pública, o meu pai também, portanto, é um canal que me está no coração. Mas se tiver de mudar, tudo bem», disse o gordo há semanas.

In Zapping

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu ainda não percebi para que querem as privadas o Fernando se não têm o formato...  :rolleyes:  É que não estou a vê-lo fazer sucesso em programas comuns na SIC e TVI.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se calhar ele está a fartar-se de OPC?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu ainda não percebi para que querem as privadas o Fernando se não têm o formato... :rolleyes: É que não estou a vê-lo fazer sucesso em programas comuns na SIC e TVI.

É a forma do programa acabar e passar alguma audiência para eles. É a única justificação que encontro pois não acredito que continuasse com outro apresentador...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tenho essa mesma opinião NEQ.

 

E o mesmo o formato e o mesmo apresentador na SIC ou TVI, acho que as pessoas iam rejeitar o programa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

É a forma do programa acabar e passar alguma audiência para eles. É a única justificação que encontro pois não acredito que continuasse com outro apresentador...

 

x2, Mas acho que além disso, as privadas encostavam-no. Jamais ele terá o sucesso nas privadas que tem na RTP, na minha opinião.

Share this post


Link to post
Share on other sites

x2, Mas acho que além disso, as privadas encostavam-no. Jamais ele terá o sucesso nas privadas que tem na RTP, na minha opinião.

Ainda ia parar ao "Somos Portugal em Festa"...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ainda ia parar ao "Somos Portugal em Festa"...

 

João Baião, Fernando Mendes e Nuno Eiró, todos os domingos consigo. xD

Share this post


Link to post
Share on other sites

João Baião, Fernando Mendes e Nuno Eiró, todos os domingos consigo. xD

E ainda faltam aí nomes. Quase ficava uma equipa de futebol. :haha:

Share this post


Link to post
Share on other sites

A despedida de Hugo Andrade no Facebook:

 

Fui hoje oficialmente exonerado das minhas funções como diretor da RTP1, RTP Memória e RTP ÁFRICA.

