Jump to content

Jenny

Membros
  • Content Count

    1,372
  • Joined

Community Reputation

1,505 Artista do Somos Portugal

About Jenny

  • Rank
    Comento crimes na CMTV

Recent Profile Visitors

4,182 profile views
  1. Jenny

    Política

    Parece que o António Costa está a fazer sucesso nas redes sociais espanholas pela forma como defendeu Espanha em relação à atitude holandesa de não querer emitir Eurobonds devido a esta situação do COVID-19! Pessoalmente, concordo inteiramente com o discurso do primeiro-ministro. Não me venham falar de diplomacia e dizer que ele perdeu a razão ao usar a palavra "repugnante"! É realmente repugnante (e até desumano, acrescento eu) que um país diga que não vê necessidade de emitir Eurobonds numa situação destas! Só faltava a Holanda ter dito novamente que Espanha não tinha dinheiro porque tinha gastado tudo em "copos e mulheres" (já que o espírito do Dijsselbloem se mantém)! São situações destas que nos provam que a União Europeia precisa de uma reformulação séria ou morre. Não pode ser só um grupo de países em que está tudo bem quando está tudo bem, mas depois começam a retrair-se de uma responsabilidade comum quando há algo que afecta TODOS! Porra, ainda por cima isto vir de uma Holanda! Uma Holanda que é uma espécie de paraíso fiscal que retira milhões de euros a outras economias europeias ao atrair as empresas para pagarem impostos lá em vez de pagarem no país de origem! Por favor! Noção, Holanda! Noção!
  2. Jenny

    Atualidade

    E acontecem nos supermercados. Toda a gente se preocupa com a distância na fila, mas ninguém verifica se as pessoas que entraram estão todas ao mesmo tempo na secção da fruta ou dos congelados.
  3. Jenny

    Sexualidade

    Acho que devemos estar a pensar no mesmo mas a chamar-lhe coisas diferentes. Para mim a solidão é sempre negativa, mesmo que tenha etapas positivas. Por exemplo, considero positiva a segunda etapa que enumerei (aquela em que vemos o lado positivo de estarmos livres por algum tempo), mas é uma parte da solidão. Quando chego àquele ponto em que estou em paz comigo mesma, a sós, com as ideias organizadas e de espírito livre, não lhe chamo solidão. Chamo-lhe algo como "bem-estar interior". É algo que só tem a ver comigo e nunca com os outros ou relacionado com o facto de estar com ou sem alguém à minha volta.
  4. Jenny

    Atualidade

    Agora que começa a haver focos nos lares de idosos, acho que é provável isto acontecer mais.
  5. Jenny

    Sexualidade

    Acho que isso é verdade até certo ponto, mas quando se arrasta no tempo consegue ser mesmo arrasadora. Pelo que eu sinto, a solidão tem várias etapas. Numa primeira etapa, em que damos por nós sós pela primeira vez, sentimo-nos muito tristes e desmotivados. É mesmo uma tristeza profunda. Sentimo-nos, de certa forma, abandonados pela felicidade e pela vida. Depois habituamo-nos e entramos na segunda etapa, que é aquela em que começamos a ver o lado positivo de estarmos sós. "Posso fazer as coisas como quero e ninguém me chateia. Sou completamente livre!". Esta etapa revela-se benéfica até ao momento em que vemos que TODA a gente à nossa volta está acompanhada! Aí entramos na terceira etapa: qual é o meu problema? Sim, porque se até aquela pessoa completamente horrível que nós conhecemos consegue ter alguém e eu não é porque eu devo ter algum problema! E aí entramos novamente numa fase de introspecção e por mais pensamentos que tenhamos parece que nos afundamos cada vez mais. Começamos a sentir que nem somos dignos para que alguém goste de nós. E, além disso, quando crescemos (e acabamos a escola ou a universidade e começamos a trabalhar) há um fenómeno que pode agravar a situação: os amigos também não estão tão disponíveis como estavam. Eles próprios começam as suas famílias (miraculosamente os namorados e as namoradas aparecem do céu) e fecham-se nesse círculo. Apesar de todos os meios tecnológicos que hoje temos ao nosso dispor, as mensagens que enviamos, nem que seja para perguntar algo simples como "Como estás?" são deixadas por ler (ou "deixadas por ler"). Às tantas entramos naquela fase em que mesmo que alguém apareça nós já estamos tão anestesiados com tudo isto que nem reparamos ou desvalorizamos. A solidão, embora tenha várias fases e consiga ser ultrapassada, é algo que nos consegue transformar de forma permanente. Mas bem, numa nota mais positiva para o @Faded: vocês continuam na mesma a gostar um do outro e a mostrar que gostam um do outro (por chamadas ou comunicação online). Uma vez que não vivem juntos, vejam esta impossibilidade de se encontrarem (no contexto que se vive) como algo que é para o vosso bem. Quando isto terminar vão estar mais felizes porque não correram riscos, estão saudáveis e vão finalmente matar as saudades todas de uma vez! Não há porque ficar triste! Como dizem os desenhos que andam a colocar nas janelas e nas portas dos prédios: "Vai ficar tudo bem!"
  6. Por um lado tenho pena porque acho que as músicas dele têm uma vibe muito característica e única no contexto eurovisivo, mas por outro percebo perfeitamente a decisão. Seria muito difícil ele criar uma canção que estivesse no nível da "Think About Things" de um ano para o outro, ainda por cima sendo uma obrigação (a inspiração não funciona assim). Íamos sempre comparar as duas canções e mesmo que a outra fosse boa íamos sempre pensar "Como é que a "Think About Things" se teria saído?". Ainda por cima ele tem tido sucesso lá na Islândia e aparentemente tem as discográficas todas atrás dele, por isso já beneficiou do lançamento que ir ao ESC lhe proporcionaria.
  7. Não esperava que a Finlândia tomasse esta decisão! Imaginava-os claramente a fazer um UMK como o de 2018 para a Saara Aalto. Chamavam o Aksel e davam-lhe três canções para o público escolher uma.
  8. Com tanta repetição mais vale ver a RTP Memória! Ao menos não estamos a ver programas que deram há menos de um mês.
  9. Portugal já ganhou este prémio duas vezes: em 2006 e em 2019. A Suécia nunca ganhou. TOMA!!!
  10. Jenny

    Atualidade

    Portugal só ultrapassa a Suécia em coisas que não devia!
  11. Ou então ainda tinha ficado pior porque o júri tinha dado muitos pontos à Suécia, que passaria do 18º lugar para o top 10, e em vez de 13º ainda tínhamos ficado em 14º!
  12. Jenny

    Atualidade

    É só na minha zona ou 90% da população que vejo a andar na rua é precisamente população idosa?
  13. Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Isso é como dizer que em 2012 só escolhemos a "Vida minha" porque em 2011 escolhemos os Homens da Luta. A "Senhora do Mar" teria sempre vencido em 2008 tendo em conta o resto das canções em competição no FdC desse ano (e além disso a Vânia é da Madeira, o que normalmente ajuda bastante nas votações). P.S.: E ainda havia o hype dela ter vencido a Operação Triunfo.
  14. Jenny

    Sexualidade

    Com isto do coronavirus o número de utilizadores de apps vai aumentar, não vai?
  15. Aqui fica o apelo dos Sunstroke Project para as pessoas se protegerem do vírus!
×
×
  • Create New...