Jump to content

André F. 1906

Membros
  • Content Count

    2,667
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by André F. 1906

  1. André F. 1906

    Prisioneira

    Não me surpreende minimamente que abdiquem do Omar e da Teresa, a novela desde o início que não é carne nem é peixe, o casal supostamente protagonista passou vários episódios sem interagir um com o outro, o que fez com que o público não se afeiçoasse minimamente a eles enquanto casal, do outro lado desde o início que tivemos bombas, raptos, facadas, assaltos e mais variações de crime que existam, grande parte deles sem trazer qualquer interesse para a história. Tudo isto junto deu um cocktail péssimo, que fez com que a novela até ao momento seja um rotundo 0, não há nada para ver aqui. Quase todos os personagens são irrelevantes, o elenco é muito bom mas foi completamente desaproveitado com personagens que não têm interesse nenhum, estas personagens que agora saem com exceção do Omar e da Teresa se se confirmar, não fazem falta nenhuma, mas quem diz estas diz quase todas as outras que vão continuar, como é que com este elenco se faz esta borrada? O exemplo máximo de desperdício de talento é a Rita Salema que está remetida ao papel de uma secretária completamente insignificante, sair da novela é a melhor coisa que lhe pode acontecer. Isto já nasceu torto desde o início, no entanto se esquecessem a história das bombas e das organizações criminosas a coisa até se podia compor minimamente, pensei que fosse isso que ia acontecer com a suposta mudança na novela, com o aparecimento do padrasto do Fredy e ideia peregrina de derrubar a organização dele e blá, blá, blá, a aposta até final vai mesmo ser o caminho inverso, vai ser um chorrilho de mortes, raptos e afins, um erro na minha opinião, mais um, dai que não me surpreenda que a Teresa e o Omar desapareçam, acho um erro mas a aposta vai mesmo no sentido de enterrar ainda mais a novela.
  2. André F. 1906

    Like Me [T2]

    Nem um daqueles telemóveis da Alcatel de 10 euros deram à rapariga que ganhou, que vergonha alheia. Quanto ao Desafio, no global os concorrentes foram bem escolhidos a meu ver, dispensaria o Tiago, o Nuno, e a Isabela, numa edição mais curta e que se quer polémica, acho que não têm nada a acrescentar, pelo menos estes 2 últimos acho mesmo que eram desnecessários, mas isto deve ser um entra e sai constante, qualquer coisa saem ao fim de uns dias. É certinho que a Sofia vai entrar para o barraco com o Wilson, e o próprio Cláudio Coelho vai de certeza entrar por causa da Rita, falando nesta última tive mais de 15 minutos a tentar perceber que concorrente era aquela porque não estava a ver quando entrou, está bastante mudada a nível visual. O Savate também deve fazer uma perninha, a entrada da Elisabete não me parece inocente. Dispensava totalmente esta história dos posts e insta stories da carochinha, é um Desafio à SS, por mim assumiam isso e esqueciam esta treta dos likes e posts.
  3. André F. 1906

