Jump to content

TekClub

Membros
  • Content Count

    1,878
  • Joined

  • Last visited

Posts posted by TekClub


  1. Guerra no streaming faz disparar até 30% custo das séries

    netflix-300x202.jpg

    As séries e programas mais procurados custam actualmente 30% mais em comparação com os valores praticados há um ano. Quem o diz é Ted Sarandos, chief content officer do Netflix, plataforma de streaming que este ano pagou 500 milhões de dólares pelos direitos de Seinfeld. O investimento de peso na sitcom popularizada entre 1989 e 1998 é ilustrativo da guerra instalada no mercado do streaming de filmes e séries numa altura em que a concorrência se acentua com a aposta da Apple e com a chegada, no próximo dia 12 de Novembro, do Disney+, plataforma OTT da Disney. Mais ainda porque estes 500 milhões de euros são apenas uma pequena parte dos 15 mil milhões que o Netflix prevê investir em conteúdos até ao final deste ano. Números que fazem com que Reed Hastings, CEO da plataforma, não hesite em afirmar que, por comparação, os 100 milhões de dólares gastos na produção House of Cards, há sete anos, pareça hoje “uma pechincha”.

    O Netflix apresentou esta quarta-feira os resultados do terceiro trimestre, dando conta de ter alcançado mais 6,8 milhões de subscritores entre os meses de Julho a Setembro. No mercado norte-americano adicionou 520 mil assinantes, ficando abaixo das previsões de 800 mil (embora estancando aquela que foi a primeira quebra nos EUA, registada no segundo trimestre), mas no restantes mercados acabou por superar as estimativas que apontava para 6 milhões de novos subscritores depois de ter chegado aos 6,3 milhões. Para o fecho do ano, as previsões são conservadoras, antecipando a chegada de mais concorrência: o Netflix antecipa encerrar 2019 com 26,7 milhões de novos subscritores, valor abaixo dos 28,6 milhões assinantes adicionados à sua base de assinantes ao longo do último ano.

    Fonte:https://www.meiosepublicidade.pt/2019/10/guerra-no-streaming-disparar-ate-30-custo-das-series/

    • Like 1

  2. Concorrência aprova compra da Oni e da Nowo

    O regulador decidiu não se opor à compra, por parte da espanhola MásMovil e do fundo GAEA Inversión, da Nowo e da Oni.

    img_817x460$2018_10_03_20_17_23_340223.j

    Os espanhóis da MásMovil e do fundo GAEA Inversión já receberam "luz verde" do regulador da concorrência português para avançarem com a compra da Cabonitel, empresa que detém a Nowo e a Oni.

    "O conselho da AdC adotou uma decisão de não oposição na operação de concentração" em causa, revela o regulador numa nota publicada no site. A decisão foi tomada no dia 15 de outubro.

    O regulador liderado por Margarida Matos Rosa considera que a operação "não é suscetível de criar entraves significativos à concorrência efetiva no mercado nacional ou numa parte substancial deste", pelo que a operação não merece a oposição da AdC.

    A espanhola MàsMóvil, em conjunto com a GAEA, compraram a dona das operadoras de comunicações Nowo e Oni, numa operação que foi anunciada em agosto. Antes a Cabonitel estava nas mãos do fundo americano KKR.

    A MásMóvil explicou, na altura, que vai contribuir com menos de 15 milhões de euros para esta aquisição, mas será um acionista operacional "facilitando a concretização de sinergias por exemplo derivadas da compra de equipamentos e redes, bem como de roaming internacional".


    Em maio tinha sido noticiado pelo jornal espanhol El Economista que o fundo KKR tinha oferecido à MàsMóvil, a quarta maior operadora de telecomunicações espanhola, a possibilidade de entrar no mercado português através da compra de uma posição minoritária na Nowo.

    A Cabovisão, que deu origem à Nowo, e a Oni, direcionada para o segmento empresarial, foram vendidas pela Altice em setembro de 2015 ao fundo Apax. A operação foi imposta por Bruxelas no seguimento da compra da PT Portugal pelo grupo de Patrick Drahi.  No ano passado a Apax alienou as operadoras ao fundo de private equity KKR.

