Jump to content
Sign in to follow this  

About This Club

Grupo para discussões sobre os canais RTP

  1. What's new in this club
  2. O Telensino da RTP Madeira já vai acabar? Os professores já se estão a despedir...
  3. #EstudoEmCasa conhecido internacionalmente... (Arrastem para o lado)
  4. Não perco uma aula do professor Rolando, de Filosofia.
  5. Neste vídeo, dá para ver um pouco das aulas pela televisão noutros países...
  6. @ATVTQsV Muda para o Dailymotion ou para o Vimeo.
  7. RTP apodera-se indevidamente dos direitos de autor dos vídeos mostrados no #EstudoEmCasa: https://www.atelevisao.com/rtp/telescola-rtp-apodera-se-indevidamente-dos-direitos-de-videos-de-autor-portugues-no-youtube/ Eu tenho dois strikes no meu canal, o primeiro foi logo na primeira semana e era o da professora de educação física que já tinha mais de mil visualizações que era da própria RTP, o outro era da letra do Gato Pompom completa que eu publiquei e quem denunciou foi a própria autora (pelo que sei outro vídeo, que já era bem-sucedido na internet e que tinha 17 mil visualizações até agora, só com a parte do "ele pisou um cocó" foi bloqueada (salvo erro em todo o mundo). Volta e meia ainda me levam com mais um strike e o meu canal vai pro saco também)
  8. Já existe, chama-se RTP Ensina e pode perfeitamente ser desenvolvida e quando a situação das escolas voltar à normalidade podia ter espaços em antena ao fim de semana, por exemplo.
  9. Por uma RTP Escola sempre online Todos ganharíamos com uma RTP Escola em permanência, a ser continuamente desenvolvida de forma híbrida, conjugando conteúdos lectivos com abordagens mais alargadas de informação e acesso a conhecimentos específicos, tais como documentários e outros programas informativos e de entretenimento. https://www.publico.pt/2020/05/09/p3/cronica/rtp-escola-online-1915174/amp Acham que era boa ideia?
  10. A aula de Estudo do Meio do 3.º e 4.º anos que, por lapso, não foi transmitida na passada semana, vai ser transmitida amanhã, às 8h30. Passou um rodapé gigante no topo do ecrã a dar conta dessa informação.
  11. Sendo sincero, acho que não é um erro muito grave. Aliás, a maioria das pessoas escreve sem o ponto, inclusive professores. Se é um erro? Sim, é, mas já vimos piores erros na RTP. Agora até me lembrei que quando aprendi a escrever os números ordinais também aprendi a escrever sem o ponto, mas com um traço debaixo do °.
  12. Talvez tenham confundido porque a professora Margarida começou a 1ª aula de Estudo do Meio a dizer "olá, ainda se lembram de mim?" (ela também dá "Estudo do Meio e Cidadania 3º/4º" às terças), e então pensaram que era a 2ª aula de Estudo do Meio. A aula correcta foi publicada online, mas deviam dar a aula noutro horário ou então emitir a aula de hoje na próxima quinta e depois no final acrescentar uma. Fui ver, esse rodapé ainda por cima passou a uma velocidade supersónica. xD
  13. Isso não será um problema do programa do programa curricular? Aposto que a Polónia deve contar muito bem a História de Portugal também
  14. Olha, o COVID veio e trouxe 1980 de volta.
  15. Por lapso, hoje repetiram a aula de Estudo do Meio do 3.º e 4.º anos da semana passada em vez de emitirem uma nova. Ainda assim, não sei se o pior é essa falha ou o rodapé que passaram mais tarde a dar conta dessa informação.
  16. O 1.º caso parece que foi de um vídeo da Escola Virtual, que, infelizmente, costuma ter alguns erros.
  17. Os polacos deram uma bronca à telescola. Numa aula falaram sobre Copérnico ao associarem o astrónomo à Itália quando na verdade só esteve seis anos lá. Depois noutra aula dizem que a Polónia só foi criada com o fim da Primeira Guerra quando na verdade já existia no passado (com territórios bem mais a leste). https://www.atelevisao.com/geral/polacos-criticam-telescola-apos-erros-historicos-sobre-o-pais/
  18. Vou-te ser honesto, e como alguém que estudou um curso onde falar e compreender línguas é essencial: aprendizagem contrastiva consegue ser um erro, por vezes. Aprendi mais alemão nas minhas aulas onde raros foram os momentos onde as professoras falaram connosco em português (e sempre tive aulas com nativas) e a ler coisas em alemão que a tentar fazer exercíciozinhos de traduzir porras ou decorar mil e um vocabulário. Aprendi mais depressa o que era o dativo e o acusativo e como usá-los com um professor alemão quando estive na Alemanha, do que a ler mil e uma porras em português a explicar aquilo. Para míudos de 5 ou 6 anos entendo uma abordagem contrastiva. A partir de certa altura já é um bocado contraproducente e um atentado à inteligência dos míudos a meu ver.
  19. Isto não teve uma repercussão nas redes sociais gigante? Devia ter feito mais do que o BB, não?
  20. Não é por avisos, eles tem o coundown dos 30 minutos.
  21. O final da aula de língua não materna de hoje foi muito bom. Ela no seu habitual tom de voz "E AGORAAA.... AGORA EM CASA... AGORA ADEUS" e desata às gargalhadas. Devem tê-la avisado que tinha terminar de um momento para o outro.
  22.  
×
×
  • Create New...