Jump to content
Pedro

Informação RTP1

Recommended Posts

Os especiais após o Telejornal são agora denominados de Especial Estado de Emergência.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 47 minutos, canal5 disse:

No Portugal em Direto em vez andarem pelo país para ver em que localidades se estão mais a sentir o impacto do vírus no dia-a-dia das pessoas e na economia, saber os planos de contingência de algumas localidades em específico ou por exemplo entrevistar os alentejanos para saber porque para além dos motivos óbvios são a região da Europa com menos casos neste momento, estão a falar sobre a situação dos lares com uma médica por Skype para responder a dúvidas, o que já se faz na RTP3 todos os dias...

E parece que amanhã continua.

Vê-se que estão com muitos espaços vazios, ao ponto de regressarem com a rubrica Pergunta, com o grafismo e música da identidade anterior.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 3 horas, Televisão 10 disse:

E parece que amanhã continua.

Vê-se que estão com muitos espaços vazios, ao ponto de regressarem com a rubrica Pergunta, com o grafismo e música da identidade anterior.

Os repórteres das feirinhas devem estar de quarentena... mas as delegações regionais servem para alguma coisa.
Nem precisavam de fazer reportagens em direto, podiam entrar por Skype e só faziam uma ou duas entrevistas na rua.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Sandra Felgueiras é prima da Ana Leal ?

Enviado do meu Redmi Note 7 através do Tapatalk

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, rc1992 disse:

A Sandra Felgueiras é prima da Ana Leal ?

Enviado do meu Redmi Note 7 através do Tapatalk
 

Porquê?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Porquê?
Estava a ver a conferência de imprensa da DGS onde ela está e a forma sensacionalista como ela fala é igual

Enviado do meu Redmi Note 7 através do Tapatalk

Eu normalmente vejo estas conferências e acho que o jornalistas até têm cuidado e sobretudo "respeito" , mas hoje a forma agressiva e as perguntas que ela fez não tiveram grande sentido? "Quem é que são as pessoas que morreram? " Mas isto faz algum sentido perguntar?

Enviado do meu Redmi Note 7 através do Tapatalk

  • Like 3
  • LOL 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 23/03/2020 at 18:30, canal5 disse:

No Portugal em Direto em vez andarem pelo país para ver em que localidades se estão mais a sentir o impacto do vírus no dia-a-dia das pessoas e na economia, saber os planos de contingência de algumas localidades em específico ou por exemplo entrevistar os alentejanos para saber porque para além dos motivos óbvios são a região da Europa com menos casos neste momento, estão a falar sobre a situação dos lares com uma médica por Skype para responder a dúvidas, o que já se faz na RTP3 todos os dias...
Já se viu que a informação regional na RTP 1 está cada vez mais morta e enterrada, só existe o Porto Canal para o Norte e a CMTV que está mesmo em todo o lado... Sim, porque não tenham dúvidas que aquela lixeira vai ganhar muito com isto quando tudo passar e alargar o seu público para além do mais velho em grande parte. As pessoas, principalmente no Interior, vão se sentir cada vez mais ligadas à estação, infelizmente.

Hoje, graças a essa rubrica, tiveram um convidado em estúdio. Acho que é a primeira vez que tal acontece neste noticiário. Achei curioso também que tenham colocado um microfone na mesa para o convidado.

Depois, tivemos uma jornalista da RTP Açores a contar como está a viver os seus dias em casa. Nota-se que estão a recorrer a enche-chouriços para encher o noticiário. 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 5 horas, rc1992 disse:

Estava a ver a conferência de imprensa da DGS onde ela está e a forma sensacionalista como ela fala é igual

Enviado do meu Redmi Note 7 através do Tapatalk
 

Eu normalmente vejo estas conferências e acho que o jornalistas até têm cuidado e sobretudo "respeito" , mas hoje a forma agressiva e as perguntas que ela fez não tiveram grande sentido? "Quem é que são as pessoas que morreram? " Mas isto faz algum sentido perguntar?

