Jump to content

Séries Internacionais RTP2


Recommended Posts

  • Replies 2.2k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

@Maya, @Ivo, @João 94, @Pedro M., @LFTV, @Ambrósio, @Rafael A., @SIM, @ZDK, @Manú Tenry, @JDuarte, @Ashtoon4, @Pamsf998, @AGUI lovers, @luadpp, @Forbidden, @João_O, @rsc, @Ana Maria Peres, @TaniaM, @V

A nossa querida Teresa adiantou umas novidadezinhas, nada de especial, na programação em respostas a comentários da publicação sobre o último episódio de "Il Paradiso delle Signore": A Teresa adi

Séries de 3 episódios durante a semana... Deviam guardá-las para os espaços de exibição semanal (Domingo às 22h).

[spoiler]O texto aqui... [/spoiler]

Obrigado. :)

 

Há algumas esperanças no horizonte que a série possa voltar mas por enquanto só desejos do autor e da equipa da série. :)

 

http://www.espalhafactos.com/2015/02/13/borgen-atores-e-criador-querem-quarta-temporada/

Mas a artista que fez de Birgitte, segundo esse texto, diz que a série só devia voltar daqui a 10 anos :O  :S . Mas também diz que está na calha uma versão americana, o que não sei se fará sentido, visto que já existe "House of Cards" (mas não posso opinar muito aqui, porque nunca vi esta).

 

E não me admira que esta série tenha suscitado o interesse pela política nos seus espetadores. :happy:

Link to post
Share on other sites

Obrigado. :)

 

Mas a artista que fez de Birgitte, segundo esse texto, diz que a série só devia voltar daqui a 10 anos :O  :S . Mas também diz que está na calha uma versão americana, o que não sei se fará sentido, visto que já existe "House of Cards" (mas não posso opinar muito aqui, porque nunca vi esta).

 

E não me admira que esta série tenha suscitado o interesse pela política nos seus espetadores. :happy:

 

Não me interessa muito uma adaptação americana, porque obviamente vai ser sobre politica americana e sobre isso há montes de séries. Além disso o sistema americano é bi partidário logo é muito complicado uma série que se foca nas coligações dos imensos partidos que existem da dinamarca, assim como noutros paises da europa, funcionar da mesma forma.

 

Mas acredito que o sucesso crescente que a série tem tido na europa possa trazer a série de volta, espero que não seja é daqui a 10 anos.

  • Like 2
Link to post
Share on other sites

Olhem, como eu não consegui colocar as imagens, ficam os URL's:

 

https://encrypted-tbn2.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQc5ohkSkRUmOqK8COZ5bPqBWdz1UKlaMQEIj1z3vc_nZocAVX_

 

https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQgQ28qe-f5lRqMJZxeS2vTsNkf8mkgfdGfjCj4fjKlZIv2GAKVxA

 

Reparem em ambas as fotos. Vocês não acharam a primeira-ministra real da Dinamarca parecida com a da série?

 

Eu acho que tem as suas semelhanças. :haha:   E mais: esta senhora, Helle Thorning-Schmidt foi eleita primeira-ministra a 3 de outubro de 2011, um ano depois da série ter começado, em setembro de 2010, tendo sido a primeira mulher a ocupar o cargo na Dinamarca. Portanto, é possível que a série tenha influenciado o eleitorado dinamarquês, não acham? ;) 

 

E há mais coincidências. Eu acho que os autores basearam-se na Helle e acabaram por influenciar o eleitorado. Ora leiamos o que a wikipedia diz:

 

After the defeat in the 2005 election, in which the Social Democrats lost five seats and failed to regain the majority it had lost in the 2001 election, former Minister of Finance and party leader Mogens Lykketoft resigned his post, taking responsibility for the poor election results. In his speech of resignation on election night, 8 February 2005, he called for a leadership election in order to determine who should lead the party into the next election.[9]

Thorning-Schmidt campaigned for the party leadership as a moderate candidate and was elected by the party members on 12 April 2005, ahead of the other candidate, Frank Jensen. She led the Social Democrats in the 2007 election, in which her party suffered modest losses and was forced into a third term in opposition. The party was also unable to regain its position as the largest party in the Folketing.[10]

She was against holding a referendum on the European Reform Treaty.[11] During her 2007 campaign she promised to relax restrictions on asylum seekers and immigrants.[12] She also opposed tax cuts announced by Anders Fogh Rasmussen, instead stating she would like to see more funding for welfare. The party also campaigned on a platform of combating increased inequalities in society, and fighting global warming by supplying 45% of Denmark's energy from renewable sources by 2025.[13]

 

Eu só não tenho certeza se a Birgitte também era contra o corte nos impostos e gostava de ver mais investimentos na qualidade de vida, mas nas outras políticas era igual.

Edited by srcbica
Link to post
Share on other sites

A série é inspirada em grande parte na realidade dinamarquesa todos os partidos representados na série têm de alguma forma representação real, há alguns assuntos debatidos na série que depois do episódio exibido levaram a mudanças nas leis da dinamarca penso que um que terá a ver com as restrições aos imigrantes como diz aí mas também a historia dos antibioticos na carne de porco que penso se ter inspirado em casos reais.

  • Like 2
Link to post
Share on other sites

O caso da prostituição é dos mais conhecidos. Depois da série ter sido exibida começou logo haver debate sobre o tema e acabaram por ser formuladas umas quantas leis novas que seguiram o caminho da despenalização que a série sugeriu. 

 

 

Gostei imenso desta série. Tenho pena que tenha acabado! Espero que "Príncipe" me prenda tanto quanto Borgen.

