Jump to content

Recommended Posts

Faria 25 anos na quinta-feira.

Era tido no seu auge como "o maior site de humor da América Latina".

A sua audiência ultrapassava as fronteiras brasileiras, com grandes audiências em Portugal e, mais tarde, Angola.

Muitos recordarão com saudade, mas o próprio criador achou que a qualidade do sítio perdeu com o tempo.

Falamos, portanto, deste vulto da comédia brasileira:

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

o Humor Tadela.

Fundado no dia 3 de Dezembro de 1995 por Sérgio Batista, foi considerado como o primeiro site de humor da América Latina. O próprio teve muita sorte, ao ter habilidades capazes de criar um site de comédia, num tempo em que a internet estava a arrancar no Brasil.

Ficticiamente, como na história da TV Maresol, o papel do Sérgio foi desempenhado por Midah Humor e Ceoku Tadela, que inicialmente iriam imortalizar o seu negócio com os seus primeiros nomes: Midah Ceoku (que parece o Telasko Avara, fundador da TV Maresol, e entenda o porquê da Maresol no fim disto). No entanto, ao acreditarem que o nome era problemático, optaram por usar os sobrenomes, daí Humor Tadela. Outras teorias afirmam que o Sérgio tinha criado o nome sobre um trocadilho com a palavra "mortadela", sendo que muitas vezes o site era escrito só com uma palavra (Humortadela), qual endereço de internet.

Apesar de infelizmente dispormos de thumbnails pequerruchas, como já devia ter notado, o site começou em modo texto. É natural, a internet estava a dar os seus primeiros passos, logo carregar imagens iria "sobrecarregar" a net... Daí o facto de inicialmente não ter uma logo, como aquela que vimos em cima, sendo que em 1998 (já com a mascote ao lado dela, o Tadelino) pegaram numa fonte e usaram efeitos arco-íris e por volta de 2000, aí sim é que já tinha a logo que a definiria nos anos seguintes.

Inicialmente o site era um repositório de piadas sem graça e, assim que surgiram as primeiras imagens, o mesmo mas em imagem, recorrendo aos efeitos básicos do humor e das "charges". Segundo os registos mais antigos que temos, o site começou em domínio próprio, depois migrou para a Matrix (que antigo), depois para o iG e por volta de 2003 para o célebre portal UOL. Com o tempo foram criados mais conteúdos de alto valor cómico (ou falta dele) como sátiras às principais novelas da Globo (Por Amor = Põe Amor; Terra Nostra = Enterra Bosta; O Clone = O Clorno) e, é claro, uma secção erótico-sexual, o Sex Tadela.

Contudo, acho que o site só atingiu o ápice a partir de Fevereiro de 2002, quando o Humor Tadela lança as célebres Piadas Animadas, gozando... ah peraí tô falando de um site de humor brasileiro, portanto o "gozo" é outro... kibando com os acontecimentos centrais à sociedade brasileira, na televisão, no desporto, na política e nas celebridades. A primeira foi sobre os Filhotes dos Artistas, acho que era como seriam os concorrentes da Casa dos Artistas (entenda melhor em breve) do SBT se fossem crianças, e acho que a música de fundo era o Ilariê da Xuxa, que viria a ser parodiado ainda na Copa do Mundo. Outra das primeiras animações era uma paródia ao "homem-enciclopédia" do Show do Milhão (cara-chapada do Quem Quer Ser Milionário do SBT) que perdeu tudo na última pergunta, que era sobre qual a maneira correcta de escrever o nome Jair (sim, muito antes de saber quem era Jair Bolsonaro sabia que o nome Jair existia).

As primeiras piadas animadas eram sem legendas, contudo (acho que por protestos por parte das audiências que tinham som fraco no computador) foram adicionadas, e daqui para a frente vieram tipos de animações específicas, algumas séries também.

Primeiro gostava de começar pelas piadas animadas com a tristemente avultada imagem estereotipada de um português, sem nome, nome canónico Joaquim, já obeso, de bigode e com lápis numa das orelhas. Felizmente não vimos algo relacionado com esta saga de séculos, a dos padeiros, que também está na imagem colectiva brasileira.

