Jump to content

TekClub

Membros
  • Content Count

    1,542
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by TekClub

  1. TekClub

    Cinemundo

    Canal Cinemundo exibe seis filmes sobre histórias reais O canal Cinemundo dá destaque a filmes inspirados em factos verídicos a partir desta quarta-feira (19). Serão exibidos seis filmes que retratam histórias reais, passando por várias épocas e lugares. A seleção do canal inclui dois filmes premiados e dois filmes alemães, para além de alguns com elenco de luxo. O especial acontece a 19 e 26 de junho à tarde. Quarta-feira, 19 de junho Um Reino Unido – 15h40 O casamento controverso entre o Rei do Botswana e a britânica Ruth Williams é o foco do filme Um Reino Unido. A história de amor colocou o reino no centro de uma batalha diplomática, envolvendo o apartheid da África do Sul e o Reino Unido. Entre chantagens diplomáticas e a oposição de governos, os dois tiveram de provar o seu amor. Um Reino Unido conta com David Oyelowo e Rosamund Pike nos papéis principais, foi realizado por Amma Asante e estreou em 2017 nos cinemas portugueses. Um Ajuste de Contas – 17h30 Protagonizado por Arnold Schwarzenegger, Um Ajuste de Contas retrata um acidente em que dois aviões colidiram sobre a cidade de Überlingen, na Alemanha. A vida de dois estranhos, um trabalhador da construção civil e um controlador de tráfego aéreo, fica assim ligada para sempre. O título original do filme é Aftermath, foi realizado por Elliott Lester e estreou em dezembro de 2017 nos Estados Unidos. Uma Vontade Cega – 19h15 Inspirado no livro autobiográfico de Saliya Kahawatte, Uma Vontade Cega conta a história de um jovem com um segredo: ficou cego na adolescência. Apesar de conseguir um estágio num hotel de luxo, consegue manter o seu segredo e fazer tudo o que é necessário com determinação. É uma história de resiliência e amizade que data de 2017 e foi realizado por Marc Rothemund. Quarta-feira, 26 de junho A Queda de Wall Street – 15h Esta comédia biográfica venceu o Óscar de Melhor Argumento Adaptado em 2016. Explica como aconteceu a crise financeira de 2008 através da história de um grupo de investidores. Aclamado pela crítica, conta com Christian Bale, Brad Pitt, Steve Carell, Ryan Gosling e Margot Robbie no elenco. A Queda de Wall Street foi realizado por Adam McKay em 2016. The Fighter: Último Round – 17h30 Também protagonizado por Christian Bale, The Fighter conta a história de Dicky Eklund, um boxeur que se deixou levar pelo mundo das drogas e do crime. Mark Wahlberg representa o seu meio-irmão, um pugilista que vive na sombra do irmão. Num histórico combate, os dois juntam-se para redimir o seu passado. O filme venceu dois Óscares: Christian Bale como Melhor Ator Secundário e Melissa Leo como Melhor Atriz Secundária, em 2011. Foi realizado por David O. Russell e conta ainda com Amy Adams no elenco. Corre, Rapaz, Corre – 19h15 Este filme conta a história verídica de Jurek, uma menino judeu que foge das tropas nazis em Varsóvia durante a Segunda Guerra Mundial. Contra todas as expectativas, sobrevive fazendo-se passar por órfão polaco ao trabalhar no campo. Corre, Rapaz, Corre foi realizado pelo premiado Pepe Danquart em 2013 e exibido nos cinemas portugueses em 2015. Fonte:https://espalhafactos.com/2019/06/19/canal-cinemundo-exibe-seis-filmes-sobre-historias-reais/
  2. Se a CMTV tivesse na TDT ia ser bonito ia...
  3. Neste momento esta assim:
  4. TekClub

    Notícias TVI

    Aleluia estava a ver que não, será que vamos ter comédia novamente com a passagem para um lot
  5. TekClub

