Jump to content

Era Cristina Ferreira


Recommended Posts

On 12/04/2021 at 18:17, o-V disse:

Por acaso gostava de saber a vossa opinião sobre o que poderá faltar para a TVI conseguir a liderança, independentemente de boas ou má escolhas que tenham feito no passado. A verdade é que mudanças de ciclos na televisão só aconteceram, até agora, com um boom qualquer e não com pequenas oscilações entre um canal e outro. Em 2000 tivemos o Big Brother e em 2019 O Programa da Cristina. A verdade é que até haver uma mudança explosiva ou um formato totalmente revolucionário, a tendência de liderança dificilmente muda, é uma linha natural de quem está lider a cada momento. 

No caso da TVI, só mesmo recebendo de volta o Ricardo Araújo Pereira, o Ljubomir ou roubando o Baião. De resto, qualquer nome seria mais indiferente para as contas finais. 

Em alternativa, só mesmo um falhanço completo da SIC nas próximas novelas, o que não se antecipa a curto e médio prazo.

Mesmo assim não ia resultar. A TVI já teve o RAP e o Ljubomir e mesmo assim isso não chegou para liderar diariamente... E as transferências entre os profissionais dos canais já estão mais que batidas e quase toda a gente já andou em mais do que um canal.

 

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

O problema da CF é o mesmo de sempre. Ela continua a achar que lhe estão a montar uma cabala apenas e só por ela ser mulher. Isto demonstra bem o preconceito e o provincianismo que ainda lhe vai naquela alminha pequena e retrógrada. Ela ainda não entendeu que está a pagar pela escolha que fez e, principalmente, pelas escolhas que continua a fazer e que não dão resultados. Pelo contrário: só estão a enterrá-la mais e mais e, ainda por cima, a afastar a TVI da liderança. Ela ainda não percebeu que a televisão não tem de ser sempre em direto, que os programas têm de ter CONTEÚDO, que não se pode ladear de pessoas sem jeito para estarem onde estão, em prol de outras que já tinham fidelizado o público por anos e fio e crescido à sua frente, e que não se pode estar sempre a vitimizar, quando as pessoas lhe caem em cima por não concordar com a exposição exagerada (e em alguns casos errada nesta altura de pandemia) que ela faz...dela própria nas redes sociais. Portanto, ela queixa-se de que o problema é ela ser mulher. Não: o problema é ela estar SEMPRE a vitimizar-se, a aparecer na televisão para fazer choradinhos e a apostar em coisas sem conteúdo, sem alma, com gente sem talento, apenas e só para encher chouriços. Para ser líder, talvez seria bom ela afastar-se mesmo da apresentação de programas por um bom tempo, evitar expor-se tanto (principalmente se forem publicações que vão polemizar), parar de alimentar a novela dela com o Rua e parar de encher as prateleiras da TVI com gente que só ela gosta. Convinha alinhavar bem as novelas futuras do canal, pensar em que formatos de entretenimento ter e quem os vai apresentar, reformular por completo o '2 às 10', o 'Somos Portugal', ' VaV' e o 'Em Família' e tirar do ar apresentadores medíocres que, em última instância, nem o são. Vai perceber que as coisinhas e a opinião pública ser-lhe-ão, aos poucos, mais favoráveis.

  • Like 1
  • LOL 1
Link to post
Share on other sites

Estou de acordo. Pegou-se-lhe a ideia de que qualquer programa sem conteúdo, desde que tenha montes de gente a falar uns com os outros é suficiente, mas espero que já tenha percebido que o público já nao adere a "especiais" em direto ou outros programas só com pessoas a entrar e a sair.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
  • 4 weeks later...

Bem, eu vou deixar um pequeno comentário acerca da Era Cristina:

