Jump to content

Recommended Posts

há 8 horas, tv123 disse:

Eu nem sei como houve sequer interesse em comprar este mono.

O problema é que deixaram as coisas andar durante muitos anos enquanto não tinham concorrência em zonas pequenas onde eram praticamente o único operador. Agora vão precisar de muita nota para se reforçar. As ideias e o pricing são bons e concorrência como é a Nowo (que não se limitar a imitar os pacotes da concorrência) faz falta desde que a Vodafone foi atrás da oferta da NOS e MEO. Agora têm é que melhorar o serviço nalgumas áreas, sendo que o serviço de internet é o que vai precisar de mais investimento, imo.

Edited by JDaman
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

“A Nowo agora vem para ficar”

O grupo Nowo/Oni passou recentemente para as mãos da operadora espanhola MásMóvil. A compra foi aprovada em outubro e, desde então, os novos acionistas têm estado a desenhar a nova vida para a antiga Cabovisão.

img_817x460$2019_11_19_19_43_08_364936_i

Em entrevista ao Negócios, Miguel Venâncio, que passou de presidente executivo a presidente do conselho de administração do grupo, revela a nova estratégia.

O objetivo da nova acionista é criar uma operadora de banda larga fixa e móvel com presença em todo o território português. Como? Através de investimento em rede própria ou parcerias com outras operadoras como a MásMóvil faz lá fora?
Nós privilegiamos o modelo de parceria com os outros operadores. Nesse sentido, já estamos a falar com os três operadores do mercado por forma a termos essa cooperação e abrirem-nos as suas redes. Esse será o modelo que mais nos agrada. No entanto, também temos um plano B que é, no caso de não conseguirmos fechar um acordo com os operadores, então fazermos a construção de fibra.

O acionista está disposto a avançar com esse investimento?
Sim. O acionista, através de fundos de infraestruturas, com quem também já estamos em contacto, está disposto a fazer esse investimento para a construção de dois milhões de casas.

É esse o objetivo final? Mesmo nas negociações em curso com os operadores?
Não, com os operadores o modelo é utilizarmos toda a rede que tenham disponível a nível nacional. No caso de não ser possível, o que vamos fazer é estender o nosso "footprint", das atuais 920 mil casas, com mais 2 milhões. Ficaríamos, para já, com 3 milhões.

Qual é o ponto de situação das negociações com os três operadores? Há alguma que esteja mais avançada?
Há uma que está mais avançada, um dos operadores tem sido mais proativo. Mas estamos a falar com os três..

Qual é esse operador?
Ainda não podemos dizer.

E quais são as zonas prioritárias para expansão?
A nossa rede hoje em dia está nas zonas mais regionais , digamos assim. Agora íamos complementar com Lisboa e Porto.

Quando é que pensam chegar a mais regiões do país, quer em parceria quer com investimento próprio? Ou seja, quando é que um cliente em Lisboa ou no Porto vai poder ter acesso aos serviços da Nowo?
Estamos otimistas em [conseguir] ter um MoU [memorando de entendimento] fechado com um ou mais operadores durante o próximo mês de dezembro. Caso vejamos que não há essa possibilidade começamos a construção de fibra logo no início do próximo ano.

Ainda usam a rede da Meo para a oferta móvel. Esse acordo é para continuar?
Hoje em dia temos um contrato para a rede móvel que também queremos estender neste acordo.

Então pode vir a não ser com a Meo, dependendo do futuro acordo?
Exatamente. Aliás, até pode ser com os três operadores , como em a MásMóvil tem em Espanha.

Os leilões do 5G poderão fazer parte dos planos de expansão?
Concorrer ao espetro do 5G é um dos cenários que temos em cima da mesa. No entanto, estamos agora a analisar como é que se vai desenvolver este acordo com os três operadores. Havendo esta cooperação será um cenário; Se não houver esta cooperação haverá outro cenário que poderá passar por sermos um dos candidatos ao leilão.

Nos últimos anos a Nowo/Oni esteve um bocadinho esquecida. Acredita que com esta estratégia vai mostrar que ainda está no mercado?
Agora vem para ficar. No início tínhamos acionistas que eram fundos de investimento. Hoje temos a MásMóvil que é um operador de telecomunicações. E o que temos vindo a constatar é que tem uma grande capacidade de execução, um compromisso de investimento [...] e uma visão de longo prazo. Em entrevista ao Negócios, Miguel Venâncio, que passou de presidente executivo a presidente do conselho de administração do grupo, revela a nova estratégia.