Gostaria de começar a análise cruzando isto dos portugueses visto por brasileiros com outro tipo de animações, o das covers. Hoje qualquer rádio consegue fazer músicas como esta com menos esforço (aqui em Portugal, convidam artistas pimba para ocasionalmente participarem numa cover paródia, apesar da música pimba não passar em rádios nacionais). Infelizmente, o sotaque soa a uma mistura de português europeu standard com algum dialecto de Malaca ou de Timor (mesmo sem saber daquelas paragens).

Aqui está uma das charges, refeita em HD usando os assets do ficheiro SWF, a do banco de esperma (sim, eu deixei spolier para quem não tacou play). Com isto aprendi que os portugueses, segundo os brasileiros, usam "ora pois", quando na verdade nós usamos as duas separadamente.

Curiosamente o meu primeiro contacto com esta expressão luso-brasileira não veio do Humor Tadela, mas sim de um site bem mais efémero, o Gosminha, que no início dos anos 2000 - estava toda a gente a fazer animações em Flash! - fazia uma série de sete episódios chamada de Confeitaria dos Horrores, onde um brasileiro ao calhas entrava no dito estabelecimento e pedia algo que, para os brasileiros era normal mas que para os portugueses dava-nos uma sensação de "quê?" na cara, sendo que o proprietário não tinha nada a fazer senão responder à letra e matar os "clientes" (ou falta deles).

Não consegui encontrar as cerca de três animações envolvendo a empregada Nadir, feitas em 2003/2004. Segundo os registos que temos, a Nadir era uma empregada desastrada, e um dos episódios envolvia um homem a pedir-lhe o comando para mudar para um canal de filme PORNÔ.

A batata Tadelino era a mascote do site. Começava sempre com "ããããhn" ou "estamos aqui". Esta animação veio da fase (fim de 2005) em que a equipa de vozes tinha sido mudada por completo:

Outra série que teve bastante sucesso, apesar de ter uns sete episódios, foi Sinval, o Herói Nacional. Teve umas três animações quando ainda eram "piadas animadas" e mais umas quatro depois das mudanças de 2005.

Não consegui encontrar as primeiras no YouTube. O Sinval era uma versão "pobre" do Super-Homem, montado no seu jumento alado, que solucionava os problemas dos banais brasileiros. Infelizmente, em todos os episódios dele, as coisas acabam por correr mal, para a pessoa com problemas e às vezes, como no vídeo de cima, para o Sinval.

No fim de 2006 nascia uma nova série e novas personagens recorrentes do Humor Tadela Cinematic Universe: Cachaça e Manguaça, dois bêbados que tentaram encontrar desesperadamente um bar sem sucesso. Nunca gostei muito destas animações, porque achei que mesmo em 2006 a qualidade estava a começar a baixar. Pus a primeira e uma avulsa, porque achei piada ao "Corinthians 1-Versículo 2". Quase deu vontade de fundar um clube de futebol chamado de Versículo, mas tudo bem. (por falar nisso, a primeira vez que vi a palavra versículo foi nas paródias das novelas, das quais pus o link.)

Também nos últimos meses de 2006 foi criada uma nova série, Asmuié & Uzômi, apresentado por Asmuié e Uzômi, que mostravam problemas entre homens e mulheres, sendo que os próprios apresentadores tinham opiniões contrárias.

Fora isto das animações por série, até Março de 2005, estas animações eram chamadas de Piadas Animadas.

Em Fevereiro de 2005, as legendas passaram a ser centradas. Em Março, passaram a ser chamadas de Animações e o aspect ratio mudou, qual mudança de 4:3 para 16:9 na televisão.

