Jump to content

Informação TVI


Recommended Posts

  • Replies 11.9k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

As pessoas estão fartas e os profissionais de saúde que as andam a cuidar, sem direito a férias e, por vezes, a trabalhar 7 dias por semana não estão? É muito giro dizer que "as verdades incomodam", m

52 minutes ago, Televisão 10 said:

Eu gosto. Melhor do que o globo terrestre que usam no Jornal das 8, esse sim antiquado.

Uma coisa que melhorou foi a resolução das fotografias, anteriormente em planos mais apertados dos jornalistas ou dos convidados as fotografias ficavam pixeladas, embora antes só o usassem no estúdio com chroma. Atualmente, talvez pelo facto de usarem ecrãs, as coisas parecem melhor executadas.

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
há 13 horas, RodrigoMarquês. disse:

Fica tão mal aquelas imagens de Lisboa atrás dos pivots... Tão antiquado...

Estou de acordo. Está horrível. Com tanto videowall foram logo pôr aquela imagem de Lisboa... parece um poster velho. Provavelmente até é. Há coisas que eu não entendo. 

  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
há 11 minutos, PedroTexas disse:

Jornalista Alexandra Borges deixa TVI para abraçar novo projeto

https://sol.sapo.pt/artigo/713945/jornalista-alexandra-borges-deixa-tvi-para-abracar-novo-projeto

Vai para a Global Media Group, que tem o DN, JN e TSF. Vai liderar a área de investigação e grande reportagem.

A TVI vai precisar de outra cara para as investigações.

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
há 48 minutos, VascoSantos disse:

Vai para a Global Media Group, que tem o DN, JN e TSF. Vai liderar a área de investigação e grande reportagem.

A TVI vai precisar de outra cara para as investigações.

Eu promovia a Carla Rodrigues. Não era preciso ir buscar ninguém de fora. As reportagens que ela tem feito desde que veio para TVI têm sido fantásticas e diferentes do habitual. Ela até coloca um cunho pessoal mesmo nas reportagens mais simples.

Ou ela ou voltava a Conceição Queiroz a fazer reportagem de investigação. Uma das duas era bom.

  • Like 3
  • Love 1
Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, EFMR disse:

Eu promovia a Carla Rodrigues. Não era preciso ir buscar ninguém de fora. As reportagens que ela tem feito desde que veio para TVI têm sido fantásticas e diferentes do habitual. Ela até coloca um cunho pessoal mesmo nas reportagens mais simples.

Ou ela ou voltava a Conceição Queiroz a fazer reportagem de investigação. Uma das duas era bom.

OBRIGADOOO. Perfeição. Só tenho a dizer isto sobre a Carla.

  • Like 1
  • Love 2
Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, dav01 disse:

OBRIGADOOO. Perfeição. Só tenho a dizer isto sobre a Carla.

Eu adoro-a mesmo. Fico fixado no ecrã sempre que a vejo. Que jornalista fantástica. Uma das melhores que a TVI tem. Foi uma excelente aquisição para Queluz.

  • Like 1
  • Love 3
Link to post
Share on other sites
há 1 hora, VascoSantos disse:

Vai para a Global Media Group, que tem o DN, JN e TSF. Vai liderar a área de investigação e grande reportagem.

A TVI vai precisar de outra cara para as investigações.

Não estou a vê-la a encaixar no estilo da TSF por isso deve ser mesmo para o JN que já ia apostando na área ou então liderar o ressurgimento do DN que já foi anunciado que ia voltar a ser diário e em papel.
Grande perda, para mim era a melhor no género. Tem muito mais credibilidade que uma Sandra Felgueiras.

Edited by canal5
  • Like 1
Link to post
Share on other sites

A declaração da Alexandra revela de forma muito clara as mudanças na Informação da TVI e aquilo que devem estar a exigir aos jornalistas para ela dizer que 21 anos depois há 64 dias tudo mudou, mais uma saída de peso cheia de indiretas...

  • Sad 1
Link to post
Share on other sites
há 15 minutos, Tiagotv disse:

A declaração da Alexandra revela de forma muito clara as mudanças na Informação da TVI e aquilo que devem estar a exigir aos jornalistas para ela dizer que 21 anos depois há 64 dias tudo mudou, mais uma saída de peso cheia de indiretas...

Mesmo. O ambiente naquela redação não deve estar o melhor. Ela dá a entender que não sai muito a bem. 

Para quem quiser ler, fica abaixo o post dela no Facebook: 

Spoiler

Vinte e um anos é uma vida.

Cresci profissionalmente na TVI e dediquei-me ao jornalismo de investigação porque ainda acredito que é um dos mais importantes pilares da democracia.

Por interesse de poucos, é um género que tende a desaparecer mas, por interesse da maioria, continua a fazer a diferença em algumas (poucas) redações de Portugal.