    Fonte:https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/telecomunicacoes/detalhe/concorrencia-aprova-compra-da-oni-e-da-nowo?ref=Empresas_outros


  3. Bareme Rádio: Comercial e RFM continuam separadas por uma décima

    manhas8-lg-300x158.jpg

    A liderança do segmento de rádio em Portugal continua a ser decidida pela margem mínima, com a Rádio Comercial a segurar na quarta vaga do Bareme Rádio a distância de uma décima que a separava da RFM na vaga anterior. Com uma Audiência Acumulada de Véspera (AAV) de 18,1%, a estação do grupo Media Capital Rádios (MCR) mantém o estatuto de rádio mais ouvida do país, seguida de perto pela RFM com uma AAV de 18%. Ambas as estações registam uma diminuição de quatro décimas relativamente à audiência alcançada na vaga anterior, na qual apresentavam uma AAV de 18,5% e 18,1% respectivamente.

    Apesar da descida, os valores obtitos pelas duas estações representam um crescimento significativo face às audiências registadas na vaga homóloga em 2018 já que, nesse período, a Comercial era igualmente líder mas com uma AAV de 17,2%, enquanto a RFM se ficava pelos 16,7%, cinco décimas atrás da sua concorrente directa. Valores que traduzem, comparativamente à vaga homóloga, uma subida de 0,9 pontos percentuais no caso da estação do grupo MCR e de 1,3 pontos percentuais no que diz respeito à estação do grupo Renascença Multimédia.

    Nesta quarta vaga de 2019, embora a Comercial mantenha a liderança em AAV, é ultrapassada pela RFM em reach semanal, com a estação do grupo Renascença a chegar aos 36,8% contra os 36,4% da estação da Media Capital, que liderava também neste indicador na vaga anterior. A RFM mantém também a primeira posição uando o indicador de comparação é o share de audiência, com 25,5% contra os 22,9% da Comercial.

    A terceira posição continua a pertencer à M80, estação do grupo MCR que, apesar de voltar a registar uma descida face à vaga anterior, passando de uma AAV de 6,5% para os 6,2%, mantém uma audiência acima da fasquia dos 6% que registava na vaga homóloga em 2018. A Renascença mantém-se na quarta posição ao registar uma AAV de 5,8%, valor que representa uma descida de uma décima face à vaga anterior mas traduz um crescimento significativo (+1,5 pontos percentuais) em comparação com os 4,3% que a estação registava na vaga homóloga em 2018. O top 5 das rádios mais ouvidas no país fica completo com a Antena 1, que desce ligeiramente dos 5% para 4,9% entre as duas vagas, subindo 0,2pp relativamente à vaga homóloga, na qual surgia empatada com a Renascença nos 4,3%.

    O sexto lugar volta a ser ocupado isolamente pela Mega Hits, estação do grupo Renascença Multimédia que, com uma AAV de 3,8% (-0,1pp entre vagas e +1,1pp na comparação homóloga, ganha distância sobre a Cidade FM. A estação do grupo MCR, que na vaga anterior partilha o sexto lugar com a sua concorrente directa, regista agora uma AAV de 3,7% (-0,2pp entre vagas e +1,5pp na comparação homóloga). Seguem-se a TSF, com 3,2% (+0,3 pp do que na última vaga e +0,8 face à vaga homóloga), Antena 3, com 2,3% (+0,1pp/+0,8pp), a Smooth FM, com 1% (o mesmo valor da vaga anterior e +0,4pp na compração homóloga) e a Vodafone FM, com os mesmos 0,4% da vaga anterior.

    Contabilizando os resultados de audiência por grupos, a Renascença Multimédia mantém a liderança conquistada na vaga anterior, com uma AAV de 26,9%, valor que, embora represente uma descida de 0,2 pontos percentuais face aos resultados alcançados na vaga anterior, traduz uma crescimento de 3,3 pontos percentuais face aos 23,6% alcançados na vaga homóloga em 2018. O grupo Media Capital Rádios (MCR), que na última vaga se situava nos 26,9%, desde para os 26,3%, valor que representa, ainda assim, um crescimento de 2,2 pontos percentuais na comparação com a vaga homóloga. Com 7,2%, a RTP desce uma décima face à vaga anterior e sobe 1,2pp relativamente a vaga homóloga em 2018.

    Fonte:https://www.meiosepublicidade.pt/2019/10/bareme-radio-comercial-rfm-continuam-separadas-decima/


  4. NetAudience: TVI mantém liderança em alcance digital

    tvi.jpg

    O TVI volta a ser, pelo sexto mês consecutivo, o meio de comunicação social português cujo site regista maior alcance, ao ver o seu reach multiplataforma subir dos 2,54 milhões de indivíduos em Agosto para os 2,74 milhões durante o mês de Setembro. A liderança da estação de Queluz assenta sobretudo nos acessos através de dispositivos móveis, onde lidera com um alcance de 2,62 milhões de indivíduos via smartphone e com cerca de 416 mil a partir de tablets. A segunda posição do netAudience da Marktest, cuja metodologia junta num indicador único os dados no Bareme Internet e do NetScope e dá conta do alcance multiplataforma dos títulos com base em utilizadores únicos não duplicados, voltou a ser ocupada em Setembro pelo Correio da Manhã. Com um reach multiplataforma de 2,59 milhões de indivíduos, o diário da Cofina Media mantém o estatuto de jornal com maior alcance online reconquistado no último mês ao ultrapassar o Público.

