Jump to content

Recommended Posts

há 1 minuto, JDaman disse:

Tenho ideia que é, porque de todos os meios que vi a fazer menção à gala, todos pertenciam à Cofina.

Pois também não sei. Mas isso é tudo menos informação regional.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
agora mesmo, PT 04 disse:

Pois também não sei. Mas isso é tudo menos informação regional.

Sim, era aí que o meu ponto também se dirigia. ;)

Quando ele menciona a questão da gala como "info regional", o que ele deu foi um exemplo de um "auto-felácio" típico da CMTV, em que eles próprios criam a "notícia" ou o "buzz" de que se vão sempre andar a gabar.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eles fazem sempre as galas Viva a Vida no aniversário do canal, e pouco tem a ver com as desgraças que noticiam. Aliás quando o canal lançou, até deram um parto, e creio que tal parto esteve ligado à primeira gala, que deu naquele dia.

Share this post


Link to post
Share on other sites
17 minutes ago, RenatoSimões said:

A CMTV agora até faz/divulga comunicados supostamente oficiais mas falsos, para parecer que têm a notícia em primeira mão :gun:

D_DPyTMX4AAQAWT.jpg

 Como assim, como é que viste que é falso? Nada me diz que é verdadeiro, mas sinceramente também nada me diz que seja falso (e não estou a par das notícias de transferências, especialmente esta).

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 22 minutos, RenatoSimões disse:

A CMTV agora até faz/divulga comunicados supostamente oficiais mas falsos, para parecer que têm a notícia em primeira mão :gun:

D_DPyTMX4AAQAWT.jpg

Para as capas que fazem no jornal claro que tinham de ter alguém especialista em Fotoshop...

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 3 minutos, Jet1000 disse:

 Como assim, como é que viste que é falso? Nada me diz que é verdadeiro, mas sinceramente também nada me diz que seja falso (e não estou a par das notícias de transferências, especialmente esta).

Porque isso é um suposto comunicado à CMVM, que por isso teria que estar aqui https://web3.cmvm.pt/sdi/emitentes/ultimas_comunicacoes.cfm?num_ent=%%23%24CZ"]X

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pata na Poça

Novo programa de apanhados

Estreia amanhã às 19:15

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Do pouco que vi, parece uma mistura dos apanhados do Sílvio Santos com os do João Kleber.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mandaram a novela para as 2:30 e só dura 20min

Que comédia e desrespeito por que fez o trabalho.

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

A CMTV já há algum tempo nos programas de análise da atualidade do futebol de vez em quando vai à redação entrevistar jornalistas do Record para explicarem em detalhe certos aspetos da atualidade do futebol. Quando isso acontece têm 2 câmaras a filmar e vão alternando entre elas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas tinha assim tão más audiências que nem a faixa das 15h30 aguentou? LOL

Que prejuízo. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

https://observatoriodatelevisao.bol.uol.com.br/noticia-da-tv/2019/07/emissora-faz-parceria-com-redetv-e-joao-kleber-volta-a-ter-programa-em-portugal

Apesar da notícia referir em erro a uma suposta estreia em Junho (quando afinal foi este mês), tudo me leva a indicar que os apanhados do Pata na Poça ou são do João Kléber Show ou são idealizados pelo próprio.

O João Kléber já teve um programa parecido, o João Kléber Total, na Record Europa (existem alguns vídeos, mas são gravações de câmara) e que era gravado em Portugal, durante a sua estadia.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 35 minutos, ATVTQsV disse:

https://observatoriodatelevisao.bol.uol.com.br/noticia-da-tv/2019/07/emissora-faz-parceria-com-redetv-e-joao-kleber-volta-a-ter-programa-em-portugal

Apesar da notícia referir em erro a uma suposta estreia em Junho (quando afinal foi este mês), tudo me leva a indicar que os apanhados do Pata na Poça ou são do João Kléber Show ou são idealizados pelo próprio.

O João Kléber já teve um programa parecido, o João Kléber Total, na Record Europa (existem alguns vídeos, mas são gravações de câmara) e que era gravado em Portugal, durante a sua estadia.

São do JK Show, o próprio já falou no Instagram

Share this post


Link to post
Share on other sites

Lucros da Cofina crescem 14,1% para três milhões de euros

Oct%C3%A1vio-Ribeiro_Lu%C3%ADs-Santana_P

A Cofina fecha o primeiro semestre com lucros na ordem dos 3 milhões de euros, o que representa um crescimento de 14,1% comparativamente ao resultado líquido alcançado pelo grupo dono do Correio da Manhã no semestre homólogo em 2018. Este crescimento, no entanto, seria de apenas 4,1% se contabilizado o resultado líquido de 2,9 milhões de euros apurado no primeiro semestre do último ano, entretanto ajustado para os 2,6 milhões de euros após excluído o resultado líquido das operações descontinuadas, cerca de 254 mil euros, que “resulta da re-expressão dos valores de 2018 para reflectir a alienação da operação que o grupo Cofina detinha no Brasil, através da subsidiária AdCommedia e da associada Destak Brasil, ocorrida no final de 2018”, justifica o grupo no relatório enviado esta quarta-feira à tarde à CMVM. “A demonstração dos resultados do primeiro semestre de 2018 foi re-expressa de modo a segregar numa linha autónoma os resultados atribuíveis àquelas unidades descontinuadas”, clarifica o grupo no mesmo comunicado.

