Jump to content

Profissionais TVI


Recommended Posts

O título da notícia é completamente enganador.  Li o artigo e ela não disse nada de especial sobre a Cristina.

Mencionou com que não gostou de ver a Cristina ir 15 dias de ferias no início da pandemia e elogiou o Goucha por ter continuado. De resto, não lhe faz mais críticas.

Pelo que ela diz, parece que a Suzana não estava satisfeita com o novo line-up do programa. "Em setembro, fiz três programas, vi umas quantas coisas e pensei: "Não quero". E sou livre de dizer que não".  Parece ser claro que foi mais por isso que recusou continuar.

  • Like 2
  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
  • Replies 34.2k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

  • Mr. Carter

    1510

  • Vieira

    1402

  • ZDK

    1270

  • Duarte com D

    945

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Obrigado pela consideração aos comuns plebeus, Rita Pereira  

Cristina saturou tanto o "setembro é amanhã" que estou com medo de acordar amanhã e ser 32 de agosto 

RIP Garnel 2019-2020

1 hour ago, Cable Guy said:

O título da notícia é completamente enganador.  Li o artigo e ela não disse nada de especial sobre a Cristina.

Mencionou com que não gostou de ver a Cristina ir 15 dias de ferias no início da pandemia e elogiou o Goucha por ter continuado. De resto, não lhe faz mais críticas.

Pelo que ela diz, parece que a Suzana não estava satisfeita com o novo line-up do programa. "Em setembro, fiz três programas, vi umas quantas coisas e pensei: "Não quero". E sou livre de dizer que não".  Parece ser claro que foi mais por isso que recusou continuar.

Fogo. Não leste a mesma entrevista por certo. 

Ela rasgou a Cristina de cima a baixo. Nota-se que há bad blood e parece-me um bad blood nada fundamentado. Parece-me birra por birra e birra unilateral. Tenho para mim que a Susana tem uma ideia pré-concebida da Cristina e que vai ficar com essa ideia para sempre até porque ela diz que não conhece a Cristina. 

A Susana acabou mesmo a dizer que "Se a Cristina concorresse à Presidência do País, eu concorreria também, teria muito gosto em cruzar-me com ela".

Edited by VTL
  • Like 3
Link to post
Share on other sites
há 48 minutos, Tiagotv disse:

Só a dica xD

 

 

 

Se há coisa na vida que eu não gosto é de ostentação. Acho que ela podia evitar certas coisas. Já todos sabemos que ela é rica, não precisa mostrar.

  • Thanks 1
  • LOL 1
Link to post
Share on other sites
4 minutes ago, VTL said:

Fogo. Não leste a mesma entrevista por certo.

Li o artigo da Flash, que foi o que estava a ser discutido aqui ;)  Nesse artigo, ela não dizia nada de especial sobre a Cristina.

Mas se na entrevista com a Nova Gente ela fez essas afirmações, então concordo que soa a birra e acho desnecessário, principalmente quando a própria Suzana disse no VNTV que "Isto não é um 'Não' à mentora deste projecto, a Cristina, isto é um 'Sim' a mim e a todos os meus projectos pessoais que ficaram pendentes".  Devia-se ter ficado por aí, em vez de vir lançar farpas. :yes:

Ela não deve ter achado piada a ser 'obrigada' a passar a comentar com mais 2 ou 3 comentadores ao lado, escolhidos pela Cristina... mas era escusado ter vindo com esta conversa, quando foi ela própria que recusou continuar no programa, ninguem a dispensou.

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
há 3 minutos, DGA disse:

Isto é para uma produção fotográfica. 
Qual ostentação? Aquela que ela mostra nas histórias? A comerem frango com arroz? 

Não sabia que era para uma produção fotográfica. Mas a minha opinião não muda.

  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
há 15 minutos, MrGrant disse:

"Coloco esta fotografia para vocês porque muitos não vão conseguir conduzir este carro na vida" :cryhappy:

Se fosse a Rita sim

  • LOL 2
Link to post
Share on other sites
há 28 minutos, VTL disse:

Fogo. Não leste a mesma entrevista por certo. 

