Jump to content

A Casa das Sete Mulheres [Globo Portugal]


Recommended Posts

  • Replies 70
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Hidden Content Sign in or sign up to see the hidden content. Neste épico sobre a Revolução Farroupilha, as mulheres da família de Bento Gonçalves, o líder dos farrapos, são testemunhas e protagonistas de uma guerra que deixará marcas profundas em suas vidas. Em meio a batalhas vigorosas e personagens históricos, como Guiseppe e Anita Garibaldi, elas alternam situações dramáticas e momentos de pura magia. A Casa Das S

Também eu! Esta continua a ser a minha favorita.  

Excelente série, pôs-me a pensar se um dia fizéssemos algo parecido aqui sobre a Maria da Fonte.

8 hours ago, Duarte com D said:

Quais foram os spoilers que apanhaste Diogo?

Spoiler

1. Que o Garibaldi e a Manuela não ficam juntos 

2. Fiquei a saber que a Rosário e o prometido dela também não ficam juntos (não me lembro do nome dele). 

E ainda levei com o spoiler da morte do Estevão mas isso também acontece logo no início por isso nem foi tão "grave".

 

Link to post
Share on other sites
há 1 hora, Diogo Marreiros disse:
  Spoiler - mostrar conteúdo oculto

1. Que o Garibaldi e a Manuela não ficam juntos 

2. Fiquei a saber que a Rosário e o prometido dela também não ficam juntos (não me lembro do nome dele). 

E ainda levei com o spoiler da morte do Estevão mas isso também acontece logo no início por isso nem foi tão "grave".

 

Era a Serra que andavas a ver no lugar disto, não era? Pode ser que ainda vás a tempo de recuperar o tempo perdido.:rolleyes:

Vê pelo lado positivo:

Spoiler

Sabendo que eles não ficam juntos, sempre podes ver a história por um lado mais trágico e triste, e olhar para estas cenas felizes com pena e melancolia.
Sentes o produto de outra forma.

 

há 14 horas, Free Live disse:

Assistindo de novo, a Manuela e o Garibaldi são um casal muito "água com açúcar", porém

  Spoiler - mostrar conteúdo oculto

dado o desenrolar da história, fico com pena dela. Mas acho que a Anita e o Garibaldi fazem um casal mais coeso e realista.

E a música deles é muito bonita.

Por muito que eu tenha ranço de

Spoiler

Anita, vou ter de concordar.

Quando eles estavam juntos no palheiro, depois do foguedo, na manhã seguinte o Garibaldi disse que queria levar a Manuela para a guerra para lutar ao lado dele pela liberdade, que a ia ensinar a disparar uma arma e tudo. Só que essa mulher nunca seria a Manuela, a mulher que ele desejava a seu lado era uma Anita.

:(

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

A vida é mesmo assim @Duarte com D

Spoiler

E ele podia ter voltado para ela quando a Anita morreu (ela só durou mais uns anos), simplesmente percebeu que não gostava o suficientemente dela para fazer isso quando conheceu a Anita.

Mas também sinto pena. Acho que todos já nos sentimos Manuela.

 

Link to post
Share on other sites
há 2 horas, Free Live disse:

A vida é mesmo assim @Duarte com D

  Ocultar conteúdo

E ele podia ter voltado para ela quando a Anita morreu (ela só durou mais uns anos), simplesmente percebeu que não gostava o suficientemente dela para fazer isso quando conheceu a Anita.

Mas também sinto pena. Acho que todos já nos sentimos Manuela.

 

Não interpreto assim:

Spoiler

Eu não interpreto assim, a Manuela foi um grande amor na sua vida, e quando conheceu a Anita esqueceu esse amor para dar lugar a outro, mas não é porque a Anita depois morreu que iria procurar a Manuela para esquecer a esposa que acabou de falecer, quando já não gostava mais dela.

Ou então, como foi embora para não envolver a Manuela na guerra, não a iria procurar quando ainda estava na guerra, no caso da unificação italiana.

Ou uma terceira hipótese, o grande amor da sua vida foi mesmo a guerra, e as mulheres eram só uma diversão.

