Diana

Notícias SIC

2864 posts neste tópico

Será que acordou mesmo...

Domingo vai ter um teste fogo: Herman Circo a concorrer com Estrelas da Musica e Equador.

Quer me parecer que este ano vai ser um verdadeiro fracasso.

Talvez a repetição corra melhor.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

QUOTE(Templario @ 15-Dec-2008, 23:46) <{POST_SNAPBACK}>
A IMPRESA só tem uma pequena divida de cerca de 230.000.000 €, tal como se pode verificar no passivo das contas publicadas.

O que será melhor : Um aluno descer de 18 para 16 ou subir de 6 para 9 na mesma disciplina ?

Olha, Templario, parece que estás a confundir as coisas e a tomar por dívida o que é receita. Essa foi a receita do ano passado. Podes apresentar a fonte?

Para não entrar em off topic, vou colocar no tópico « Situação económica e financeira da TVI», a situação aflitiva em que se encontra a dona da TVI, a Prisa, com 40% da Média Capital à venda.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

QUOTE(Templario @ 15-Dec-2008, 23:46) <{POST_SNAPBACK}>

Desculpa Templário, mas convido-te a aceder a

http:www.impresa.ptImpresaImagensApresentaçãoContas2007-%.

Aí podes concluir que a receita da Impresa em 2007 foi de 280 milhões( 280 116 000 para mais exacto), subindo dos 255 238 000 em 2006.

Em 2008 a receita da SIC registou 130 milhões( superior à da TVI de 124 milhões), como podes ver no DN -Notícias TV de 31-10-2008.

«A SIC regista nos primeiros 9 meses do ano receitas de 130 milhões de euros. Este valor é superior ao registado pela TVI no mesmo período-124 milhões.»

E o mesmo DN diz ainda assim: «A Impresa, grupo que detém a SIC e o Expresso, entre outros meios, regista lucros de 137 mil euros nos primeiros 9 meses do ano.

Apesar de as receitas totais do grupo de Balsemão terem registado um ganho de 0,9% para 202 milhões de euros, o resultado acabou por ser afectado pelo aumento dos custos operacionais do grupo em 3,6%, pelo que os lucros da Impresa ascendem agora a 178,7 milhões».

Fonte: DN Notícias TV de 2008-10-31.

Como vês, as fontes mostram que a Impresa tem lucros e não dívidas.

Há uma diferença muito grande entre lucros mais baixos... e dívida.

Repito o link, que parece que não ficou correcto:

http:www.impresa.ptImpresaimagensApresentacãoContas2007-%2005Marco2008.pdf.

Eu pesquisei apenas: Receitas da Impresa em 2007.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

SIC ganha fôlego com Luís Marques

Redução de custos, seguida de um rigoroso controlo orçamental, aliado a uma oferta variada, é a estratégia do novo director-geral da SIC e um dos obreiros da reestruturação da RTP

"A fibra das grandes empresas nota-se é nas alturas difíceis", afirmou ao DN Luís Marques, desde ontem, 1 de Janeiro de 2009, director-geral da SIC, substituindo José Alberto Bastos e Silva, que passará a liderar o processo de reorganização das áreas comerciais da empresa. Recorde-se que Luís Marques regressou ao grupo Impresa, dona da SIC, em Janeiro de 2008, como consultor.

Instado pelo DN a levantar a pontinha do véu sobre a estratégia e os desafios que terá em mãos em 2009, o antigo administrador da RTP, com o presidente Almerindo Marques, preferiu dizer apenas: "estou optimista em relação ao sucesso da reestruturação em curso [desde há mês e meio]", reservando o anúncio das novidades para os próximos dias.

No entanto, o DN sabe que Luís Marques com a sua equipa teve uma grande preocupação em repensar a grelha de programação, com especial enfoque na área da informação, marca de água da estação, materializada na SIC Notícias, por exemplo.

Assim, a SIC prepara-se para estrear Nós Por Cá, que abandona o estatuto de rubrica para ganhar autonomia enquanto programa diário, entre as 19.00 e 20.00, já a partir de dia 5, segunda-feira, apresentado por Conceição Lino.

Também às segundas-feiras, a seguir ao Jornal da Noite, a SIC terá um espaço de entrevista conduzido pelo conceituado pivot da SIC Notícias Mário Crespo. O programa, ainda sem data de estreia definida, toma o nome Mário Crespo entrevista... Também sem dia definido está previsto um programa de debate.

O próprio Jornal da Noite sofrerá um enfoque editorial diferente com ajuste de actuais e novas rubricas, estabilizando na uma hora de duração.

Ao nível da restante programação, destaque para o novo programa de Bárbara Guimarães Atreve-te a Cantar, uma adaptação do original Who Dares, Sings, da ITV, do Reino Unido, pela CBV, de Piet-Hein Baker.