Aqui está um exemplo, a Telepena do Dia dos Pais! Com a vantagem de ter sido captada directamente do SWF e não do site! A verdade é que na altura também havia a opção de descarregar as animações e, uma vez vistas no computador, dava para ver os assets todos! Esta eu repetia muitas vezes, aos sete anos de idade (quando isto saiu) e já sabia imitar o Silvio Santos, sem saber nada do SBT nem dele mesmo! A verdade é que eu aprendi quem era Edir Macedo com duas animações que eu não consegui encontrar. A primeira gozava com o escândalo de Adriane Galisteu no programa É Show da Record (aqui É Enjôo com Adriane Galalau) onde a apresentadora foi interrompida por uma caricatura de Edir Macedo a dizer que iria colocá-la na roda devido ao escândalo do topless no hotel, sendo substituída (para grande choque do Macedão) por Dercy Gonçalves. Numa outra (sátira a Belíssima), um tal de André Sanfona estava ao telefone no escritório numa conversa tensa sendo que o próprio Macedão (como Edir Maiscedo) aparecia no fim, e dizia algo como "agora só falta a Glória Pires".

Por uns meses em 2005 a equipa de animação e vozes foi substituída mas regressou ao fim de algum tempo. As animações foram desenhadas nesta fase pela Polimídia Studio, que em 2007 preparava a sua vingança e criou o site AnimaTunes.

Em Agosto de 2008 deixei de visitar o site. Porquê? Já sabia que a qualidade das animações tinha estado num completo declínio. Em 2007, para justificar a mudança das animações, toda e qualquer animação inferior a um minuto passou a ser designada de Kabrum! Piada Relâmpado, conforme em baixo:

Consigo ser tudo isto, gato! Mas ando à procura de um leão. É um problema de centímetros que tu não tens na mão.

Mas em Agosto de 2008, como já disse, foi a queda na qualidade sonora, voltando a níveis 2002/2003. Esta foi a primeira no novo formato.

Agora voltemos à história do site e não das animações.

Nas últimas semanas de 2007, o site, mesmo estando no UOL e a fazer concorrência com outro site do ramo, o Charges (também no UOL) foi alvo de um ataque de hackers. Em Dezembro entrou no ar uma versão extremamente reduzida do site, começando com um aviso a dizer que o site iria começar do zero, sendo que foi também a altura perfeita para mudar o visual do site.

No entanto o site voltou a estar fora do ar por manutenção e voltou pelos idos de Fevereiro, com uma contagem que a dada altura só mostrava números negativos (imagem do Igor C. Barros da Televisão Salt Cover):

http://1.bp.blogspot.com/_q_cJkX6fwpw/R6vro1sEo4I/AAAAAAAAARQ/nJoEI_QKly0/s1600-h/planosfrustrados.png

Mesmo com sucessivas mudanças a qualidade tinha baixado e o número de empregados desceu.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

O último sacrifício foi dado no dia 5 de Maio, quando o site inteiro saiu do UOL e voltou a estar em domínio próprio, mostrando a imagem de cima.

Apesar do fecho ser a 5 de Maio, no fim do mês virou um trending topic do Twitter. Foi nesta altura que veio à tona a razão do fim, justificando todos os cortes no pessoal e a dívida que a empresa detentora do site tinha enfrentado. Porém em 2012 o site voltou ao ar, com esta animação:

Se o Facebook do Humor Tadela tivesse uma quantia considerável de likes na página do Facebook, o site iria voltar ao ar, com as animações e as charges de outrora, e ainda umas novas. Quando isto foi concretizado, o regresso do site trouxe à tona animações que antigamente estavam perdidas e que nem sequer estavam no YouTube. Saiu do UOL e por um tempo integrou um novo portal, o OraPois, até voltar a ser independente.

http://2.bp.blogspot.com/-Uk7y9fRxljo/UDLXfWPNejI/AAAAAAAAA-8/wbmPb-d2ZbY/s320/humor+tadela.jpg

Infelizmente (ou felizmente?) o site saiu do ar recentemente, talvez por causa de razões parecidas.

Entre 2004 e 2008, o site era a minha porta de entrada àquilo que acontecia no Brasil. Caricaturas de novelas, do Lula da Silva e de temas que achava puxadotes demais para a minha idade pintavam um Brasil que gozava com tudo e todos, mas o tempo passa e o humor evolui também.

