Jump to content

ruio1999

Membros
  • Content Count

    359
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by ruio1999

  1. Finalmente lançaram o resto do grafismo, a BTV já andava a usar a parte de introdução das equipas desde do inicio da época.
  2. Era mesmo esse que andava a procura, só não lembrava se era na Ilha dos Amores ou Equador. "TVI: NA VANGUARDA DA TECNOLOGIA" 12 anos depois...
  3. Esse logo do HD é tão 2008. E acho que é o mesmo de quando tinha um separador a dizer que tal produção tinha sido gravada em HD.
  4. Neste momento apenas o DOG, a mosca do SS e os separadores estão em HD.
  5. No inicio foi exclusivo MEO, só depois foi para a ZON e outras operadoras em 2010. Até a Taça da Liga chegou a dar em HD por essa altura.
  6. Andaram-me estes atrasados a emitir em 4:3 e 16:9 SD na década de 2010 desnecsariamente, até Belmonte está a dar em HD! (não é propriamente uma surpresa tendo enconta que já gravam ficção em HD desde 2008) Isto só prova que estas mentes brilhantes de Queluz-de-Baixo acreditavam mesmo que mudar de resolução faria mossa nas audiências , a televisão de sinal aberto andou uma década atrasada tecnologicamente porque porque o Imperador Palpatine da audiências televisivas nacionais se recusava a evoluir. Felizmente, a RTP como não tinha nada a perder em 2013 (estavam tecnicamente mortos por essa altura) fez a evolução para o 16:9 SD e depois temos em 2015 a saga SIC/TVI, quem vai ser a ultima a fazer a transição para o formato panorâmico?. Na minha opinião foi um empate, mas a transição da SIC foi feita de maneira profissional e viu-se que tinham a mudança preparada (estrearam oráculos novos para os noticiários e os separadores já eram produzidos em 16:9 aos anos), já a da TVI foi completamente em cima do joelho só para não ficarem a atrás da SIC nessa novidade de 2000 que era o 16:9 (tivemos durante meses o oráculos em 4:3 esticados em 16:9 e separadores que se viam mesmo que tinham sido feitos em 4:3 safe, uma mixórdia). A RTP e SIC decidem começarem com as emissões regulares em HD nativo em 2017 e 2016, a televisão portuguesa entrava finalmente em 2010. Mas o Darth Sidious da audiências televisivas nacionais recusava-se a evoluir, até que em 2019 perde o trono para SIC que rouba a sua cara principal e começa emitir noticiários em HD. Pelo meio até a RTP começa a emitir noticiários em HD a partir do estúdio de Lisboa. Entretanto a casa a arder em que se tinha transformado a TVI que vai tendo dias em que ficava em atrás da RTP1 e em algumas horas atrás da RTP2 decide finalmente começar a emitir regulamente em HD (11 anos depois da miragem que foi a TVI HD de regime especial no Euro 2008 na MEO) e estranhamente com uma transição bastante profissional e silenciosa, é agora o único canal dos chamados 4 generalistas de sinal aberto a emitir a sua programação diária em HD a 100%. RTP1: primeira experiência em 16:9 em 1997, 15 anos (2013) para a transição definitiva para 16:9 SD/primeira experiência em HD em 2008, 9 anos (2017) para a transição definitiva para 16:9 HD/primeira experiência em 4K UHD em 2014; RTP2: primeira experiência em 16:9 em 1997, 14 anos (2012) para a transição definitiva para 16:9 SD; SIC: primeira experiência em HD em 2009, 6 anos (2016) para a transição definitiva para 16:9 HD. TVI: primeira experiência em 16:9 em 1994, 21 anos (2015) para a transição definitiva para 16:9 SD/primeira experiência em HD em 2008, 11 anos para a transição definitiva para 16:9 HD.
  7. Bem-vinda a 2010, TVI.
  8. Será que quarta já vou poder ver a Champions sem ter de recorrer a IPTV?
  9. ruio1999

    Cidade Despida

    Tive a sorte de há uns tempos apanhar o DVD no MediaMarkt por uns 2€, melhor negocio de sempre. Isto é soberbo.
  10. Em canais que estão a tentam finalmente ser de primeiro mundo: No canal que tenta tudo para continuar a ser de terceiro mundo: ORGULHO!
  11. Já se sabe quando começam a emitir em HD?
  12. https://matchtv.ru/football/matchtvnews_NI1062563_Zajavlenije_Match_TV_o_situacii_s_oplatoj_translacii_Portu___Krasnodar?utm_source=twitter.com&utm_medium=social&utm_campaign=v-svyazi-s-bolshim-kolichestvom-informatsii&utm_content=31902057 Declaração "Match TV" sobre a situação com o pagamento da transmissão "Porto" - "Krasnodar". Telas de documentos estão anexados Devido à grande quantidade de informação, rumores e especulações sobre a transmissão do jogo de regresso entre Porto e Krasnodar a 13 de Agosto, no âmbito da 3ª ronda de qualificação da Liga dos Campeões, o director criativo da Match TV Gavriil Gordeev fez uma declaração oficial: - Inicialmente, o FC Porto insistiu em vender os direitos televisivos do jogo por 200 mil euros, o que é dez vezes superior aos preços de mercado. Como resultado de longas negociações e em conexão com um alto nível de interesse do espectador, a Match TV expressou sua disposição em adquirir direitos de TV por 50 mil euros, embora esse custo fosse claramente alto demais. O montante correspondente foi registrado no contrato. O mesmo contrato estipulava que a Match TV pagaria até 1º de setembro de 2019 (ver foto). Isto é devido ao fato de que, a fim de fazer um pagamento em moeda, de acordo com a legislação da Federação Russa, é necessário preparar uma série de documentos. Nenhuma cláusula no prazo para pagamento compulsório por 1,5 horas antes do início da partida não está especificada no contrato (essa condição é difícil de imaginar em qualquer contrato como um todo). Ao mesmo tempo, o FC Porto forneceu à Match TV todos os parâmetros necessários para aceder a um sinal de televisão do estádio Dragau. No entanto, às 20h20, horário de Moscou, recebemos uma carta do lado português, na qual os artistas, referindo-se ao presidente do clube, cancelavam o acordo sobre as condições de pagamento e exigiam pagamento antes do jogo. Junto com a carta recebida, o acesso ao sinal de TV foi bloqueado (ver foto). É claro que, em tão pouco tempo, não poderíamos transferir a quantia necessária de alguma forma por uma razão banal: todos os bancos já fecharam. Para resolver o problema, oferecemos várias opções ao FC Porto, incluindo a oferta de um cartão bancário corporativo, do qual os portugueses poderiam amortizar a quantia necessária, mas recusaram, e portanto não tínhamos a capacidade técnica para mostrar a partida.
  13. Na Vodafone. Espero que entrem na NOS em breve.
  14. Estava em HD. Mas era um HD fraquito.
×
×
  • Create New...