TaniaM

Regiões TV

67 posts neste tópico

A RTV passou a RTV Agronegócio. Um canal que já passou o Rosa Choque e a Tia Branca... Como o mundo dá voltas!

Editado por RPSG
Mets TV e Ambrósio gostam disto!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Não posso acreditar! (ou, como diria Emanuel Bandeira, "não quero imaginar")

Eles até meteram o relógio por baixo do símbolo vintage (tão vintage que dói). O que é que fizeram a este canal? Será esta a milésima imagem do canal? Vou ter de fazer um post sobre a história do canal, preparem-se

20170403_202022.jpg

Ambrósio, Mets TV e D007 gostam disto!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

RTV: de um canal da Invicta a um canal de agronegócio

A tua história de subestação

A RTV surgiu por volta de 2005 como um projecto on-line. Na altura era conhecido como Invicta TV e teve como parceira a extinta TV Tel (uns anos antes da fusão com a ZON). O canal dá o salto à oferta da TV Tel, com um novo nome (Região Norte TV), em regime experimental, no ano seguinte, e nunca tentou sair de tal registo. Em 2008, graças a uma parceria com a ZON que englobava também a MVM, o canal muda de nome e identidade, passando a ser um canal estritamente de informação das várias regiões do país que não do Porto e adopta o nome de "Regiões TV". Nos seus primeiros anos estava disponível no canal 200 da ZON e passado algum tempo (menos de um ano?) passou a estar disponível na Cabovisão. A NEXTV, dona do canal, também tinha mais umas experiências que foram por água abaixo, como o canal de música brasileira Música Brasil (disponível na TV Tel, Bragatel e Pluricanal) ou o projecto ambicioso para canal desportivo do grupo, o SCN - Sportcanal, que, na ZON, só emitiu um jogo do Benfica para combater à Benfica TV, que tinha acabado de lançar na MEO, e que não acabou por durar.

Já depois do "fim" definitivo da TVTel após a compra desta operadora pela ZON, a NexTV continuou a programas os seus dois canais sozinha. A RTV introduziu alguns programas "generalistas": o Sex... ual da Dona Branca, A Aldeia da Pequenada, apresentado pela Anita do "Recreio da Anita", onde ela teve o seu sucesso na Internet antes do programa, o seu sucessor - a Quinta da Bicharada, com os mesmos treze programas repetidos ao fim da tarde durante anos a fio, e, também, deixou de ter emissão contínua com a chegada do Aquário Clássico. Em 2011 o canal passou a ser gerido por Ediberto Lima e a cor do símbolo, que era vermelha, passou a ser verde, enquanto que o seu slogan, "Portugal por inteiro", foi trocado por "Experimenta, vai" (mas dito com sotaque português). Foi também nesta fase do canal que o noticiário teve um nome abrasileirado (Show de Notícias) e o Jaimão teve um programa à notie. Passado algum tempo o rei da televisão em movimento saiu e o canal voltou ao que era, símbolo vermelho e slogan português.

O canal eventualmente passou por uma crise profunda. Começou a vender horários ao pastor Silas Malafaia para emitir o seu programa Vitória em Cristo aos fins-de-semana. A situação piorou ainda mais em 2014, quando anunciavam que iria haver um "novo canal": Na verdade a programação foi reduzida e boa parte do tempo foi vendida à Igreja Internacional da Graça de Deus para emitir, em qualidade de imagem fracota, a programação do Canal UM Europa, destinado a fiéis da IIGD por estas bandas, seita essa conhecida pelo seu programa mais valioso em horário nobre: o Show da Fé, apresentado por R. R. Soares. Passado algum tempo e a RTV deixou de seguir a Jesus Cristo, desistiu de seguir as ordens da canção do R. R. Soares (canção de abertura do Show da Fé) provavelmente porque a NOS decidiu incluir as emissões do Canal UM Europa na sua grelha de canais. Foi então que o canal voltou a ser (outra vez) o que era só que tinha pouca programação "nova" e bastante conteúdo velho para repetir, até mais não.