 

Link to post
Share on other sites
6 hours ago, Duarte com D said:

Era a Serra que andavas a ver no lugar disto, não era? Pode ser que ainda vás a tempo de recuperar o tempo perdido.:rolleyes:

Não vou deixar de ver isto só porque levei um par de spoilers.:cryhappy:

Para além disso, estou a gostar bastante da série. 

Ah e....

Spoiler

Parece-me cada vez mais improvável eu pegar numa portuguesa quando acabar as que estou a ver agora. 

Só volto a ver uma quando vier uma com uma história realmente boa e diferente. Amar Demais parece ser interessante mas não tinha disponibilidade para ver quando começou e não consigo ver Na Corda Bamba. 

Tanto que é bem possível que a minha "substituta" de Bem Me Quer seja a próxima das 18h da SIC (mas isto já depende da novela em si). E em relação a Mulheres ainda não sei bem.

E também há outras personagens para além destas. 

Spoiler

Já para não falar do facto de achar a Manuela mais interessante como personagem individual do que com o Garibaldi (desde sempre). 

 

 

Link to post
Share on other sites

" Parece-me cada vez mais improvável eu pegar numa portuguesa quando acabar as que estou a ver agora. 

Só volto a ver uma quando vier uma com uma história realmente boa e diferente." @Diogo Marreiros Fica difícil não fica? Como eu te compreendo, eu já tentei, mas deixo passado umas semanas, não dá. :( 

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
On 14/03/2021 at 17:23, Diogo Marreiros disse:

Muito obrigado mas já vais tarde.:triste: 

Mas ele não é o líder? Ainda não entendi muito bem essa parte.

Isso eu apanhei logo mas isso aconteceu mesmo ou é só aqui?

Isso foi tudo o que eu vi na internet (mais os dois spoilers que levei).

 

On 14/03/2021 at 17:10, Duarte com D disse:

Não, não o faças vais ser spoilado para esta novela.

Bento Manuel é um traidor, muda de lado conforme as suas conveniências, não é leal a nada, e por isso ninguém confia nele, daí a desconfiança que Bento Gonçalves tem nele. E há também o boato que vendeu a alma porque veio do nada e agora é um homem muito rico e cheio de sorte no campo de batalha.

Quanto À guerra, o motivo principal é que o império cobra cada vez mais impostos ás suas províncias, e não lhes garante direitos de nada, no caso do Rio Grande nem os vestem, nem os auxiliam na proteção contra as colonias castelhanas com quem fazem fronteira.

 

On 14/03/2021 at 19:53, DanielNunes disse:

Bento Manuel não é lider da revolução, quem é o líder é Bento Gonçalves. Bento Manuel é um traidor que fica mudando de lado como lhe convêm. Ele praticamente se alia aos farrapos muito por conta de Caetana, a esposa de Bento Gonçalves, ele a quer e inveja Bento Gonçalves por não conquistar a coisa que ele mais quer na vida. 

Penso que foi no segundo capítulo que falaram que ele pode não ter vendido a alma ao Diabo, mas ter feito um acordo com uma figura do folclore brasileiro e no capítulo 5, que deu na sexta,

Spoiler

percebemos que a moura feita pela Juliana Paes é apenas uma das formas de aparição que essa figura resolveu adotar e que ele tem de facto pacto com essa figura.

Daniel, sabes o nome dessa lenda do folclore? Eu não a consigo entender, quando a mencionam. E eu pensava que conhecia todas as figuras do folclore brasileiro... A Turma da Mônica nunca falou desta. :girl_crying:

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
há 47 minutos, srcbica disse:

 

 

Penso que foi no segundo capítulo que falaram que ele pode não ter vendido a alma ao Diabo, mas ter feito um acordo com uma figura do folclore brasileiro e no capítulo 5, que deu na sexta,

  Spoiler - mostrar conteúdo oculto

percebemos que a moura feita pela Juliana Paes é apenas uma das formas de aparição que essa figura resolveu adotar e que ele tem de facto pacto com essa figura.

Daniel, sabes o nome dessa lenda do folclore? Eu não a consigo entender, quando a mencionam. E eu pensava que conhecia todas as figuras do folclore brasileiro... A Turma da Mônica nunca falou desta. :girl_crying:

É a Teiniaguá, mas é como o diabo.

  • Love 1
Link to post
Share on other sites
há 15 minutos, Duarte com D disse:

É a Teiniaguá, mas é como o diabo.

