Jump to content

TDT - Televisão Digital Terrestre


Recommended Posts

  • Replies 1.4k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Esperemos não ter de esperar até 2030 para virem mais canais...

Bem, umas primeiras impressões. Com a crise económica e a aparente falta de interessados no anterior caderno de encargos para os dois canais privados (a ideia de um de desporto e outro de informação, que parecia já ter caído há algum tempo), o Governo parece que vai desistir do concurso para já. Para não perder a face e cumprir a promessa de dois novos canais na TDT, surgem estas duas soluções de recurso. A RTP África é uma solução a custo "zero", e para todos os efeitos é um canal que tamb

Sou contra a presença dos serviços internacionais da RTP na TDT nacional pelo simples motivo de que não servem o público nacional. A RTP Internacional não é feita para quem vive em Portugal, mas sim para a diáspora portuguesa ou falantes de português lá fora. Faz zero sentido estar na TDT e ainda por cima com os custos que isso acarreta. O BE devia parar um bocadinho para pensar antes de enviar este tipo de propostas à pressa.

Citação

Ministério da Cultura, reunião

A Comissão de Trabalhadores reuniu, na semana passada, com o Secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media, Nuno Artur Silva. Nesta reunião, a CT transmitiu ao Secretário de Estado a surpresa e o desconforto que constituiu o anúncio de um novo canal - RTP Conhecimento - para integrar a Televisão Digital Terrestre (TDT). O governante e antigo administrador da RTP assegurou à CT que este canal "não vai acontecer agora". Apesar de afirmar que "não foram colocadas datas" para a entrada destes canais na TDT, o Secretário de Estado crê que a RTP África poderá chegar à TDT "em 2021". A CT mantém as maiores reservas sobre a intenção do Governo em alargar o espaço na plataforma de distribuição de TDT. O antigo administrador disse à CT que o novo Contrato de Concessão deve entrar em consulta pública no 1° trimestre do próximo ano.

gente, "o secretário de estado crê que a RTP África poderá chegar à TDT em 2021".

Se não for em 2021 será quando? a sério, não vale a pena esta tdt tá condenada. Canais novos não haverão mais até pelo menos 2024..

o que quis dizer com "o novo contrato de concessão deve entrar em consulta pública no 1o trimestre do próximo ano"??

Link to post
Share on other sites

mais uma prova de que a cmtv quer entrar na TDT:

Citação

Em 18 de Março de 2020

"Este ano, a CMTV soma um share médio de 4,2%, o que representa uma média de 88 mil espectadores por cada minuto de emissão.
E ainda não está presente na Televisão Digital Terrestre. "A CMTV continuará a crescer. Os portugueses que utilizam a TDT estão a ser negativamente discriminados por não terem acesso à CMTV", refere Carlos Rodrigues."

fonte

  • LOL 1
Link to post
Share on other sites
5 hours ago, Televisão 10 said:

Em resposta à Comissão de Trabalhadores da RTP, Nuno Artur Silva referiu que a RTP Conhecimento "não vai acontecer agora".

https://www.facebook.com/679366585539973/posts/1944340602375892/?sfnsn=mo

Ou seja, vai ficar no churrasco :read:

Prometam o que disseram há uns meses, façam um concurso para ver se os privados querem entrar, se não quiserem, avançam para essas ideias. 

  • Like 3
Link to post
Share on other sites
há 12 minutos, Nogueiraa03 disse:

mas..porquê? ia mexer com as audiências e neste sentido mais canais teriam interesse entrar.. Aliás quantos mais melhor!

A CMTV e uma vergonha para o Jornalismo e para Televisão , para eles vale tudo. 

Eu não devia dizer isto , uma pessoa que ainda pergunta o porque , esta no fórum errado !

  • Like 1
  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
On 24/11/2020 at 11:46, ATVTQsV disse:

Em princípio os novos canais (se concretizarem, claro, ainda é cedo demais para tirar ilações) ocuparão as posições 8 e 9.

A RTP Açores e Madeira passarão, pelos vistos, para o 10.

Portanto no continente vamos ter um multiplex cheio, não sei como funcionará nas regiões autónomas.

A RTP Açores está na posição 5, portanto ficará na mesma. A RTP3 está na posição 6, a ARTV na posição 7 e a RTP Memória na posição 8. Neste caso é meter a RTP Memória na posição 7 e a ARTV depois dos outros canais na posição 10. A não ser se estiveres a falar aí na TDT Continente, aí não faz sentido meter agora os canais regionais sem tirar o simultâneo da RTP3 sem nexo.