    Após ter ocupado no último mês o terceiro lugar, o diário da Sonaecom, embora com números em linha com o mês de Agosto, caiu em Setembro para a quinta posição, fechando o top 5 dos sites com maior alcance digital com um reach de 2,43 milhões de indivíduos (2,44 milhões em Agosto). Já o Jornal de Notícias viu o seu alcance digital subir dos 2,26 milhões de indivíduos para os 2,58 milhões e encerra agora o top 3, trocando de posição com o Público. No quarto lugar mantém-se o site Notícias ao Minuto (2,47 milhões). Entre os títulos generalistas, segue-se o Expresso, na oitava posição com um alcance digital de 2,14 milhões de indivíduos, enquanto o Diário de Notícias fica pela décima posição com 1,84 milhões de reach.

    A SIC, segunda entre os canais de televisão, ocupa a sétima posição com um reach de 2,16 milhões. Já a RTP ocupa o 16º lugar, com um reach de 1,04 milhões. Na rádios, a liderança passou em Setembro para as mãos da TSF. A estação do Global Media Group subiu dos 742 mil indivíduos alcançados em Agosto para 1,02 milhões no último mês, ultrapassando a Renascença, que desceu de 1,03 milhões para cerca de 703 mil indivíduos alcançados. A Comercial, do grupo Media Capital Rádios, ocupa a terceira posição com cerca de 388 mil indivíduos alcançados, mantendo-se à frente da RFM (342 mil), depois de ter ultrapassado em Abril a estação do grupo Renascença Multimédia.

    No segmento desportivo, o Record mantém a liderança, com 1,56 milhões de reach, enquanto O Jogo regista um alcance de 1,12 milhões de indivíduos. No segmento económico, a liderança está também nas mãos da Cofina, com o Jornal de Negócios a alcançar 1,23 milhões de indivíduos. O Dinheiro Vivo, do Global Media Group, fica pelos 821 mil indivíduos alcançados em Setembro.

    Aferindo os resultados dos grupos, a liderança mantém-se com a Media Capital, que totaliza um alcance multiplataforma de 3,79 milhões de indivíduos, seguida de perto pelo Global Media Group, que registou em Setembro um reach de 3,78 milhões de indivíduos. A Cofina surge na terceira posição com um reach de 3,74 milhões. Seguem-se a Impresa (3,3 milhões) e o Público (2,43 milhões). O ranking NetAudience apresenta desde Maio os números relativos ao reach agregado dos títulos que integram a rede Nónio: 5,21 milhões de indivíduos alcançados em multiplataforma.

    Fonte:https://www.meiosepublicidade.pt/2019/10/netaudience-tvi-mantem-lideranca-alcance-digital/

    • Like 2

  5. Altice impugna decisão da Anacom e diz que calendário para migração da TDT “será impossível de cumprir”

    alexandre-fonseca-ceo-altice-portugal-1-

    A Altice Portugal vai impugnar a decisão da Anacom relativa à alteração das condições associadas ao Direito de Utilização de Frequências (DUF) e reitera que o calendário da migração da faixa 700 MHz da TDT “será impossível de cumprir”, avançou a Lusa.

    A Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) anunciou em 8 de Outubro a decisão do plano de desenvolvimento da migração da rede de TDT para libertar a faixa dos 700 MHz, essencial para o arranque do 5G (quinta geração), e o respectivo calendário a ser cumprido pela Meo.

    Agora, numa nota enviado à Lusa, a Altice salienta que “continuam a existir considerações que suscitam muita preocupação e demonstram um grande desnorte”. “Desde logo, a alteração que a Anacom introduziu na decisão, face ao SPD [sentido provável de decisão], relativa à alteração das condições associadas ao Direito de Utilização de Frequências TDT”, justifica. Perante isso, “a Altice Portugal já comunicou ao regulador, ao Governo e ao Presidente da República que vai avançar juridicamente com impugnação desta decisão junto do Tribunal Administrativo”, refere a Altice, citada pela Lusa.

