Jump to content

Verde

Membros
  • Content Count

    357
  • Entries from Chatbox

    0
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by Verde

  1. Verde

    Hell's Kitchen

    Como o programa é dividido em blocos com títulos culinários, uma pessoa até arrisca quais serão os dos próximos episódios: HK - Anos a virar frangos HK - Engolir sapos HK - É canja HK - Encher chouriços HK - Estar com os azeites HK - Soltar a franga ...
  2. Fanny Rodrigues, vencedora do TVI Dispensa! Que ícone!
  3. Verde

    Cristina Comvida

    Vê-se mais que não é em directo pelos bons planos feitos do que pela ainda presença do sol.
  4. Eu colocaria a Por Amor, que, na minha opinião, é excelente, e sempre é sucesso nos reprises no Brasil. Isso de ser antiga e em 4:3 são detalhes insignificantes; quando a revi no canal Globo a imagem era boa.
  5. Elegante é a palavra que melhor encontro para definir a Lenda Da Garça, não só pela Carmen Dolores em si que emanava distinção e bom gosto, mas as profissões dos personagens, o guarda-roupa, os cenários, etc, era tudo muito Classe Alta e Média Alta, um mundo de etiqueta e conforto. Ia além de empresas bem sucedidas, whisky na mão e nomes aristocráticos; cada episódio parecia uma gala e o faltava em acção sobrava em requinte.
  6. Verde

    Viver a Vida ®

    (Nem faço ideia de quando é que isto termina, mas) Já se sabe que telenovela vai substituir Viver a Vida?
  7. Verde

    TVI em Direto

    Que bom rever a Susana com a sua humildade e simpatia. Era a minha favorita do BB1; na final votei pra ela ganhar.
  8. A Ana Clara está excelente nas entrevistas com os eliminados; é bom vê-la na Globo, e feliz, sem ter precisado de virar actriz. Parece-me que ela vai longe. Mas uma coisa convenhamos, o sucesso/repercussão destas duas últimas edições se deve muito ao factor confinamento. É um facto.
  9. Para mim, Terra Mãe é, bem de longe, a melhor telenovela portuguesa de sempre: 100% dinâmica, engraçada e contemporânea (de 98, com a Expo como subtema), misturava os clichés novelescos de maneira tão leve que dava gosto de acompanhar. A lusofonia foi super bem empregue (PT, BR, AO, MZ, Macau, etc, tudo aparecia), e os personagens, entregues a grande nomes, foram, e ainda o são, memoráveis: Milú, Maria do Carmo, Marcelo, Patrícia, a Isabel da Lídia Franco e seus heterónimos, etc. Os cenários mais realistas do que fictícios também eram uma forte mais-valia aqui, e, claro, a banda-sonora top: Ca
  10. Verde

    Cristina Comvida

    A Cristina que peça já ajuda ao Ortigão que ele é bom a soluccionar isso. Run Tininha, run!
  11. Verde

    Cristina Comvida

    Na minha opinião, e cada um de nós lá terá a sua, este programa é "triste": os convidados vassalos, as conversas supérfluas, os teatros forçados e um uso e abuso da brejeirice como bengala só demonstram desespero. Cheira 100% a "Luzes, Câmara, Acção!" e não, não é por causa do conceito; parece-me que é sim porque a Cristina está, como hei-de dizer, "perdida", e como não sabe o que o público procura ou o que ela oferece, brinca à TV. A impressão que fico é que, por ter tantos cargos a desempenhar hoje em dia, ela rodeia-se aqui de amigos/aliados para se sentir menos pressionada, e entra em modo
  12. BBB 1 será reprisado no Viva a partir de Maio Na manhã desta quinta (31), o Canal Viva informou que irá reprisar a partir de Maio a primeira temporada do “Big Brother Brasil”, que foi ao ar em 2002. Sua estreia será no dia 11 de Maio, exatamente uma semana após a final do BBB 21, e irá ao ar de segunda a sábado às 19h30, e aos domingos, a partir das 23h45, após a maratona dos capítulos da semana de “Da Cor do Pecado”, novela que irá substituir “Mulheres Apaixonadas”. Ao final do BBB 1, em julho, será reprisado também a segunda temporada.
  13. Verde