  • Esta Manhã: Subiu os valores do Diário do Manhã, e vai mantendo a competição com a RTP1. Além disso, é sempre mudar e foi uma aposta certeira para dar lead-in ao Dois às 10. 
  • Day-time: As mudanças no day-time deram certo e foram vitalícias à TVI. O Dois às 10 tem uma certa fidelização, mesmo agora, não liderando. O Goucha costuma liderar. Foram ambas duas ideias, embora as tardes tenham sido herdadas da icónica Filipa Garnel. 
  • Acesso ao Prime-time: A meu ver, este é o ponto mais fraco da Era Cristina, após o mês de Março. A falta de preparação de um substituto direto do extra do BB, para dar e melhorar o lead-in da própria Cristina. Enquanto ao programa, é, certamente, o maior flop de sempre da Cristina.
  • Informação TVI: Achei um pouco desnecessário a mudança e renovação da TVI e da TVI24, para agora vir a CNN... Não entendo! 
  • Prime-time: Amar Demais e Bem Me Quer duas apostas certeiras, que subiram e mantiveram os valores da primeira e segunda faixa. Festa é Festa subiu os valores
  • Late night: BB, um sucesso às 00h. Mas ninguém pensava que Mulheres segurava tão bem os valores! Uma boa novela e com boa promoção, conseguiu manter o share e até um pouco o rating do Big Brother! Uma aposta certeira. 
  • Somos Portugal: Nada a dizer, muito mau as mudanças que fizeram ao programa, àtoa. Zé Lopes, mds. O que deu na cabeça, Cristina? 
  • All Together Now: Pouco vi, mas apesar de muitos dizerem que a estreia flopou, eu não acho e o programa, no meu ponto de vista, é sim um sucesso, pois tem se conseguido acima do milhão de espetadores e estabilizar nos 11%/12% de rating. 
  • Like 3
Link to post
Share on other sites

O que a Cristina podia fazer era tentar arranjar um formato que conseguisse marcar uma nova era na TV portuguesa, tal como aconteceu com o Big Brother em 2000. É tentar perceber o que está a fazer sucesso lá fora.

Link to post
Share on other sites
  • 5 weeks later...
há 44 minutos, Gonzalo disse:

A TVI não vai liderar tão cedo. 
A Cristina não tarda vai ser encostada à parede. Um autêntico flop.

Um ano mau para a carreira profissional dela. A saída da SIC e regresso à TVI foi uma jogada de alto risco, que claramente não compensou. Perdeu audiência e influência no mercado. 

A Cristina fez mais coisas que o seu programa... Estás a ser um bocadinho exagerado naquilo que dizes. Esta Manhã, Dois às 10, Goucha, Festa é Festa e Mulheres foram, a meu ver, boas apostas e audiometricamente falando, correm bem. Além disso, All Togheter Now também foi uma boa aposta, apesar de ser menos audiometricamente sucedida. :read:

Link to post
Share on other sites
há 5 minutos, Diogo O. disse:

A Cristina fez mais coisas que o seu programa... Estás a ser um bocadinho exagerado naquilo que dizes. Esta Manhã, Dois às 10, Goucha, Festa é Festa e Mulheres foram, a meu ver, boas apostas e audiometricamente falando, correm bem. Além disso, All Togheter Now também foi uma boa aposta, apesar de ser menos audiometricamente sucedida. :read:

O Dois às 10 não é sucesso nenhum.

As unicas apostas viáveis foram o Goucha e o Festa é Festa.

Link to post
Share on other sites
há 2 minutos, Gonzalo disse:

O Dois às 10 não é sucesso nenhum.

As unicas apostas viáveis foram o Goucha e o Festa é Festa.

"não é sucesso nenhum" 

Realidade: fica acima dos 20% e vai mantendo-se acima dos 3% de rating. Para mim, o ponto fraco da Cristina é mesmo o prime-acess. 

Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, Diogo O. disse:

"não é sucesso nenhum" 

Realidade: fica acima dos 20% e vai mantendo-se acima dos 3% de rating. Para mim, o ponto fraco da Cristina é mesmo o prime-acess. 

Falamos acerca de expectativas. Seria um formato para vencer facilmente. Nem vale a pena negar. 

Link to post
Share on other sites

O Dois às 10 e o Goucha não são sucessos nenhuns. Cumprem minimamente o exigido mas perdem quase sempre para a concorrência. Mas não são o maior problema da TVI no momento. 

A TVI também não está melhor agora do que estava antes da Cristina voltar.

Link to post
Share on other sites
3 minutes ago, D91 said:

A TVI também não está melhor agora do que estava antes da Cristina voltar.

Vocês tem realmente uma memória muito curta oof

Link to post
Share on other sites
há 3 minutos, D91 disse:

O Dois às 10 e o Goucha não são sucessos nenhuns. Cumprem minimamente o exigido mas perdem quase sempre para a concorrência. Mas não são o maior problema da TVI no momento. 

A TVI também não está melhor agora do que estava antes da Cristina voltar.

Pois não, a TVI sem a Cristina e com o dinheiro do MF, teria o mesmo ou mais sucesso. 

As "reformas" dela ficaram bem aquém daquilo que seria esperado. o único tiro certeiro dela foi o "Festa é Festa", é esta a realidade.

Mas não justifica o salário milionário que lhe pagam. E com o avançar do tempo, vão chegar a essa conclusão. 