    Quanto ao calendário de migração aprovado – as alterações dos emissores que compõem a rede de TDT começam entre a terceira semana de Janeiro e a primeira semana de Fevereiro, terminando em 30 de Junho de 2020 -, a Altice Portugal “reafirma que se trata de um calendário que será impossível de cumprir, como aliás, desde há um ano, tem vindo a reiterar e justificar repetidamente desde o início da actividade do grupo de trabalho”, refere mesma nota avançada à Lusa.

    Fonte:https://www.meiosepublicidade.pt/2019/10/altice-impugna-decisao-da-anacom-diz-calendario-migraca-da-tdt-sera-impossivel-cumprir/


  6. Rakuten TV lança canal gratuito de streaming na Europa

    spacer.png

    A Rakuten TV vai lançar na Europa o seu primeiro canal de video on demand, gratuito, financiado com publicidade. O anúncio do novo canal decorreu durante a conferência AVOD on Rise, integrada no MIPCOM 2019.

    O gigante japonês Rakuten disponibilizava já na Europa, Portugal incluído, o serviço de streaming Rakuten TV. Ao contrário de outros serviços de streaming, a Rakuten TV não adopta a política de mensalidades, mas sim de pagamento unitário de conteúdos. Visionar um filme como Assim Nasce Uma Estrela custa 4,99 euros.  O interface passará agora a integrar uma secção “grátis”. A Rautken argumenta que expansão da sua oferta de negócios, combinando desta forma TVOD (Transactional Video on Demand) e AVOD (Ad-supported Video on Demand) é uma resposta “às novas necessidades dos telespectadores”.

    Segundo explicou em Cannes o CEO da Rakuten, Jacinto Roca, a oferta inicial contará com conteúdos europeus e de Hollywood, mas será alargada a produções exclusivas da Rakuten, como séries, documentários, notícias e desporto. O serviço ficará disponível na versão beta, ainda em 2019, nas smart TV e será depois alargado a outras plataformas como dispositivos móveis e computadores.

    “Esta é uma oportunidade única para a Rakuten TV, que já tem acesso directo a milhões de lares europeus através de um botão do comando das principais marcas de smart TV”, declarou Jacinto Roca. “Este é apenas o começo de um grande projecto que passa pelo lançamento de mais canais e de conteúdo exclusivo nos próximos meses”, revelou o CEO.

    Fonte:https://www.meiosepublicidade.pt/2019/10/rakuten-tv-lanca-canal-gratuito-streaming-na-europa/

    • Like 1
    • LOL 1

  7. Audiências da semana: Canal 11 com melhor resultado desde estreia em Agosto

    quadro-1-2.jpg

    Na semana 41 do ano, o consumo televisivo foi de 4h49m, o que representa uma subida de mais 8 minutos, relativamente à semana anterior.

    No que se refere ao share de audiência, a quota do Cabo desceu para os 38,6%, tal como a da TVI que caiu para os 13,8%. Estas perdas foram transferidas para a SIC, que viu o seu share crescer até aos 19,7%; e para a RTP1 que chegou aos 13,3% de quota.

    No ranking dos canais pagos mais vistos, a novidade vai para o desempenho do Canal 11 que ocupa o 9º lugar, com um retorno de audiência de 21 mil telespectadores/diários, esta capitalização de audiência deve-se à transmissão, no domingo, do jogo da equipa treinada por Jorge Jesus. Quanto aos lugares do topo mantém-se a CMTV e a Globo, segue-se o Hollywood que troca com a SIC Notícias, que por sua vez cai para a quarta posição. A meio da tabela encontra-se a Fox, seguindo-se o Disney. A TVI 24 perde dois lugares, ocupando a sétima posição; à frente da FOX Life, que repete a oitava posição. A fechar o top, destaque para o regresso do infantil Cartoon Portugal.

    Em semana de jogo da Selecção e como seria expectável, a liderança da programação coube ao Euro 2020: Qualificação/Portugal x Luxemburgo, com 22,3% de audiência média. Já as restantes posições pertencem a conteúdos SIC. No pódio encontram-se as novelas: Nazaré e Golpe de Sorte: Temporada Final. O regresso de Casados à Primeira Vista ocupou o 4º lugar, com 13,7% de audiência, tendo sido líder absoluto da programação de domingo. Terra Nossa foi dedicado a Toy, e alcançou o melhor índice de audiência de sempre: 12,6%, encerrando a tabela dos programas mais vistos da semana de 7 a 13 de Outubro.

