Jump to content

123456

Membros
  • Content Count

    16
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

8 Concorrente do Love on Top

About 123456

  • Rank
    Vou ser o próximo Bruno Santos

Recent Profile Visitors

1,322 profile views
  1. 123456

    Sugestões RTP1

    O objetivo das estações públicas deve ser lutar por audiências como qualquer outra estação, mas de forma decente e correta... as privadas são bem mais agressivas porque é assim que funciona o mercado e a isso são obrigadas. A BBC1 é líder de audiências no Reino Unido. A TVE1 é líder de audiências em Espanha. Em França o somatório dos canais públicos France 2 e France 3, entre outros, ultrapassa a da líder privada TF1... E se se puder educar jovens, cumprindo a sua vertente de serviço público também, ser alternativa Às privadas, ter mais audiência e superar a TVI/SIC é um all in one que só beneficia a RTP1, os jovens e os anunciantes. Acabo por ver que te contradizes no terceiro parágrafo face ao que escreveste no primeiro período de frase, antes da vírgula...
  2. Talvez por isso queiram meter a RTP Informação na TDT, não achas? Concerteza viram algumas coisas para o dizer... O Prós e Contras é outro programa de informação que está com problemas sérios de posicionamento em horário, sendo o mais indicado o timeslot das 22:00... É como o Rmeteora diz: é uma grelha demasiado lotada. Podiam complementar mais com a RTP2 de facto. Mas voltemos ao assunto do tópico: Quem Quer Ser Milionário. Já nos estamos a desviar.
  3. 123456

    Sugestões RTP1

    A série juvenil é uma telenovela, pickles. Desde 2003 que há telenovelas juvenis neste horário. E é gravada ainda por cima, como todas são. Um programa em direto, direcionado aos jovens, não só combate como superará a TVI neste horário. Embora de facto admita que ocorre uma quebra nos públicos que vêem a RTP1 quando se passa ao Telejornal, mas quem sabe? possa levar os jovens a ver mais informação. E isenta, como é a da RTP1. Era uma win-win situation para os dois lados. O Sociedade Civil é um nado morto. Existe há demasiado tempo, e sofre de uma falta de dinamismo execrável. Tem um bom papel teórico, sim, mas nada mais que isso. Precisa de ser refrescado e inovar. De novelas às 14:00 já se conhece tal fórmula há anos. Se a RTP quer agarrar jovens tem que arriscar. Outro dia vi uma classificação por públicos que até me asusstou num programa da RTP1... abaixo dos 35 anos as percentagens de jovens a ver o canal são MINÚSCULAS, abaixo dos 7%. E os jovens de hoje são os adultos do amanhã, não te esqueças. A TVI tem programas dirigidos aos jovens (A Verdade de Cada Um, MCA/I Love It), a SIC tem programas também (Cante Se Puder, O Formigueiro no tempo que emitia), a RTP nem um embora o 5PMN fizesse esse trabalho, mas já está desgastado e o impacto do programa nos jovens não é o mesmo que outrora.
  4. Os informativos estão esgotadíssimos. Devem sair. É como se tivesses uma "Grande Reportagem" todos os dias quase, só que nalguns casos dividida em 2... é de loucos. Basta um programa por semana ao sábado logo após o Telejornal, de grande relevância jornalística, ou dois se se quiser competir com o jornal de domingo também por exemplo. Isto não é a RTP Informação, é a RTP1.
  5. 123456

    Sugestões RTP1

    Se o problema são os concursos tira-se o concurso das 17:00 para meter lá o Preço Certo em Euros, estende-se meia-hora o Regiões e mais meia-hora o Portugal no Coração e está feito. Ou então fazes 3 horas de Portugal no Coração, sim, como se já não bastasse termos as privadas a encher chouriços durante 3h em que 1h30 é promoção aos 760's e 1h30 é conversa dos quais 30 minutos se aproveitam dali com "sumo"... E para tua informação, o horário que precisa de mais investimento não é o horário nobre; é o horário de acesso, das 18:00 às 20:00 com particular incidência na última hora, porque é o que abrange mais públicos e supostamente pode fazer mais audiências. Isto foi alguém da Marktest que o disse, não fui eu. O segundo mais importante é realmente o horário nobre (20:00-24:00). Mas isso é para uma generalista... A minha grelha dá alternativas a quem não tem cabo (que não tem o Curto Circuito por exemplo). Like it or not, são 25% da população portuguesa neste momento. Nem o Curto Circuito concorre com a ideia do programa jovem às 18:35 sequer já que faz 17:45-18:30 no horário. E aliás, entre um pseudo programa português para jovens low-cost feito com 45 minutos e uma série internacional qual achas mesmo que o público vai optar? Colocar um programa destes na RTP2 só em horários alternativos, como o late-night... o que se provou certo, inicialmente com A Revolta dos Pastéis de Nata e mais tarde com o próprio do 5PMN que acabou por migrar para a RTP1 o que representa o sucesso que é ter um programa jovem num horário alternativo, senão nem tinha migrado. A gestão desse horário ter sido bem feita ou não este ano é que já é outra história, mas pronto.
  6. Penso que uma solução para a questão da informação seria algo como isto: 20:00 - Telejornal 20:45 - Bem Vindos a Beirais 21:45 - Quem Quer Ser Milionário 22:45 - 5 para a Meia-Noite 23:30 - Informativo RTP 24:00 - 24 Horas. Era uma grelha simples e coesa. Mas o principal problema é que não se pode simplesmente colocar os informativos no late-night sem justificação prévia, ou isso fá-los-ia entrar em descrédito. Tem de se justificar a coisa. Por outro lado, com esta grelha o infotainment ia simplesmente ao ar quase, por causa da presença de Bem Vindos a Beirais ou do Quem Quer Ser Milionário e da falta de espaço na grelha... O principal problema da grelha da RTP ao horário nobre é que se deve lá colocar o concurso, a novela, o infotainment, o late night talk-show e os informativos... mas os últimos precisam de ser justificados. Não há espaço que chegue. Vai ter de se abdicar de alguma coisa, e acho que optaram pelos informativos.
  7. 123456