Eu e a minha equipa deixámos uma marca no jornalismo de investigação da TVI. Juntos, fizemos a diferença e ajudámos a solidificar o princípio que em sociedade não vale tudo e que as leis devem ser cumpridas. Conseguimos vitórias importantes: ajudámos a mudar leis discriminatórias, a denunciar monopólios que implicavam o desperdício do plasma nacional, conseguimos provas de corrupção e branqueamento que, na maioria dos casos, ajudaram o MP a acusar criminosos e o Tribunal a condená-los, apontámos o dedo a isenções fiscais feitas à medida e enfrentámos poderosos grupos económicos travestidos de religiosos.

A minha única motivação sempre foi A VERDADE. A verdade que não prescreve, que não discrimina os mais fracos e que não se mede pela carteira de cada um. Uma verdade que não seja conveniente mas sim isenta, rigorosa e, sobretudo, JUSTA.

Costumo dizer que o meu Pai me deixou a mais valiosa das heranças: a HONESTIDADE e LEALDADE, valores que não estão à venda nem se conseguem comprar, mas que, lamentavelmente, alguns desconhecem e desconhecerão sempre, pois é algo que se ganha no berço.

É este ADN que levarei comigo para um novo desafio profissional, desafio este que terá os ingredientes que sempre exigi na minha vida profissional, ambição em fazer melhor, lideranças competentes e sérias e projetos disruptivos que acrescentem qualitativamente tanto a quem os protagoniza como, também, ao nosso País.

Agradeço à TVI parte daquilo que hoje sou. Crescemos juntas, de forma leal e verdadeira, durante 21 anos porém, há 64 dias, tudo mudou.

Ao público, que me acompanha há 35 anos, posso garantir, de forma plena, que deixo a TVI por respeito aos meus valores e princípios, dos quais nunca abdicarei, custe a quem custar. Parto com a integridade que me (re)conhecem e espero continuar a merecer a vossa confiança. Assim continuarei, por Si e para Si!

Em breve darei mais notícias, BOAS NOTÍCIAS!

Saúde para todos.

Alexandra Borges

 

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
há 2 minutos, mrimbaiwtshc disse:

Mesmo. O ambiente naquela redação não deve estar o melhor. Ela dá a entender que não sai muito a bem. 

Para quem quiser ler, fica abaixo o post dela no Facebook: 

  Ocultar conteúdo

Vinte e um anos é uma vida.

Cresci profissionalmente na TVI e dediquei-me ao jornalismo de investigação porque ainda acredito que é um dos mais importantes pilares da democracia.

Por interesse de poucos, é um género que tende a desaparecer mas, por interesse da maioria, continua a fazer a diferença em algumas (poucas) redações de Portugal.

Eu e a minha equipa deixámos uma marca no jornalismo de investigação da TVI. Juntos, fizemos a diferença e ajudámos a solidificar o princípio que em sociedade não vale tudo e que as leis devem ser cumpridas. Conseguimos vitórias importantes: ajudámos a mudar leis discriminatórias, a denunciar monopólios que implicavam o desperdício do plasma nacional, conseguimos provas de corrupção e branqueamento que, na maioria dos casos, ajudaram o MP a acusar criminosos e o Tribunal a condená-los, apontámos o dedo a isenções fiscais feitas à medida e enfrentámos poderosos grupos económicos travestidos de religiosos.

A minha única motivação sempre foi A VERDADE. A verdade que não prescreve, que não discrimina os mais fracos e que não se mede pela carteira de cada um. Uma verdade que não seja conveniente mas sim isenta, rigorosa e, sobretudo, JUSTA.

Costumo dizer que o meu Pai me deixou a mais valiosa das heranças: a HONESTIDADE e LEALDADE, valores que não estão à venda nem se conseguem comprar, mas que, lamentavelmente, alguns desconhecem e desconhecerão sempre, pois é algo que se ganha no berço.

É este ADN que levarei comigo para um novo desafio profissional, desafio este que terá os ingredientes que sempre exigi na minha vida profissional, ambição em fazer melhor, lideranças competentes e sérias e projetos disruptivos que acrescentem qualitativamente tanto a quem os protagoniza como, também, ao nosso País.

Agradeço à TVI parte daquilo que hoje sou. Crescemos juntas, de forma leal e verdadeira, durante 21 anos porém, há 64 dias, tudo mudou.

Ao público, que me acompanha há 35 anos, posso garantir, de forma plena, que deixo a TVI por respeito aos meus valores e princípios, dos quais nunca abdicarei, custe a quem custar. Parto com a integridade que me (re)conhecem e espero continuar a merecer a vossa confiança. Assim continuarei, por Si e para Si!

Em breve darei mais notícias, BOAS NOTÍCIAS!

Saúde para todos.

Alexandra Borges

 

Há 64 dias... Foi a entrada da nova Direção de Informação em funções.

Claramente que não gostou. E se não gosta, faz bem em sair.

Felicidades para ela.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, VascoSantos disse:

Há 64 dias... Foi a entrada da nova Direção de Informação em funções.

Claramente que não gostou. E se não gosta, faz bem em sair.

Felicidades para ela.

Que estranho pensei que fosse uma mudança positiva para a informação tvi, afinal não. Ou então é a nova direção que não quer sensacionalismos.

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...