Ela rasgou a Cristina de cima a baixo. Nota-se que há bad blood e parece-me um bad blood nada fundamentado. Parece-me birra por birra e birra unilateral. Tenho para mim que a Susana tem uma ideia pré-concebida da Cristina e que vai ficar com essa ideia para sempre até porque ela diz que não conhece a Cristina. 

A Susana acabou mesmo a dizer que "Se a Cristina concorresse à Presidência do País, eu concorreria também, teria muito gosto em cruzar-me com ela".

"Se a Cristina concorresse à Presidência do País, eu concorreria também, teria muito gosto em cruzar-me com ela"

Isto já parece perseguição da Susana Garcia à Cristina Ferreira. Qual é a necessidade de vir para as revistas a dizer estas coisas?

 

Link to post
Share on other sites
há 4 minutos, D007 disse:

Ainda por cima diz que a Cristina esteve 15 ias de férias no início do confinamento quando isso não é verdade. Esteve 1 semana em casa por causa de uma suspeita de um caso de covid na equipa.

Na entrevista só mostra o nível que nunca teve.

Dá a entender que ela foi de férias, quando foi a própria SIC que decidiu suspender os talk-shows durante essas semanas.

Que péssima postura.

  • Like 3
  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites

Eu até concordo com o que ela diz sobre a Cristina candidatar-se à presidência.:haha:

Quanto ao resto, acho que ela saiu do "Você na TV!" porque achou que com a entrada de novos profissionais ela já não ia fazer falta. Pelo menos foi o que eu percebi do que li aqui da entrevista. Ela parece não simpatizar com a Cristina, embora não a conheça pessoalmente parece.

 

Edited by D91
  • Like 4
Link to post
Share on other sites
7 minutes ago, VTL said:

Eu não sabia que ela tinha dito isso no ar. Aliás, ela na entrevista diz o contrario.

Cito em baixo algumas perguntas e respostas. Leiam bem o tom, eu sublinhei as coisas mais fraturantes. É um discurso de desdém, de desvalorização e de diminuição, quase de uma inveja descomunal,  vocês vão perceber quando lerem.

Por que motivo decidiu sair do Você na TV!?

Na altura da pandemia, cheguei a fazê-lo quatro dias por semana. O Manuel Luís esteve sempre a fazer o programa, desde o início da pandemia. Houve outros apresentadores que só estiveram no ar 15 dias depois, como o caso da Cristina [Ferreira], que foi de férias... O Manuel esteve lá desde a segunda-feira e isso também diz muito dele. Estamos a falar de um homem de 63 anos, que pertence a um grupo de risco, não é uma menininha fresca e fofa. 0 Manuel teve o sentido do dever, que é uma coisa que falta muito neste mundo e neste meio da televisão. É que o dever está acima de tudo, ele teve-o, e eu fui ao programa quatro vezes por semana. Entretanto, veio o mês de setembro e já não dava para fazer os quatro dias por semana. Mas não nos vamos escudar nisso, porque eu não sou uma cobarde, não foi esse o motivo que me fez dizer que queria o mínimo possível. E o motivo que me fez dizer que queria o mínimo possível foi o mesmo para dizer que, afinal, não quero mesmo continuar. Em setembro, fiz três programas, vi umas quantas coisas e pensei: "Não quero."E sou livre de dizer que não...

A 1 de setembro, reuniu-se com a coordenação do programa, não foi?

Sim, foi logo a seguir à emissão do Você na TV!. A Cristina já lá estava e a reunião já vinha com instruções da senhora. Soube quem eram as pessoas que iam entrar na Crónica Criminal e as que iam sair. Aliás, algumas ainda não tinham aparecido, mas já sabia que vinham. Explicaram também o que iria acontecer, as rubricas que ia haver... E porque é que a Suzana, que estava a fazer quatro participações semanais, de repente passa a não querer fazer parte da equipa de comentadores? Foram as razões que eu expus no último programa que fiz. Acho que nós podemos dizer tudo aquilo que sentimos e pensamos, com a devida elegância, que é aquilo que falta nos dias de hoje a muita gente. Às pessoas que não tiveram o privilégio de ter determinado tipo de educação, não se lhes pode imputar responsabilidades porque não tiveram esse berço. Os motivos que me levaram a fazer o Você na TV! cessaram porque outros valores mais altos se levantaram na minha cabeça. Com o retorno da Cristina, esses motivos deixaram de existir.