O objetivo da nova acionista é criar uma operadora de banda larga fixa e móvel com presença em todo o território português. Como? Através de investimento em rede própria ou parcerias com outras operadoras como a MásMóvil faz lá fora?
Nós privilegiamos o modelo de parceria com os outros operadores. Nesse sentido, já estamos a falar com os três operadores do mercado por forma a termos essa cooperação e abrirem-nos as suas redes. Esse será o modelo que mais nos agrada. No entanto, também temos um plano B que é, no caso de não conseguirmos fechar um acordo com os operadores, então fazermos a construção de fibra.

O acionista está disposto a avançar com esse investimento?
Sim. O acionista, através de fundos de infraestruturas, com quem também já estamos em contacto, está disposto a fazer esse investimento para a construção de dois milhões de casas.

É esse o objetivo final? Mesmo nas negociações em curso com os operadores?
Não, com os operadores o modelo é utilizarmos toda a rede que tenham disponível a nível nacional. No caso de não ser possível, o que vamos fazer é estender o nosso "footprint", das atuais 920 mil casas, com mais 2 milhões. Ficaríamos, para já, com 3 milhões.

Qual é o ponto de situação das negociações com os três operadores? Há alguma que esteja mais avançada?
Há uma que está mais avançada, um dos operadores tem sido mais proativo. Mas estamos a falar com os três..

Qual é esse operador?
Ainda não podemos dizer.

E quais são as zonas prioritárias para expansão?
A nossa rede hoje em dia está nas zonas mais regionais , digamos assim. Agora íamos complementar com Lisboa e Porto.

Quando é que pensam chegar a mais regiões do país, quer em parceria quer com investimento próprio? Ou seja, quando é que um cliente em Lisboa ou no Porto vai poder ter acesso aos serviços da Nowo?
Estamos otimistas em [conseguir] ter um MoU [memorando de entendimento] fechado com um ou mais operadores durante o próximo mês de dezembro. Caso vejamos que não há essa possibilidade começamos a construção de fibra logo no início do próximo ano.

Ainda usam a rede da Meo para a oferta móvel. Esse acordo é para continuar?
Hoje em dia temos um contrato para a rede móvel que também queremos estender neste acordo.

Então pode vir a não ser com a Meo, dependendo do futuro acordo?
Exatamente. Aliás, até pode ser com os três operadores , como em a MásMóvil tem em Espanha.

Os leilões do 5G poderão fazer parte dos planos de expansão?
Concorrer ao espetro do 5G é um dos cenários que temos em cima da mesa. No entanto, estamos agora a analisar como é que se vai desenvolver este acordo com os três operadores. Havendo esta cooperação será um cenário; Se não houver esta cooperação haverá outro cenário que poderá passar por sermos um dos candidatos ao leilão.

Nos últimos anos a Nowo/Oni esteve um bocadinho esquecida. Acredita que com esta estratégia vai mostrar que ainda está no mercado?
Agora vem para ficar. No início tínhamos acionistas que eram fundos de investimento. Hoje temos a MásMóvil que é um operador de telecomunicações. E o que temos vindo a constatar é que tem uma grande capacidade de execução, um compromisso de investimento [...] e uma visão de longo prazo.

Fonte:https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/telecomunicacoes/detalhe/a-nowo-agora-vem-para-ficar

Nowo: "Não faz parte dos planos ter a Sport TV nos atuais moldes”

Com a atual estratégia implementada pelos novos acionistas, o objetivo é triplicar a quota de mercado da Nowo nos próximos anos, segundo Miguel Venâncio, presidente do conselho de administração da operadora.

img_817x460$2019_11_19_19_43_08_364936_i

Com a atual estratégia implementada pelos novos acionistas, o objetivo é triplicar a quota de mercado da Nowo nos próximos anos. Um passo que será dado com a introdução de plataformas de "streaming" na oferta, mas sem a Sport TV.

O objetivo é continuar a manter os segmentos residencial e empresarial separados, com a Nowo e Oni, respetivamente?
As duas empresas vão-se manter em separado.

Atualmente a quota da Nowo ronda os 4%. Qual foi meta estabelecida?
Gostaríamos de triplicar a quota de mercado.

Até quando?
Até 5 anos chegar a 12%.

Já sentem alguma diferença pelo novo acionista ser um operador do setor, face aos anteriores que eram fundos de investimento? A equipa já está mais motivada?
Sim, uma grande diferença. Ao longo dos anos, e devido à fusão das duas empresas [Nowo/Oni], houve sinergias que tivemos que criar, o que levou a despedimentos que já foram ultrapassados. [...] A empresa hoje já está em crescimento, tanto em receitas como até em termos de clientes. Portanto, temos toda esta motivação.

Mas cresceram o número de clientes em que segmento? De acordo com os últimos dados que têm sido divulgados pela Anacom têm estado a perder quota...
No móvel. Quando olhamos os clientes no total , já temos 211 mil clientes. Subimos 16%.