    Na oferta da programação dos Pay TV, CMTV e Globo dividem entre si quatro dos conteúdos mais vistos. Já a alteração de relevo e que já referimos vai para o quarto lugar, que pertence ao jogo“Brasileirão/AT.Paranaense x Flamengo transmitido pelo Canal 11, e que foi visto por 182,2 mil telespectadores, o máximo que o canal atingiu, desde que começou a emitir no início de Agosto.

    quadro-2.jpg

    Fonte:https://www.meiosepublicidade.pt/2019/10/audiencias-da-semana-canal-11-melhor-resultado-desde-estreia-agosto/

    • Like 4

  8. O "falso" trailer do filme sobre Batatinha (com Companhia) que está a conquistar as redes sociais

    O trailer do filme "Batatinha" é descrito como "a resposta portuguesa ao 'Joker'".

    0LTx40V4e0I64zIHXstSWb8mz9s=

    No final da década de 1990 e no início dos anos 2000, o "Batatoon" conquistou milhares de 'pequenos e graúdos'. O programa da TVI tinha como protagonistas dois palhaços, o Batatinha e o Companhia. Esta quinta-feira, dia 10 de outubro, a história da dupla voltou a ser destaque nas redes sociais depois da produtora de conteúdos No Olho da Rua ter publicado um "fake trailer".

    O trailer "falso", que surge como resposta ao filme "Joker", foi publicado esta quinta-feira, dia 10 de outubro, no Youtube e soma centenas de partilhas nas redes sociais. Em menos de 24 horas, o vídeo foi visto mais de 13 mil vezes e tem recebido dezenas elogios.

    Segundo a sinopse partilhada no Youtube, "Batatinha' gira em torno do icónico palhaço e é uma história original, nunca vista no grande ecrã. Duarte Henriques ('Nação Benfiquista', 'A Bala Era a Lei') propõe uma exploração profunda de Batatinha, indelevelmente interpretado pelo próprio, como um homem que luta por encontrar o seu lugar na fracturada sociedade lisboeta".

    "O trailer é 'falso', não estamos a pensar avançar com um filme sobre este tema de momento, embora a reacção das pessoas nos esteja a fazer ponderar", conta ao SAPO Mag Marcos Bilro, um dos criadores da No Olho da Rua, que nas horas vagas faz de Companhia.

    Segundo o criador, o trailer faz parte da série "Uma Série de Sketches", que arrancou a 26 de setembro. "O trailer do 'Batatinha' é o sketch desta semana. Originalmente estávamos a pensar numa ideia para lançar no Halloween, mas quando um de nós sugeriu uma versão do 'Joker' com o Batatinha, soubemos que tínhamos de a lançar o mais depressa possível", explica.

    Em conversa com o SAPO Mag, Marcos Bilro explica que não estava à espera que o vídeo se tornasse viral tão rapidamente. "Honestamente, não contávamos que as pessoas reagissem de forma tão positiva, até porque os nossos números até aqui têm sido modestos", frisa.

    No Instagram, o verdadeiro Companhia confessou que gostava de ver o filme. "Estou desejoso de ver o filme completo", escreveu.

    Fonte:https://mag.sapo.pt/tv/atualidade-tv/artigos/o-falso-trailer-do-filme-sobre-batatinha-com-companhia-que-esta-a-conquistar-as-redes-sociais

    • LOL 2

  9. TV: Quem liderou as audiências, gravações e nas redes sociais em Setembro

    top-programas-setembro.jpg

    Em Setembro, o futebol continua a merecer a preferência dos espectadores, ao assumir as primeiras posições do top. Neste sentido, o melhor programa foi o Lituânia X Portugal transmitido na RTP1, a 10 de Setembro, com uma audiência média acima dos 2 milhões de espectadores. Seguiu-se o jogo da Liga dos Campeões, Benfica X Leipzig, transmitido na TVI, o único programa deste canal a figurar no top. O pódio fecha com outro jogo de apuramento para o Euro 2020, Sérvia X Portugal, transmitido na RTP1. De salientar também, na sexta posição, a estreia a 9 de Setembro na SIC, da novela Nazaré e também mais uma emissão da Gala dos Globos de Ouro transmitida nesse mesmo canal, a 30 de Setembro, que alcançou a oitava posição, com uma audiência média de 1.364.700 espectadores.