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, Fernando disse:

Vocês tem realmente uma memória muito curta oof

Pelo menos o horário das 19h estava melhor.:lol:

  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
agora mesmo, D91 disse:

Pelo menos o horário das 19h estava melhor.:lol:

Sim, até porque ela é boa apresentadora, mas como diretora é bem medíocre. 

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
há 2 minutos, Faded disse:

Sim, até porque ela é boa apresentadora, mas como diretora é bem medíocre. 

Sim, é verdade. Ainda bem que na SIC não a deixaram ter muito poder.

A Filipa Garnel pode não ter tido sucesso, não tinha muito dinheiro, mas parecia ter boas ideias.

  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
Just now, D91 said:

Pelo menos o horário das 19h estava melhor.:lol:

Já passamos da totalidade para só um horário :read:

Mas enfim TVI está indiscutivelmente melhor, basta comprar os resultados de há um ano com os dos últimos meses. Agora se há coisas que podiam estar melhor? Sim, mas exceto o horário das 19h, e é isso que impede a TVI de não ter resultados mais sólidos, nada está tão trágico como muitos tentam pintar.

Mas old que há certos @ que passam a vida a dar hate com um total de 0 conteúdo.

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
  • 3 weeks later...

Vou só deixar aqui os meus 2 cents e dizer que, basicamente, a era Cristina resume-se a um conjunto de boas ideias e ambição, e programas que acabam por resultar razoavelmente bem mas não consolidam a liderança, mesmo após começarem com força :cryhappy:

Olhando em caso por caso:

- o daytime é o caso mais óbvio. Tanto o Dois às 10 como o Goucha estrearam com resultados bombásticos, e era palpável o sentimento de que tudo ia mudar novamente, mas meses mais tarde, o Casa Feliz é agora líder consolidado há meses e a Júlia também continua a ganhar mais do que perde. Mesmo assim, o Goucha ainda se tem demonstrado como uma clara melhoria face ao A Tarde é Sua em todos os sentidos, para além de também ter vencido vários confrontos, mas o Dà10 não faz muito mais do que o Você na TV nos últimos meses fazia, nem é um programa muito melhor, valendo apenas pela Maria. Sinceramente, não considero nenhum dos dois sucesso, mas tampouco são flops, nem de longe. Simplesmente fazem valores aceitáveis.

Talvez a aposta mais ganha do daytime é o Esta Manhã, que, num horário francamente difícil, mostrou-se uma aposta diferente e bem executada (isto vindo de alguém que não gosta muito do formato infotainment) e tem tido resultados competitivos (às vezes líderes mesmo). Outro destaque mais ou menos positivo seria A Única Mulher (R), por subir os valores de Destinos Cruzados apesar de concorrência bem mais forte + ser uma reposição de novela bem recente. Por outro lado, o Cristina ComVida é o maior flop da carreira da Cristina e o maior trambolhão desta era da TVI, um programa que num horário adequado provavelmente correria bem, mas que foi mal implementado na grelha, para além de ter um início atribulado em termos de conteúdos.

- na informação, a reformulação dos jornais e da TVI24 não foi mal conseguida, com destaque para os novos estúdios e a contratação do Pedro Mourinho - já os grafismos, para mim, ambiciosos mas inconsistentes. Porém, em audiências, pouco ou nada mudou, com nota para o J8 continuar a ser o buraco que já era desde 2019. Mas pronto, a culpa aqui não é tanto da TVI como é da força da concorrência (principalmente a SIC, cuja informação tem reputação com o público). Mais problemática é a reestruturação da TVI24 para CNN Portugal apenas um ano depois da revolução original.

- no horário nobre diário, esta é a parte do dia que a TVI se dá melhor de momento, com todas as novelas sendo sucessos claros ou razoáveis.

No campo dos sucessos claros, temos Festa é Festa, que é o maior sucesso da era Cristina. Uma novela que subiu os valores das antecessoras, vence Amor Amor com alguma frequência (tanto por mérito seu, como também por demérito de AA, sejamos sinceros), e causou um murmurinho na cultura popular que não se vê uma novela da TVI fazer em algum tempo. Mulheres (R) também cai aqui, visto tratar-se de uma reposição de uma novela que não foi sucesso originalmente, que chegou a um horário deixado a morrer após o fim do Big Brother, mas que conseguiu manter o público do BB e ainda liderar com semi-frequência. Um raro caso de uma reposição melhor tratada e com melhores frutos do que a exibição original.