E faz parte dos planos ter canais exclusivos ou plataformas de "streaming"?
Cada vez há uma maior tendência para os OTT [serviços de conteúdos online e que, em inglês, se designam "over the top"]. Por isso é que muitas vezes os clientes preferem só ter internet. A nossa estratégia vai passar também, como na MásMóvil, por canais OTT e ter ofertas de OTT na nossa grelha.

Afinal o que correu mal nas negociações da Eleven Sports? Houve críticas de que não queriam negociar com outros operadores.
Nós sempre fomos abertos a negociar. Talvez o modelo não tenha sido do agrado dos operadores porque era um novo entrante no mercado. Entretanto conversámos todos e chegou-se a uma conclusão, com um fecho que foi satisfatório para todos.

Mas porque a Eleven Sports chamou a si as negociações com os outros operadores para colocar os seus canais nas outras plataformas?
A Eleven Sports achou que o que fazia sentido era entrar com a Nowo no mercado porque três dos operadores têm 75% da Sport TV. Mais tarde entendeu-se que a melhor forma seria negociar com todos os operadores.

Falando em Sport TV, há um ano foi cortado o sinal destes canais na Nowo. Qual é o ponto de situação?
Foi uma decisão que tomámos na altura de deixar de ter Sport TV na nossa grelha. Foi uma decisão acertada, ao que vemos hoje em dia. Em relação à situação que temos com a Sport TV [da dívida], está na justiça para se resolver.

Mas o que foi noticiado é que foi a própria Sport TV que cortou a sinal devido a dívidas, porque não pagavam...
Não foi porque não pagávamos, foi porque não estávamos de acordo com os termos do aumento do preço do contrato. Essencialmente foi essa a situação.

E não faz parte dos planos voltarem a ter a Sport TV?
Nestes moldes não, mas estamos sempre abertos a dialogar e a ter canais que faça sentido ter ao preço justo.

Fonte:https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/telecomunicacoes/detalhe/nowo-nao-faz-parte-dos-planos-ter-a-sport-tv-nos-atuais-moldes

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fundo Digital Bridge investe 500 milhões em nova rede de fibra em Portugal

Digital Bridge vai apoiar antiga Cabovisão a ter operação com cobertura nacional e oferta convergente de banda larga fixa e móvel. Investimento chega no primeiro trimestre. Nowo quer triplicar quota para 12% do mercado, chegando a 3,5 milhões de lares.

leitor_5dea0cb5cdbe5_nowo.png?w=610&h=38

Após ter sido comprada pela MásMóvil, quarta maior telecom de Espanha, a nova estratégia da Nowo/Oni passa por tornar-se numa “operadora de cobertura nacional de banda larga fixa e móvel, suportada em rede de fibra ótica”, contou ao Jornal Económico o chairman Miguel Venâncio. A Nowo quer triplicar a quota de mercado para 12% e, para atingir esta meta, conta com a nova rede de fibra ótica que o fundo americano Digital Bridge pretende construir em Portugal, num investimento que poderá ascender a 500 milhões de euros.

“Queremos, essencialmente, alcançar 70% dos lares em Portugal, ou seja, passar de uma cobertura a 900 mil lares para 3,5 milhões”, detalhou Miguel Venâncio. Mas não é só, a Nowo quer também “assegurar presença no novo mercado móvel”, que vai surgir com o lançamento da quinta geração da rede móvel (5G), “e melhorar a qualidade do serviço de suporte ao cliente”. Sobre a rede móvel, Miguel Venãncio admitiu a possibilidade de a Nowo entrar no leilão do 5G, que deverá realizar-se entre abril e junho de 2020, embora a empresa “esteja a avaliar vários cenários”.

Fonte:https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/fundo-digital-bridge-investe-500-milhoes-em-nova-rede-de-fibra-em-portugal-522410

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 07/12/2019 at 19:37, TekClub disse:

Fundo Digital Bridge investe 500 milhões em nova rede de fibra em Portugal

Digital Bridge vai apoiar antiga Cabovisão a ter operação com cobertura nacional e oferta convergente de banda larga fixa e móvel. Investimento chega no primeiro trimestre. Nowo quer triplicar quota para 12% do mercado, chegando a 3,5 milhões de lares.

leitor_5dea0cb5cdbe5_nowo.png?w=610&h=38

Após ter sido comprada pela MásMóvil, quarta maior telecom de Espanha, a nova estratégia da Nowo/Oni passa por tornar-se numa “operadora de cobertura nacional de banda larga fixa e móvel, suportada em rede de fibra ótica”, contou ao Jornal Económico o chairman Miguel Venâncio. A Nowo quer triplicar a quota de mercado para 12% e, para atingir esta meta, conta com a nova rede de fibra ótica que o fundo americano Digital Bridge pretende construir em Portugal, num investimento que poderá ascender a 500 milhões de euros.