    Prisioneira

    Têm que acabar com esta história do terrorismo e do atentado o mais rápido possível. Enquanto espectador que ainda não perdeu nenhum episódio da novela, estou farto e cansado desta temática, ainda para mais com a importância que têm na história, cheguei a uma fase em que não quero saber quem é que ordenou ou deixou de ordenar o atentado, é me igual que o personagem X ou Y faça parte da rede, e eu até elogiei isto há 2 semanas, simplesmente acabem com isto, por mim o único enredo que ainda podia ter alguma ligação com esta temática era o da personagem da Lia Gama e do neto. Para além disso, o triângulo ou quadrado: Glória, Fredy, Tomé, e aparentemente a namorada do Tomé, não acrescenta nada à história, a Glória ter-se introduzido na família do Tomé teve um propósito, mas não há mais nada para ver aqui. Depois há uma série de personagens e atores mal aproveitados pelos fracos enredos em que estão inseridos, alguns deles sempre que aparecem parece que estamos a ver uma repetição de cenas anteriores deles. O personagem da Benedita Pereira está remetida a ser a amante do Diogo, que é para mim um dos personagens mais enfadonhos da novela, e confidente da Teresa, já foi dado a entender que está envolvida também na história da rede terrorista, mas como espero que isso não se alongue muito mais, espero que lhe arranjem algo decente, a Benedita merece. O personagem da Sara Prata apaixonou-se pelo homem que deu cabo da vida do irmão, desinteressante, ainda por cima não têm qualquer química com o Victor Hugo. Mas pior que estes todos na minha opinião é o Diogo, que personagem enfadonho, esta história da filha então, está a ser construída de uma maneira bastante constrangedora. Nem vou falar no desperdício que é ver a Rita Salema ter a mesma importância para a história que o Miguel Costa tinha nas Poderosas. Espero que se apercebam que esta história do terrorismo não só não foi capaz de atrair público, como ainda cansou quem vê a novela, portanto o caminho é piorar se continuarem nesta linha. Acabem com o quadrado amoroso que referi acima, e atirem a Glória para cima do Omar, é clichê mas seria muito mais interessante do que o que nos têm sido apresentado até agora, falando em Omar, há um conjunto de caminhos a explorar na relação dele com a Teresa, apostem nisso de vez, e como disse, com a Glória metida ao barulho, a Kelly e a Joana têm qualidade para nos proporcionarem boas cenas. Por mim seriam eliminados da história numa hipotética reformulação da história, os personagens do: Victor Hugo, Ângelo Torres, Thiago Rodrigues, Paulo Pires, Paula Lobo Antunes, Rita Salema, Sérgio Praia e José Wallenstein.
  4. Encontrar o pai da Rosa que supostamente vivia em Odeceixe, e mais não digo para não te spoilar.
  5. André F. 1906

    Prisioneira

    Gostei do que introduziram no episódio de ontem que está relacionado com o personagem do Graciano Dias, sempre torna o personagem mais interessante e aparentemente a organização terá um papel fundamental na história. A única critica que continuo a fazer é o excesso de flashbacks, ainda ontem num curto de espaço de tempo temos o personagem do Diogo Infante na cama com a Joana Seixas em Lisboa, e passado 2/3 cenas aparece ele no Médio Oriente na mesma casa onde no presente a filha dele estava escondida.
  6. André F. 1906

    Prisioneira

    Acho que a novela têm potencial e planeio acompanhar pelo menos os primeiros tempos, mas este episódio não deu para mim. Não tinham necessidade de estar constantemente com saltos temporais para a frente e para trás, a relação do Omar e da Teresa é um dos principais enredos da novela, senão o principal, podiam ter ido com um pouco mais de calma para criarmos alguma afinidade com os 2, ao invés disso preferiram andar com tanta rapidez que num momento temos o Omar numa prisão no Médio Oriente e pouco depois já está na Estação de Santa Apolónia, quando supostamente entre estas 2 cenas passaram-se anos senão interpretei mal.
  7. Obviamente que nada do que ele diz nesse vídeo é verdade, pela forma como fala e as referências que utiliza, nota-se perfeitamente que foi o Carlos Coutinho Vilhena que idealizou o vídeo e escreveu o texto. Quem ainda assim tiver duvidas veja os vídeos, seja de Bon Vivant, seja os sketchs soltos, que estão no canal de YouTube do Carlos.
  8. @Corppiz Seria pedir muito colocares o link dessa notícia relativo à final 4 da Champions de Futsal? Não consigo ver o que publicaste...
  9. André F. 1906

    Belmonte ®

    Uma das minhas novelas preferidas de sempre, no entanto não vou acompanhar esta reposição, revi há pouco mais de 1 ano na TVI Ficção, para além disso já tenho o meu tempo ocupado com A Teia, MCA6, e com Ouro Verde, e ainda queria pegar em Cordel Encantado visto que na altura não tive oportunidade de acompanhar as 2 semanas finais, o tempo não dá para tudo, daqui a alguns anos terei todo o gosto em rever a novela mais uma vez, por agora não.
  10. Este cenário do café não é uma reciclagem do café do Sábio?
  11. Começou 7 minutos antes do previsto.
  12. Salvaguardando as devidas distâncias, parece-me do que estive a ler, que a linguagem e cenas vão ser ao estilo de “Vingança”, é o melhor exemplo que me ocorre. À hora em que vai ser transmitida vejo os MCA 6 no Biggs, mas sou capaz de arranjar um tempo para pelo menos ver a primeira semana.
  13. André F. 1906