Chega assim ao fim mais uma etapa da minha vida profissional.
Foram muitos anos a trabalhar na primeira linha de uma empresa que é um pedaço de mim e uma das maiores marcas de Portugal.
Trabalhei com grandes profissionais e com todos aprendi um pouco, ou muito.
Entrei para a Direção em 2002 com o Luis Andrade, o Nuno Santos e o Luis Silveira.
Mais tarde juntaram-se a nós a Maria São José, o João Nuno Nogueira, o Bruno Santos e o Zé Fragoso.
Foi o começo desta longa caminhada e vivemos anos de enorme envolvimento e também sucesso.
Tempos difíceis mas muito desafiantes.
Aprendi, lutei e cresci, mas acima de tudo, honrei a casa onde trabalho e onde tenho orgulho de trabalhar.
Em 2008 fui convidado para dirigir a RTP Memória. Foram tempos muito bons. Trabalhar com a história, a nossa.
Desenhei um projeto que chegou longe. Ajudei a dignificar o passado dos meus colegas de profissão e de todos que construíram aquele que é o maior património da RTP, o seu arquivo.
Em 2011 novo desafio. O maior. Acumular a Direção da RTP Memória com a gestão do primeiro canal do Serviço Público de Televisão. Que honra.
Desde o primeiro dia encarei o desafio como uma missão. Vivíamos momentos de grande crise no país e na empresa.
O mercado a mudar, a fragmentação de públicos, o crescimento do cabo e das plataformas digitais.
Foi também o momento da transição para a TDT com muitas consequências negativas para os cidadãos e para a RTP. Processo errado, mal feito. À portuguesa, como se costuma dizer.
Logo depois a nova medição de audiências feita pela GFK. Nem vou fazer grandes comentários.
Basta dizer que de um dia para o outro a RTP viu amputado o seu resultado em cerca de 20%.
À portuguesa, digo agora eu.
Depois a convulsão que resultou de uma hipotética privatização da empresa e da possibilidade de encerramento da RTP2.
Resultado imediato de tudo isto? Uma desvalorização do Serviço Público, do valor da empresa e uma perceção pública sobre a utilidade da RTP muito negativa.
Consequência também grave. O Diretor da RTP2 decide sair e vejo-me a braços com a gestão de mais um canal, importantíssimo na logica de um operador público e sem o mínimo de condições e recursos para poder fazer um bom trabalho.
A gestão da RTP2 foi neste meu percurso o chamado milagre possível.
Com muito prazer passei o testemunho e a gestão da RTP2 ao meu colega Elisio de Oliveira em meados de 2013.
E ainda recentemente passei também a dirigir a RTP África, o mais focado canal do grupo na minha perspetiva, neste caso também em função de uma reorganização da estrutura da empresa.
Assim, nos últimos sete anos geri quatro canais do maior grupo de comunicação do País.
Foram tempos desafiantes, difíceis, duros, muitas vezes em enorme solidão mesmo quando sentia a força, o apoio e a ajuda dos colegas mais próximos e da generalidade dos colegas da empresa.
Com a ajuda de muita gente, o envolvimento dos profissionais da casa, a colaboração dos agentes externos, o empenho dos Artistas e de parte da indústria de televisão em Portugal, fizemos o nosso caminho. Recuperámos o tempo perdido. Recuperámos o carinho dos cidadãos, recuperámos audiências, recuperámos o bom nome da nossa empresa.
Devolvemos a RTP aos portugueses, mais forte e reconhecida.
Hoje chega ao fim este ciclo.
Tinha de acontecer mais tarde ou mais cedo.
Aconteceu agora.
Não importa o porquê nem como se processou esta mudança.
O Serviço Público pode levar outros caminhos. É natural que assim seja.
Mas neste período fizemos o que podíamos e devíamos fazer.
Quem está por dentro destas coisas percebe bem o que quero dizer.
Hoje é para mim um dia feliz. Saio das minhas funções de cabeça erguida, de consciência tranquila e com sentido de obra feita.
Agradeço a todos os que fizeram esta caminhada a meu lado, aos que me puxaram e aos que me empurraram.
Agradeço aos que me deram conselhos, aos que me criticaram com justiça, aos que me alertaram e abriram outros caminhos.
Agradeço aos que estiveram mais próximos e aos que se afastaram também.
Agradeço a enorme onde de amizade na hora da saída.
Aos que fizeram o favor de me vir dar um abraço, de ligar, enviar mensagens ou apenas de me sorrir no momento certo.
E agradeço aos que ficaram em silêncio ou simplesmente deixaram de aparecer.
Agradeço mesmo a todos porque a vida é feita destas coisas, de pessoas todas muito diferentes.
Agradeço à minha equipa. A todos os que comigo trabalharam mais diretamente, que me ajudaram e que são grandes profissionais.
Agora é tempo de abraçar outros desafios nesta casa que sinto como minha mesmo sendo de todos.
É tempo de dar espaço a outros protagonistas esperando que tudo lhes corra bem em nome de uma RTP mais forte.
Eu estou por aqui. E estou bem.
Um abraço especial ao Luis Marinho, Jose Manuel PortugalFausto Coutinho e Elisio Oliveira que me acompanham nesta hora de mudança.
Foi um prazer trabalhar convosco.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1647062402180667&set=a.1396697527217157.1073741828.100006307688483&type=1&permPage=1

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Parabéns à Tânia :happy:

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Parabéns :) Tenho pena é que não tenha futuro na RTP. Por mim ia para a SIC.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Parabéns à Tânia.:D

Share this post


Link to post
Share on other sites

Parabéns :) Tenho pena é que não tenha futuro na RTP. Por mim ia para a SIC.

Mas quem te disse que não tem futuro?Duvido que a desperdicem, certamente devem ter algo pensado para ela.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Depois da polémica de Iva Domingues com os vimaranenes surge agora a polémica de Vanessa Oliveira com os madeirenses.:haha: A Vanessa colocou uma fotografia no facebook onde dizia "adoro trazer os meus amigos madeirenses a lojas decentes":haha: logo foi imediatamente criticada por pessoas a dizerem que a Madeira tem lojas decentes. A Vanessa entretanto já se justificou.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Depois da polémica de Iva Domingues com os vimaranenes surge agora a polémica de Vanessa Oliveira com os madeirenses.:haha: A Vanessa colocou uma fotografia no facebook onde dizia "adoro trazer os meus amigos madeirenses a lojas decentes":haha: logo foi imediatamente criticada por pessoas a dizerem que a Madeira tem lojas decentes. A Vanessa entretanto já se justificou.

Andas atrasado, já foi à algum tempito! 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Andas atrasado, já foi à algum tempito! 

Só soube hoje. Ando mesmo desactualizado.:haha:

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Espero que a RTP volte a agarrar a Catarina Furtado. Ela é já uma cara do canal (cresci a ver os seus programas). Além disso, é uma excelente apresentadora, tem carisma e tem bom perfil para os programas que lhe têm sido atribuídos. 

Sinceramente, não a vejo na TVI. Não é o seu ADN...

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...