AH Finalmente entendi o que era! Obrigado, Duarte!

Mas, Duarte, não é como o Diabo. Uma conversa entre duas mulheres no início da história pretende fazer logo essa diferenciação quando uma diz que Bento Manuel é capaz de ter um pacto com o Diabo e a outra diz que ele é tão ruim, que nem o Diabo deveria querer algo com ele, mas Teiniaguá possivelmente faria um pacto. Ademais, pesquisando sobre a lenda,

Citação

Um ícone da cultura gaúcha, a Teiniaguá, é uma princesa da região moura, transformada em lagartixa pelo Diabo Vermelho dos índios, Anhangá-Pitã.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Teiniaguá

portanto a própria lenda coloca o Diabo como agente causador da transformação de Teiniaguá, diferenciando-os.

Não deixa de ser curioso uma mulher moura fugida de Granada ganhar um nome guarani. Possivelmente, os índios já tinham a lenda, mas os espanhóis colocaram uma moura como protagonista. Terá sido isso?

Edited by srcbica
Link to post
Share on other sites
há 5 horas, Free Live disse:

Eu estou tão habituado a ler spoilers que vou acabar por abrir sem querer. :cryhappy:

Mas obrigado por colocarem spoiler dentro de spoiler, só vi o primeiro.

Por causa disso, também li dois spoilers neste tópico.

Link to post
Share on other sites
há 15 horas, srcbica disse:

Por causa disso, também li dois spoilers neste tópico.

Quais?

Gente Importante, não percam por nada, nada deste mundo o episódio de hoje.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
há 8 horas, Duarte com D disse:

Quais?

Gente Importante, não percam por nada, nada deste mundo o episódio de hoje.

A

Spoiler

morte do Sebastian

que já aconteceu no capítulo 5. Ainda assim, fiquei surpreendido à mesma. Pensei que fosse lá mais para a frente. Mas, mesmo assim, desde então, que não tenho tido a mesma vontade de ver a novela... Pronto, ainda é cedo para comparações com a outra grande obra dos autores, mas a "Muralha" envolveu-me de uma maneira praticamente transcendental.

E o outro spoiler foi

Spoiler

que a Manuela e o Garibaldi não ficam juntos.

Por um lado, é meio chato saber isto. Por outro, é preferível sabê-lo agora para mais tarde chegar ao fim e não ter de pensar "Não acredito que fizeram isto!". :chair:

 

Eu não perco um. Deixo a gravar e vejo ao fim de semana, quando volto a casa.

Edited by srcbica
Link to post
Share on other sites
há 32 minutos, srcbica disse:

A

  Spoiler - mostrar conteúdo oculto

morte do Sebastian

que já aconteceu no capítulo 5. Ainda assim, fiquei surpreendido à mesma. Pensei que fosse lá mais para a frente. Mas, mesmo assim, desde então, que não tenho tido a mesma vontade de ver a novela... Pronto, ainda é cedo para comparações com a outra grande obra dos autores, mas a "Muralha" envolveu-me de uma maneira praticamente transcendental.

E o outro spoiler foi

  Ocultar conteúdo

que a Manuela e o Garibaldi não ficam juntos.

Por um lado, é meio chato saber isto. Por outro, é preferível sabê-lo agora para mais tarde chegar ao fim e não ter de pensar "Não acredito que fizeram isto!". :chair:

 

Eu não perco um. Deixo a gravar e vejo ao fim de semana, quando volto a casa.

Mas sabes que esse spoiler também pode te permitir ver a novela de outra forma, de uma forma mais pesarosa e melancólica. Eu próprio quando vi levei com esse spoilar pois andei a procurar coisas da revolução farroupilha. 
Maratonar isto é tão errado, um por dia era o ideal, é normal não estares a envolver-te.

Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, Duarte com D disse:

Mas sabes que esse spoiler também pode te permitir ver a novela de outra forma, de uma forma mais pesarosa e melancólica. Eu próprio quando vi levei com esse spoilar pois andei a procurar coisas da revolução farroupilha. 
Maratonar isto é tão errado, um por dia era o ideal, é normal não estares a envolver-te.