Link to post
Share on other sites

Eu adorei o facto de a Birgitte se ter mantido fiel aos seus principios, e de no final nao ter aceite ser primeira ministra, e mesmo refrescante ter uma protagonista assim! Como ela disse, ela apenas teve direito a 13 assentos, e seria estranho ela ser primeira ministra so com isso...

Link to post
Share on other sites

Sinceramente, no final, pensava que a Birgitte ia aceitar o cargo de primeira ministra. Afinal, a citação do episódio era "Quase todos suportam a adversidade, mas se querem testar o caráter de um Homem, dêem-lhe poder" o que me levou piamente a crer que o poder ia ser devolvido à Birgitte. No entanto esta série supreende-me sempre e, de facto, o poder tinha sido devolvido à Birgitte: a opção de assumir a liderança do governo quando tinha apenas 13 assentos de um total de 180. Foi-lhe dado o poder e ela tomou a decisão acertada :D

Além disto ainda havia os interesses pessoais, digamos. Ela já tinha visto o quão dificil era conciliar o cargo de primeira ministra com a família e o que lhe aconteceu ao casamento, à relação com os filhos, etc. Talvez numa situação assim fosse um bocado estupidez da parte dela querer ser outra vez primeira ministra e arriscar tudo aquilo que conseguiu conquistar enquanto esteve fora (novo namorado, recuperação da Laura e maior proximidade com os filhos).

Adorei a série e fico triste pelo fim :C

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Sinceramente, no final, pensava que a Birgitte ia aceitar o cargo de primeira ministra. Afinal, a citação do episódio era "Quase todos suportam a adversidade, mas se querem testar o caráter de um Homem, dêem-lhe poder" o que me levou piamente a crer que o poder ia ser devolvido à Birgitte. No entanto esta série supreende-me sempre e, de facto, o poder tinha sido devolvido à Birgitte: a opção de assumir a liderança do governo quando tinha apenas 13 assentos de um total de 180. Foi-lhe dado o poder e ela tomou a decisão acertada :D

Além disto ainda havia os interesses pessoais, digamos. Ela já tinha visto o quão dificil era conciliar o cargo de primeira ministra com a família e o que lhe aconteceu ao casamento, à relação com os filhos, etc. Talvez numa situação assim fosse um bocado estupidez da parte dela querer ser outra vez primeira ministra e arriscar tudo aquilo que conseguiu conquistar enquanto esteve fora (novo namorado, recuperação da Laura e maior proximidade com os filhos).

Adorei a série e fico triste pelo fim :C

 

O poder foi-lhe dado (mas nao de forma legitima), mas ela recusou (e bem), porque nao tinha direito e ele, o povo nao a elegeu a ela pra ser primeira ministra... no futuro talvez ate volte a ser, se o seu partido conseguir subir ainda mais, mas por enquanto nao era legitimo ela se-lo, e gostei muito da atitude dela!.

Link to post
Share on other sites

A série The Paradise vai ser substituída por uma mini série europeia e adaptação do livro Anna Karenina de Tolstoi . Só tem dois episódios de hora e meia.

Como se chama?

Então e as restantes temporadas do The Paradise?

Link to post
Share on other sites

o nome esta lá... Anna Karenina. lol

Pois não sei ainda pensei que dessem as duas temporadas seguidas mas pelos vistos não...

Perguntei pois podiam ter alterado o nome. E para quando é a estreia?

Link to post
Share on other sites

Estreia dia 1. Paradise termina no próximo domingo.

Mas dia 8 parece que The Paradise já está de volta:

http://www.rtp.pt/rtp2/index.php?headline=19&visual=6&canal=8&dia=08-02-2015

Mas onde é que viste essa informação?

Pelo que estás a dizer deve ser isto:

http://imdb.com/title/tt2821430/

Edited by NEQ
Link to post
Share on other sites

Mas dia 8 parece que The Paradise já está de volta:

http://www.rtp.pt/rtp2/index.php?headline=19&visual=6&canal=8&dia=08-02-2015

Essa grelha é de 8 de Fevereiro. ;)

 

Quando fui ao Google pesquisar que versão da Anna Karenina seria esta, porque ainda não há sinopse no site da RTP, fiquei assustado porque encontrei uma série filipina de 2013 e achei que a "matriz europeia" da RTP2 já tinha ido longe demais. :P

Também ainda pensei que fosse este versão britânica de 2000. http://en.wikipedia.org/wiki/Anna_Karenina_%282000_TV_mini-series%29

Link to post
Share on other sites

A série The Paradise vai ser substituída por uma mini série europeia e adaptação do livro Anna Karenina de Tolstoi . Só tem dois episódios de hora e meia.

Pickles, podes citar a fonte, se faz favor?

 

Se é verdade, é mau :bad:... Queria ver a segunda temporada logo a seguir :girlwah:

Link to post
Share on other sites

Pickles, podes citar a fonte, se faz favor?

Se é verdade, é mau :bad:... Queria ver a segunda temporada logo a seguir :girlwah:.

Se fores ao guia TV do site da RTP tens já lá no dia 1 de março.

Link to post
Share on other sites

Pickles, podes citar a fonte, se faz favor?

 

Se é verdade, é mau :bad:... Queria ver a segunda temporada logo a seguir :girlwah:

 

A fonte é a grelha da programação da rtp2 que está no site.

 

Eles não colocaram a sinopse ainda mas faz sentido ser aquela pois é a mais recente e tem uma matriz de co produção europeia.

Edited by pickles
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...