Duvido muito que avancem com estes canais neste modelo. Isto está muito verde.

A RTP África basicamente é uma RTP1 mas sem os talk-shows. Se forem fazer uma versão só para Portugal têem que investir bastante no canal e a situação económica a partir de 2021 não está favorável.

Quanto ao canal do conhecimento tem de ser muito bem estudado e planeado para que tenha viabilidade e não ser um canal feito de um dia para o outro tipo a RTP Música que nunca chegou a sair do papel ou tipo o Docu da TVE.

Para mim, primeiro fazia o concurso para os canais de informação e de desporto como estava previsto. E depois via-se quais os moldes em que entrariam os canais da RTP na TDT. É que se for assim parece muito feito em cima do joelho.

  • Like 3
Link to post
Share on other sites
há 4 minutos, mavb98 disse:

A RTP Açores está na posição 5, portanto ficará na mesma. A RTP3 está na posição 6, a ARTV na posição 7 e a RTP Memória na posição 8. Neste caso é meter a RTP Memória na posição 7 e a ARTV depois dos outros canais na posição 10. A não ser se estiveres a falar aí na TDT Continente, aí não faz sentido meter agora os canais regionais sem tirar o simultâneo da RTP3 sem nexo.

Não sabia disto, obrigado pela clarificação.

há 5 minutos, mavb98 disse:

Quanto ao canal do conhecimento tem de ser muito bem estudado e planeado para que tenha viabilidade e não ser um canal feito de um dia para o outro tipo a RTP Música que nunca chegou a sair do papel ou tipo o Docu da TVE.

Para mim, primeiro fazia o concurso para os canais de informação e de desporto como estava previsto. E depois via-se quais os moldes em que entrariam os canais da RTP na TDT. É que se for assim parece muito feito em cima do joelho.

O tal canal de conhecimento já estava na calha muito antes do NAS ter entrado na RTP e depois ter entrado no Ministério da Cultura, como já disse falava-se num futuro optimista para a TDT e nada. Acho que em 2007 eram este e o de desporto.

há 6 minutos, mavb98 disse:

Duvido muito que avancem com estes canais neste modelo. Isto está muito verde.

A RTP África basicamente é uma RTP1 mas sem os talk-shows. Se forem fazer uma versão só para Portugal têem que investir bastante no canal e a situação económica a partir de 2021 não está favorável.

O retorno económico da RTP África em termos de anunciantes tem baixado de ano para ano, antes viam-se anúncios de empresas dos PALOP (sobretudo angolanas) a patrocinar programas ou a incluir os seus anúncios nos intervalos (o Músicas d'África chegou a ser patrocinado pelo Banco Internacional de São Tomé e Príncipe). Hoje nem há anúncios, sabe-se lá porquê, e os programas das televisões africanas tem baixado muito desde o início do canal.

Ainda há meses estavam a passar episódios antigos do Conversas de Quintal (entre 2006 e 2008) numa faixa chamada Passou, Voltou, achava que já não podiam dar mais devido à TPA Internacional. Por outro lado as produções africanas estritamente ditas como tal limitam-se a programas das delegações, que são menos, alguns programas do canal como o Conversas ao Sul e a informação são feitos em Portugal.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
On 26/11/2020 at 15:45, Nogueiraa03 disse:

@mavb98mas eles não devem querer abrir um novo mux ainda mais para arrecadar só mais 2 canais (1 nas ilhas).

Estás a falar da Meo Altice? Se sim, isso é só até 2023, depois a concessão da TDT vai ter de ser renegociada. Mas tudo dependerá do governo que estiver em 2023.

Portanto até lá acho que vai ficar tudo igual como está agora.

Edited by mavb98
  • Like 2
Link to post
Share on other sites
há 3 horas, mavb98 disse:

Estás a falar da Meo Altice? Se sim, isso é só até 2023, depois a concessão da TDT vai ter de ser renegociada. Mas tudo dependerá do governo que estiver em 2023.

Portanto até lá acho que vai ficar tudo igual como está agora.

sim estava a falar da MEO Altice mas atualmente não há mais canais porque o governo também não abre concursos para, enfim..

  • Like 2
Link to post
Share on other sites

Por mim era seguir a recomendação da maioria dos partidos da AR pôr em sinal aberto  na TDT Nacional os canais regionais da RTP ( Açores e Madeira sem os simultâneos com a RTP 3 e com uma programação diária de 80% regional)  mais a RTP África e o novo canal do Conhecimento abrindo mais muxs para adicionar estes canais e mais canais privados que quisessem entrar na plataforma.

