Jump to content

Recommended Posts

O Cláudio é um bocadinho melhor que Nelma na SIC Notícias, também tem um pouco mais de experiência que ela, mas é fraco, têm por lá melhor e como já disse para a Nelma, só beleza não chega. 

Edited by tuscano
  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

23 minutes ago, tuscano said:

O Cláudio é um bocadinho melhor que Nelma na SIC Notícias, também tem um pouco mais de experiência que ela, mas é fraco, têm por lá melhor e como já disse para a Nelma, só beleza não chega. 

Fraco não é.

Tem muito potencial mas talvez falte alguma experiência. Com o tempo vai lá.

Dos 3 canais a esta hora vou continuar a preferir a Fátima Araújo no 24 Horas que até tem bons resultados com ela, julgo eu.

  • Like 4
Link to comment
Share on other sites

há 3 minutos, o-V disse:

Tinha ideia que a Ana Guedes Rodrigues ia fazer o CNN Hoje a partir do Porto, mas tem estado nos estúdios de Lisboa. Sabem se é definitivo?

Acho que no outro dia ela disse que era de forma temporária...

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Mas porque raio é que tanto usam o Breaking News como o Última Hora, em ecrã?

Ainda agora, com a notícia da aprovação da vacina para as crianças, o oráculo tinha a indicação de Última Hora

Edited by urb48
  • Like 1
  • Sad 1
Link to comment
Share on other sites

há 1 hora, _Daniel_ disse:

Penso que tens uma opinião bem estruturada e escreves bem, pelo que gosto de ler o que pensas :mosking: No geral, concordo com a tua análise, nomeadamente quando sugeres de que não se trata de um melhor jornalismo, porque em Portugal, como disse o Júlio Magalhães em entrevista ao Nascer do Sol, faz-se bom jornalismo, mas sim de um jornalismo diferente. A questão é que em televisão só se via dois estilos de fazer a notícia: um muito dominado pelo sucesso da SIC Notícias e do próprio Expresso e outro bastante populista dominado pela CMTV, pelo que é sempre bom, seja qual for o resultado que este canal for apresentando, quando surge uma nova forma de transmitir informação. Para já, vejo diferenças neste canal pela agilidade como conduzem a emissão, pelo foco na análise (precisam claramente de atrair mais comentadores e analistas da SICN, porque concordo que é o canal melhor apetrechado nesse aspeto) e pela aposta em exclusivos. Estiveste muito bem quando comparaste com o Público, porque há, de facto, paralelos aqui (embora há quem tenha odiado a CNN na redação do Público). 

 Dito isto, há uma questão negativa que reparei ontem quando via o Jornal da CNN e introduziram uma peça da Isa Soares da CNN Internacional. A construção das reportagens curtas ainda é muito diferente entre a CNN PT e a Internacional. Os jornalistas que estão na rua ainda precisam de fazer esse upgrade, não só na escrita dos textos, como também nas imagens que usam e na forma como entrevistam pessoas na rua. Não vejo o interesse de se lançarem peças com o voz-off por cima de imagens de arquivo, não se acrescentando nada para além de um texto escrito de forma banal. É preciso colocar os jornalistas à frente da câmara, deixar a telespectador olhar para os olhos da pessoa que está a falar. Enquanto se mantiverem essas peças tão ocas, realmente prefiro ver o pivot a ocupar mais tempo de antena. Mas percebo quando dizes que se pode tornar monótono. 

A Isa Soares tem de dar uns workshops urgentes. Vem Isa Consultora Geral 😎

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

há 58 minutos, D007 disse:

Ontem a CNN praticamente manteve e superou novamente a SIC Notícias (3% vs 1,8%).

A SIC N parece que conseguiu voltar a aproximar-se dos valores habituais, sem que a CNN por seu lado tenha sofrido grande erosão face ao dia anterior... Ou seja, quer parecer-me que há aí público novo... A TVI24 e a SICN antes, juntas, não valiam 4,8% de mercado...

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

há 1 hora, D007 disse:

Ontem a CNN praticamente manteve e superou novamente a SIC Notícias (3% vs 1,8%).

Dado todo o buzz que a CNN criou na estreia acho normal os valores para o 2o dia completo. As pessoas querem ver o que a CNN pode trazer mais, se conseguir trazer furos jornalisticos relevantes com regularidade estará em vantagem. Mas além disso também teve o caso das buscas aos clubes de futebol que pode ter ajudado. Seja como for o grande desafio será quando todo o efeito novidade for ultrapassado.

E parece me pela grelha pouco variada que a estratégia passa por manter esse efeito novidade pois acredito que aos poucos irão lançar alguns programas próprios de comentário e de reportagem. 

Edited by JM26
  • Like 3
  • LOL 1
Link to comment
Share on other sites

Então e onde estão os correspondentes em Toronto, Miami, Rio de Janeiro, Luanda, Kuala Lumpur, Sidney, Madrid, Paris, Roma e Londres?

Até agora só apareceram os 3 príncipais e os enviados especiais, e estes nunca foram anunciados.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...