    CM TV

    Não entendo porque compram estes eventos desportivos e novelas para depois andarem sempre a pressa para que acabem para dar noticias, já era tempo de criarem um CM Noticias e a CMTV ficar mais generalista, até depois podiam concorrer a TDT com o canal de noticias.
  6. Também já se podem ver os filmes NOS STUDIOS+ nas boxes ÍRIS, na secção Arquivo. Como funciona o novo canal premium NOS Studios A NOS lança esta terça-feira, às 21h15, o canal de filmes NOS Studios. Disponível nas posições 16 e 81 em HD, e 56 em SD, o NOS Studios será gratuito para clientes do serviço de TV UMA. Pode também ser subscrito pelos restantes clientes por cinco euros por mês ou através da subscrição do Pack Canais Extra.Da lista de parceiros da programação do canal fazem parte a Disney, FOX, MGM, Universal e Warner. Até ao final do Verão o canal irá apresentar filmes como Tomb Raider, As Cinquenta Sombras Livre, Paddington 2, A Hora Mais Negra, Mundo Jurássico: Reino Caído e Mamma Mia! Here We Go Again. A par da experiência linear, o NOS Studios contará com o NOS Studios+, onde é possível pesquisar e ver filmes após a sua emissão, através da UMA TV, Iris e da app NOS TV. Até ao final de Julho, o NOS Studios+ terá disponíveis mais de 100 filmes. Até 18 de Julho o acesso ao NOS Studios é gratuito. Fonte:http://www.meiosepublicidade.pt/2019/06/funciona-novo-canal-premium-nos-studios/
  7. TekClub

    Notícias Grupo RTP

    Produtoras SPi de Portugal e La Claqueta de Espanha querem co-produzir três séries por ano As produtoras La Claqueta (Espanha) e a SPi (Portugal) fecharam uma parceria para o desenvolvimento de três séries de televisão por ano. O anúncio foi feito durante o Conecta Fiction, encontro de produtores de televisão que está a decorrer em Pamplona. As primeiras três séries já se encontram em fase de produção, estando agora os responsáveis à procura de novas ideias com potencial internacional que possam ser produzidas por ambos os países. As duas empresas têm também em produção a longa-metragem de animação A Viagem Mais Longa, que já tem o apoio da RTP, da TVE e da ETB (televisão do País Basco). “2019 foi o ano inaugural da SPi em termos de co-produção internacional, por isso esta parceria com a La Claqueta representa um passo extraordinário na consolidação do nosso trabalho em Espanha e reforça a estratégia de internacionalização da nossa empresa”, comenta José Amaral, director-geral da SPi. Recorde-se que a SPi está a co-produzir com a espanhola Portocabo a série de seis episódios Auga Seca, que irá estrear na RTP e na TV Galicia ainda este ano. Fonte:http://www.meiosepublicidade.pt/2019/06/produtoras-spi-portugal-la-claqueta-espanha-querem-co-produzir-tres-series-ano/
  8. TekClub

    Rádio

    Rádio Observador anuncia várias contratações e frequência em Lisboa Só falta saber a data de arranque. A Rádio Observador vai começar a emitir online, em 98.7 FM para a Grande Lisboa e prevê ainda uma frequência para o Grande Porto. Terá noticiários de 30 em 30 minutos, 24 horas por dia. Segundo informação avançada pelo Observador, as manhãs arrancam com a Maria João Simões (ex-locutora da RFM e da Comercial). Integram a equipa da manhã Carla Jorge de Carvalho (ex-SIC Notícias), Paulo Ferreira (que integrou as direcções da RTP, do Público e do Jornal de Negócios) e Judite França (ex-TVI). Ainda durante as manhãs, a Rádio Observador terá rubricas da responsabilidade da equipa editorial, como é o caso de José Manuel Fernandes, Miguel Pinheiro e Filomena Martins, a par de espaços de comentário desportivo a cargo de Pedro Sousa (Canal 11) e um espaço de humor com David Cristina. A emissão do fim de tarde será conduzida por Ricardo Conceição (ex-Renascença) e Ana Filipa Rosa (ex-RDP Internacional e rádio Zig Zag). O psicólogo Eduardo Sá e Alberto Gonçalves terão também presença diária ao fim da tarde. Está também confirmado um programa semanal de entrevistas conduzidas por Laurinda Alves e outro dedicado à História com Rui Ramos e João Miguel Tavares. Fonte:http://www.meiosepublicidade.pt/2019/06/radio-observador-anuncia-varias-contratacoes-frequencia-lisboa/
  9. TekClub