Elogiado pelos seus pares quanto à coragem nas decisões, suportadas no seu profundo conhecimento do meio, Luís Marques terá ainda pela frente a reestruturação do grupo SIC. Neste sentido, a ideia passa por recentrar a SIC no seu core business, que é produzir e emitir conteúdos, ou seja, fazer televisão. Neste sentido há que repensar algumas das actividades, decidindo por deixar de estar presentes em algumas delas.

Tendo em conta que o próximo ano será difícil (com previsão de mercado publicitário a praticamente não crescer), o grupo de Luís Marques aposta num grande controlo orçamental, rigoroso face à capitalização de objectivos e à redução de custos em diversas áreas, nomeadamente nos recursos humanos, onde decorreu um processo de rescisões voluntárias e sobre o qual o grupo anunciará resultados brevemente.

Esta reestruturação da SIC levará inevitavelmente a um novo organigrama, que se traduzirá numa maior centralização das decisões da empresa além de permitir uma maior coordenação e controlo da área de conteúdos. A própria SIC Online será integrada na área de conteúdos da SIC, sabe o DN.

Tudo isto visando, obviamente, ganhar a batalha das audiências que, não sendo fácil, a SIC tem dado sinais claros que não está disposta a desistir. É um trabalho de fundo, tal como é a recuperação da autoestima da estação. Segundo fonte ao DN, "o nível de insatisfação era muito alto, mas com o Luís [Marques], as coisas parecem estar a melhorar".

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Claro que a mão do Luís Marques, numa dupla com Nuno Santos, já começa a notar-se com a evidente subida repentina da SIC.

Segundo o CM, Nuno Santos diz que 2008 foi «um ano de reestruturação».

E diz ainda:

«Criámos condições para entrar no próximo ano com confiança, mas com a ideia clara de que todos os meios de comunicação viveram um ano difícil em termos financeiros.

O que nós queremos é aproximar a SIC dos portugueses».

Estas palavras de confiança parecem mostrar que o Nuno Santos está confiante no terreno que pisa, e que agora conhece melhor!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

QUOTE(_zapping_ @ 2-Jan-2009, 20:19) <{POST_SNAPBACK}>
Pode ser que a dupla Luís Marques/Nuno Santos resulte na SIC como resultou na RTP1!

Eu tenho toda a confiança nesta dupla!

O Luís Marques estava a fazer falta ao Nuno Santos, para funcionarem bem, como estão habituados!

Mesmo sem o Luís Marques a SIC já conseguiu um objectivo: recuperar o 2º lugar.

Agora o rumo é a liderança!

E com a dupla, a SIC subiu repentinamente! Em Dezembro já liderou bastantes dias.

Acredito que seja para continuar!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Pois, o Luís Marques só entrou ontem em funções (ou se calhar, só entra na segunda, visto ao feriado e fim-de-semana porlongado :mocking_mini: ). Vamos ver como será a partir de agora.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Luís Marques assume direcção-geral da SIC

"Estamos optimistas para o ano de 2009"

Luís Marques, o novo director--geral da SIC, acredita que o corrente ano de 2009 irá correr bem para a estação de Carnaxide, que encerrou 2008 a recuperar o segundo lugar, com um share de 24,9%.

'Estamos optimistas, dentro de um condicionalismo difícil, que é o do resultado da diminuição publicitária', disse ao CM.

Para já, a nova direcção prepara mudanças na grelha de programas, que será apresentada no início da semana, e uma reestruturação interna que vai afectar várias áreas da estação, nomeadamente a Informação e a Programação.

No que respeita a estreias, destaca-se o novo horário de 'Nós por Cá', que será exibido às 19h00 já a partir da próxima segunda-feira, um espaço de entrevistas com Mário Crespo (dia 12) e um novo programa de debate, moderado por Rodrigo Guedes de Carvalho.

'Temos novas apostas e as condições para que o ano nos corra bem', frisou Luís Marques.

Fonte: Correio da Manhã

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

E parece que deve haver uma espécie de "Emissão experimental" desse programa de entrevistas com o Mário Crespo. A SIC chama-lhe "Especial Informação" e é uma entrevista a José Sócrates, na próxima segunda-feira.

Será que é já com o Mário Crespo??

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

QUOTE(elrey @ 3-Jan-2009, 20:34) <{POST_SNAPBACK}>
E parece que deve haver uma espécie de "Emissão experimental" desse programa de entrevistas com o Mário Crespo. A SIC chama-lhe "Especial Informação" e é uma entrevista a José Sócrates, na próxima segunda-feira.

Será que é já com o Mário Crespo??