Link to post
Share on other sites
On 11/14/2020 at 6:22 PM, Figo said:

Eu estava a ponderar deitar o Cabo abaixo e ficar apenas com a TDT, até porque eu apenas vejo as generalistas, os canais de noticias e pouco mais. Mas com um serviço tão pobre como este e com as novidades desta semana nem pensar.

Faz como eu, compra uma Android TV e usa a app da operadora para veres TV, no meu caso a Vodafone TV. Para mim chega e sobra.

Link to post
Share on other sites
On 14/11/2020 at 17:22, Figo disse:

Eu estava a ponderar deitar o Cabo abaixo e ficar apenas com a TDT, até porque eu apenas vejo as generalistas, os canais de noticias e pouco mais. Mas com um serviço tão pobre como este e com as novidades desta semana nem pensar.

RTP África? Não podiam simplesmente criar programas na RTP2 e na RTP3 dedicados a essa comunidade? 

Canal Conhecimento? Não têm a RTP2?

Eu acho que era bastante mais importante um canal de desporto, um infantil e um de filmes/séries.

O único problema do cabo é o excesso de canais que um cliente paga sem necessidade.

Se uma pessoa só vê os generalistas, os informativos e desportivos  ( fora os Premium) nacionais ,então as operadoras deveriam criar pacotes com apenas essas opções, ou no caso da TDT abrir lugar a esses canais gratuitamente na plataforma.

Muita gente paga pacotes com 200 canais quando só vê 20 ou 30 , às vezes até menos.

Edited by emanuel92
  • Like 1
Link to post
Share on other sites
há 54 minutos, emanuel92 disse:

O único problema do cabo é o excesso de canais que um cliente paga sem necessidade.

Se uma pessoa só vê os generalistas, os informativos e desportivos  ( fora os Premium) nacionais ,então as operadoras deveriam criar pacotes com apenas essas opções, ou no caso da TDT abrir lugar a esses canais gratuitamente na plataforma.

Muita gente paga pacotes com 200 canais quando só vê 20 ou 30 , às vezes até menos.

em grande parte dos casos nem 10 ou 5.

efetivamente deveria haver outra forma de escolher os canais, tipo haver pack de canais e assim.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
há 4 horas, Nogueiraa03 disse:

em grande parte dos casos nem 10 ou 5.

efetivamente deveria haver outra forma de escolher os canais, tipo haver pack de canais e assim.

Os packs de canais deveriam ser escolhidos pelo cliente.

Um cliente que não lhe interessar canais internacionais ou de filmes e séries ou outros não tem de pagar por conteúdos que não vê.

Por isso as operadoras deveriam criar packs adicionais/ alternativos e pack base personalizados pelo cliente. 

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
há 17 minutos, emanuel92 disse:

Os packs de canais deveriam ser escolhidos pelo cliente.

Um cliente que não lhe interessar canais internacionais ou de filmes e séries ou outros não tem de pagar por conteúdos que não vê.

Por isso as operadoras deveriam criar packs adicionais/ alternativos e pack base personalizados pelo cliente. 

A meu ver era um pack Inicial com os canais mais vistos por um x preço. Depois haveria packs de cada temática e cada pack tinha x canais e um preço. Exemplo, Entretenimento base, +Entretenimento (mais canais e canais do pack base) e Entretenimento plus (mais canais e canais dos pack base e +). Ou simplesmente um pack de cada temática.

Isto já é alto off-topic, vamos parar!

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
há 5 horas, emanuel92 disse:

O único problema do cabo é o excesso de canais que um cliente paga sem necessidade.

Se uma pessoa só vê os generalistas, os informativos e desportivos  ( fora os Premium) nacionais ,então as operadoras deveriam criar pacotes com apenas essas opções, ou no caso da TDT abrir lugar a esses canais gratuitamente na plataforma.

Muita gente paga pacotes com 200 canais quando só vê 20 ou 30 , às vezes até menos.

Isso é verdade. Eu até concordo que devia ser o cliente a personalizar o seu próprio pacote com os canais que queria. Pagar por 100 e tal canais sem ver mais de metade não faz sentido.

  • Like 4
Link to post
Share on other sites
On 26/11/2020 at 14:00, mavb98 disse:

A RTP Açores está na posição 5, portanto ficará na mesma. A RTP3 está na posição 6, a ARTV na posição 7 e a RTP Memória na posição 8. Neste caso é meter a RTP Memória na posição 7 e a ARTV depois dos outros canais na posição 10. A não ser se estiveres a falar aí na TDT Continente, aí não faz sentido meter agora os canais regionais sem tirar o simultâneo da RTP3 sem nexo.