Ultimamente a NEXTV foi salva pelos angolanos que decidiram, no último ano, "reinventar" a MVM para passar a ser um canal destinado não só à juventude portuguesa como também à angolana. A NEXTV até fez parceria com a TPA para passar o programa de reportagens Angola Hoje, primeiro na MVM (movimento com vontade de mudança de imagem) e depois na RTV, que ao longo de 2016 começou a notar a parceria. Em Março mudaram o símbolo do canal para algo mais "vintage", mostrando as cores de Angola, mas acabou por mudar de temática para passar a ser um canal rural.

E assim acaba a tua história de subestação (substração?) do canal. Esperemos que o canal mude depressa para passar a falar mais sobre Angola do que sobre Portugal. Talvez, talvez não.

SIM, RenatoSimões e Rodriigo gostam disto!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
há 13 horas, ATVTQsV disse:

RTV: de um canal da Invicta a um canal de agronegócio

A tua história de subestação

A RTV surgiu por volta de 2005 como um projecto on-line. Na altura era conhecido como Invicta TV e teve como parceira a extinta TV Tel (uns anos antes da fusão com a ZON). O canal dá o salto à oferta da TV Tel, com um novo nome (Região Norte TV), em regime experimental, no ano seguinte, e nunca tentou sair de tal registo. Em 2008, graças a uma parceria com a ZON que englobava também a MVM, o canal muda de nome e identidade, passando a ser um canal estritamente de informação das várias regiões do país que não do Porto e adopta o nome de "Regiões TV". Nos seus primeiros anos estava disponível no canal 200 da ZON e passado algum tempo (menos de um ano?) passou a estar disponível na Cabovisão. A NEXTV, dona do canal, também tinha mais umas experiências que foram por água abaixo, como o canal de música brasileira Música Brasil (disponível na TV Tel, Bragatel e Pluricanal) ou o projecto ambicioso para canal desportivo do grupo, o SCN - Sportcanal, que, na ZON, só emitiu um jogo do Benfica para combater à Benfica TV, que tinha acabado de lançar na MEO, e que não acabou por durar.

Já depois do "fim" definitivo da TVTel após a compra desta operadora pela ZON, a NexTV continuou a programas os seus dois canais sozinha. A RTV introduziu alguns programas "generalistas": o Sex... ual da Dona Branca, A Aldeia da Pequenada, apresentado pela Anita do "Recreio da Anita", onde ela teve o seu sucesso na Internet antes do programa, o seu sucessor - a Quinta da Bicharada, com os mesmos treze programas repetidos ao fim da tarde durante anos a fio, e, também, deixou de ter emissão contínua com a chegada do Aquário Clássico. Em 2011 o canal passou a ser gerido por Ediberto Lima e a cor do símbolo, que era vermelha, passou a ser verde, enquanto que o seu slogan, "Portugal por inteiro", foi trocado por "Experimenta, vai" (mas dito com sotaque português). Foi também nesta fase do canal que o noticiário teve um nome abrasileirado (Show de Notícias) e o Jaimão teve um programa à notie. Passado algum tempo o rei da televisão em movimento saiu e o canal voltou ao que era, símbolo vermelho e slogan português.

O canal eventualmente passou por uma crise profunda. Começou a vender horários ao pastor Silas Malafaia para emitir o seu programa Vitória em Cristo aos fins-de-semana. A situação piorou ainda mais em 2014, quando anunciavam que iria haver um "novo canal": Na verdade a programação foi reduzida e boa parte do tempo foi vendida à Igreja Internacional da Graça de Deus para emitir, em qualidade de imagem fracota, a programação do Canal UM Europa, destinado a fiéis da IIGD por estas bandas, seita essa conhecida pelo seu programa mais valioso em horário nobre: o Show da Fé, apresentado por R. R. Soares. Passado algum tempo e a RTV deixou de seguir a Jesus Cristo, desistiu de seguir as ordens da canção do R. R. Soares (canção de abertura do Show da Fé) provavelmente porque a NOS decidiu incluir as emissões do Canal UM Europa na sua grelha de canais. Foi então que o canal voltou a ser (outra vez) o que era só que tinha pouca programação "nova" e bastante conteúdo velho para repetir, até mais não.

