Jump to content

Ana Maria Peres

Membros
  • Content Count

    15,751
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    38

Everything posted by Ana Maria Peres

  1. Amores, também era óbvio. Geografia --> Orla costeira Isto é tudo uma ideologia muito bem pensada.
  2. Sim, ganhaste, @tjspy, sou a Orla. Trouxe algo inofensivo, que nunca conseguirá um bom lugar, mas que aquece imenso o coração. E toda a gente que diz que é parada, music is feeling, not fireworks.
  3. Não, esse é o @Samuel. Já está confirmado.
  4. Nunca fui os courtship., @AGUI.
  5. O @Ambrósio levou os Wylder para por nos pôr dormir e levar-nos para a cave mais facilmente.
  6. Choquei com o @EFernando a levar as Marías. Nunca pensei, mas um grande obrigada por as teres trazido.
  7. @CRF, pronto para o teu TOP3, ou mesmo ganhares? E obrigada por teres tirado as Marías do bottom.
  8. O Gabriel a ser o JP Saxe Esperava melhor.
  9. Estou pronta. Pronta para entregar o troféu. Expectativa de lugar: 18º
  10. Música excelente, mesmo, eu adoro-a. Eu quis mesmo levá-la e estive a pensar fazê-lo, ainda por cima estava na final, o que se traduziria pelo menos na passagem. Acabei por mudar, dado que o factor visualizações me tirou vontade de a trazer. Eles têm muito boas músicas. O Liam resultaria, o John acho mesmo que não. Seria completamente chacinado. Não conheço a CLOVES, mas talvez funcionasse.
  11. Pois, é verdade. Não vale a pena trazer um artista muito baladalado para aqui, não faz sentido, a meu ver. Os nossos destinos estão cruzados, @Yggdrasil. Isso, ou simplesmente tens muito bom gosto. Ia amar e eu ficava em quarto. O plot twist que necessitávamos. Sim, esta está completamente perdida no álbum, mas, para mim, é uma das minhas favoritas. Adoro tudo. You know, you know You know better You know, you know It's your teeth in my neck Your teeth in my neck
  12. Acho que ainda não disse, mas estas eram outras duas músicas que pensei trazer. Estive mesmo quase a trazer esta, mas tinha 25 milhões de visualizações. Gente, não dava, vocês acusavam-me de ser mainstream. E depois, cogitei esta, mas não tinha vídeo. Mas ouçam, porque vale muito a pena.
  13. Vencedora só das apostas, porque todos sabemos quais foram as mulheres que roubaram o nosso coração. Estou a brincar, seria uma boa vencedora. Não acho a canção mais original do mundo, nem a vibe que a Winona elegeu me parece ser a mais autêntica, mas a música é boa. Já a conhecia, não é uma surpresa, assim que preferia que ganhasse outras. Não sei se vence, porém, aliás, eu não faço ideia de quem vai ganhar isto.
  14. Felizmente, The Marías a terem o reconhecimento que merecem. Eu acredito-me no top10, vamos lá, apelo à Virgem Maria para dê uma ajuda divina e consigamos ver a ode triunfar.
  15. Não fiquei em último. Juro-vos, era o que eu estava a contar, que ia ter uns 4 pontinhos de misericórdia, mas não. Uma música portuguesa, de um estilo pouco comum, com uma voz como o Nuno Guerreiro (que é amada ou detestada), com um público alvo que claramente não se enquadra com os gostos do fórum... É curioso. Não sei, estava mesmo à espera que isto corresse como um desastre, mas lá me safei e inclusive ganhei a primeira fase. Fui de Tamara Todevska a S!sters numa questão de minutos. De rainha da noite a flop da noite. Mas amo ser uma concorrente que desafia as mais elementares regras de pontuação. Escolhi uma canção lusa, porque, para mim, música clássica é a nossa. Foi a primeira que me lembro ouvir, é aquela que mais me está registada na memória e é aquela que eu conheço melhor. Também pressentia que ninguém fosse enviar uma cantiga a representar Portugal e, portanto, decidi imbuir-me de Júlio Isidro e mostrar o que de melhor tem o nosso país. No entanto, tenho de confessar que me senti completamente trucidada em questão de competição: sei bem que não somos propriamente famosos na indústria musical mundial, assim que estava ciente de que seria um suicídio. Solta-se o Beijo ficou-me registada na memória como o meu primeiro vício musical mais sério com uns 10 anos. Adorava completamente, tentava