A diminuição dos custos operacionais do grupo, que sofreram um corte de 6,9% e passaram de 37,5 milhões de euros no primeiro semestre do último ano para perto de 35 milhões de euros nestes primeiros seis meses de 2019, é o principal motivo para a evolução positiva dos lucros já que o grupo Cofina regista quebras em todas as linhas de receita, fechando o semestre com um total de 42,7 milhões de euros, um encaixe 3,8% mais baixo por comparação com os 44,4 milhões de euros obtidos no semestre homólogo. Este decréscimo nas receitas operacionais é explicado por recuos de 1,3% (de 21,2 milhões de euros para 20,9 milhões) e 1,9% (de 13,1 milhões de euros para 12,8 milhões) nas receitas de circulação e publicitárias, respectivamente. Resultado agravado por uma quebra de 11,7% nas receitas de produtos de marketing alternativo e outros, cuja diminuição dos 10,1 milhões de euros para os 8,9 milhões é apontada pela Cofina como “fruto da menor actividade de marketing” uma vez que “em 2018, realizou-se o Mundial de Futebol, o que envolveu mais acções de marketing alternativo”.

Apesar destes resultados, com o contributo da diminuição dos custos operacionais, o EBITDA consolidado do grupo Cofina Media neste primeiro semestre regista uma melhoria de 12,7%, subindo dos 6,9 milhões de euros reportados no exercício do primeiro semestre de 2018 para os 7,7 milhões nos primeiros seis meses deste ano.

Analisando as contas por segmento, é na televisão que surgem os melhores resultados financeiros do grupo. O EBITDA desta área de negócio, onde a Cofina detém o canal CMTV, atingiu 1,6 milhões de euros neste primeiro semestre de 2019, disparando 51% em comparação com o resultado de um milhão de euros em igual período do último ano. Performance alavancada pelo crescimento das receitas totais do canal do Correio da Manhã que, segundo o comunicado enviado pelo grupo à CMVM, terão atingido os 7,2 milhões de euros, o que traduzirá uma subida na ordem dos 27,2%. Para esse crescimento contribuiu o incremento de 60% nas receitas publicitárias, fixadas em cerca de 2,7 milhões de euros, e pelas receitas de “fees de presença e outros”, que chegaram aos 4,5 milhões de euros, uma subida de 13.3%.

Menos expressivo foi o crescimento de 5,5% no EBITDA do segmento de imprensa, que abrange não só as publicações impressas do grupo mas também as receitas digitais e atingiu os 6,1 milhões de euros nos primeiros seis meses deste ano. Resultado conseguido através de uma contracção de 10% ao nível dos custos operacionais já que, do lado das receitas, o grupo registou na comparação homóloga uma quebra de 8,3% para os 35,5 milhões de euros. As receitas publicitárias no segmento caíram 10,9% para os 10,2 milhões de euros, enquanto a quebra nas receitas associadas ao marketing alternativo e outros chegou aos 27,8%, ficando pelos 4,4 milhões de euros.

Encerradas o exercício do primeiro semestre de 2019, a dívida nominal líquida da Cofina situa-se agora nos 42,2 milhões de euros, valor que representa uma redução de 800 mil euros face à dívida de 43 milhões de euros que o grupo registava no final do primeiro trimestre mas traduz um aumento de 2,5 milhões de euros relativamente ao endividamento de 39,7 milhões de euros reportado pelo grupo no encerramento do exercício de 2018.

Fonte:http://www.meiosepublicidade.pt/2019/07/lucros-da-cofina-crescem-141-os-3-milhoes-euros/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Informação Exclusiva

Spoiler

António Barreira, não vai escrever o próximo projeto da CMTV 

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 4 minutos, Sei_de.tv disse:

Informação Exclusiva

  Ocultar conteúdo

António Barreira, não vai escrever o próximo projeto da CMTV 

 

Então isto quer dizer que

Spoiler

vai mesmo haver segunda novela?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 17 minutos, ATVTQsV disse:

Então isto quer dizer que

  Ocultar conteúdo

vai mesmo haver segunda novela?

 

Não sei, mas ele não vai escrever nada para a CMTV ! 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...