    Cristina Comvida

    Quando estreias um programa às 19h e os amigos te enviam uma mensagem aérea a relembrar quem está na concorrência nesse horário:
  14. Como eles falam todos sempre ao mesmo tempo e por cima uns dos outros (Manzarra, Cláudia, convidados, a moça do 760, etc, não escapa ninguém), o vencedor do passatempo de casa de hoje nem lhes respondeu às perguntas. Para quê responder também? A pessoa diria "A..." e toca de falarem por cima. Bem fez em ficar no silêncio; ganhou o prémio e poupou saliva, ora nem mais.
  15. É sobre recordar o passado. Cada episódio cobre um ano. O foco vai para os prós, claro.
  16. Verde

    Cristina Comvida

    Mystery's solved. É um anagrama. Aliás, são vários. Destaco estes: America's president - E quem diz America diz Portugal, Malveira, TVI... Medicares painters - Embaixadora da Medicare? Checked. Pintora da Medicare? Checked agora também Pedestrianism race - Atleta na corrida dos que sabem que o caminho se faz andando Piscina remastered - Responsável pela remasterização do vídeo da piscina da Venda Do Pinheiro na 1ª promo do Comvida
  17. Eu concordo; cansa tanto merchandising em tudo que é dinâmica naquela casa, especialmente os da C&A e iFood que só nos roubam tempo e acrescentam nada. E parece que hoje em dia as marcas não aceitam mais terem o nome delas em provas bem difíceis; colocam pra lá um carrossel ou pista, colam o logótipo e pronto. Para se ganhar um carro ali deveria ocorrer um desafio super exigente; ora, da maneira simplista que ontem foi, quem levou-o pra casa foi a dorminhoca de serviço. A maior parte deles nunca deve ter visto uma edição completa de Big Brother na vida mesmo, tanto os convidados co
  18. Isso do tempo já ter passado é subjectivo e um pouco discriminatório, pois um apresentador de certa idade pode regressar num formato ideal. O Ponto De Encontro do sénior Henrique Mendes estava sempre no topo e a amiga Olga não era nenhuma jovem quando fez sucesso nas manhãs. O próprio Júlio Isidro está fantástico no Inesquecível da RTP Memória. A Cristina Caras Lindas é uma excelente comunicadora e quer trabalhar, só falta lhe darem uma chance para se re-integrar bem junto do público. Na Passadeira funcionaria, ainda que destoasse enquanto nome maior, e como jurada de um concurso também ser
  19. Do ponto de vista narrativo, faz mais sentido a jornada da Carla se encerrar amanhã. A personagem já atingiu o pico com o quarto secreto e pouco ou nada fez com isso. Mesmo se ela ficar, for líder, indicar o ficante e ele sair, continuará depois sem história. O que se seguirá será mais do mesmo: sister com amizades dúbias e à deriva no jogo. Preferia que o Rodolffo saísse pois, ainda que renda mais como jogador, é muito parado: só tem 32 anos mas fala lentamente como um ancião e está sempre sentado/deitado. Ficando, só pode contar com Caio, Arthur e, quiçá, Pocah pra se mover; Sarah é team
  20. A SIC quis brincar com a bola e depois deu-se foi mal nisso. Moral? Há bolas boas e bolas más.
  21. Já chegámos à metade deste BBB21 e por agora eu coloco-o num lugar baixo do ranking geral. O elenco escolhido teve/tem muita gente chata ou ruim e pouco pessoal divertido ou do bem. Junta-se a isso provas pouco criativas e fandoms sem noção e o resultado é um reality meh. A edição tem uma aura de plástico; não é a primeira a ter, é certo, mas aqui arrebenta a escala. O que vão dizer, fazer, quem vão indicar, quem vai sair, etc, está um piloto automático previsível.
  22. Verde

    Cristina Comvida

    Cristina Ferreira fer·rei·ra nome feminino 1. Mulher de um ferreiro. fer·rei·ro (ferro + -eiro) nome masculino 1. Operário que trabalha o ferro ou em obras de ferro.
  23. Todo o ano é a mesma ladainha dos plágios. É inevitável.
  24. Sorte no amor (love is on my side), azar no jogo (último na semi-final).
×
×
  • Create New...