Enviado do meu Redmi Note 7 através do Tapatalk
 

a CMTV tem de saber

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
há 3 horas, Televisão 10 disse:

Hoje, graças a essa rubrica, tiveram um convidado em estúdio. Acho que é a primeira vez que tal acontece neste noticiário. Achei curioso também que tenham colocado um microfone na mesa para o convidado.

Depois, tivemos uma jornalista da RTP Açores a contar como está a viver os seus dias em casa. Nota-se que estão a recorrer a enche-chouriços para encher o noticiário. 

 

Super interessante, não haja dúvida... Hoje o Porto Canal que anda com recursos limitados em 10 minutos do Jornal Diário já entrevistou em exclusivo um trabalhador do Lar da Santa Casa de Resende onde a situação está muito complicada com aquelas máscaras quase nucleares e já foram a Vila Real... e a CMTV também está a fazer o seu trabalho, tem o repórter em Vilar Formoso que já fez em 3 em linha de asneiras que já disse, mas está lá e isso é que conta para as pessoas...
O programa tem audiências, as pessoas gostam da Dina Aguiar, pode ficar tudo como está, mas por amor de Deus criem um bloco de verdadeira informação regional de 10/15 minutos antes do Preço Certo. É urgente.

Edited by canal5
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 4 minutos, canal5 disse:

O programa tem audiências, as pessoas gostam da Dina Aguiar, pode ficar tudo como está, mas por amor de Deus criem um bloco de verdadeira informação regional de 10/15 minutos antes do Preço Certo. É urgente.

Continuo a achar que o bloco deveria ser às 14h00, a partir das várias delegações existentes. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 9 minutos, Televisão 10 disse:

Continuo a achar que o bloco deveria ser às 14h00, a partir das várias delegações existentes. 

Não vale a pena investir em conteúdo inédito a essa hora, como as generalistas tirando a RTP2 fazem há anos.
Em Espanha só é a essa hora porque a maior parte das pessoas está em casa a acabar de almoçar e a entrar no período da siesta.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 3 horas, Televisão 10 disse:

Achei curioso também que tenham colocado um microfone na mesa para o convidado.

Isso tem sido feito para evitar o contacto entre os assistentes e os convidados para colocar o microfone.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que neste momento já não faz grande sentido voltar a haver emissões regionais mais a mais quando passaram quase 20 anos sobre o seu fim, os tempos são outros.

O que tem de mudar é a RTP fazer um esforço a estar na informação de proximidade com rapidez como a CMTV faz - sem a parte do enche chouriço - muito embora a estação pública seja a única generalista com um noticiário nacional feito em directo a partir do Porto, é preciso não esquecer. E isso é uma parte muito importante do serviço público.

A RTP não tem que voltar a ter emissões regionalizadas, o que interessa é que o conteúdo seja visto pelo maior número de espectadores.

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Noticiários regionais sem emissões regionais por mais que se queira não resultam, vejam-se projetos como a Localvisão.
Acabar com emissões regionais foi um erro histórico que nunca devia ter sido feito e por exemplo a BBC no ano passado ainda criou alguns novos desdobramentos, por isso há sempre tempo para corrigir este erro nem que seja para travar o sensacionalismo a nível local da CMTV.

Edited by canal5
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
14 hours ago, canal5 said:

Noticiários regionais sem emissões regionais por mais que se queira não resultam, vejam-se projetos como a Localvisão.
Acabar com emissões regionais foi um erro histórico que nunca devia ter sido feito e por exemplo a BBC no ano passado ainda criou alguns novos desdobramentos, por isso há sempre tempo para corrigir este erro nem que seja para travar o sensacionalismo a nível local da CMTV.

Não é impossível mas exige dinheiro e trabalho/vontade, que não me parece que exista. E atualmente tem uma complicação adicional que é o facto de uma percentagem muito grande ter operadores de TV paga. Era preciso negociar com eles e desenhar uma solução que funcione para as várias redes em funcionamento.