Nos razoáveis, temos as outras duas. Nenhuma delas foi criação da era Cristina (Bem Me Quer foi do Nuno Santos e Amar Demais da Felipa Garnel), mas pronto, ambas foram programadas com esta gestão, e como tal, um bom trabalho foi feito com elas. BMQ não é nenhuma bomba de audiências, mas já vinha a manter os resultados de Quer o Destino na 1ª faixa, e na 2ª também faz bons valores. Já AD+ - que é a melhor novela portuguesa inédita em exibição - subiu os valores da 2ª faixa (agora 3ª) e faz audiências respeitáveis para uma novela do seu estilo e horário de exibição. Nenhuma das duas é um grande sucesso, mas tampouco comprometem.

- no fim-de-semana, o Em Família faz melhores valores do que os anteriores programas de fim de tarde e até liderou mais vezes do que perdeu, só perdendo a liderança para o programa do Marco Paulo. O Conta-me também se safa bem, mantendo os valores do Conta-me como És no seu primordial. Já o VivaVida e o Vida Animal foram fracassos óbvios. Já no grande entretenimento, ainda não vi O Amor Acontece (que aparentemente se está a revelar um flopzito), mas o All Together Now foi um bom programa de entretenimento (de talentos discordo), muito bem produzido e com uma excelente Cristina, com um percurso audiométrico mais ou menos.

Portanto, em suma:

+ Horário nobre diário
+ Esta Manhã
+ Conta-me
+ All Together Now
+ A Única Mulher (R)
+/- Goucha
+/- Dois às 10
+/- Em Família (só mesmo porque é difícil aturar o Rua)
+/- Informação
- VivaVida
- Vida Animal
- Cristina ComVida
(?) O Amor Acontece

  • Like 2
  • Love 1
Link to post
Share on other sites
há 47 minutos, Johnman disse:

Vou só deixar aqui os meus 2 cents e dizer que, basicamente, a era Cristina resume-se a um conjunto de boas ideias e ambição, e programas que acabam por resultar razoavelmente bem mas não consolidam a liderança, mesmo após começarem com força :cryhappy:

Olhando em caso por caso:

- o daytime é o caso mais óbvio. Tanto o Dois às 10 como o Goucha estrearam com resultados bombásticos, e era palpável o sentimento de que tudo ia mudar novamente, mas meses mais tarde, o Casa Feliz é agora líder consolidado há meses e a Júlia também continua a ganhar mais do que perde. Mesmo assim, o Goucha ainda se tem demonstrado como uma clara melhoria face ao A Tarde é Sua em todos os sentidos, para além de também ter vencido vários confrontos, mas o Dà10 não faz muito mais do que o Você na TV nos últimos meses fazia, nem é um programa muito melhor, valendo apenas pela Maria. Sinceramente, não considero nenhum dos dois sucesso, mas tampouco são flops, nem de longe. Simplesmente fazem valores aceitáveis.

Talvez a aposta mais ganha do daytime é o Esta Manhã, que, num horário francamente difícil, mostrou-se uma aposta diferente e bem executada (isto vindo de alguém que não gosta muito do formato infotainment) e tem tido resultados competitivos (às vezes líderes mesmo). Outro destaque mais ou menos positivo seria A Única Mulher (R), por subir os valores de Destinos Cruzados apesar de concorrência bem mais forte + ser uma reposição de novela bem recente. Por outro lado, o Cristina ComVida é o maior flop da carreira da Cristina e o maior trambolhão desta era da TVI, um programa que num horário adequado provavelmente correria bem, mas que foi mal implementado na grelha, para além de ter um início atribulado em termos de conteúdos.

- na informação, a reformulação dos jornais e da TVI24 não foi mal conseguida, com destaque para os novos estúdios e a contratação do Pedro Mourinho - já os grafismos, para mim, ambiciosos mas inconsistentes. Porém, em audiências, pouco ou nada mudou, com nota para o J8 continuar a ser o buraco que já era desde 2019. Mas pronto, a culpa aqui não é tanto da TVI como é da força da concorrência (principalmente a SIC, cuja informação tem reputação com o público). Mais problemática é a reestruturação da TVI24 para CNN Portugal apenas um ano depois da revolução original.

- no horário nobre diário, esta é a parte do dia que a TVI se dá melhor de momento, com todas as novelas sendo sucessos claros ou razoáveis.

No campo dos sucessos claros, temos Festa é Festa, que é o maior sucesso da era Cristina. Uma novela que subiu os valores das antecessoras, vence Amor Amor com alguma frequência (tanto por mérito seu, como também por demérito de AA, sejamos sinceros), e causou um murmurinho na cultura popular que não se vê uma novela da TVI fazer em algum tempo. Mulheres (R) também cai aqui, visto tratar-se de uma reposição de uma novela que não foi sucesso originalmente, que chegou a um horário deixado a morrer após o fim do Big Brother, mas que conseguiu manter o público do BB e ainda liderar com semi-frequência. Um raro caso de uma reposição melhor tratada e com melhores frutos do que a exibição original.