Eu também procurei informar-me sobre a Revolução Farroupilha, mas fiquei-me pela wikipedia, então não levei spoilers assim. :P

Eu não maratono. Eu vejo um à sexta, por vezes dois, e dois ao sábado. Ao domingo, muito dificilmente já vejo algum.

Eu acho honestamente que não me envolvo com a história porque a novela apresenta os impostos elevados como única razão da revolta. Logo por aí, é-me difícil ter empatia pela causa farroupilha, quando na novela justificam os atos por conta dos impostos tão e somente. Dá-me a entender que andou gente a morrer porque os donos do charque e couro não queriam pagar. Por muito que depois venha o Garibaldi com o seu discurso de liberdade, eu ouço-o e acho aquilo de uma tremenda hipocrisia! Andou gente a batalhar ali por todas as razões e esperanças, por isso não há nenhuma garantia de que mulheres teriam mais liberdades e os escravos deixariam de o ser mais cedo do que no restante Império se o Rio Grande realmente tivesse conseguido a independência.

Portanto, sobra-me o principal da novela: as mulheres. Ora, a matriarca viúva é uma mal amada que quer o mesmo para as suas filhas. É que a personagem não passa o menor sentimento de que quer ver as filhas casadas com este ou aquele por querer o amparo delas. Não! Ela dá a entender que quer que as filhas tenham casamentos infelizes como foi o dela. Os romances das gurias são o que são.

Spoiler

Uma está viúva antes de casar, a outra vai-se separar por razões que hão de aparecer e a mais nova está apaixonada por um homem que a vê como filha. Mas o pior é mesmo o de Perpétua! Ela envolve-se do nada com um homem que a vê tomar banho na cachoeira e ainda no capítulo anterior ela tinha ficado traumatizada por ter visto o irmão com a criada parda. Totalmente fora da personagem esse envolvimento! Mas, enfim, segue o roteiro.

Então, o A esposa de Bento Gonçalves é até agora a que tem melhor história, mas está completa praticamente. Ela só sai do ponto em que está para passar a ser mãe de filho morto na guerra e/ou sogra.

Eu começo a achar que a "Muralha" correu bem, porque não foi uma adaptação de verdade do livro. É que eu não acho que a Maria Adelaide tenha feito uma boa adaptação de "Os Maias", pelo pouco que vi, e esta se calhar segue o mesmo caminho, mas eu não posso falar muito, porque não li o livro, mas hei de ver se o encontro num sebo ou feira de velharias por aí.

Link to post
Share on other sites
há 33 minutos, srcbica disse:

Eu também procurei informar-me sobre a Revolução Farroupilha, mas fiquei-me pela wikipedia, então não levei spoilers assim. :P

Eu não maratono. Eu vejo um à sexta, por vezes dois, e dois ao sábado. Ao domingo, muito dificilmente já vejo algum.

Eu acho honestamente que não me envolvo com a história porque a novela apresenta os impostos elevados como única razão da revolta. Logo por aí, é-me difícil ter empatia pela causa farroupilha, quando na novela justificam os atos por conta dos impostos tão e somente. Dá-me a entender que andou gente a morrer porque os donos do charque e couro não queriam pagar. Por muito que depois venha o Garibaldi com o seu discurso de liberdade, eu ouço-o e acho aquilo de uma tremenda hipocrisia! Andou gente a batalhar ali por todas as razões e esperanças, por isso não há nenhuma garantia de que mulheres teriam mais liberdades e os escravos deixariam de o ser mais cedo do que no restante Império se o Rio Grande realmente tivesse conseguido a independência.

Portanto, sobra-me o principal da novela: as mulheres. Ora, a matriarca viúva é uma mal amada que quer o mesmo para as suas filhas. É que a personagem não passa o menor sentimento de que quer ver as filhas casadas com este ou aquele por querer o amparo delas. Não! Ela dá a entender que quer que as filhas tenham casamentos infelizes como foi o dela. Os romances das gurias são o que são.

  Ocultar conteúdo

Uma está viúva antes de casar, a outra vai-se separar por razões que hão de aparecer e a mais nova está apaixonada por um homem que a vê como filha. Mas o pior é mesmo o de Perpétua! Ela envolve-se do nada com um homem que a vê tomar banho na cachoeira e ainda no capítulo anterior ela tinha ficado traumatizada por ter visto o irmão com a criada parda. Totalmente fora da personagem esse envolvimento! Mas, enfim, segue o roteiro.