    NOS

    NOS lança canal próprio de filmes e admite vir a ter um canal de desporto A NOS lançou hoje o seu canal próprio de filmes, o NOS Studios, e admite poder vir a lançar um canal de desporto, tendo o nome NOS Sports sido registado na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC). "A NOS é líder em entretenimento" e os "consumidores portugueses veem cada vez mais conteúdos", afirmou o administrador executivo da operadora, Luís Nascimento, na apresentação aos jornalistas do canal NOS Studios, em Lisboa. Este novo canal de conteúdos de filmes, dirigido a "toda a família", é pensado para "as novas tendências e multiplataformas", acrescentou, reforçando a aposta da operadora de telecomunicações na oferta de conteúdos de entretenimento. Este canal "surge de uma procura constante de encontrar oportunidades nos nossos clientes para os deixar mais felizes connosco", prosseguiu o gestor. Além deste canal exclusivo, a NOS obteve autorização da ERC para a "atividade de televisão através do serviço de programas temático de desporto, de cobertura nacional e acesso condicionado, denominado NOS Sports", de acordo com a deliberação do regulador media. Questionado sobre isso, Luís Nascimento referiu que a NOS vai "garantindo" que consegue "registar e guardar marcas que podem ter potencial muito interessante no futuro" e a NOS Sports "é uma delas". O administrador executivo da NOS recordou que a operadora é 'naming sponsor' da Liga de futebol, pelo que "faz sentido" que um canal de desporto "esteja em cima da mesa". Questionado quando é que o canal será lançado, Luís Nascimento disse que o facto de haver um registo da marca não quer dizer que o canal avance. "Não estou a dizer que o canal vai chegar, equacionamos esse canal", afirmou. Sobre se existe mais alguma área temática que suscite a criação de um outro canal próprio, o gestor admitiu que sim, mas não adiantou mais pormenores. Fonte:https://www.sapo.pt/noticias/economia/nos-lanca-canal-proprio-de-filmes-e-admite_5d08ee3eadb0667d2887dce0
  10. Já esta aqui tudo sobre o canal:https://www.nos.pt/institucional/PT/media/Documents/2019.06.18 NOS_Studios_PR.pdf Na NosTV e na UMA, na área A minha TV, há uma nova secção chamada NOS STUDIOS+ onde estão disponíveis diversos filmes: Notícia do Público NOS Studios:https://www.publico.pt/2019/06/18/c...-filmes-operador-domina-sector-filmes-1876816
  11. Audiências TV: Duas décimas separam TVI e RTP1 Na semana 24 assistimos a uma recuperação do consumo televisivo, para as 4h37m, o que relativamente à semana anterior representa um crescimento do tempo de visionamento por indivíduo superior a 8 minutos. No que respeita à repartição da audiência, o share dos canais Cabo subiu para os 36,5%. Já a SIC afasta-se da TVI ao atingir os 19,2% de quota; a estação de Queluz, depois de na semana passada ter sido ultrapassada pela RTP1, recupera a segunda posição dos FTA, embora registe o desempenho de share mais fraco dos últimos anos: 14,4%. Já a RTP1, após o máximo de share da semana anterior, cai na semana de 10 a 16 de Junho para os 14,2% de quota de audiência. Na liderança dos canais pagos mais vistos mantém-se a CMTV, embora o retorno do canal da Cofina registe o índice de audiência mais fraco do ano: 62,8 mil telespectadores/dia. A Globo continua também a assegurar a segunda posição, com uma audiência de 54,4 mil telespectadores. Segue-se o Hollywood, que ultrapassa a SIC Notícias, que por sua vez desce para o quarto lugar. No meio da tabela encontra-se o Disney, seguido pela Fox, ambos a subirem um lugar. A TVI 24 perde duas posições e ocupa o sétimo lugar, ficando à frente do Cartoon Portugal, que repete a posição da semana anterior. Já os lugares finais pertencem aos regressos da Fox Life e do AXN. Golpe de Sorte, com 12,3% de audiência média, revelou-se o programa mais visto da semana. A segunda posição pertenceu à nova temporada de Quem Quer Namorar com o Agricultor?II/Especial, que atingiu os 11,5% de audiência, e que foi mais uma vez, o líder da programação de domingo. Segue-se o Jornal da Noite. Na quarta posição encontra-se o único programa da TVI a marcar presença na tabela da semana: A Prisioneira. O formato access prime time de Quem Quer Namorar com o Agricultor?II – Diário fecha o ranking. Com 174 mil telespectadores a liderança da programação dos Pay TV coube à novela da Globo O Sétimo Guardião. Na segunda posição encontra-se Investigação CM/Quanto Custa Ser Berardo. Seguem-se de novo novelas da Globo: Terra Nostra e Orfãos da Terra. A edição de quinta-feira de CM Jornal 20H encerra o top da semana. Fonte:http://www.meiosepublicidade.pt/2019/06/audiencias-tv-duas-decimas-separam-tvi-rtp1/
  12. O canal 11 já tem licença para emitir:http://www.erc.pt/download/YToyOntz...WF1dC10diI7fQ==/deliberacao-erc2019122-aut-tv
  13. Parece que o canal vai fazer parte do Pack Canais Extra, já aparece na gestão de conta na UMA.
  14. O que esta previsto e arrancar as 21:15 com o primeiro filme A Hora Mais Negra.
  15. TekClub