    Nos programas gravados e visionados no próprio dia, segundo o estudo Social Media Explorer, a liderança pertenceu à série Golpe de Sorte, desde um episódio especial transmitido a 1 de Setembro, seguido do último episódio da segunda temporada e da estreia da temporada final desta série. Já nas gravações de 7 dias, o melhor programa pertenceu à novela Nazaré, transmitido na SIC a 17 de Setembro.

    top-gravacoes-proprio-dia-setembro.jpg

    top-gravacoes-consolidado-setembro.jpg

    Nas redes sociais, segundo o Social Media Explorer, o programa que liderou o número de menções foi o Mais Futebol, que se destaca principalmente pelas próprias publicações na sua página de Facebook. Em segundo lugar da tabela ficaram os Morangos com Açúcar e em terceiro o Fama Show que se destacou principalmente pelas próprias publicações na sua página de Facebook e das páginas de Facebook do canal televisivo. O Programa da Cristina ficou na quarta posição. No quinto lugar ficou a telenovela Nazaré que estreou no início do mês na SIC. Na sexta posição ficou o Você na TV. Para finalizar este Top 10, encontram-se também duas estreias da TVI, Masterchef Portugal e Na Corda Bamba, a série Golpe de Sorte e o programa A Tarde é Sua.

    top-social-setembro.jpg

    Fonte:https://www.meiosepublicidade.pt/2019/10/tv-liderou-as-audiencias-gravacoes-nas-redes-sociais-setembro/

    • Like 2

  10. Sport TV passa a patrocinador da FPF e colabora com Canal 11

    spacer.png

    A Sport TV passou a ser patrocinador oficial das selecções nacionais da Federação Portuguesa de Futebol (FPF). As duas entidades assinaram um acordo por duas épocas que permite, entre outras áreas de cooperação, a partilha de conteúdos entre a Sport TV e o Canal 11.

    A intenção de avançar com o acordo de partilha de conteúdos era conhecida desde Julho.  O acordo foi assinado por Fernando Gomes, presidente da FPF, Tiago Craveiro, CEO da FPF,  Joaquim Oliveira, presidente do conselho de administração da Sport TV, e Nuno Ferreira Pires, CEO da Sport TV.

    Joaquim Oliveira considera que este acordo de patrocínio “é o culminar de uma longa relação de trabalho e confiança que as duas entidades mantiveram durante os últimos 20 anos e que tem sido absolutamente fundamental para a divulgação do futebol nacional e o engrandecimento internacional das selecções”.

    Já Nuno Ferreira Pires, CEO da Sport TV, indica que “na linha do trabalho desenvolvido na aquisição dos melhores conteúdos de futebol nacional e internacional, a Sport TV não só adquiriu os direitos da transmissão do Euro 2020 como assume agora uma posição privilegiada de parceiro e patrocinador das selecções nacionais, cumprindo um desígnio muito importante para esta causa que é de apoiar e fomentar a qualidade do futebol português”.

    Fonte:https://www.meiosepublicidade.pt/2019/10/sport-tv-passa-patrocinador-da-fpf-colabora-canal-11/

    • Like 1

  11. Eleven Sports chega às plataformas de streaming de áudio

    eleven-sports.jpg

    Uma série de podcasts da Eleven Sports com antevisões de competições cujos direitos são detidos pelo canal passará a ser disponibilizada através do Spotify, iTunes, Cast e Soundcloud. Champions Eleven, F1 Eleven, Planeta Eleven e NFL Eleven são os primeiros podcasts lançados pelo canal de desporto, com antevisões dos jogos da Liga dos Campeões, das ligas internacionais, das provas de Fórmula 1 e de competições como a NFL ou padel. As antevisões e análises pós-jogo disponíveis em podcast serão asseguradas pelos comentadores da Eleven Sports e por convidados.

    “Tanto o Spotify como os podcasts que lançamos agora reforçam o nosso compromisso de colocar os fãs no centro dos conteúdos desportivos que mais lhes interessam”, justifica Nuno Miranda, director de marketing e comunicação do canal, sublinhando que “com esta iniciativa, os fãs podem assim aceder às melhores histórias sobre o desporto, a qualquer hora e em qualquer lugar”. “Vamos certamente continuar a apostar neste tipo de ofertas diferenciadas que nos permitam criar uma ligação afectiva com as audiências e reforçar a forma como apresentamos e comunicamos o desporto em Portugal”, antecipa o responsável.

    No caso do Spotify, além dos podcasts sob o mote “Para ouvir da desportiva”, a Eleven Sports disponibiliza ainda “playlists musicais para todos os fãs de desporto que tenham interesse em treinar com a musicalidade dos conteúdos Eleven Sports (hino da Champions, hino da F1, hino do Liverpool, entre outros), assim como muitas outras curiosidades”.