Então, o A esposa de Bento Gonçalves é até agora a que tem melhor história, mas está completa praticamente. Ela só sai do ponto em que está para passar a ser mãe de filho morto na guerra e/ou sogra.

Eu começo a achar que a "Muralha" correu bem, porque não foi uma adaptação de verdade do livro. É que eu não acho que a Maria Adelaide tenha feito uma boa adaptação de "Os Maias", pelo pouco que vi, e esta se calhar segue o mesmo caminho, mas eu não posso falar muito, porque não li o livro, mas hei de ver se o encontro num sebo ou feira de velharias por aí.

Em relação a Estevão e Rosário precisavam sim de mais tempo antes de ele de facto morrer como aconteceu na serie, para ter mais impacto, faltou mais desenvolvimento deles como casal.

Quanto 

Spoiler

a Manuela e Garibaldi acho que o foco não é tanto o casal, é mais o facto de ela ultrapassar o amor que sente por ele, e deixar a história no passado. A Rosário no começo até podia ser isto, mas é outra coisa que não te quero spoilar agora.

Quanto à Mariana, longe, muito longe dessa ser a história dela, só se desenvolve na segunda metade da novela praticamente.

Perpetua e Inácio acho ridículo, aliás se ela ainda se afogasse, e este a salvasse e esta ficasse maravilhada com isso e apaixonada e depois descobrisse que ele era casado, ainda era uma coisa, assim é um casal só estupido.

Quanto à Maria, acho que até é uma vilã bem justificada, é amargurada, e lança toda a sua frustração nas filhas.

Quanto à guerra, poucas foram as guerras e revoluções em nome da liberdade ao longo da história. Isso era mais usado como argumento para os ricos ganharem mais poder á custa dos pobres, até porque estes iam continuar pobres. Eles próprios continuam a usar os negros como escravos, portanto não executam aquilo que apregoam.

Provavelmente o Imperio até esta certo, e isto não passa de um golpe dos estancieiros para ganhar mais poder à custa dos pobres.

Já li por aí que a serie floreou muito o Bento Gonçalves, e que ele não era tão bonzinho assim. Mas pronto aqui é tratado como mocinho, e os imperiais como vilões. No entanto concordo que a guerra podia ser melhor aproveitada na serie, é um entre e sai daquela casa que parece um hospital, parece que a guerra está ali a 5 quilómetros de casa, e que os homens sai de manhã e voltam à noite como quem vai para o emprego.

No livro é mais retratado o isolamento do mundo daquelas sete mulheres, e o facto de ficarem ali isoladas, sem noticias (sem este vai e vem), o que lhes mexe com o psicológico. Mas aqui é novela e criaram isso para agarrar o publico, para darem uma pitada de romance, e vivacidade à novela, afim de e não ser uma coisa tão moribunda e melancólica que poderia afastar o publico.

Se bem que eu ia amar, há até decisões de roteiro na segunda fase que me fazem gregar e que não tem jeito nenhum.

  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, Diogo Marreiros disse:

Há uma coisa que ainda não entendi.

Afinal quantas filhas tem a Maria? 4?

(A Manuela, a Rosário, a Perpétua e a Mariana?)

Só 3.

A Perpétua é da Caetana e do Bento Gonçalves.

É sempre de cortar o coração a despedida de Manuela e Garibaldi.

"Porque choras Giuseppe?"

"Porque me vou embora Amore"

"Mas tu voltas para casar comigo, não voltas?"

"Dio te amo tanto"

"Adió Joia Mia"

:crying: 

  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
1 minute ago, Duarte com D said:

Só 3.

A Perpétua é da Caetana e do Bento Gonçalves.

É sempre de cortar o coração a despedida de Manuela e Garibaldi.

"Porque choras Giuseppe?"

"Porque me vou embora Amore"

"Mas tu voltas para casar comigo, não voltas?"

"Dio te amo tanto"

"Adió Joia Mia"

:crying: 

No início pensava que ela só tinha 2; A Manuela e a Rosário.

Por falar na Maria.... Acabei de ver uma cena do episódio de sexta que secou qualquer gota de compaixão que eu tinha.:noelia:

Link to post
Share on other sites
×
×
  • Create New...