Que motivos eram esses? O que mudou com a Cristina lá?

Quando a Cristina saiu, houve um tremor de terra, a casa [TVI] estava a desmoronar-se. Acho que quando somos leais, temos de ser leais à casa, e se a casa está a desmoronar-se e há alguém que acha que eu posso contribuir para que a casa se mantenha com os alicerces como estão, é minha obrigação, para mim e para todos os que lá estão, vestir a camisola. E quem não percebe isso, não percebe nada do que é ser... A senhora voltou, portanto, essa fragilidade que existia na minha cabeça já não faz sentido, já não há essa necessidade, porque ela vem com a força toda. Portanto, há muitos mais comentadores que podem fazer aquilo que eu estava a fazer.

(...)

Após o final do seu último programa, o que aconteceu nos minutos seguintes?

Os meus colegas ficaram de queixo caído. Quando eu estava a falar, ainda em direto no programa, entrou o diretor de produção no estúdio e estavam todos estarrecidos. Só tive pena de uma coisa, genuinamente: tenho pena de ter causado uma emoção ao Manuel Luís que não foi de alegria. Nós, quando estimamos uma pessoa, queremos ser causa de alegria e não de consternação. Que mensagens recebeu após a sua saída? Ui... basta ver... Fiquei muito contente. Vou ser franca consigo: eu atrevi-me a fazer uma coisa que, até agora, ninguém tinha feito. Alguém que tem tanto poder num canal televisivo - há até quem diga que ela é o canal... eu pensei, na noite anterior, ao falar com a minha mãe: "Eu vou ser esmagada."E fiquei muito surpreendida quando, depois, fui almoçar com amigos e uma pessoa me disse que dei um grande "tareião"... Pessoas que não me conhecem de lado nenhum dizerem aquelas coisas, para mim, faz-me sentir... Recebi milhares de mensagens das forças de segurança e também de anónimos. O meu Instagram - que não é público - passou, em dois dias, de 12 mil seguidores para 24 mil seguidores. E soube que aqueles três minutos em que falei no meu último programa teve o maior pico de share dos últimos meses e ganhámos à crónica do Hernãni, como aconteceu algumas vezes.

(...)

Achou diferenças de agosto para setembro dentro da TVI?

Completamente... Se hoje entrar nos corredores da TVI, há enormes diferenças de um mês para o outro, eu diria até de um dia para o outro... Vive-se um clima de grande ansiedade e medo, não tenha dúvidas, devido à pressão e instabilidade reiterada dessa estação, que é constante. Eu não gostaria nada de ser jornalista naquela casa, e isso demonstra a enorme qualidade dos profissionais que ali estão, porque há profissionais de outros canais televisivos que, se estivessem ali um mês, metiam baixas psiquiátricas. Há pessoas que têm família e não sabem como irá ser o futuro delas. Todas as pessoas estão sempre com o coração nas mãos, é constante. Esses pobres profissionais nunca sabem o que vai acontecer no dia de amanhã, a quem é que respondem no dia de hoje, porque tudo muda e nem todos aqueles que estão no poder da direção são aqueles que, efetivamente, dirigem. A mim não me afeta, mas eu vejo as ansiedades das pessoas e revejo-me nelas, apesar de não as viver. Sim, claro que há muitas diferenças e muitas mais vão acontecer.

Acha que, depois de si, vai sair mais alguém pelos próprios pés das manhãs da TVI?

Acho que não... Acho que há poucas pessoas com a minha personalidade.

E mandadas embora?

Não tenho dúvidas... Tenho a certeza de que isso irá acontecer.

Pode considerar-se que a Suzana deu um "não" à Cristina Ferreira?

Não pode considerar-se, foi mesmo isso: dei um "não" à Cristina. Se há um projeto de uma pessoa, que o coordena e que me propõe ficar, e eu digo que "não", então... Se se quiser interpretar isso como um "não" à Cristina - e, segundo me dizem, é o primeiro "não" que ela leva -,então é verdade, sim, disse um "não" àquele projeto. Se se entender que aquele projeto é a Cristina - acho que isso é uma interpretação megalómana, mas, tendo em conta o contexto, não me surpreende -, então sim, foi um "não" à Cristina.