    Fonte:https://www.meiosepublicidade.pt/2019/10/eleven-sports-chega-as-plataformas-streaming-audio/

    • Like 3

  12. Júlio Machado Vaz em formato de um minuto para Multicare na TVI

    jmv-2-300x227.png

    A Fidelidade, através da sua marca Multicare, vai estrear o programa televisivo Por Falar Nisso, protagonizado pelo psiquiatra Júlio Machado Vaz.

    A emitir na TVI, a partir de Outubro, com 28 episódios, o formato terá a duração de um minuto. O programa pretende analisar as questões, desafios e comportamento relacionados com saúde, tecnologia, futuro, filhos, envelhecimento e amor.

    “Procurando promover uma consciencialização social junto dos portugueses, este programa inovador é lançado no âmbito do compromisso da Fidelidade e da Multicare de investirem continuamente na procura de soluções de saúde cada vez mais inovadoras e globais, que apostem na educação e prevenção como garantia de qualidade de vida e bem-estar da população”, referem os responsáveis em comunicado.

    Fonte:https://www.meiosepublicidade.pt/2019/10/julio-machado-vaz-formato-um-minuto-multicare-na-tvi/

    Autoridade da Concorrência já notificou ERC

    tvi-300x200.jpg

    A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) já foi notificada pela Autoridade da Concorrência (AdC) para emitir um parecer sobre a compra da Media Capital pela Cofina, disse à Lusa fonte oficial do regulador.

    A ERC “confirma que já foi notificada pela Autoridade da Concorrência para emitir um parecer sobre a referida operação de concentração”, disse a mesma fonte à Lusa, acrescentando que o regulador dos media “não prestará declarações adicionais a este respeito”.

    A 3 de Outubro, a AdC tinha já confirmado que tinha sido notificada da compra da dona da TVI pela proprietária do Correio da Manhã.

    Fonte:https://www.meiosepublicidade.pt/2019/10/autoridade-da-concorrencia-ja-notificou-erc/

    • Like 2
    • Love 1

  13. há 15 minutos, Miguel Sousa disse:

    Os nomes dos canais já estão com os logos HD? Ou é preciso atualizar a box/reiniciar?

    Ainda não agora só quando sair uma actualização para as boxes...

    • Like 1

  14. há 9 minutos, Mundo disse:

    Gente, tenho MEO ADSL e o canal 504 não aparece como TVI HD, só aparece como TVI normal. Sabem como consigo resolver isso?

    Mas o canal esta em HD? Os nomes dos canais da TVI ainda não estão actualizados...


  15. Os vencedores dos Prémios Meios & Publicidade 2019

    fb-img-1570148114032.jpg

    Francisco Pedro Balsemão (Impresa), Tomás Froes (Partners) e Manuela Botelho (APAN) foram eleitos Personalidade do Ano em Media, Publicidade e Marketing, respectivamente, nos Prémios Meios & Publicidade 2019. Os resultados foram revelados esta quinta-feira à noite, numa cerimónia que consagrou o Lidl como Marca do Ano.

    A 17ª edição dos prémios contou com duas novas categorias, Título de Lazer & Lifestyle e Plataforma de Streaming/OTT, que consagraram a Time Out e o Netflix. A SIC foi eleita Canal do Ano e a Partners Agência Criativa do Ano.

    A escolha dos vencedores resultou de uma média ponderada dos votos dos assinantes da edição em papel do Meios & Publicidade (com um peso de 45 por cento), de um júri (45 por cento) e dos subscritores da newsletter do M&P (10 por cento).

    Confira a lista completa de vencedores.

    MARKETING E PUBLICIDADE

    Empresa de Publicidade Out-of-Home
    JCDecaux

    Agência de Design
    Solid Dogma

    Agência de Comunicação
    Hill+Knowlton Strategies

    Agência de Eventos e Activação
    Desafio Global

    Produtora de Publicidade
    Garage

    Agência de Meios
    Wavemaker

    Agência Criativa
    Partners

    MEDIA

    Título de Automóveis
    Turbo

    Título Desportivo
    A Bola

    Título de Televisão
    TV Guia

    Título de Sociedade
    Caras

    Título Feminino
    Máxima

    Título Masculino
    GQ

    Título de Lazer & Lifestyle
    Time Out

    Newsmagazine
    Visão

    Título de Informação Económica
    Jornal de Negócios

    Título Generalista
    Observador

    Rádio
    Comercial

    Canal Infantil
    Disney Channel

    Canal de Entretenimento
    Fox

    Canal de Desporto
    Eleven Sports

    Canal de Informação
    SIC Notícias

    Plataforma de Streaming/OTT
    Netflix

    Produtora de Televisão
    Plural Entertainment

    Canal Generalista
    SIC

    Lançamento do Ano
    Rádio Observador

    MARCA DO ANO
    Lidl

    PERSONALIDADES DO ANO

    Personalidade de Marketing
    Manuela Botelho (APAN)

    Personalidade Publicidade
    Tomás Froes (Partners)

    Personalidade de Media
    Francisco Pedro Balsemão (Impresa)

    No canal Q a cerimónia dos Prémios será emitida no sábado (5 de Outubro, às 22h30), com repetições no domingo (6 de Outubro, às 14h) e na segunda-feira (7 de Outubro, à uma da manhã).