    Like Me

    Este reality e tão bom tão bom que em noite de gala nem 1 post tem aqui, quem e que saiu?! ninguém quer saber...
  16. 5G: Altice Portugal realiza primeira transmissão televisiva do país em parceria com a RTP A Altice Portugal anunciou que protagonizou hoje com a RTP "a primeira transmissão televisiva em Portugal" em rede de quinta geração móvel (5G), com o presidente da operadora a classificar este passo como "histórico e inédito". Este momento "é histórico e inédito, sendo um orgulho para a Altice Portugal ter sido o operador a protagonizar a primeira transmissão televisiva em direto", afirmou à Lusa o presidente executivo da dona da Meo, Alexandre Fonseca. O gestor sublinhou que a Altice Portugal "tem sido chave no `roadmap` para o 5G" e referiu que "este é mais um passo para a liderança, tratando-se de uma demonstração em ambiente real de uma tecnologia do futuro". "Aliás, os operadores de televisão serão uma das áreas que beneficiarão da implementação desta tecnologia, que garante maior eficácia associada a uma gestão mais eficiente de recursos", concluiu Alexandre Fonseca. Em comunicado, a Altice Portugal adianta que na demonstração que decorreu no Altice Arena foi permitido interligar uma estação 5G, instalada naquele espaço durante o evento, a Monsanto para fazer uma transmissão na RTP, em direto, via 5G. "A demonstração consistiu na ativação de um ecossistema pré-comercial de 5G, do terminal de cliente às plataformas de serviço. O equipamento terminal (router) foi desenvolvido para suportar a nova tecnologia, a qual consiste numa nova rede de rádio e numa nova rede de controlo 5G, bem como na utilização de um conjunto de antenas ativas, mais complexas e inteligentes. Com este sistema é possível atingir um débito de comunicação de até 1,7 Gbps [gigabytes por segundo]", explica a dona da Meo, na nota. Em ambiente real e tendo o `gaming` (universo dos videojogos) em pano de fundo, a Altice Portugal "garante, este fim de semana, a cobertura integral do Altice Arena com 5G durante o Moche XL Esports by Huawei, o maior evento de desportos eletrónicos da península Ibérica", conclui a operadora. Entre as principais características do 5G estão a maior velocidade da transmissão de dados e uma maior conectividade entre os objetos. Esta tecnologia vai impulsionar o desenvolvimento de veículos autónomos como de cirurgias à distância, por exemplo. Em Portugal aguarda-se a decisão sobre qual vai ser o modelo de atribuição de licenças 5G. Fonte:https://www.rtp.pt/noticias/economia/5g-altice-portugal-realiza-primeira-transmissao-televisiva-do-pais-em-parceria-com-a-rtp_n1154207 A RTP Arena esta disponível na posição 813 em directo do MocheXL
  17. Pelo menos já tem uma coisa positiva da para ver fora de casa no Nos TV ao contrario dos TVCines.
