Jump to content

TDT - Televisão Digital Terrestre


Recommended Posts

há 10 horas, EFernando disse:

A RTP África até concordo, já o Canal Conhecimento não vejo em que moldes poderá existir para ser diferente de uma RTP2.

Parece que o concurso para os dois canais privados irá cair por terra, infelizmente. 

 

há 8 horas, canal5 disse:

Quando até a BBC desiste da homónima BBC Knowledge ao fim de 3 anos, acho que está tudo dito.
É tudo muito bonito... na teoria.

Que eu saiba agora na Itália a Rai vai fechar um dos seus dois canais educativos, a Rai Storia, cujo conteúdo passará para a Rai 5 enquanto que a Rai Scuola continuará no ar.

Agora França nunca teve algo parecido. Na Holanda acho que contempava os serviços pagos da NPO. Na Rússia temos alguns canais da VGTRK no cabo. A televisão pública sueca tem um canal parecido.

O tal canal planeado em 2008 era para entrar junto com o desportivo.

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
  • Replies 1.4k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Esperemos não ter de esperar até 2030 para virem mais canais...

Bem, umas primeiras impressões. Com a crise económica e a aparente falta de interessados no anterior caderno de encargos para os dois canais privados (a ideia de um de desporto e outro de informação, que parecia já ter caído há algum tempo), o Governo parece que vai desistir do concurso para já. Para não perder a face e cumprir a promessa de dois novos canais na TDT, surgem estas duas soluções de recurso. A RTP África é uma solução a custo "zero", e para todos os efeitos é um canal que tamb

Sou contra a presença dos serviços internacionais da RTP na TDT nacional pelo simples motivo de que não servem o público nacional. A RTP Internacional não é feita para quem vive em Portugal, mas sim para a diáspora portuguesa ou falantes de português lá fora. Faz zero sentido estar na TDT e ainda por cima com os custos que isso acarreta. O BE devia parar um bocadinho para pensar antes de enviar este tipo de propostas à pressa.

Canal conhecimento? É um canal de documentários? Quando a RTP não tem sequer recursos para manter o DOC3 (RTP3) actualizado, sem estar a repetir sempre os mesmos documentários, quando removeram o documentário emitido na RTP2 das 15:30 e o substituiram pelo esec tv...

Sinceramente, a RTP já não tem recursos para fazer o que era suposto fazer, onde é que vão arranjar conteúdos para um canal do género? Parece-me que vais ser tudo para o Estudo em Casa.

Entretanto, todos aqueles que desejam ver variedade de conteúdos começam a fazer contas à vida por um sub de cabo.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
há 58 minutos, Nogueiraa03 disse:

entretanto em espanha começam os testes à qualidade 8k na tdt, e aqui nem testes ao HD acontecem..

no Japão, por incrível que pareça, as emissões em 4K e 8K são por satélite, a NHK tem dois canais (um em cada formato), já a TDT deles é toda em HD, o número de canais é reduzido e varia de região para região, sendo a média entre cinco a sete canais.

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
há 2 horas, Nogueiraa03 disse:

em cabo verde,pelos vistos, a tdt deles vai aumentar o número de canais de 8 para 20 em 2021.

https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/rede-de-tdt-cabo-verdiana-tera-20-canais-de-televisao-em-2021-662627

A TDT em Cabo Verde também adicionou poucos serviços a mais face ao analógico, à TCV, TIVER, Record Cabo Verde, RTP África e TV5MONDE adicionaram a RTP 3, a France 24, a Televisão Educativa e também algumas rádios.

A TV Educativa começou as suas emissões no dia 1 de Outubro, no mesmo dia foram adicionados dois subcanais à católica Redevida no Brasil, de seu nome Redevida Educação e com grelha secular, cujos programas são fornecidos por entidades educativas. A única excepção é o noticiário do canal principal que é um simultâneo.

Link to post
Share on other sites

É tudo muito bonito mas não se esqueçam de uma coisa (e não estou a defender a RTP), os privados tem feito de tudo para impedir mais canais abertos privados entrem na TDT com a desculpa que o mercado publicitário não chega para mais canais.

Portanto quem está no governo tem de tomar decisões , ou atribui os 2 canais a privados e abre mais MUX s para disponibilizar novos canais e parte para um guerra com os privados , ou parte para a solução menos penosa e demorada que é atribuir esses canais à RTP para a criação de novos ou disponibilizar os já existentes ( RTP África, RTP Açores e RTP Madeira).