    Sugestões RTP1

    Sim, tens razão... a ideia seria mais encurtar custos que outra coisa, mas o Zig Zag já existe na RTP2, pelo que acabo a concordar contigo. A aposta pelo Lingo a esta hora funciona como disruptivo das privadas; vais perceber porquê no meu próximo quote. Mas ainda bem que te agradam, fico contente Tens de ir além do simples "são demasiados concursos" na minha grelha... abrangem públicos diferentes e têm propósitos diferentes. Uns são de serviço público e outros não. » O Lingo é o típico Quem Quer Ganha da TVI mas done right, com uma apresentação sóbria, descontraída e divertida. Não é de serviço público, é verdade, mas o público que vê as generalistas a essa hora quer é conteúdos populares daí a minha aposta num programa destes, que sempre dá outra dinâmica ao horário. (a resposta também serve para o último post do Gonçalo e à referência do Rmeteora eheh) » O Preço Certo em Euros é claramente regionalista, como podes aliás ver pelo programa que passa à hora que passa. Tens entre as 13:45 e as 17:00 três programas virados para as regiões: um de entretenimento, um talk-show e um informativo. Tal como tens atualmente, mas bastante mais estendidos ao longo da grelha (15:15-20:00, são 4:45 em vez de 3:15!). Mais do que acho ser necessário. » A aposta por um concurso da RTP (possivelmente repetido por exemplo) para as 17:00 serve essencialmente porque é o horário mais "caro" para as TVs. O painel 17-18 como se diz em rádio é o painel menos visto de todo o dia. Um autêntico deserto. Daí que, aos poucos que vêem, importa dar alternativa aos conteúdos das privadas, novamente com dinamismo. Daí essa aposta. Este concurso já tem de ser de cultura geral para vincar bem a diferença e cativar e agarrar os poucos teleespetadores que andam neste horário, e abrange todos os públicos, preparando bem para a série estrangeira das 18:00 e o programa dos jovens às 18:35, ou seja, não é disruptivo.
  8. 123456