Nos razoáveis, temos as outras duas. Nenhuma delas foi criação da era Cristina (Bem Me Quer foi do Nuno Santos e Amar Demais da Felipa Garnel), mas pronto, ambas foram programadas com esta gestão, e como tal, um bom trabalho foi feito com elas. BMQ não é nenhuma bomba de audiências, mas já vinha a manter os resultados de Quer o Destino na 1ª faixa, e na 2ª também faz bons valores. Já AD+ - que é a melhor novela portuguesa inédita em exibição - subiu os valores da 2ª faixa (agora 3ª) e faz audiências respeitáveis para uma novela do seu estilo e horário de exibição. Nenhuma das duas é um grande sucesso, mas tampouco comprometem.

- no fim-de-semana, o Em Família faz melhores valores do que os anteriores programas de fim de tarde e até liderou mais vezes do que perdeu, só perdendo a liderança para o programa do Marco Paulo. O Conta-me também se safa bem, mantendo os valores do Conta-me como És no seu primordial. Já o VivaVida e o Vida Animal foram fracassos óbvios. Já no grande entretenimento, ainda não vi O Amor Acontece (que aparentemente se está a revelar um flopzito), mas o All Together Now foi um bom programa de entretenimento (de talentos discordo), muito bem produzido e com uma excelente Cristina, com um percurso audiométrico mais ou menos.

Portanto, em suma:

+ Horário nobre diário
+ Esta Manhã
+ Conta-me
+ All Together Now
+ A Única Mulher (R)
+/- Goucha
+/- Dois às 10
+/- Em Família (só mesmo porque é difícil aturar o Rua)
+/- Informação
- VivaVida
- Vida Animal
- Cristina ComVida
(?) O Amor Acontece

Onde é que o "Dois às 10" e o "Goucha" estrearam com "resultados bombásticos"? Não concordo. 

A aposta mais ganha do day time o "Esta Manhã"?! Onde é que "uma aposta diferente e bem executada" é sinónimo de ganhar alguma coisa? Resultados líderes? Não devemos ver as mesmas audiências. Desde que estreou o "Bom dia Portugal" foi sempre líder.  

Todas as novelas sendo sucessos claros ou razoáveis?! Para mim um sucesso claro é "Amor Amor". Um sucesso razoável é "Festa é Festa".

Desculpa mas a tua análise é muito duvidosa. Discordo em quase tudo.

Link to post
Share on other sites
há 5 minutos, JMML disse:

Onde é que o "Dois às 10" e o "Goucha" estrearam com "resultados bombásticos"? Não concordo. 

A aposta mais ganha do day time o "Esta Manhã"?! Onde é que "uma aposta diferente e bem executada" é sinónimo de ganhar alguma coisa? Resultados líderes? Não devemos ver as mesmas audiências. Desde que estreou o "Bom dia Portugal" foi sempre líder.  

Todas as novelas sendo sucessos claros ou razoáveis?! Para mim um sucesso claro é "Amor Amor". Um sucesso razoável é "Festa é Festa".

Desculpa mas a tua análise é muito duvidosa. Discordo em quase tudo.

Então discorda à vontade, bom para ti :clap:

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
há 22 minutos, Diogo O. disse:

Continuo sem perceber a mudança da TVI24... :read:

Eu acho um terrível erro! A marca TVI ter um canal de informação e desfazer-se dele por uma marca internacional?!

Na minha opinião, não vai agradar ao público e só vai reforçar a SIC notícias e a CMTV. 

  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
há 6 horas, JMML disse:

Eu acho um terrível erro! A marca TVI ter um canal de informação e desfazer-se dele por uma marca internacional?!

Na minha opinião, não vai agradar ao público e só vai reforçar a SIC notícias e a CMTV. 

E as pessoas nem vão associar o canal à TVI, quem não sabe claro...

Mas vai ser estranho sim. Os portugueses estão habituados a determinadas marcas (RTP, SIC, TVI, CMTV) e a TVI vêm com a CNN Portugal. Também acho que não vai agradar aos portugueses e vão rejeitar.

Além disso, também acho um erro o canal de informação da TVI deixar de ter o nome da TVI.

Edited by D91
  • Like 1
Link to post
Share on other sites
×
×
  • Create New...