Nao é à toa que o CEO da Impresa ( dona da SIC) aos jornais veio dizer que concorda com a solução encontrada para a TDT, mais 2 canais públicos, logo que não tenham publicidade comercial nem as chamadas de valor acrescentado e que cabe ao estado assegurar a difusão de serviços de programas para uma franja pequena da sociedade.

Quando se tem alguém a dizer uma coisa destas está tudo dito, eles não querem mais concorrência mas também não querem disponibilizar os seus próprios canais na TDT.

O Governo podia e devia ir contra os privados mesmo que isso o fizesse ir para tribunal, atribuir 2 canais privados de temáticas diferentes um de informação e outro de desporto e obrigar a abertura  de novos MUX s para disponibilizar novos canais privados e públicos.

A Rede TDT devia ser nacionalizada e atribuída à gestão da RTP, para esta difundir os seus canais sem mais custos de distribuição e cobrar os  custos de distribuição aos canais privados que quisessem  emitir na TDT.

 

 

  • Like 2
  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
há 32 minutos, Nogueiraa03 disse:

se realmente estes dois canais entrarem na tdt já ficamos com 9. Com o MUX A preenchido seja qual for o canal ou seja a Anacom a por os atuais em HD, vão com certeza abrir mais muxes e se não abrirem é porque em 2023 querem que a tdt acabe

Por isso eu defendo a nacionalização da rede TDT e atribuir a gestão da mesma ao operador de serviço público de radio e televisão a RTP.

Acabava-se com os problemas dos muxs a RTP geria   toda a rede e teria os seu mux  para emitir os seus canais e alugaria a preços justos  os  outros muxs aos canais privados para difundirem os seus canais.

Acabava-se com o problema que a Altice MEO ( antiga PT) e os privados impuseram na gestão e difusão da TDT.

há 32 minutos, Nogueiraa03 disse:

se realmente estes dois canais entrarem na tdt já ficamos com 9. Com o MUX A preenchido seja qual for o canal ou seja a Anacom a por os atuais em HD, vão com certeza abrir mais muxes e se não abrirem é porque em 2023 querem que a tdt acabe

E vão entrar que a RTP só está à espera da documentação e da orientação do acionista que é o Estado.

Em breve deverá ser publicado em diário da República despois é seguir os trechos legais.

Acredito que a RTP África já estará disponível na TDT no primeiro semestre do ano de 2021 e a RTP Conhecimento lá para o final do ano de 2021 pois demorará mais tempo é um novo canal que será criado.

Edited by emanuel92
Link to post
Share on other sites
E vão entrar que a RTP só está à espera da documentação e da orientação do acionista que é o Estado.
Em breve deverá ser publicado em diário da República despois é seguir os trechos legais.
Acredito que a RTP África já estará disponível na TDT no primeiro semestre do ano de 2021 e a RTP Conhecimento lá para o final do ano de 2021 pois demorará mais tempo é um novo canal que será criado.
Isso é basicamente recuperar o que já existiu com a TDP antes de ter sido incorporada na Portugal Telecom.

O problema é que a nacionalização é uma opção pesada politicamente e com custos financeiros potencialmente elevados, por isso não irá acontecer, sobretudo quando a TDT não é uma prioridade governativa nem uma prioridade para a maioria da população.

Além disso, a retirada da TDP do universo RTP esteve em parte ligada à chegada dos canais privados. Esta reversão iria abrir porta mais uma vez a uma vitimização dos canais privados e à narrativa de que a RTP é favorecida e priveligiada. Consequentemente, não tou a ver nenhum governante a tomar essa decisão neste momento.
  • Like 2
Link to post
Share on other sites

Eu estava a ponderar deitar o Cabo abaixo e ficar apenas com a TDT, até porque eu apenas vejo as generalistas, os canais de noticias e pouco mais. Mas com um serviço tão pobre como este e com as novidades desta semana nem pensar.

RTP África? Não podiam simplesmente criar programas na RTP2 e na RTP3 dedicados a essa comunidade? 

Canal Conhecimento? Não têm a RTP2?