Segundo o JN, a primeira entrevista do ano a José Sócrates terá como interlocutores os jornalistas Ricardo Costa e José Gomes Ferreira. Durante uma hora, as perguntas incidirão sobre os grandes temas da actualidade, como a Educação, Saúde, Economia, e a política em geral. A emissão em directo arranca pelas 20.50 horas, após o “Jornal da noite”.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

QUOTE(elrey @ 3-Jan-2009, 20:34) <{POST_SNAPBACK}>
E parece que deve haver uma espécie de "Emissão experimental" desse programa de entrevistas com o Mário Crespo. A SIC chama-lhe "Especial Informação" e é uma entrevista a José Sócrates, na próxima segunda-feira.

Será que é já com o Mário Crespo??

Eu acho que é já com o Mário Crespo. Lê a notícia que está no site que fala das estreias para amanhã. Está lá a falar do espaço do Mário.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Deve chegar para a semana ou muito brevemente o Mário Crespo. A SIC, no "Jornal da Noite", mostrou uma peça acerta da apresentação das estreias para Setembro.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

QUOTE(_zapping_ @ 5-Jan-2009, 21:25) <{POST_SNAPBACK}>
Deve chegar para a semana ou muito brevemente o Mário Crespo. A SIC, no "Jornal da Noite", mostrou uma peça acerta da apresentação das estreias para Setembro.

De apresentação e forte promoção (aproveitando e bem, de promover junto daqueles que a essa hora deviam estar a mudar de canal e sintonizar a SIC, graças à entrevista com o PM que se lhe seguiu). O programa de Mário Crespo estreia na próxima segunda, dia 12.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Rodeados de algumas das suas principais estrelas, casos de Bárbara Guimarães, Conceição Lino, Fátima Lopes, Mário Crespo e Rodrigo Guedes de Carvalho, os directores da SIC revelaram ontem em conferência de Imprensa as principais novidades do canal para 2009.

Luís Marques, director-geral, Alcides Vieira, director de informação, e Nuno Santos, director de programas, não esconderam que o objectivo é recuperar as audiências perdidas. Para isso, prometeram maior proximidade com o telespectador, respeito pelos horários, mais informação e mais humor.

INFORMAÇÃO

No sector da informação, a SIC avança com um programa semanal de entrevistas, a cargo do veterano Mário Crespo, todas as segundas-feiras, às 21 horas, já a partir do próximo dia 12.

Também com periodicidade semanal, Rodrigo Guedes de Carvalho conduzirá o debate "Aqui e Agora" sobre assuntos de actualidade.

Diariamente, ente as 19 e as 20 horas, Conceição Lino apresentará o popular "Nós Por Cá", com histórias do país real, e o próprio "Jornal da Noite" manterá a aposta nas já clássicas mini-reportagens de 15 minutos, avançando mesmo com novas rubricas.

ENTRETENIMENTO

Na área do entretenimento, destaca-se o novo programa de Bárbara Guimarães ("Atreve-te a Cantar"), um concurso musical que irá para o ar aos domingos à noite, já a partir do próximo dia 11.

No domínio da ficção, a SIC reserva o espaço das 18 horas para a telenovela brasileira "Três Irmãs" e anuncia a estreia, dentro em breve, de uma mini-série em dois episódios sobre Salazar. A telenovela portuguesa "Podia Acabar o Mundo" será substituída por novo produção nacional.

HUMOR

Em matéria de humor, o director Nuno Santos confirmou que este género será uma das grandes apostas da SIC para 2009, mas abriu apenas uma pequena parte do jogo. Anunciou uma nova séria de programas de Camilo de Oliveira, confirmou o regresso dos "Gato Fedorento" na última metade do ano e disse que, já no domingo, a SIC estreará "Toma Lá Dá Cá", um formato brasileiro muito semelhante ao "Sai de Baixo", com o actor Miguel Falabella.

O regresso de Herman José é uma forte possibilidade, mas Nuno Santos disse apenas que vai conversar "com calma" com o humorista nos próximos dias.

Fonte

Fotos

Não sabia que Toma Lá dá cá ia estrear já! Tenho muita curiosidade de ver! :)

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Mudanças para 2009

Sete horas de informação diária na SIC

Luís Marques, o novo director-geral da SIC, defende que o gosto dos telespectadores se alterou no último ano e que a Informação se tornou no género preferido dos portugueses.

O gosto dos telespectadores mudou de há um ano e meio para cá e a Informação tornou-se um dos géneros preferidos dos telespectadores", defende Luís Marques, director-geral da SIC. Bárbara Guimarães é uma das grandes apostas para este ano e vai voltar a animar as noites de domingo com um programa de canções. Mas é a Informação que vai marcar a antena, com a emissão de sete horas diárias e duas horas de programas semanais.