    Fonte:https://www.meiosepublicidade.pt/2019/10/os-vencedores-dos-premios-meios-publicidade-2019/

    • Like 1

  16. Chegada da Rádio Observador ao Porto “está por horas”

    img-2892-300x200.jpg

    A Rádio Observador, projecto lançado pelo site de informação homónimo no final do passado mês de Junho com emissão na Grande Lisboa e online, prepara-se para chegar ao Porto. O anúncio foi feito por José Manuel Fernandes, publisher do Observador, no decorrer da cerimónia dos Prémios Meios & Publicidade, que tiveram lugar esta quinta-feira no Altice Arena. Ao receber o troféu de Lançamento do Ano pela criação da rádio, José Manuel Fernandes destacou “a concretização de mais um projecto impossível” e adiantou que “a emissão da Rádio Observador na cidade do Porto está por horas ou por dias”. Domingo, dia de eleições legislativas, será então o momento escolhido para o arranque na nova frequência, 98.4FM, fez saber entretanto a estação, anunciando estar a preparar uma cobertura especial dedicada ao acto eleitoral e apuramento dos resultados.

    A alargamento da presença em FM com uma frequência na Invicta, que se junta à frequência 98.7 com que emite em Lisboa, será mais um passo para garantir o crescimento da Rádio Observador, cujos objectivos ao nível das audiências Rudolf Gruner preferiu não quantificar aquando do lançamento do projecto. “Não sei a quem vamos roubar audiência e também queremos converter pessoas que não são ouvintes, mas não estamos a fazer isto para chegar a 10 pessoas”, afirmava o director-geral do Observador ao M&P, sem avançar metas em concreto.

    Fonte:https://www.meiosepublicidade.pt/2019/10/chegada-da-radio-observador-ao-porto-esta-horas/


  17. NOS lança o seu primeiro tarifário “Sem Limites”! Saiba os preços

    Se há uns anos as operadoras disponibilizavam tarifários bastante limitados, atualmente já não é assim. Com o aproximar da chegada do 5G, as operadoras sentem-se quase obrigadas a disponibilizar aos seus clientes tarifários “Sem Limites”.

    A Vodafone lançou recentemente o RED Infinity, o primeiro tarifário ilimitado de voz, SMS e dados móveis. A NOS anunciou agora o seu primeiro tarifário sem limites.

    NOS lança o seu primeiro tarifário "Sem Limites"! Saiba os preços

    Depois de ser o primeiro operador nacional a fazer uma demonstração live das potencialidades tecnológicas da quinta geração móvel e de lançar o primeiro smartphone 5G em Portugal, a NOS lançou hoje o seu novo tarifário 5G ready. Este tarifário não tem limite de dados móveis, chamadas e SMS.

    Este novo tarifário chega em duas versões: Sem Limites e Sem Limites Max.

    Preços dos tarifários Sem Limites e Sem Limites Max da NOS

    O tarifário Sem Limites oferece com velocidades até 10 Mbps e um valor promocional mensal de 34,99€. Por seu lado, o Sem Limites Max permite utilizar a máxima velocidade disponível nas comunicações móveis, por uma mensalidade promocional de 44,99€.

    As opções Sem Limites e Sem Limites Max vão estar disponíveis em pacotes com telemóvel no valor de €69,99 e €79,99, respetivamente.

     

    Os clientes que tencionem adicionar mais cartões Sem Limites ou Sem Limites Max podem fazê-lo por um valor de 24,99€ ou 34,99€, dependendo da velocidade pretendida.

    Na adesão à opção Sem Limites Max, os clientes contam ainda com a oferta extra de 24 meses gratuitos de licença NOS SafeNet, a solução de segurança online da NOS que combina antivírus e controlo parental para proteger os equipamentos de vírus e malware.

    Fonte:https://pplware.sapo.pt/smartphones-tablets/nos-lanca-o-primeiro-tarifario-sem-limites/

    • Like 1
×
×
  • Create New...