“Queremos, essencialmente, alcançar 70% dos lares em Portugal, ou seja, passar de uma cobertura a 900 mil lares para 3,5 milhões”, detalhou Miguel Venâncio. Mas não é só, a Nowo quer também “assegurar presença no novo mercado móvel”, que vai surgir com o lançamento da quinta geração da rede móvel (5G), “e melhorar a qualidade do serviço de suporte ao cliente”. Sobre a rede móvel, Miguel Venãncio admitiu a possibilidade de a Nowo entrar no leilão do 5G, que deverá realizar-se entre abril e junho de 2020, embora a empresa “esteja a avaliar vários cenários”.

Fonte:https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/fundo-digital-bridge-investe-500-milhoes-em-nova-rede-de-fibra-em-portugal-522410

Se a fibra for tão boa, como a quantidade de aparelhos que eu tinha em casa quando era cliente NOWO... enfim...

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 11 minutos, TekClub disse:

Saída do canal Discovery Showcase.

Parece que saiu de Portugal definitivamente.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Também houve recentemente uma repaginação no layout do NOWO TV APP para os computadores e os portáteis. Ainda não houve mudança de layout para os Android

Um exemplo de imagem no computador:

nowotvappnovolayout.png.04c5ab1b99beb08cc838a2867b13907c.png

 

 

Edited by LAboy 456
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 4 minutos, LAboy 456 disse:

Também houve recentemente uma repaginação no NOWO TV APP

Um exemplo de imagem no computador:

spacer.pngnowotvappnovolayout.png.04c5ab1b99beb08cc838a2867b13907c.png

Aquilo nem sequer tem SPORT.TV+? Ah já percebi, perderam o contrato faz tempo. E acho que nem sequer devem usar a posição 9 para outro canal.

Faz-me lembrar o "vazio" das posições 7, 10 e 12 nas operadoras (sobretudo MEO e ZON), até uma vir com uma solução, noutra operadora estava vazia.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Mais uma imagem do NOWO TV APP no computador - mais própriamente durante uma transmissão ao vivo:

nowotvappnovolayout02.png.be08430c99a62239de6834c3198b84a2.png

É talvez a maior diferença entre a versão anterior e a versão recente do NOWO TV APP

Edited by LAboy 456
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

NOWO lança serviço de televisão para Android TV (sem Box)

A NOWO entrou em 2020 com o anúncio de uma novidade. Segundo comunicado, a operadora passou a disponibilizar aos seus clientes um serviço de TV Avançada sem recurso a uma BOX da operadora.

Para tal basta que os clientes realizem o download da App NOWO TV.

nowo-720x405.jpg

A NOWO TV é o serviço de TV da NOWO que lhe permite ver televisão em direto, dentro e fora de casa através de um PC, Tablet ou Smartphone.

A App NOWO TV é uma plataforma transversal que une a sua experiência de TV em qualquer equipamento conseguindo recomendar–lhe os melhores conteúdos para si de acordo com a forma como vê televisão.

Funcionalidades disponíveis na app NOWO TV

  • Ver canais em direto dentro e fora de casa.
  • Pesquisa transversal – pesquisa simultânea no Videoclube, Live TV e Flashback.
  • Restart TV – ver do início um conteúdo que está atualmente a ser transmitido.
  • Flashback – serviço de gravações automáticas dos últimos 7 dias.
  • Videoclube – alugar e ver filmes que já tenham sido alugados
  • Recomendações com base no seu consumo de TV.
  • Continuar a ver um conteúdo que começou a ver na sua NOWO TV HD.
  • Possibilidade de marcar conteúdos e canais como Favoritos.
  • Consultar guia de programação.
  • Partilhar programas e filmes nas redes sociais

 

Através de qualquer dispositivo Android (TV, box e smartphone), PC e iOS (iPhone e iPad), os clientes têm à disposição uma experiência de utilização transversal e homogénea a todo o ambiente NOWO TV.

Segundo Jorge Rodrigues, Chief Marketing Officer da empresa…

"Este é mais um exemplo de inovação e de valorização do conceito de customer experience que queremos desenvolver no mercado português porque dá aos consumidores aquilo que mais procuram: experiências personalizadas e focadas nos princípios de comodidade, flexibilidade e conveniência"

A operadora detém uma das maiores redes híbridas de fibra ótica e cabo coaxial com mais de 14.000Km e que chega a mais de 900.000 casas.

Fonte:https://pplware.sapo.pt/informacao/nowo-lanca-servico-de-televisao-para-android-tv-sem-box/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Novos Canais em HD:

111 - TVE 24h HD
125 - TVE Internacional HD

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...