João_O

Sociedade

954 posts neste tópico

Sim, e nos Estados Unidos, essas pessoas fazem coisas medonhas.:ph34r:

Essas pessoas que não concordam em termos cá refugiados pensam que os muçulmanos "só estão bem arrebentar" são muito retrogradas porque o Corão tambem tem coisas boas mas também coisas más como a Bíblia é igual. 

Editado por ricardo_vieira
JoanaSantos gosta disto!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Há pouco tempo, vi uma lista dos países mais violentos e nenhum era muçulmano. Por isso, acabo por concluir que as sociedades com base no catolicismo são mais violentas e criminosas. 

JoanaSantos gosta disto!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Not trying to be mean, mas vamos acolher outros povos quando há imensos portugueses a dormir nas ruas, sem emprego, sem dinheiro? Se tivessemos condições concordava plenamente, mas infelizmente não as temos...

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Essas pessoas que não concordam em termos cá refugiados pensam os muçulmanos "só estão bem arrebentar" são muito retrogradas porque o Corão tambem tem coisas boas mas também coisas más como a Bíblia é igual. 

São pessoas que não se lembram da Inquisiçao, das Cruzadas, do Colonialismo, etc.

JoanaSantos gosta disto!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Not trying to be mean, mas vamos acolher outros povos quando há imensos portugueses a dormir nas ruas, sem emprego, sem dinheiro? Se tivessemos condições concordava plenamente, mas infelizmente não as temos...

Também não querendo ser mau, há muitos sem-abrigo que o são porque querem. O que não falta são trabalhos jornalísticos sobre estes temas em que se ouvem as instituições que dizem que conseguem recolocar as pessoas na sociedade e que muitas simplesmente não querem. Por outro lado, muitas dessas pessoas não querem, por exemplo, ir para o interior do país, onde toda a gente tem trabalho. Em nenhuma aldeia/vila pequena vês pessoas a pedir na rua, porque toda a gente tem um quintal ou um vizinho que os ajuda. Pobres haverão sempre. Portugal tem, sim, capacidade para acolher milhares de pessoas. Aliás, até seria bom virem várias famílias repovoar o interior, já que os portugueses não o fazem. 

JoanaSantos, ManuelM e Forbidden gostam disto!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Também não querendo ser mau, há muitos sem-abrigo que o são porque querem. O que não falta são trabalhos jornalísticos sobre estes temas em que se ouvem as instituições que dizem que conseguem recolocar as pessoas na sociedade e que muitas simplesmente não querem. Por outro lado, muitas dessas pessoas não querem, por exemplo, ir para o interior do país, onde toda a gente tem trabalho. Em nenhuma aldeia/vila pequena vês pessoas a pedir na rua, porque toda a gente tem um quintal ou um vizinho que os ajuda. Pobres haverão sempre. Portugal tem, sim, capacidade para acolher milhares de pessoas. Aliás, até seria bom virem várias famílias repovoar o interior, já que os portugueses não o fazem. 

Ainda pra mais nos perdemos mais de 400 mil pessoas nos ultimos anos.

JoanaSantos gosta disto!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Também não querendo ser mau, há muitos sem-abrigo que o são porque querem. O que não falta são trabalhos jornalísticos sobre estes temas em que se ouvem as instituições que dizem que conseguem recolocar as pessoas na sociedade e que muitas simplesmente não querem. Por outro lado, muitas dessas pessoas não querem, por exemplo, ir para o interior do país, onde toda a gente tem trabalho. Em nenhuma aldeia/vila pequena vês pessoas a pedir na rua, porque toda a gente tem um quintal ou um vizinho que os ajuda. Pobres haverão sempre. Portugal tem, sim, capacidade para acolher milhares de pessoas. Aliás, até seria bom virem várias famílias repovoar o interior, já que os portugueses não o fazem. 

É verdade, mas também não sei se eles vão querer ir para essas zonas...