  18. Como a RTP está a criar o seu próprio “Netflix” Lançado em 2011, o RTP Play tem sofrido alterações substanciais nos últimos meses. A plataforma de streaming está cada vez mais parecida com o Netflix, oferecendo séries, filmes e documentários on-demand. Há também conteúdos exclusivos a passar só no RTP Play. Em 2011, quando mais nenhuma estação de televisão em Portugal pensava em disponibilizar os seus conteúdos online, a RTP lançou o RTP Play. A plataforma começou por permitir assistir à emissão dos canais de televisão e de rádio do grupo em directo e rever alguns programas. A qualidade de transmissão nem sempre era a melhor, mas o RTP Play foi inovador na sua altura e antecipou toda a revolução do streaming que anos mais tarde viríamos a assistir. Em 2015, a TVI apresentou o TVI Player e, também nesse ano, o Netflix chegou a Portugal. E o RTP Play melhorou. “Os serviços de streaming estão há algum tempo a ganhar destaque, os padrões de consumo estão a mudar com ajuda da qualidade de acesso à internet em casa como em redes móveis. Este padrão rege-se pela ideia de consumo ’vejo o que quero, quando quero e onde quero’. Este comportamento acontece em faixas etárias mais novas e estas gerações estão focadas nos dispositivos que utilizam diariamente, muitas vezes de forma compulsiva”, descreve Pedro Landeiro, responsável da área de desenvolvimento e tecnologia do Departamento Multimédia da RTP, numa conversa por e-mail com o Shifter. “Neste momento existe uma forte movimentação no negócio dos serviços de streaming. O Netflix é de longe a referência mais sólida a este respeito, tem ditado as normas em relação à experiência de utilização, conteúdo, e modelo de negócio.” O RTP Play deixou de estar organizado por canais e passou a valorizar mais os conteúdos de televisão e de rádio que, no universo RTP e nos canais tradicionais, são apresentados em grelhas de programação contínua. Nesse sentido, passaram a existir destaques temáticos, com as séries, os filmes e os documentários a ganharem secções próprias na homepage do RTP Play. “Muito deste conteúdo já estava presente mas que não tinha uma estratégia de destaque e organização eficaz”, esclarece o responsável. A interface do RTP Play no computador oferece agora uma experiência de ecrã completo, imersiva e desapegada do site da RTP; e vai buscar alguma inspiração ao Netflix. Logo no topo existe um carrossel das séries que a RTP está a transmitir ou transmitiu recentemente, organizadas por episódios e temporadas; algumas aparecem com a indicação ‘série completa’, outras com a etiqueta ‘novo episódio’, ajudando o utilizador a perceber se pode fazer binge-watching ou se tem um novo capítulo para ver. Mais em baixo, há um carrossel com filmes e outro com documentários. “É um grande desafio construir uma plataforma que albergue diferentes tipos de conteúdo com formas e expectativas de consumo distintas, contudo, esta é uma realidade comum a várias empresas de media, públicas e privadas. Neste paradigma, não existe uma única fórmula de avaliar o esforço e de manter o nível de serviço de forma eficaz.” O RTP Play conta actualmente com 13 canais de televisão e 15 de rádio em directo, o que representa um esforço de infra-estrutura gigante, principalmente quando se trata de transmissões desportivas. “No último Mundial, em que Portugal foi campeão, chegámos a utilizar cerca de 90 Gbps de largura de banda, apesar de os jogos terem sido transmitidos na televisão em simultâneo.” Já para ver ou rever mais tarde, em diferido, o RTP Play oferece actualmente cerca de 2800 programas/temporadas, o que se traduz em 200 mil episódios. “Quando temos um grande número de conteúdos on-demand cria-se uma dispersão de acessos e temos que procurar ter