Edited by zent
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 6 horas, zent disse:

Não é impossível mas exige dinheiro e trabalho/vontade, que não me parece que exista. E atualmente tem uma complicação adicional que é o facto de uma percentagem muito grande ter operadores de TV paga. Era preciso negociar com eles e desenhar uma solução que funcione para as várias redes em funcionamento.

As operadoras em Espanha lá conseguem e têm pacotes com preços semelhantes aos nossos com muito menos clientes que em Portugal e por isso menos menos lucros, era ver como elas fazem.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
14 hours ago, canal5 said:

As operadoras em Espanha lá conseguem e têm pacotes com preços semelhantes aos nossos com muito menos clientes que em Portugal e por isso menos menos lucros, era ver como elas fazem.

Impossível não é, como dizia sobretudo é preciso vontade e dinheiro.

O maior problema seria no serviço por satélite, uma vez que o satélite que MEO e NOS usam têm uma capacidade muito limitada e provavelmente não há espaço para várias versões da RTP 1.

No caso dos serviços de cabo a solução mais prática diria que é por cada headend escolher qual a versão local da RTP e colocá-la na posição 1, colocando as restantes versões no fim da grelha consoante a disponibilidade de espaço. O único senão seria a região do headend poder não ser exatamente a mesma que a "região RTP".

No caso de IPTV é mais fácil, o facto de ser tudo digital basta saber a morada do cliente ou a localização do PDO/central ADSL que serve o cliente e devolver a RTP apropriada para essa localidade.

Edited by zent
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
há 2 horas, zent disse:

Impossível não é, como dizia sobretudo é preciso vontade e dinheiro.

O maior problema seria no serviço por satélite, uma vez que o satélite que MEO e NOS usam têm uma capacidade muito limitada e provavelmente não há espaço para várias versões da RTP 1.

No caso dos serviços de cabo a solução mais prática diria que é por cada headend escolher qual a versão local da RTP e colocá-la na posição 1, colocando as restantes versões no fim da grelha consoante a disponibilidade de espaço. O único senão seria a região do headend poder não ser exatamente a mesma que a "região RTP".

No caso de IPTV é mais fácil, o facto de ser tudo digital basta saber a morada do cliente ou a localização do PDO/central ADSL que serve o cliente e devolver a RTP apropriada para essa localidade.

Como já disse aqui também, se houver limitações técnicas muito complicadas de contornar o Portugal em Direto devia assim ter pelo menos as notícias alinhadas por regiões, como fazem no Canal 24 Horas da TVE:
https://www.rtve.es/alacarta/videos/espana-en-24-horas/
 

Edited by canal5
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 17 horas, canal5 disse:

As operadoras em Espanha lá conseguem e têm pacotes com preços semelhantes aos nossos com muito menos clientes que em Portugal e por isso menos menos lucros, era ver como elas fazem.

Posso estar enganado, mas acho que os desdobramentos só são feitos na TDT. Na TVE por cabo, repetem um programa.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

A partir de segunda-feira deixa de haver a Meteorologia apresentada pelos técnicos do IPMA, por tempo indeterminado. 

  • Sad 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 14 minutos, RenatoSimões disse:

A partir de segunda-feira deixa de haver a Meteorologia apresentada pelos técnicos do IPMA, por tempo indeterminado. 

Compreendo, se for com vista à situação atual. Ainda assim, penso que podiam gravar por locução, como têm feito na RTP Açores.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 16 minutos, Televisão 10 disse:

Compreendo, se for com vista à situação atual. Ainda assim, penso que podiam gravar por locução, como têm feito na RTP Açores.

Exato, como faziam nos anos 90. Até podia não se ver o/a meteorologista, mas pelo menos ouvia-se a sua locução e o seu prognóstico.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 3 minutos, LP 98 disse:

Exato, como faziam nos anos 90. Até podia não se ver o/a meteorologista, mas pelo menos ouvia-se a sua locução e o seu prognóstico.

O meu receio é que depois os meteorologistas não regressem. 

  • Like 1
  • Sad 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

9ExKfjk.jpg

Para a RTP, há 51170 casos de Coronavírus. :rolleyes:

  • Shock 1
  • Sad 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...