    TVI em Direto

    Olhem quem é ela, Vanessa Lotiana.
  14. André F. 1906

    A Teia

    O final teve demasiada irracionalidade para o meu gosto, para prender a Diana bastava colocar um localizador ou algo do gênero no avião, ao contrário do casaco, ela não teria como saber, isso bastava, sempre se poupava mais um momento heróico do Simão sem qualquer nexo. Não que seja propriamente relevante, e provavelmente só eu é que liguei a isso, mas não gostei da libertação das miúdas, a Diana a dizer que dava informações sobre o paradeiro delas, e no final de contas, os 2 cúmplices estavam ali à vista, deixam-nas como quem deixa os filhos na escola, e vão embora tranquilos. Venha de lá a segunda temporada, estou bastante curioso com isto do segundo assassino.
  15. André F. 1906

    A Teia

    Notei uma grande inspiração na minha série preferida(Prision Break), na cena em que o Jaime ficou com o pé preso no rio, o Jaime foi o Sucre neste cena, e o Simão o Michael.
  16. André F. 1906

    SIC em Direto

    O Dário Guerreiro em Leiria também repetiu material, mal ele começou a atuação já eu sabia o que ele ia dizer, é pena, mas percebo o lado deles, é material já testado, que sabem que resulta, acabam por jogar pelo seguro numa atuação que será vista por milhares de pessoas.
  17. André F. 1906

    TVI em Direto

    Gosto bastante do formato roast, não se faz muito em Portugal, mas das vezes que se têm feito têm corrido bastante bem( Rui Xará, Sic Radical, Toy), boa aposta por parte da TVI, por acaso pensava que seria transmitido pela Radical. O Sinel é a melhor escolha para roast master em Portugal, o lote de convidados também foi muito bom, aliás muitos destes estiveram nos 2 roasts que mencionei acima, a Pipoca já tinha surpreendido no roast da Sic Radical, mais uma vez voltou a estar bem, só sinto falta do Dário Guerreiro que esteve genial no roast ao Rui Xará, foi o melhor.
  18. André F. 1906

    RTP1 em Direto

    A azia do NBC é qualquer coisa, não era a minha preferida, apesar de gostar bastante da música, mas era de longe a que têm mais potencial para fazer um bom resultado lá fora, portanto só podia dar Conan, vitória mais do que justa.
  19. Pela primeira vez, não vi um episódio do Max até ao fim, nem na terceira temporada o tinha feito, a premissa era bastante desinteressante, fiquei logo de pé atrás, não bastásse isso, o personagem do Zeca esteve especialmente intragável neste episódio, já o era na temporada anterior, mas neste episódio caprichou. Vai ser uma temporada na linha da anterior, ou seja muito fraca, seja no texto, na realização, etc., ver o episódio da primeira temporada, e depois passar para isto, é todo um nível de regressão. A Ana Varela foi uma boa adição, tal como a Madalena Brandão o tinha sido na temporada anterior. Por mera curiosidade, fui ver se o elenco adulto tinha promovido a estreia desta temporada nas redes sociais, ninguém o fez, nem o Fernando Luís, a ideia com que fico, é que nem sequer sabiam que ia estrear hoje.
  20. Exatamente a minha opinião, gosto bastante da do Matay, está na minha playlist, agora o objetivo é escolher a canção com mais probabilidade de ter sucesso lá fora, e essa é a do Conan, portanto ele que seja o escolhido.
  21. André F. 1906

    RTP1 em Direto

    A minha preferida é a do Matay, a que fará um melhor resultado lá fora, é a do Conan, portanto que vença ele.
  22. Pedro Durão, Joana Miranda e Maria Domínguez, são os novos apresentadores do CC.
×
×
  • Create New...