Que opinião é que a Suzana tem acerca da Cristina?

Não tenho, não a conheço e não a vou conhecer (risos). Não faz parte das minhas ligações, não é o tipo de pessoa com quem lido...

Mas ela é considerada, atualmente, a mulher mais influente neste país...

(Risos.) Hoje em dia, qualquer pessoa pode adquirir ações na Media Capital, temos até pessoas como o Pedro Abrunhosa ou o Lourenço Ortigão que adquiriram, já chegámos aí... Mas eu também não estaria interessada. Se calhar, se eu estivesse lá dentro, também ia regatear o preço da Media Capital. Isso, a mim, não me impressiona... Se bem que, com estas cotas, vão ter grande poder de gestão... Em relação à dona Cristina Ferreira, eu sou feminista, não sou oportunista, o que há mais por aí são mulheres que se revestem da capa do feminismo para conseguirem retirar dividendos políticos, sociais, económicos. Dito isto, eu tenho a obrigação de olhar para outras mulheres com o sentimento de união. Acho que a Cristina chegou onde chegou com trabalho, mérito próprio. Mas nós, na vida, nunca chegamos a lado nenhum sozinhos, tudo aquilo que sabemos alguém nos ensinou. Nós, na vida,não somos leopardos, somos leões, vivemos em sociedade, e quem não se lembra de onde veio, nunca vai saber para onde é que vai. Isto são coisas que me ensinaram e de que nunca me esqueço...

Considera-a uma mulher ambiciosa?

Acho que sim, que ela é uma mulher ambiciosa e é importante sermos todos ambiciosos. Ouvi dizer que ela quer ser Presidente da República (risos). Já vi tanta coisa, temos os Estados Unidos da América com um Trump... Quando nós temos um Mundo em que temos um Trump na Presidência, não me surpreenderia que uma Cristina se arvorasse a candidatar-se à Presidência. Já tenho dificuldades em acreditar que ela viesse a ganhar, porque, felizmente, o povo português não é como o americano. Se ela concorresse à Presidência, eu metia-me na política. No dia em que a Cristina Ferreira concorrer à Presidência, seria porque o Estado político nacional está de tal forma que eu devia esquecer-me de tudo aquilo que desejo, e do que quero, para assumir aquilo que devo fazer. Se ela concorresse à Presidência do País, eu concorreria também, teria muito gosto em cruzar-me com ela... 

Obrigado por teres partilhado :D 

Mas não vejo nessa entrevista que ela tenha dito algo que vá contradizer o que disse no ar, quando se despediu.  Repetiu a mesma coisa, por outras palavras: o novo contexto da sua participação no programa não lhe agradava e tinha outros projetos pendentes e "altos valores" a que queria dedicar mais tempo.

E agora lendo o contexto do que ela disse sobre a Cristina, sem serem apenas frases fora de contexto, acho que não foi assim tão mau. Deu a entender que respeita o percurso profissional e a apoia como mulher ambiciosa, mas tem algumas reservas em relação ao seu "deslumbramento" pela fama e pelo poder.

De qualquer forma, acho a entrevista escusada, ela devia ter-se ficado pelos comentários que fez no VNTV, que foram esclarecedores o suficiente e a permitiram sair com graciosidade.

  • Like 2
  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
há 14 minutos, VTL disse:

Acho que a Cristina chegou onde chegou com trabalho, mérito próprio. Mas nós, na vida, nunca chegamos a lado nenhum sozinhos, tudo aquilo que sabemos alguém nos ensinou. Nós, na vida,não somos leopardos, somos leões, vivemos em sociedade, e quem não se lembra de onde veio, nunca vai saber para onde é que vai. Isto são coisas que me ensinaram e de que nunca me esqueço...

 

Ela não suporta a Cristina porque é saloia e a Suzana acha-se alguém por ter tido berço kkkk 

Não gosta de se misturar com plebeus. 

  • Love 1
  • Thanks 2
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...