Duvido muito que avancem com estes canais neste modelo. Isto está muito verde.

A RTP África basicamente é uma RTP1 mas sem os talk-shows. Se forem fazer uma versão só para Portugal têem que investir bastante no canal e a situação económica a partir de 2021 não está favorável.

Quanto ao canal do conhecimento tem de ser muito bem estudado e planeado para que tenha viabilidade e não ser um canal feito de um dia para o outro tipo a RTP Música que nunca chegou a sair do papel ou tipo o Docu da TVE.

Para mim, primeiro fazia o concurso para os canais de informação e de desporto como estava previsto. E depois via-se quais os moldes em que entrariam os canais da RTP na TDT. É que se for assim parece muito feito em cima do joelho.

TDT Açores os emissores começam a ser migrados hoje 03/12/2020, dos 14 emissores na TDT Açoriana apenas 8 mudam de canal e frequências.

A lista de canais difundida na TDT Açores mantém-se as seguintes posições.

1-RTP1

2-RTP2

3-SIC

4-TVI

5-RTP Açores

6-RTP 3

7-ARTV

8-RTP Memória

9-Reservado a novos canal

10-Reservado a novo canal

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
On 24/11/2020 at 12:53, Nogueiraa03 disse:

@ATVTQsVnas regiões autônomas o multiplex deles tem um espaço maior, mais concretamente, consegue arrecadar mais um canal do que cá.

Na era do Analógico nos açores só era difundida a RTP 1 e a RTP Açores, e eu na altura não percebi porque a RTP 2 não era difundida no arquipélago já que era um canal estatal.

Depois lembro-me mais tarde , que o governo regional fez um acordo com a antiga TV Cabo ( agora a NOS) , para difundir os 5  canais abertos por satélite a que os açorianos tinham direito ,na altura custava 50€ o Kit satélite.

Com o aparecimento da TDT a nível regional, este acordo foi quebrado e a MEO ficou responsável pela difusão dos canais em sinal aberto quer via terrestre ou em complemento via satélite.

O que interessa reter disto é que com transição para o Digital os açorianos tem acesso ao mesmo que existe no território de Portugal Continental e continuam a ter acesso a RTP Açores.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

Governo aprova RTP África e Canal do Conhecimento na TDT

Citação

O Governo aprovou hoje (ontem*) a disponibilização de mais dois canais da RTP na Televisão Digital Terrestre (TDT), a RTP África e o Canal do Conhecimento, aumentando para nove o total de canais disponíveis naquela plataforma.  "Foi aprovada a resolução que alarga a rede de TDT, atribuindo dois novos serviços de programas além da oferta existente. Incluem-se, aqui, dois canais da RTP – Rádio e Televisão de Portugal, nomeadamente a RTP África e um novo serviço de programas dedicado ao conhecimento, aumentando para nove o total de canais disponíveis naquela plataforma de acesso livre e gratuito", lê-se no comunicado do Conselho de Ministros.  Atualmente a oferta da TDT é composta pela RTP1, RTP2, SIC, TVI, RTP3, RTP Memória e ainda o canal Parlamento (AR TV).  O anúncio dos canais RTP África e do Canal do Conhecimento na plataforma TDT tinha sido feito pelo secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media, Nuno Artur Silva, no parlamento, em 09 de novembro.  Entretanto, em 10 de novembro, o presidente da RTP, Gonçalo Reis, disse à Lusa que a entrada da RTP África e do canal do Conhecimento na TDT "são desafios novos e estimulantes do ponto de vista conceptual para a RTP".  Nessa altura, o presidente da RTP sublinhou que a RTP África que vai passar a estar na TDT vai ter "conteúdos sobre as comunidades reforçado".  No parecer entretanto emitido, o Conselho de Opinião da RTP defendeu que a disponibilização de mais dois canais da RTP na TDT "só deve ocorrer com garantia do não desequilíbrio financeiro da empresa pública".  O órgão considerou "extremamente positiva" a introdução de novos conteúdos na TDT - RTP África e Canal do Conhecimento -, mas questiona "de onde irão surgir os proveitos para desenvolver estes projetos", lê-se no parecer sobre a proposta de alargamento da oferta de canais na plataforma de televisão gratuita.

fonte

  • Like 3
  • Sad 2
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...