dançar e desenvolvi realmente uma afeição à música. Adoro a introdução, adoro a combinação de vozes, adoro a letra invulgar, adoro tudo, em suma. E também porque inclui Sara Tavares, que - a meu ver -, foi uma das artistas mais completas dentro do Pop/Soul que Portugal já viu. Sou verdadeiramente fã dela, ainda que nestes últimos tempos tenha decidido embarcar e novas sonoridades com as quais já não me identifico tanto. Deixando o meu ego de parte, parabéns, @tjspy! Eu gosto da Ironic e é uma música bastante boa. Não a amo e não me marcou pessoalmente - ao contrário de outras músicas que foram mais pontuadas -, porém, não deixa de ser uma canção muito bem produzida. Digo o mesmo da segunda classificada, se bem que a ache um pouco melhor. O terceiro lugar é que o meu ódio de estimação. Eu odeio aquela música com todas as minhas forças, peço perdão. Eu ouço aquele timbre e não. Para mim, a grande vencedora teria sido a Whitney, uma vez que era uma artista incrível e eu amo completamente a sua discografia. I Will Always Love You é uma música clichê, ainda assim, possui uma qualidade absolutamente fenomenal. Os Abba e os The Verve seriam igualmente excelentes vencedores! E foi isto, gostei muito de participar, mas tenho de ser honesta: prefiro o Versus normal. Sou mais fã de música atual, gosto de conhecer artistas novos (se bem que nunca tivesse ouvido a música do @Yggdrasil, por exemplo), mas foi um exercício muito giro, recordar hits! Parabéns pela organização, @Ruben Fonseca! Agora, vamos para o segundo tombo da noite, eu estou pronta!
  16. Só para dizer que acabei de dar os meus votos. Mandei bastante cedo e queria deixá-los repousar, porém, compromissos far-me-ão ter uma semana de loucos e, por descargo de consciência, já o fiz hoje. Espero mesmo sábado estar presente, mas não sei se poderei. De qualquer modo, farei vosdal. Fazendo um balanço na minha votação, há duas canções que, para mim, são excelentes e quero-as manter comigo durante muito tempo. Não as conhecia e foram uma muito agradável surpresa. Não espero, de todo, que vençam, mas alegrar-me-ia que ficassem bem posicionadas. Depois, temos uma série de muito boas canções, que têm uma elevada qualidade e que são bastante fortes. Gosto das 10 músicas que pontuei e qualquer uma que vença está bem entregue. Depois, há algumas que me são indiferentes - estão ali no limiar do gosto e o não gosto. Quero também comentar que não gosto mesmo de umas 4 músicas. Peço desculpa a quem as trouxe, mas elas não me entram mesmo. Veremos o que acontece no sábado. 3 canções estão na linha da frente da vitória, a meu ver, mas não descarto que haja algum blackhorse a surgir pelo meio e a desequilibrar tudo (porque acontece sempre no Versus; por exemplo, choquei completamente com o terceiro lugar do Harry Hudson - a canção era muito gira, mas nunca esperei). Quanto à minha canção, eu pressinto que vou flopar. A minha previsão é um 18º-19º lugar, só espero é não ficar em último. Quer dizer, ao menos ia do 8 ao 80 e faria homenagem ao Jardim. Ainda assim, se havia edição em que tinha que levar o bem me apetecesse - sem pensar em lugares -, era nesta. Boa sorte a todos e que ganhe a melhor canção!
  17. Hospital atv Settle Grace . Careca?
  18. A Merkel, depois desta final, vai celebrar.
  19. Eu quando vi que tinha passado à final. To passada, chocada.
  20. Pois bem, eu tive um jantar com várias pessoas importantes e não pude estar presente. Mas vamos as rescaldo: - @AGUI, este momento é nosso. The Marías estão na Final! A cultura, o bom gosto e a beleza subsistem. Obrigada Deus. Eu não podia perdê-las para uma Muna deste mundo ( @Luís, bate na boca antes que eu te bate. Amigo, dizeres que eu sou Muna? Infelizmente, não dá para dar pontos negativos). - Muito feliz pela Orla (costeira), Ruben, Grace Carter e Tom (se bem que estes fossem de caras). - Gente, vamos lá falar. Amigos, que apanágio (outro vocábulo, AGUI) é esse? Como é que a MUNA está na final? Como é que a Davina conseguiu a passagem? Como é que a gritona da Mothica consegue passar? Eu não estou em mim. Não andou a Alina a fazer ideologias destas para ser eliminada. Também não sei o que foram fazer os The Fray à final, ah, devem ser para me livrar do último lugar. - Foster the People eliminados? Vocês tinham uma tarefa, atv, e guess what, não a cumpriram e preferiram ouvir os gritos da Mothica. No entanto, estava à espera de muito pior, portanto, nem vamos surtar.