Por mim, desde que não tragam a guerra para aqui e desde que não sejam como estes no vídeo, podem vir à vontade.

Fogo, ela andava no meio dos extremistas nas calmas...

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Esta gente está desesperada. Vão para onde lhe arranjam alguma estabilidade. 

Alguns estão certamente. Aqueles que atiraram água para os carris de comboio não deviam estar assim tanto.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Estou a levar com tanto post retrogado no facebook por causa do assunto dos refugiados, mas quem escreve esses posts também não se lembra que tivemos na altura da guerra colonial muita gente a sair do pais para fugirem à guerra. 

Forbidden e JoanaSantos gostam disto!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Também não querendo ser mau, há muitos sem-abrigo que o são porque querem. O que não falta são trabalhos jornalísticos sobre estes temas em que se ouvem as instituições que dizem que conseguem recolocar as pessoas na sociedade e que muitas simplesmente não querem. Por outro lado, muitas dessas pessoas não querem, por exemplo, ir para o interior do país, onde toda a gente tem trabalho. Em nenhuma aldeia/vila pequena vês pessoas a pedir na rua, porque toda a gente tem um quintal ou um vizinho que os ajuda. Pobres haverão sempre. Portugal tem, sim, capacidade para acolher milhares de pessoas. Aliás, até seria bom virem várias famílias repovoar o interior, já que os portugueses não o fazem. 

Pessoa essas que nunca farão parte da população portuguesa, não sei se estás a entender o que estás a dizer. Para ti é mandá-los para o interior, boa, é a parte de Portugal com mais idosos e despovoamento... boa. Vão pessoas para lá... e então? Achas que eles alguma vez vão se considerar portugueses? Por amor de deus... são sociedades completamente diferentes. 

Esta gente está desesperada. Vão para onde lhe arranjam alguma estabilidade. 

Notasse, por isso é que causam o caus na Grécia... parecem doidos. Parece que foram fazer a guerra para lá e causar o pânico. Entram ilegalmente e ainda pensam o quê? Mas whatever, não façam nada não... isto não vai acabar bem

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Pessoa essas que nunca farão parte da população portuguesa, não sei se estás a entender o que estás a dizer. Para ti é mandá-los para o interior, boa, é a parte de Portugal com mais idosos e despovoamento... boa. Vão pessoas para lá... e então? Achas que eles alguma vez vão se considerar portugueses? Por amor de deus... são sociedades completamente diferentes. 

Notasse, por isso é que causam o caus na Grécia... parecem doidos. Parece que foram fazer a guerra para lá e causar o pânico. Entram ilegalmente e ainda pensam o quê? Mas whatever, não façam nada não... isto não vai acabar bem

mas isso também acontece com as comunidades portuguesas no estrangeiro, que ainda são muito apegadas ao país de origem.

 

Forbidden gosta disto!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

mas isso também acontece com as comunidades portuguesas no estrangeiro, que ainda são muito apegadas ao país de origem.

 

Por acaso acho muito o contrário, acho que muita gente se acha superior por ir viver para outro país...

srcbica e JoanaSantos gostam disto!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Pessoa essas que nunca farão parte da população portuguesa, não sei se estás a entender o que estás a dizer. Para ti é mandá-los para o interior, boa, é a parte de Portugal com mais idosos e despovoamento... boa. Vão pessoas para lá... e então? Achas que eles alguma vez vão se considerar portugueses? Por amor de deus... são sociedades completamente diferentes. 