Eu acho que era bastante mais importante um canal de desporto, um infantil e um de filmes/séries.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
há 4 minutos, Figo disse:

Eu estava a ponderar deitar o Cabo abaixo e ficar apenas com a TDT, até porque eu apenas vejo as generalistas, os canais de noticias e pouco mais. Mas com um serviço tão pobre como este e com as novidades desta semana nem pensar.

(...)

Eu acho que era bastante mais importante um canal de desporto, um infantil e um de filmes/séries.

Este 2 canais são só para encher chouriços literalmente, é só para poderem dizer que o atual e único mux está cheio. Mas se tu só vês mais os canais generalistas e de noticias então resta aguentares com o cabo até alguém passar os atuais canais para HD na TDT e depois possivelmente meterem o CMTV e assim.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
há 18 minutos, Nogueiraa03 disse:

Este 2 canais são só para encher chouriços literalmente, é só para poderem dizer que o atual e único mux está cheio. Mas se tu só vês mais os canais generalistas e de noticias então resta aguentares com o cabo até alguém passar os atuais canais para HD na TDT e depois possivelmente meterem o CMTV e assim.

É passarem os canais para HD e meterem um sistema de gravações automáticas. É algo muito importante nos dias de hoje.

  • LOL 1
Link to post
Share on other sites
há 35 minutos, Figo disse:

É passarem os canais para HD e meterem um sistema de gravações automáticas. É algo muito importante nos dias de hoje.

Gravações automáticas?:riso:  impossível..

só se numa plantaforma online mas os canais disponíveis já tem essas funcionalidades nos seus sites

Link to post
Share on other sites
On 10/11/2020 at 00:13, miguelalex23 disse:

Com a crise económica e a aparente falta de interessados no anterior caderno de encargos para os dois canais privados (a ideia de um de desporto e outro de informação, que parecia já ter caído há algum tempo), o Governo parece que vai desistir do concurso para já. Para não perder a face e cumprir a promessa de dois novos canais na TDT, surgem estas duas soluções de recurso.

Pois, a mim soa-me mais a uma altura muito conveniente para desculpar a falta de interesse dos privados... Quem é que com esta pandemia ainda se lembrava dessas promessas? isto a juntar com as ideias lunáticas do Nuno Artur Silva e a TDT é enterrada de vez e deixa de ser uma preocupação para todos menos para a RTP.

Edited by canal5
  • Like 1
Link to post
Share on other sites
On 11/11/2020 at 20:07, Nogueiraa03 disse:

em cabo verde,pelos vistos, a tdt deles vai aumentar o número de canais de 8 para 20 em 2021.

E a oferta da TDT de Cabo Verde tem também seis estações de rádio.

Acho curioso terem a TV Record, a TV5 Monde e a France 24 na TDT. Da RTP, têm a RTP África e a RTP 3.

Link to post
Share on other sites
há 43 minutos, Televisão 10 disse:

E a oferta da TDT de Cabo Verde tem também seis estações de rádio.

Acho curioso terem a TV Record, a TV5 Monde e a France 24 na TDT. Da RTP, têm a RTP África e a RTP 3.

A Record chegou a Cabo Verde em 2006, acho que por lógica de Edir Macedo angariar mais fiéis em África. Por outro lado os canais franceses estão em Cabo Verde devido a projectos franceses em partes de África, até em partes nunca colonizadas anteriormente por França.

Acho que a France 24 emitida na plataforma é o serviço em inglês, duvido.

ACTUALIZAÇÃO: Agora está a ser feito o fecho da TV analógica em Cabo Verde, em três fases, às terças-feiras, depois de 36 anos no ar. Praia já apagou esta semana.

https://www.facebook.com/CaboVerdeBroadcast/posts/674588490138233

Edited by ATVTQsV
  • Like 1
Link to post
Share on other sites
On 10/11/2020 at 14:33, Nogueiraa03 disse:

entretanto em espanha começam os testes à qualidade 8k na tdt, e aqui nem testes ao HD acontecem..

Por acaso aqui menti.

O ano passado houve sim testes ao HD na zona de lisboa com a abertura de um Mux por umas horas com o canal SIC HD e SIC NOTICIAS HD e com descrição "teste_monsa_T2"

fonte: https://forum.zwame.pt/threads/novo-mux-tdt-em-testes.1032772/

  • Shock 3
Link to post
Share on other sites
há 20 minutos, Nogueiraa03 disse:

Por acaso aqui menti.