Reestruturação é a palavra de ordem na televisão de Carnaxide. Luís Marques concretizou, nos dois últimos meses, um plano de rescisões amigáveis, com vista à redução de custos. Cerca de 50 pessoas preparam-se para deixar a empresa mas, para já, as estrelas do canal mantêm-se. Ainda assim, o director-geral anunciou dois novos canais para este ano. "O futuro da SIC passa pela produção de conteúdos para multi-plataformas", o que poderá significar "mais canais em 2009", na TV e na internet. As receitas totais da SIC, nos primeiros nove meses de 2008, desceram 1,5% em relação ao mesmo período de 2007, para cerca de 130 milhões de euros, resultado em parte da descida de 2,2% no investimento publicitário. Para este ano, "que será difícil", Luís Marques prevê uma quebra entre os 7 e os 15 por cento.

As apostas da SIC para este ano visam, em especial, a informação próxima do cidadão, como o programa 'Nós Por Cá'. "Vamos retomar a velha tradição da SIC no jornalismo de proximidade, uma característica que a estação nunca perdeu mas que se dispersou", frisa o director-geral. A aposta na Informação é, de resto, "fundamental para reposicionar a SIC", que quer destacar-se como uma estação "moderna, pró-activa e interveniente". "A preocupação foi aproveitar o melhor que a SIC tem", adianta Luís Marques. Nesse sentido, programas como 'Grande Reportagem' e as rubricas do Jornal da Noite 'Perdidos e Achados' e 'Reportagem Especial' irão manter-se na antena. Alcides Vieira, director de Informação da estação de Carnaxide, sublinha: "Queremos ser uma referência na Informação e vamos ter todos os géneros jornalísticos no ar."

Mário Crespo é uma das grandes novidades no canal generalista de Carnaxide. O pivô mais antigo da Europa, até agora a apresentar o jornal das 21h00 e o programa '60 Minutos', na SIC Notícias, estreia, a partir de segunda-feira (dia 12), um programa de entrevistas na SIC. Rodrigo Guedes de Carvalho, que está à frente do Jornal da Noite ao lado de Clara de Sousa, passará a conduzir igualmente um debate semanal, 'Aqui e Agora', entre as 21h00 e as 22h00. O formato será próximo de 'Prós e Contras', com Fátima Campos Ferreira, na RTP1, mas o dia de estreia ainda não está definido.

O entretenimento também faz parte da nova oferta. No que respeita aos programas, Luís Marques promete "estabilidade na oferta e no horário". Bárbara Guimarães é a grande aposta e estreia, já neste domingo, 'Atreve-te a Cantar' (ver entrevista na pág. 8). Mas ohumor também tem um lugar reservado na antena. Os Gato Fedorento deverão regressar com a segunda série de 'Zé Carlos' no final do ano. Até então "há a possibilidade de contarmos com eles ao longo do ano, dado que este será forte em termos políticos", refere Nuno Santos.

Camilo de Oliveira terá uma nova série de programas na SIC. 'Camilo, O Presidente' já está "em pré-produção e estará brevemente em produção", explica o director de Programas. 'A Roda da Sorte' acaba de ser substituído por 'Nós Por Cá' mas Herman José está em conversações com a estação para estudar um novo programa. Já no domingo estreia outro formato de humor: o brasileiro 'Toma Lá Dá Cá', semelhante a 'Sai de Baixo', também com Miguel Falabella. Na ficção, a SIC estreia "em breve 'Vida Privada de Salazar', que será emitido em dois dias", explica Nuno Santos. Novas caras como Carla Matadinho também vão surgir no ecrã em 2009. "A TV faz-se deste equilíbrio de caras, que são referência para os telespectadores, e o surgimento de novas capazes de surpreender", explica.

Fonte: Revista TV do Correio da Manhã

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Dêm emprego a esta actriz, ela está cheia de talento para dar... ela canta, ela dança, ela representa... não a deixem escapar!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Esta é uma das actrizes que mais gosto. Fiquei felicíssimo por ter sido escolhida para protagonizar "Chiquititas", já que era ela que interpretava a minha personagem preferida em "Aqui Não Há Quem Viva".

Espero que ela regresse à televisão na próxima novela da SIC ou então que se mude para a concorrência.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

não gosto nada desta SIC, tem um ar falso, horários trocados, apresentadores, programas, novelas tudo de um nível que não considero nem razoável para a televisão.

Considero Nuno Santos, uma má opção com as suas opções e decisões, com as suas maiores faltas de respeito pelos telespectadores, nisso ele é o líder.

Falta a SIC um pessoa com ideias novas, arrojadas, mas de bom gosto, para que a SIC consiga subir nas audiências, porque assim nem em 2020 chegam ao primeiro lugar.

Isto é como a GLOBO(TVI) e a Record(SIC), TVI aproveita a sua audiência maioritária conquistada nos tempos do BB, com produção portuguesa e outros programas, e tem uma larga vantagem.

SIC é Record, acordou agora querendo fazer sucesso, até rouba actores,guionista, entre outros, mas não é assim...

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!


Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!


Entrar agora