a mesma qualidade de serviço”, explica Pedro Landeiro. “Neste momento, utilizamos uma Content Delivery Network para distribuir o conteúdo da forma mais consistente possível pelo mundo inteiro, dado que, todos os meses, pessoas de todos os continentes e de mais de 150 países utilizam o RTP Play.” Se o RTP Play é maioritariamente alimentado com os conteúdos que passaram num dos canais tradicionais da RTP, há também programação exclusiva em streaming. A ideia é que “o serviço deixe de ser apenas o repositório de programas que passaram na televisão e na rádio, sendo em simultâneo um ponto de encontro de novos formatos com audiências que não encontram identificação nos lugares mais tradicionais”. No RTP Play já é possível encontrar as séries que chegam do ‘laboratório experimental’ RTP Lab, ou um conjunto de canais de vídeo e de rádio só com transmissão online. Por exemplo, agora vai ser possível assistir ao campeonato do mundo de futebol sub-20 no RTP Desporto; e há rádios de jazz, de música portuguesa ou de fado com emissão contínua. Os mais novos também encontram conteúdos no RTP Play: há uma televisão ZigZag sempre a emitir, uma rádio também, e há uma secção especial chamada ZigZag Play onde podem encontrar os seus programas favoritos. O RTP Play tem outros pormenores interessantes. Se clicarmos para ver em directo a RTP 3, o canal de informação da RTP, irá aparecer em baixo uma secção com notícias soltas que poderemos escolher e assistir. Há programas de rádio em formato podcast, jogos de futebol para rever na íntegra e também transmissões de concertos para ver e ouvir. Há ainda séries cujos novos episódios estreiam primeiro na RTP Play, por volta da hora do almoço, e só depois à noite são transmitidos na RTP 1 – uma forma de trazer valor para a plataforma de streaming da estação. A qualidade de som e imagem do RTP Play recebeu uma melhoria significativa recentemente, pois os conteúdos passaram a ser carregados para a plataforma de forma directa e deixaram de ser ‘recortados’ da transmissão televisiva. “Progredir nesta questão, quando está montado um legado substancial com outros requisitos, é uma transformação tecnológica no processo de publicação de conteúdo, maioritariamente automático, que envolve investimento e fluxos mais robustos para gestão de ficheiros”, refere Pedro. Muitas das séries de ficção e de outros conteúdos da RTP já são disponibilizados com qualidade 1080p no serviço, “um passo muito importante para a experiência do utilizador”. “Este é um processo ainda a decorrer e que em breve vai oferecer melhor qualidade de imagem de forma mais transversal”, acrescenta o responsável. Ainda há muito trabalho por fazer no RTP Play, como melhorar as apps para telemóvel, trazer o RTP Play para o grande ecrã (smart TVs, Apple TV…) ou desenvolver um modo offline, que permita descarregar conteúdos para ver em viagem, por exemplo. “O RTP Play é um produto que cada vez mais ganha corpo em várias frentes. O serviço está a caminhar para ser o mais abrangente possível e estar presente na maior parte dos dispositivos modernos. Este é um processo que está em construção e é um objectivo que acaba por ser obrigatório num serviço universal.” Fonte:https://shifter.sapo.pt/2019/06/rtp-play-streaming-netflix/
  19. TekClub