  21. Boa tarde, daqui a Alberta Marques Fernandes. Estamos em direto da Bertrand. O ambiente é de festa: fruto da vitória de Nazaré, @Browns está eufórico. No entanto, em conversações com Pedro Vendeira, as instalações parecem prontas para receber mais um convidado. Em exclusivo, o administrador confessa-nos ser "verdade" e que este convidado "terá um tratamento digno do Tarrafal". Em causa está o facto de não ainda não ter votado no Versus: "nós temos que nos certificar que todos votam. Não podemos perder as receitas publicitárias. Nós investimos muito dinheiro no Versus - por exemplo, este mês, teremos de fazer mais notícias sobre o rabo de Rita Pereira, de maneira a conseguirmos pagar a renda.". Por sua vez, Ruben Fonseca será o responsável pela partida do @Trem e confessa que "todos os pormenores estão ultimados. Este passageiro embarcará na pior classe existente. Como exemplo, teremos a Eivor a cantar as suas músicas de trevas, ao mesmo tempo que convidamos a lutadora do vídeo do Dermot Kennedy.". O concorrente em causa, com o qual tentamos entrar em contacto, não deu qualquer resposta até ao final desta entrevista. Em contrapartida, alguns dos seus adversários prometeram vingança e querem ser recompensados por alegadamente não poderem saber os resultados com um dia de antecedência. @AGUI desabafa-nos mesmo: "Já não poderei amanhã marcar presença no evento da minha amiga Lili Caneças, em Capri, fruto deste desaire". Até à data, ainda não temos qualquer informação se e quando este competidor do Versus votará. Entraremos em direto a qualquer momento.
  22. Darlis, eu não estou pronta para ver já hoje The Marías, Alina e a Orla fora da final. Três odes aos Deuses musicais, que vão ser trucidadas, uma vez não serem comerciais. #eudigonaoaestatendencia O surto vai vir (o @AGUI ajuda-me e tudo), de forma a verem os crimes que cometeram contra estas ideologias. A Alina nem vídeo tem, as The Marías roubaram um barco e a Orla infiltrou-se na casa de uma família. Não atingem os epicentros da arte? No entanto, há que ser forte e esperar pelo melhor, que o bom senso e o bom gosto vão triunfar. Vamos na fé. E já agora, amigos/camaradas, votem. Tenham bom coração. Eu não falo isto por mim, porque já sei que estou na final.Que píncaro estarem a prejudicarem o trabalho do Ruben.
  23. Que lindo. Realmente, que lindo, vamos floodar o Youtube para termos a versão completa. Taylor was found dead. Felizmente, o Dermot tem estado em ensaios para a final do Versus. Esta versão também está incrível. Vem @CRF. Vem também, @tjspy, vamos ver se tens o descaramento de dizer mal desta beleza.
  24. Eu adoro jogar com estilos musicais distintos. Eu tanto já mandei uma Power Over Me como uma Cynical Youth, que é foi assim uma das coisas mais alternativas e estranhas a pisar o Versus. Esta edição, queria distanciar-me dos sons mais mainstream e apostar por algo distinto (e não, não digam que eu enviei MUNA ou lá como isso chama, que é demasiado bizarro). Acima de tudo, se tenho um privilégio, que é do estar logo na Final, é para ser usado. Se vou ganhar com esta abordagem? Claro que não, mas decidi voltar às origens. O que invento para justificar o meu 22º lugar com 4 pontos.
  25. Nunca fui tão difamada e tão lisonjeada na minha vida em tão poucos caracteres. Wylder? Não percebo como é que encheram tanto chouriço, a música com menos 5 minutos e ficava boa. Ao menos associaste-me com o chocolate quente que aquece o coração da Orla. No entanto, não sou eu, eu tinha de arriscar em grande numa edição em que estava na final. Eu não sou esse Ben A música é gira, sim, e vai fazer top10 No entanto, eu não sou, era demasiado seguro depois da Power Over Me
×
×
  • Create New...