Jump to content

CatarinaC

Membros
  • #Conteúdo

    94
  • Registado Em

  • Última Visita

Reputação

162 Bom

Sobre CatarinaC

  • Rank
    Principiante da TV

Quem visitou o meu perfil

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. CatarinaC

    Política

    https://observador.pt/especiais/antonio-costa-comprou-casa-no-rato-e-vendeu-a-pelo-dobro-10-meses-depois/
  2. CatarinaC

    Política

  3. CatarinaC

    Política

    É mais fácil fazer dos proprietários os maus da fita e o Estado e a CM os salvadores e defensores dos inquilinos que vão resolver todos os problemas. Mas tenho a certeza que a Câmara Municipal de Lisboa que expropriou proprietários de prédios na zona da Mouraria para construir uma mesquita vai encontrar uma solução. (https://www.dn.pt/portugal/interior/tribunal-decide-inicio-da-mesquita-da-mouraria-9013135.html) "Os prédios foram vendidos em 2006, estavam em ruínas e a Câmara Municipal de Lisboa (CML), que tinha o direito de preferência, não os quis comprar. Exigiu que as obras mantivessem a traça antiga porque estava numa zona histórica e com interesse arquitetónico, agora nada disso vale e quer deitá-los abaixo", protesta. Uma visita aos edifícios comprova os cuidados na reconstrução e nos materiais usados, como as escadas de madeira e a manutenção de azulejos. Acrescenta que está manietado quanto à rentabilidade dos edifícios porque oficialmente foi expropriado e nem consegue fazer novos contratos de arrendamento. "Mas não é a câmara que está a pagar todos os meses o empréstimo bancário", diz.Reverter a decisão camarária tem sido o projeto de vida dos últimos anos de António Barroso e da mulher. "Tem-me dado cabo da vida, estou doente." Contratou uma advogada para recorrer à justiça, multiplica-se em contactos para sensibilizar as entidades para a sua situação. Estivemos na Rua do Benformoso há uma semana, precisamente no dia em que António Barroso teve uma reunião com o presidente da autarquia, Fernando Medina. "Correu mal. Diz que o tribunal lhes dá razão, que foi o tribunal que decidiu o valor das indemnizações, não quer negociar. O que eu quero é uma permuta para poder manter o meu projeto, para ter um rendimento quando me reformar. Se não for possível, que me indemnizem com o dinheiro suficiente para comprar na zona edifícios como este e poder recuperá-los." E o facto do Medina ser presidente da câmara é uma mais valia, em 2016 comprou um duplex bem abaixo do preço de mercado.
  4. CatarinaC

    Política

    Pode ser que um dia a tua ideologia se vire contra ti e pode ser que mudes de ideias. Deves achar que todos os senhorios são ricos e que todos os inquilinos acima dos 65 anos são os pobres coitados. E volto a repetir: o Estado se quer assegurar habitação a estas pessoas ele pode fazê-lo, mas é com o dinheiro público e com os imóveis que tem. Não obrigue é privados assumir funções que são dele, porque fazer política social com o dinheiro dos outros também eu faço.
  5. CatarinaC

    Política

    Para mim o Estado é uma entidade externa, está ao meu serviço ou devia estar. Esta lei não as vai proteger, vai fazer precisamente o contrário, vai lhes dificultar o arrendamento. Se o Estado quer protege idosos dá-lhes habitação (o Estado tem imóveis), não pode obrigar privados a substituírem o Estado numa função que é dele. O que este governo quer fazer é obrigar os privados cumprirem um função de política social sem qualquer custo para o Estado. Privados não são a Santa Casa da misericórdia.
  6. CatarinaC