    NOS

    Não entendo porque raio vão fazer um canal de desporto quando tem a Sportv, depois contratar jornalistas fazer uma redacção vão dar numa de Zap e fazer uns estúdios, não entendo como isto vai ter viabilidade financeira com tanta oferta de canais dessa temática ainda se fosse gratuito e concorressem a TDT...
  20. Instagram não funciona? Rede Social está com problemas à escala mundial Depois das enormes falhas da Vodafone e da PSN, agora é a rede social Instagram que está com problemas. As queixas chegam de todo o mundo e ainda não se sabe ao certo o que está a acontecer. O serviço não funciona via web, assim como nas versões mobile. Hoje o dia não está fácil para alguns serviços digitais e até para a própria operadora Vodafone. No início da manhã alguns utilizadores da Vodafone queixaram-se da falta de serviço, especialmente móvel, e depois foram os utilizadores da rede PSN. Ao cair da noite a rede social Instagram começou a apresentar falhas e agora encontra-se totalmente inoperacional para milhares de utilizadores. À data da escrita deste artigo, o site downdetector já registava mais de 30 mil “queixas”. Até ao momento não há qualquer informação sobre o problema, tendo apenas os responsáveis pela rede informado que estão a investigar o bug. O Instagram é 6ª rede social mais utilizada no mundo, de acordo com a Statista, em 2019. Além disso, é uma das redes em maior crescimento, sendo uma empresa detida pelo grupo Facebook. Fonte:https://pplware.sapo.pt/informacao/o-seu-instagram-nao-funciona-rede-social-esta-com-problemas/
  21. Os plafonds já acabaram para novos clientes, oferecem o pack extra a clientes uma, e os clientes antigos mantém o que tinham.
  22. Vodafone: utilizadores com problemas de Internet em Portugal A Vodafone é uma das operadoras de Internet que mais satisfeitos tem deixado os seus clientes. No entanto, não está livre de problemas. Nos últimos minutos são vários os utilizadores que estão a reportar problemas de ligação à Internet em todo o país. Também já notou este problema? Vodafone sem net… Por volta das 14h começaram a surgir as primeiras notificações à Vodafone de problemas associados ao acesso à Internet. No nosso grupo Pplware @ Hardware, são também já inúmeros os comentários que relatam problemas. As falhas são aparentemente intermitentes. Ou seja, por vezes o acesso à está rápido, como em seguida falha. Este problema está a afetar todos os serviços de da Vodafone, nomeadamente o serviço móvel e fixo, e por conseguinte, telefone e TV. A Vodafone ainda não se pronunciou à cerca deste problema, ficamos a aguardar declarações. Também está com problemas? Fonte:https://pplware.sapo.pt/informacao/vodafone-problemas-de-internet-portugal/
  23. Também não entendo um canal premium numa posição tão baixa, se o canal fizer parte do pack extra ai pronto esta explicado os clientes uma tem esse pack incluído no pacote.
  24. TekClub

    NOS

    O Nos Estudios e a versão pobre dos TVCines, o Nos Sports pode ser a versão pobre da SporTV com muito menos conteúdos...
  25. TekClub

    NOS

    Pelo que la esta escrito na descrição do canal vão passar maioritariamente futebol: "O propósito deste serviço de programas é «acrescentar valor à oferta de conteúdos televisivos [sendo] diferenciador pela oferta de eventos desportivos de futebol e outras modalidades ao vivo para os assinantes do Canal».Atendendo à atratividade que a temática do desporto conjuga junto dos espetadores, o requerente afirma reunir «todas as condições para o aproveitamento de sinergias intra-grupo, nomeadamente ao nível de direitos televisivos desportivos e de produção, para que um serviço de programas deste tipo possa ser contratado, produzido e emitido». Assim, o NOS SPORTS surge «como um projeto viável, quer porque vem corresponder a uma temática de forte interesse de mercado, quer pelo modelo de comercialização, que assenta no regime de acesso condicionado com assinatura». Com este projeto a NOS LUSOMUNDO TV, SA, vem reforçar o papel da temática desporto, «cuja programação tem por modalidade predominante o futebol, podendo, também, incluir outras modalidades, que tenham relevância nacional»." O mais provável acontecer é passar os jogos da BTV para este canal e a BTV passa para sinal aberto, não estou a ver e as outras operadoras terem um canal com o nome da concorente.
×
×
  • Create New...