    Sugestões RTP1

    A minha aposta para uma grelha assenta nos seguintes pilares: profissionalismo, informação, sobriedade, juventude, serviço público, competitividade face às estações privadas. Assim sendo, aos dias de semana esta seria a minha aposta para a RTP1: 06:30 - Bom Dia Portugal, com João Tomé de Carvalho, num formato igual ao de 2002 mas atualizado para a realidade atual. Com apontamentos de informação regional (5 minutos) às 07:20, 08:20, e abertura dos mercados às 08:30 entre outros. 09:30 - Zig Zag 1ª Edição. É por volta das 09:30/10:00 que os putos que têm aulas à tarde se começam a levantar, e nada melhor do que a RTP capitalizar nisso dando-lhes 45 minutos de desenhos animados de qualidade. 10:15 - Lingo, com Jorge Gabriel (a partir do Porto) e com sumário de notícias (simultâneo RTPinformação) às 10:55. 11:00 - Viva a Manhã (formato SIC 11 Horas) com Catarina Furtado. 13:00 - Jornal da Tarde 13:45 - Regiões. Programa de 30 minutos com ligação aos centros regionais da RTP. Em Lisboa/Setúbal está a Sandra Fernandes e no Porto o João Fernando Ramos... 14:15 - Portugal no Coração, com José Carlos Malato e Tânia Ribas de Oliveira. 16:15 - O Preço Certo em Euros com Fernando Mendes. 17:00 - Sumário de notícias (simultâneo RTPinformação) 17:05 - Concurso RTP, por exemplo O Elo Mais Fraco em reposição. Intervalo breve às 17:35 para acompanhar o fecho dos mercados (máximo 5 minutos) 18:00 - Série internacional (por exemplo Simpsons para os quais a RTP já detém direitos) 18:35 - Sem Limites, talk-show jovem estilo Curto Circuito done right (lembram-se do formato de 2001?), para combater DE FRENTE com as novelas para idosos a esta hora e com o "I Love It" da TVI. Adicionalmente beneficia de apanhar todos aqueles que têm horários à tarde e acabam de sair das aulas e aqueles que já as tiveram de manhã. É aposta de risco mas há que fidelizar públicos e rejuvenescer a RTP. Sinergias previsíveis com a Antena 3, e termina o 5 Para a Meia Noite. 20:00 - Telejornal + O Tempo 20:45 - Bem Vindos a Beirais 21:45 - Quem Quer Ser Milionário com Manuela Moura Guedes 22:45 - Infotainment RTP, por exemplo Portugueses pelo Mundo 23:30 - Informativo RTP (por exemplo 30 Minutos, O Nosso Tempo, Sexta às 11) 00:00 - 24 Horas 01:00 - Última Sessão 03:00 - Televendas Horários aproximados, devo ressalvar. Ao fim de semana a história seria diferente, em que mantenho a maior parte dos conteúdos mas com algumas novidades. Aqui no Sábado estão os horários que alterava: 10:00 - Anti-Crise 10:30 - Velocidades (rubrica RTP Informação) 11:00 - Portugueses pelo Mundo (rubrica infotainment RTP) 11:45 - Cuidado com a Língua (rubrica infotainment RTP) 12:15 - Só Visto (variedades) 13:00 - Jornal da Tarde 14:00 - Aqui Portugal 20:00 - Telejornal 20:45 - Manuela Moura Guedes 21:45 - Sabe ou Não Sabe 22:45 - Herman 2013 (direto) 01:00 - Última Sessão 03:00 - Televendas O Domingo está bom e nem lhe mexo como está atualmente. Acrescentaria apenas uma série da RTP em substituição do Só Visto às 13:45. Domingo
  9. Parece-me excelente ser a MMG a apresentar isto. Uma grande cartada da RTP para segurar a MMG após o final do concurso (e uma bem agressiva do ponto de vista das audiências, diga-se) seria inaugurar ao fim de semana um espaço semanal jornalístico de autor. Ou seja, em bom português, um programa, de duração de 45 ou 60 minutos, apresentado pela Manuela Moura Guedes ao mesmíssimo estilo do Jornal de Sexta mas como programa informativo e não como jornal. Poderia ficar por volta das 19:00 ou das 20:45 como grande lead-in para respetivamente o Telejornal de sábado/domingo ou para o grande formato de entretenimento habitual aos sábados na RTP1 (que atualmente é o Sabe ou Não Sabe com o Vasco Palmeirim). Dava mais audiências e servia para a RTP poder dizer que tem uma informação verdadeiramente plural. Seria no entanto importantíssimo que antes do começo do programa se indicasse que o espaço era da responsabilidade da própria, para não queimar a RTP com isto. Outra coisa que por mim podiam fazer era apostar no Herman 2013 em direto e não em diferido; em diferido fica sem interesse à hora que é dado, em direto será um atrativo extra face às privadas (ao estilo do Herman 97/98/99/SIC). Se o colocassem à sexta seria espetacular. Há que optimizar as coisas lá para os lados da RTP. A grelha está boa, mas tem que ser melhor organizada e principalmente tem-se de pensar num misto de serviço público e procura de audiências. E parece que é o que andam a fazer agora.
  10. Pedi mais informações à Direção de Programas da RTP e assim que as tiver darei.
  11. Se bem me lembro esta telenovela veio para a RTP1 a um preço simbólico ou mesmo a custo zero através de uma parceria... Gosto da telenovela. A história é muito diferente do que é pastoso e habitual nas privadas, é fresca, e sempre dá para lavar as vistas. E olhem que ultimamente nem vejo nenhuma novela, mas esta agradou-me.
  12. As promos deviam explicar mais o conceito do programa, aquilo não é teaser nenhum de jeito... Infelizmente em alguns programas a RTP continua a sair-se mal na promoção...
  13. Por acaso penso que esta série é daquelas que é muito boa para fazer concorrência a uma telenovela algures no daytime das 19:00 em substituição temporária do gastíssimo Preço Certo...
  14. 123456

    5 Para a Meia-Noite

    Defendo que o 5PMN devia começar não às 23:30 como o Nilton diz, mas às 23:00-23:10, dependendo de ter 45-60 minutos... e depois faziam um simultâneo do 24 horas da RTP Informação com a RTP1, como antigamente. Era um excelente lead in e era abrangente visto que o 5PMN embora mais focado nos jovens também capta públicos mais velhos
  15. A RTP2 anda muito fraquinha... Podiam usar muitos dos programas da RTP Informação - até mesmo as sínteses às 17:00, como em 2004 e como foi regra durante anos! Enfim. Agora vão colocar as séries às 22:40 novamente em vez de as meter num horário mais cedo, estilo 17/18 horas...
×
×
  • Create New...