    Política

    Eu considero a nova lei das rendas socialista e populista, só alguém complemente ignorante no que diz respeito ao funcionamento do mercado é que faria uma legislação destas. https://observador.pt/2018/04/27/ps-propoe-regime-para-proteger-de-despejos-idosos-a-viver-ha-mais-de-15-anos-na-mesma-casa/ "Está prevista a renovação automática dos contratos de arrendamento para inquilinos com mais de 65 anos ou deficiência igual ou superior a 60% que vivam na mesma casa há mais de 15 anos. O prazo proposto pelo Executivo para estas medidas de salvaguarda é de 25 anos". - Estas pessoas vão ter muito mais dificuldade em arrendar casa. Nenhum senhorio no seu perfeito juízo vai arrendar casa/apartamento a pessoas nestas condições. Durante o período de transição, o senhorio só poderá opor-se à renovação do contrato ou denunciá-lo se necessitar do imóvel para habitação própria ou de um descendente em primeiro grau. - Ataque ao direito de propriedade privada. https://www.dn.pt/portugal/interior/ps-estuda-proposta-para-congelar-despejos-9288430.html Outro ataque ao direito de propriedade privada. http://app.parlamento.pt/webutils/docs/doc.pdf?path=6148523063446f764c324679595842774f6a63334e7a637664326c756157357059326c6864476c3259584d7657456c4a535339305a58683062334d76634770734f44517a4c56684a53556b755a47396a&fich=pjl843-XIII.doc&Inline=true art. 10.º/4 "As pessoas sem abrigo têm o direito de indicar como morada postal um local de sua escolha, ainda que nele não pernoitem" Deve ser alguma piada. Alguém já sugeriu o Largo do Rato, para a sede do PS e eu subscrevo. https://eco.pt/2018/04/23/lisboa-amadora-coimbra-e-viseu-querem-reduzir-imi-de-proprietarios-que-cobrem-renda-acessivel/ “Propomos que a taxa liberatória sobre os rendas recebidas, que é de 28% para a generalidade dos contratos de arrendamento, possa ser de 14% para contratos superiores a 10 anos e de 10% para contratos superiores a 20 anos” A única medida minimamente inteligente, mas duvido que tenha grande efeito. Com a instabilidade que se vive em Portugal a nível de leis, principalmente fiscais e com tantas ideias iluminadas dos socialistas como esta da nova lei da habitação eu não arrendaria a ninguém por tanto tempo. É muito tempo, a imprevisibilidade do que poderá acontecer não dará grande tranquilidade a um senhorio. E o delírio socialista atinge patamares estratosféricos: https://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/ps-propoe-requisicao-forcada-de-casas-vazias-para-habitacao Em conclusão: esta lei só pode ter como objectivo exterminar o mercado de arrendamento. Eu se tivesse uma apartamento em Lisboa no centro histórico entre arrendá-lo a uma família/pessoa ou utilizá-lo para arrendamento local a minha escolha seria óbvia. Quem fez isto não faz a mínima ideia de como o mercado funciona ou sabe perfeitamente a bomba que isto é fé-la por simples populismo. Esta lei não vai resolver problema nenhum, muito pelo contrário. Isto torna-se ainda mais surreal quando pensamos que esta lei é feita com base nas circunstância do mercado do arrendamento de Lisboa e também no Porto. Infelizmente, com a quantidade de população analfabeta que temos isto é maravilhoso para angariar votos. O poder que o Estado português tem perturba-me, acho incrível como a população de um país que todos os anos no 25 abril festeja a "liberdade" vive tão tranquilamente com o domínio do Estado sobre a sua vida. Eu celebro a liberdade todos os dias, o meu 25 de abril só faz sentido conjugado com o 25 de novembro. A minha luta pela liberdade é feita acima de tudo contra o próprio Estado.
  7. CatarinaC

    Política

    Eu sou liberal, por acaso. Mas antes neoliberal do que socialista. Grande governo de esquerda não haja dúvida... (austeridade, mínimos históricos em investimento público...). Mas também não falta a estupidez socialista, a nova lei das rendas é a prova disso.
  8. CatarinaC

    Política

    O mesmo raciocínio pode ser utilizado no que diz respeito ao orçamento de Estado.
  9. CatarinaC

    Política

  10. CatarinaC

    Festival Eurovisão da Canção 2019

  11. CatarinaC

    Política

  12. CatarinaC

    Política

    Talvez Rio, o indeciso. São os dois maus candidatos. O Rio é ingénuo ao ponto de pensar que pode formar um bloco central enquanto o Costa estiver à frente do PS. É claramente quem o PS prefere para liderar o PSD. E tem o apoio da pior porcaria dentro do partido (Pacheco Pereira, Manuela Ferreira Leite... ).O Santana parece não ter substância, mas ao menos não pretende transformar o PSD no PS. Nenhum deles serve como líder de um partido com o PSD. Ou o partido sofre uma alteração profunda ou arrisca-se a deixar os seus eleitores órfãos, que irão procurar representação noutro partido. Há sempre a possibilidade uma alteração do panorama nacional que provoque a queda do PS, mas não me parece provável. Felizmente para mim o mais recente partido português é uma brisa de ar fresco, uma alternativa num país seco a nível político: Iniciativa Liberal https://eco.pt/2017/12/16/iniciativa-liberal-ja-e-um-partido/
  13. CatarinaC

    Política

    Qual é a ligação do governo anterior ao assunto em questão?
  14. CatarinaC

    Política

    Vamos ser dos últimos a assinar por pura incompetência do Governo. Isto não é a assinatura de um livro de recordações de um casamento. É questão prioritária e estratégica na qual o país devia estar na linha frente.
  15. CatarinaC

    Política

    https://www.publico.pt/2017/11/14/politica/noticia/portugal-assina-mas-so-no-ultimo-minuto-e-nao-e-por-culpa-da-geringonca-1792377 Não se cansam de envergonhar o país...
×