Ultimamente a NEXTV foi salva pelos angolanos que decidiram, no último ano, "reinventar" a MVM para passar a ser um canal destinado não só à juventude portuguesa como também à angolana. A NEXTV até fez parceria com a TPA para passar o programa de reportagens Angola Hoje, primeiro na MVM (movimento com vontade de mudança de imagem) e depois na RTV, que ao longo de 2016 começou a notar a parceria. Em Março mudaram o símbolo do canal para algo mais "vintage", mostrando as cores de Angola, mas acabou por mudar de temática para passar a ser um canal rural.

E assim acaba a tua história de subestação (substração?) do canal. Esperemos que o canal mude depressa para passar a falar mais sobre Angola do que sobre Portugal. Talvez, talvez não.

a d o r e i

 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
há 11 horas, Corppiz disse:

É um pouco irritante hum nao encaixa

Fez-me lembrar a apresentadora do Fala Portugal da Record.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
há 21 horas, miguelalex23 disse:

A pior voz-off de sempre. :lol:

O problema é "RTV a televisão do agronegócios". A concordância de número manda abraços... :lol:

há 17 horas, ATVTQsV disse:

Já depois do "fim" definitivo da TVTel após a compra desta operadora pela ZON, a NexTV continuou a programas os seus dois canais sozinha. A RTV introduziu alguns programas "generalistas": o Sex... ual da Dona Branca, A Aldeia da Pequenada, apresentado pela Anita do "Recreio da Anita", onde ela teve o seu sucesso na Internet antes do programa, o seu sucessor - a Quinta da Bicharada, com os mesmos treze programas repetidos ao fim da tarde durante anos a fio, e, também, deixou de ter emissão contínua com a chegada do Aquário Clássico. Em 2011 o canal passou a ser gerido por Ediberto Lima e a cor do símbolo, que era vermelha, passou a ser verde, enquanto que o seu slogan, "Portugal por inteiro", foi trocado por "Experimenta, vai" (mas dito com sotaque português). Foi também nesta fase do canal que o noticiário teve um nome abrasileirado (Show de Notícias) e o Jaimão teve um programa à notie. Passado algum tempo o rei da televisão em movimento saiu e o canal voltou ao que era, símbolo vermelho e slogan português.

Desculpa a correção, mas a forma como o texto está escrito parece que o Sex...ual não foi ideia do Ediberto Lima, o que não é verdade. O programa do Jaimão, o Sex...ual, o Rosa Choque e outros programas foram tudo ideias do Ediberto Lima enquanto diretor artístico...

http://videos.sapo.pt/O9H4O6B6LzNRDmRPMEq8

Ambrósio e Rodriigo gostam disto!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
há 7 horas, RPSG disse:

O problema é "RTV a televisão do agronegócios". A concordância de número manda abraços... :lol:

Desculpa a correção, mas a forma como o texto está escrito parece que o Sex...ual não foi ideia do Ediberto Lima, o que não é verdade. O programa do Jaimão, o Sex...ual, o Rosa Choque e outros programas foram tudo ideias do Ediberto Lima enquanto diretor artístico...

http://videos.sapo.pt/O9H4O6B6LzNRDmRPMEq8

Enganei-me! Por acaso eu iria mencionar um "Rosa e Limão" (ou lá o que era) mas saiu o Sex... ual em vez, e no momento errado! Hei de actualizar a tua história de subestação em breve.

Editado por ATVTQsV

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
há 28 minutos, ATVTQsV disse:

Enganei-me! Por acaso eu iria mencionar um "Rosa e Limão" (ou lá o que era) mas saiu o Sex... ual em vez, e no momento errado! Hei de actualizar a tua história de subestação em breve.

http://videos.sapo.pt/0SUT1MB2RMvcCK84spI1
Aqui tens a RTV da altura do Ediberto em 6 minutos.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!


Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!


Entrar agora