Jump to content

bacalhaucomnatas

Membros
  • Content Count

    23
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

59 Concorrente do Love on Top

About bacalhaucomnatas

  • Rank
    Vou ser o próximo Bruno Santos

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. "Ele é gay": José Castelo Branco sobre Daniel Guerreiro do 'Big Brother' O socialite não tem dúvidas e mostra que Soraia tem de abrir os olhos em relação ao colega do reality show. https://www.vidas.pt/a-ferver/detalhe/ele-e-gay-jose-castelo-branco-sobre-daniel-guerreiro-do-big-brother Quero o José Castelo Branco como comentador do BigGranny. Carregadinho de experiência com a Betty.
  2. bacalhaucomnatas

    TVI em Direto

    Não indo a votações, a Sónia conserva a ilusão de popularidade. Ainda se vai casar em direto num próximo "Somos Portugal"
  3. Volta "5 Noites, 5 Filmes"!
  4. O Henrique (que uns anos depois chegou mesmo a entrar para uns missionários e depois saiu para virar poc...) era divertido à custa da Elsa (Elsa que com aqueles beijinhos intermináveis nos confessionários chegou a inspirar uma campanha publicitária de descontos da PT Comunicações ). À sua maneira, o Diogo também tem uma história de vida caricata (o ser nómada digital) e sentido de humor, só que mais sarcástico, menos popularucho (passaram-se quase 20 anos - é da geração do 'The Office'!)
  5. não estando ao nível de um Zé Maria, acho que a iconicidade do Diogo não é muito diferente da de um Henrique (BB2) ou Catarina (BB3)... (o 4 não acompanhei)
  6. "A Dois: Por Todos"... uns anões mais tarde a RTP1 copia-lhes o slogan.
  7. As sonoridades da 2: pareciam-me bastante up-to-date com o que era corrente na música mais electrónica do principiar do milénio, não desgostava.
  8. A produção já confirmou à Sónia que lhe continua a pagar o casamento para que ela não desista?
  9. Lembro-me de em miúdo, ao fazer zapping, deparar-me com coisas do tipo História do Teatro Português II, Pré e Proto-História de Portugal III ou Poéticas da Representação Artística V e ficar feito boi a olhar para o palácio... Um bloco de best-of de #EstudoEmCasa durante a semana ao final das manhãs ou a meio da tarde também não era má ideia para desenjoar de tanto Zig Zag, e se calhar roubava algum público aos talk shows da concorrência. Era desta que metade do público da Praça da Alegria e d'A Nossa Tarde tirava a escolaridade obrigatória!
  10. Eu queria era as cadeiras unidades curriculares da Universidade Aberta de regresso aos fins-de-semana pelo fim da manhã
  11. O "A Fé dos Homens" fazia sentido às 18h, para preparar as beatas para o Terço às 18h30 na Renascença A essa hora podiam transmitir um magazine ou documentário ligeiro e de seguida, às 19h, quando na RTP1 já terminou o Portugal em Direto, uma versão renovada do Sociedade Civil. (Claro que com o Sociedade Civil às 19h, agora não faço ideia do que a RTP2 deveria emitir às 14h... talvez repetições das suas séries de horário nobre? se houvesse dinheiro podiam recuperar o "Tudo em Família", um Sociedade Civil mais familiar, com a Margarida Mercês de Mello ou uma Isabel Stiwell ou Laurinda Alves . Nada disto é novo, e já foi tentado na era do Manuel Falcão e do Wemans; mas como passaram-se tantos anos e o mercado está diferente, valia a pena tentar outra vez)
  12. Programa "Sinais do Tempo" que, se não estou em erro, servia para enquadrar aqueles documentários de produção internacional que agora passam à hora de jantar na RTP3... Lembro-me que numa série os documentários eram seguidos de entrevista/debate. Chegou a reaparecer anos mais tarde na RTPN: Valia a pena apostar num espaço assim para não tornar a exibição dos documentários tão avulsa e impessoal.
  13. mítico genérico em tempos cheguei a enviar mail para o João Garção Borges (o criador do programa, um cinéfilo á séria) a perguntar pelo autor da música, mas ele ou não o viu ou não quis responder
  14. Do pouco que conheço, tenho ideia que o La 2 tem uma programação mais popular (semelhante ao tempo em que a nossa TV2 também transmitia novelas) e um orçamento maior.
  15. https://www.rtp.pt/programa/tv/p39039 Hoje a RTP2 exibe, às 22h12, a primeira de três partes de um espectáculo inspirado n'A Divina Comédia, pelo prestigiado encenador Romeo Castellucci. É uma das marcas positivas da direcção da Teresa Paixão este cuidado com a programação de artes performativas. Ainda me lembro, no tempo do Jorge Wermans e da Paula Moura Pinheiro, esta última justificar-se no Provedor que a transmissão deste género de espectáculos na televisão não faz muito sentido, porque perdem a magia da fruição "ao vivo", do "directo"... Um bocado irónico que dez anos depois a Paula Moura Pinheiro ande a fazer visitas guiadas, também se poderia usar o mesmo argumento (com o qual discordo por completo, é óbvio): os museus são para serem visitados "in loco", não para serem vistos na televisão...
×
×
  • Create New...