Jump to content

T_Alves

Membros
  • Content Count

    44
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

72 Concorrente do Love on Top

About T_Alves

  • Rank
    Vou ser o próximo Bruno Santos
  • Birthday 05/23/1986

Informações de Perfil

  • Género
    Homem
  • Localização
    Aveiro

Recent Profile Visitors

3,313 profile views
  1. Em Paço d'Arcos, a Valentim de Carvalho só tem um mega estúdio, o mais recente. Os antigos estúdios são bastante pequenos, não dariam para o efeito.
  2. E é injusto porquê? Podem ser conhecidos, mas estão sem oportunidades do mundo da televisão, neste momento. Se assim o ambicionam, não terão o mesmo direito que os outros para participarem num casting??
  3. T_Alves

    Agora Nós

    O cenário mantém-se exatamente com o tamanho que tinha. Para quem conhece o espaço físico do estúdio, sabe que é impossível aumentar o cenário em termos de espaço.
  4. T_Alves

    Informação RTP1

    Verdade! O estúdio da 3 não tem nada de virtual. É tudo real. Estive lá no "Dia Aberto" na altura do aniversário da estação e verifiquei isso!
  5. T_Alves

    Informação RTP1

    Bem que podiam ser problemas técnicos "eternos". O Jornal da Tarde fica com outro "brilho" feito no estúdio de Lisboa!
  6. T_Alves

    Informação RTP1

    O formato inicial tinha vários pivots para as diferentes áreas: notícias, desporto, tempo, trânsito e bolsa. Havia dinamismo! Este programa não é para se ver do início ao fim como o Telejornal! É para ver a tomar o pequeno almoço e "apanhar" meia dúzia de notícias do dia. É um programa para se estar numa sala de espera qualquer (médico, finanças, outro qualquer serviço) e ter uma televisão sem som onde possa estar-se a acompanhar as notícias com muita informação gráfica, diferentes apontamentos no ecrã. O que fazem hoje em dia é um noticiário igual ao Telejornal repetido não sei quantas vezes de meia em meia hora!
  7. T_Alves

    Madre Paula

    Os últimos dois episódios foram de prender ao ecrã! Muito dinâmicos, fortes em interpretações! Dá vontade de ver mais. Pode não ser um produto muito visto, mas ganha pela qualidade.
  8. T_Alves

    Informação RTP1

    O Bom Dia precisa duma boa "reforma"!! Com ou sem rodapé, com ou sem trânsito no ecrã... Com João Tomé de Carvalho ou com Carla Trafaria... Um programa que era tão dinâmino quando começou, hoje está mais parado que o Telejornal!
  9. T_Alves

    Memórias RTP1

    Obrigado! Pena haver muito poucos registos deste grafismo no Youtube!
  10. T_Alves

    Memórias RTP1

    Não sei se já se falou aqui deste grafismo que durou muito pouco tempo, antecedeu o grafismo da mudança de 2002. Julgo até que já terá sido a primeira mudança "Rangel" na RTP. Alguém confirma?
  11. T_Alves

    Beleza Masculina

    Tudo muito parado por aqui!
  12. T_Alves

    Aniversários RTP1

    A visita durou mais de uma hora. A guia não estava muito preparada para responder a perguntas... Deram a conhecer em primeiro a nova plataforma de Arquivo, com o vídeo que anda por aí. O segundo momento, que poderia ser muito interessante, não o foi! Tratava-se da exposição dos diversos logotipos da estação. Eram apenas os logotipos numa parede por ordem cronológica! Não houve qualquer explicação ou enquadramento... De seguida, a visita ao Museu RTP. Aqui, sim, com uma guia do próprio Museu, que dava gosto ouvir falar e explicar! Aconselho a todos uma visita ao Museu! Fora destas comemorações até deverá ser mais interessante porque vão mais fundo nos temas e na própria duração da visita. Seguiu-se uma passagem pela estúdio do Agora Nós. Estava o programa para começar! Exatamente como se vê em casa. Cenário pequeno, bonito e acolhedor! Equipa pequena na produção, estúdio muito moderno! Pormenores interessantes! Subia-se até ao piso da Rádio. Guia próprio a explicar e a levar os visitantes pelos diferentes estúdios da 5 principais rádios. Não fazia ideia que seriam tantos estúdios de rádio! Pelo menos dois para cada estação. Um de "Direto" e outro de apoio em caso de avaria ou de gravação. A Antena 1 tem pelos 4 estúdios. A visita terminava no estúdio de Informação da RTP! O mais aguardado! Mais baixo do que parece em casa. Mais pequeno igualmente! Ambiente de trabalho tranquilo... Fomos recebidos pela Alberta Marques Fernandes e pela Cristina Esteves. Muito simpáticas e disponíveis! Foi a parte que mais me agradou! João Adelino Faria, a trabalhar na sua secretária, mas igualmente simpático! A grandiosidade do estúdio é mais visível em casa. É mais bonito na televisão do que ao vivo. Pormenores muito mal acabados nesta última renovação. Por trás dos painéis brancos e azuis ficaram muitos elementos antigos, da primeira decoração do estúdio (de 2004). O estúdio da RTP3 é também mais bonito em casa. Ao vivo, é muito pouco atrativo! Grande, mas com uma mesa muito pequena. António Esteves estava na apresentação do jornal, simpático para os visitantes também, num momento de off. Valeu a pena!
  13. T_Alves

    Aniversários RTP1

    Dia "Portas Abertas" RTP 60 Anos
  14. A partir de amanhã, dia 7 de janeiro, a RTP1 terá novos separadores de emissão da autoria do artista visual e músico João Paulo Feliciano. O conceito do novo visual, desenvolvido por João Paulo Feliciano, explora campos de expressão de imagem vídeo, luz, som e música. Estes pequenos fragmentos audiovisuais de televisão sublinham a importância da RTP em introduzir um discurso artístico na programação do seu canal mais generalista, bem como o estímulo à experimentação no campo das artes em televisão. O trabalho é constituído por objetos artísticos inéditos de cariz audiovisual. Tem como base inspiracional a exploração das potencialidades dos recursos analógicos. “Fazer como se fazia antes de haver computadores”. (...) ”A “magia” foi produzida antes da captação pelas câmaras, e não com recurso a técnicas digitais”. Os separadores foram filmados no estúdio do artista, em colaboração com a equipa e os meios da RTP. Além da equipa da RTP, João Paulo Feliciano convidou para trabalhar neste projeto: Vasco Viana, diretor de fotografia, e Bruno Pernadas, músico/compositor. No decurso deste seu trabalho, João Paulo Feliciano mergulhou “no universo e património da RTP.” Visitou as reservas de equipamento, pesquisou antigas coleções de slides 35mm (arquivos RTP), visionando separadores, (...) e “material” de comunicação em Antena, utilizados pela RTP na sua existência pré-digital”. A mesma abordagem dita “analógica” foi levada inclusive à construção dos elementos gráficos da marca RTP1. (...) ”Foram produzidos fotolitos com os diferentes elementos do logótipo da RTP, que depois foram fisicamente manipulados e filmados.” A RTP reforça desta forma a sua aposta num espaço (curadoria) dedicado à divulgação das artes plásticas contemporâneas e promoção dos artistas portugueses. Vhils foi o primeiro artista convidado, tendo o seu projeto iniciado no dia 07 de março de 2016 para assinalar os 59 anos da RTP.
×
×
  • Create New...