Os anos 2010 foram anos de grandes mudanças no consumo de comédia online. Vimos o crescimento da Porta dos Fundos e da polémica recente, a aparição de novos géneros como o YouTube Poop brasileiro (jooj) ou até perfis de redes sociais como a TV Maresol que fazem coisas tipo Humor Tadela mas bem mais elaboradas e com mais qualidade.

No fundo, o Humor Tadela não tem razão de existir em 2020.

Em 2016, Sérgio Batista criou o jogo de telemóvel Tadelândia, que na prática era mais um jogo banal de quiz para telemóveis, com o seu toque pessoal. A razão pela qual foi criada foi devido a que metade das audiências do site vinham dos jogos. Não sei quanto tempo durou.

https://www.youtube.com/channel/UC6JdzC8Rqb_WZBSIXXBh2Vw

Este canal do YouTube (HUMORTADELA) contém algumas animações inéditas no YouTube e eram consideradas perdidas até agora.

Desculpas por ser parcial mas eu via o site mais pelas animações do que sei lá o que, se calhar era por ser criança.

Link to post
Share on other sites

Lembro-me de acessar este site algumas vezes lá pelos idos de 2006/2008. Numa das vezes, o Avira Antivírus apitou quando eu entrei! Deve ter sido na época dos ataques hackers. Acabei não entrando lá novamente.

No geral, preferia muito mais o Charges.com.br, do Maurício Ricardo. Achava as piadas mais bem elaboradas, a própria animação era mais refinada. Tinha jogos mais legais e, durante uns anos, aparecia na Globo, no dia da eliminação do Big Brother, algo relacionado ao reality.

O erro de ambos os sites foi não migrar rapidamente o método de espalhar os vídeos. Uma presença oficial e constante no YouTube e uma página no Facebook (na altura em que o alcance das páginas era maior) manteria ambos por mais tempo, afinal são dois sites agregadores de conteúdos de terceiros (isso ajudou muito o Mundo Canibal a sobreviver por mais anos). Ainda insistiam na ideia de mandar animações por e-mail, sendo que as pessoas não costumavam usar e-mail pra conversas pessoais, e sim os chats do Orkut/MSN/Facebook. Fora o conteúdo em si, que envelheceu mal.

Link to post
Share on other sites
  • 3 weeks later...

Nenhum sítio se compara ao saudoso "Cocadaboa" de humor extremamente ácido. 

Em tempo, @ATVTQsVeste é o esteriótipo clássico dos tugas na Terra dos Papagaios (e na Venezuela também). A musiquinha do vírus é uma versão de "Roda Roda, Vira" dos Mamonas Assassinas do longíquo ano de 1995. Eu já ri muito com as reações portuguesas com a primeira frase desta música: "Fui convidado p'ra tal de suruba" (suruba, para quem não sabe, é gíria para sexo grupal).

Link to post
Share on other sites
há 2 minutos, PierreDumont disse:

Em tempo, @ATVTQsVeste é o esteriótipo clássico dos tugas na Terra dos Papagaios (e na Venezuela também). A musiquinha do vírus é uma versão de "Roda Roda, Vira" dos Mamonas Assassinas do longíquo ano de 1995. Eu já ri muito com as reações portuguesas com a primeira frase desta música: "Fui convidado p'ra tal de suruba" (suruba, para quem não sabe, é gíria para sexo grupal).

Havia uma outra animação (para aí de 2003) que começava com o instrumental daquela música (acho que é cá do norte), que os Mamonas depois remixaram. Era uma adaptação desta piada, só que a punchline era assim: em vez das prostitutas virem de avião (saudosa Varig ) era tipo "nós chamamos e elas vem cá", qualquer coisa parecida. Existem animações do Humor Tadela que estão perdidas (e muitas, como a da Galalau que referi) e só recentemente é que começaram a colocar algumas INÉDITAS NO YOUTUBE. Vieram directamente dos ficheiros SWF.

Outra coisa que eu esqueci-me de referir foi que o Humor Tadela teve o seu próprio chat que muitos recordam com saudade, em meados dos anos 2000 chegou a ter mais visitantes do que outras secções do próprio site, acho que foi segundo o Sérgio.

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...