O ano passado houve sim testes ao HD na zona de lisboa com a abertura de um Mux por umas horas com o canal SIC HD e SIC NOTICIAS HD e com descrição "teste_monsa_T2"

fonte: https://forum.zwame.pt/threads/novo-mux-tdt-em-testes.1032772/

Por umas horas, Lisboa chegou a ter dois multiplexes em funcionamento.

E só soube disto dezoito meses depois!

  • LOL 1
Link to post
Share on other sites
há 25 minutos, ATVTQsV disse:

Por umas horas, Lisboa chegou a ter dois multiplexes em funcionamento.

E só soube disto dezoito meses depois!

haha, e devia estar em DVB-T2, porque na descrição tem "T2", mas também pode significar Teste 2

se tivesse visto na altura, tinha me enchido de esperanças..

Link to post
Share on other sites

Novos canais da RTP na TDT só com "garantia de não desequilíbrio financeiro", recomenda Conselho de Opinião

A disponibilização de mais dois canais da RTP na televisão digital terrestre (TDT) "só deve ocorrer com garantia do não desequilíbrio financeiro da empresa pública", recomenda o Conselho de Opinião (CO), no seu parecer sobre a matéria.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

O órgão considera "extremanente positivo" a introdução de novos conteúdos na TDT - RTP África e Canal do Conhecimento -, mas questiona "de onde irão surgir os proveitos para desenvolver estes projetos", lê-se no parecer sobre a proposta de alargamento da oferta de canais na plataforma de televisão gratuita.

"Segundo dados fornecidos pelo Conselho de Administração, neste momento, a distribuição dos dois serviços de programas através da TDT resulta num esforço financeiro para a empresa de 3,8 milhões de euros, caso haja o reforço da RTP África, principalmente, com os novos conteúdos, o mesmo não será nunca inferior a um milhão de euros", refere.

Por outro lado, prossegue, "os custos de grelha do novo serviço de programas do Conhecimento deverá atingir os quatro milhões de euros, cabendo provisionalmente o reforço de programação infantil e juvenil nos dois milhões de euros", o que resulta num total de 10,8 milhões de euros".

"A implementação dos novos serviços de programas só deve ocorrer com a garantia do não desequilíbrio financeiro da empresa pública, num calendário preciso e inserida num novo projeto estratégico, que redefina globalmente os impactos financeiros e de programação que estes novos serviços de programas vão ter nos demais serviços de programas existentes", recomenda o Conselho de Opinião.

O órgão considera também que "a ampliação da oferta de serviços de programas na televisão digital terrestre deve ser reequacionada e devidamente incorporada no Contrato de Concessão revisto e, consequentemente, nas novas linhas de orientação estratégica e no novo Projeto Estratégico da empresa".

Recomenda ainda que a RTP África, disponível na TDT, passe a ser designada por RTP Lusófona.

"Considerando a necessidade da produção de novos conteúdos dirigidos às comunidades imigrantes do espaço lusófono residentes em Portugal, deve assumir a designação de RTP Lusófona, atendendo aos objetivos estratégicos da difusão da língua portuguesa e da divulgação das culturas que se expressam em português, com espaços de publicidade comercial como melhor forma de sustentação dos gastos acrescidos das emissões separadas", considera o Conselho de Opinião.

Outra das recomendações é que a "difusão da língua portuguesa, enquanto objetivo estratégico do serviço público, deve assumir-se como a garantia de tratamento igualitário de todas as comunidades imigrantes em Portugal e promotora da sua integração, bem como a salvaguarda dos valores democráticos que estão na base do serviço público de Rádio, Televisão e Multimédia".

O anúncio dos canais RTP África e do Canal do Conhecimento na plataforma TDT foi feita pelo secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media, Nuno Artur Silva, no parlamento, a 9 de novembro.

Fonte:https://mag.sapo.pt/tv/atualidade-tv/artigos/novos-canais-da-rtp-na-tdt-so-com-garantia-de-nao-desequilibrio-financeiro-recomenda-conselho-de-opiniao

 

  • Like 3
Link to post
Share on other sites

A TDT devia adicionar ao seu católogo a CMTV. :clap: Um canal onde se sabe quantas mortes houveram naquele dia :clap: Um canal, que para além disso, tem a melhor novela de sempre: Alguém Perder. :clap: O líder do Cabo merece ser adicionado :clap:

  • Like 1
  • Love 2
  • LOL 1
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...