Notasse, por isso é que causam o caus na Grécia... parecem doidos. Parece que foram fazer a guerra para lá e causar o pânico. Entram ilegalmente e ainda pensam o quê? Mas whatever, não façam nada não... isto não vai acabar bem

Os portugueses são uma mistura de raças e de culturas extraordinária. Somos descendentes de vários povos que por aqui passaram e esse fluxo nunca vai deixar de existir. Nós vamos continuar a receber outros povos, tal como nós continuamos a espalharmo-nos pelo mundo e a isso se chama globalização. Nós não podemos de forma alguma negarmos a entrada de estrangeiros que, como é óbvio, nunca se vão esquecer das suas origens, mas o objetivo não é a aculturação, é a convivência pacífica de várias culturas. Portugal é isso, Europa é isso. O que me parece é que toda a gente aqui na Europa fica escandalizada com o Donald Trump e as suas ideias, mas no fundo também os europeus são todos uns mini-trump daqui da zona, especialmente os do norte da Europa. Em relação aos confrontos, estas pessoas vieram de ambientes hostis, muitos nunca conheceram outra realidade. Sentem-se completamente desesperados e não é estranho que causem alguns problemas, mas eu penso que basta sentirem-se respeitados e em segurança que podem facilmente serem integrados na sociedade.  

Editado por Daniel_TV
Forbidden, srcbica e JoanaSantos gostam disto!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Os portugueses são uma mistura de raças e de culturas extraordinária. Somos descendentes de vários povos que por aqui passaram e esse fluxo nunca vai deixar de existir. Nós vamos continuar a receber outros povos, tal como nós continuamos a espalharmo-nos pelo mundo e a isso se chama globalização. Nós não podemos de forma alguma negarmos a entrada de estrangeiros que, como é óbvio, nunca se vão esquecer das suas origens, mas o objetivo não é a aculturação, é a convivência pacífica de várias culturas. Portugal é isso, Europa é isso. O que me parece é que toda a gente aqui na Europa fica escandalizada com o Donald Trump e as suas ideias, mas no fundo também os europeus são todos uns mini-trump daqui da zona, especialmente os do norte da Europa. Em relação aos confrontos, estas pessoas vieram de ambientes hostis, muitos nunca conheceram outra realidade. Sente-se completamente desesperados e não é estranho que causam alguns problemas, mas eu penso que basta sentirem-se respeitados e em segurança que podem facilmente serem integrados na sociedade. 

Qual é a parte que problema aqui não são raças? Por amor de deus, esse pensamente seria ridículo. O problema é que a entrada de pessoas que nós não sabemos bem quem são e À FORÇA. Eu compreendo a tua ideia, compreendo que o obejtivo não seja aculturação, é a convivência... e essa convivência? Achas que isso é fácil? Há um choque enorme de culturas... mas cedo ou mais tarde pode dar problemas, e obviamente que não estou a dizer em todos os casos, mas enfim. 

E please, "nunca conheceram outra realidade", tens noção que muita daquela gente estava na Turquia e não sei quê? Isso não é desculpa para chegaram a um país que não é deles e fazerem o que têm feito.. e recusar comida e água? No minimo deprimente. Só decidiram vir para a Europa porque basicamente queriam melhores condições.. achas que alguma vez eles se vão integrar a longo prazo na sociedade? Eu acho que não, e isto tem tudo para correr mal... mas pronto, é a minha visão das coisas... mas sem falar nesses problemas todos, e os terroristas que vêm infiltrados? Outro problema... Isto é um grave problema para a Europa, que estourou agora (que ainda n percebi bem pq), e que tem tudo para dar mal.

 

srcbica gosta disto!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Oi?????? Primeiro, países islâmicos são ditaduras, só a Turquia que não! Segundo, a violência não é contada em países em guerra civil, só em países onde há relativa ordem. Relativa ordem esta que faz com que os números de homicídios sejam contados e também expostos por serem países democráticos. Digam-me países islâmicos assim?! Aqui na AL a violência deriva das drogas, enquanto nos países islâmicos a violência deriva praticamente da religião, logo o catolicismo não tem culpa pelo o que ocorre na AL.

Bom, explicado isto, agora digam-me extremistas cristãos que mutilam mulheres ou as apedrejam em praça pública por terem tido ousadia de serem estupradas? Ou países de maioria cristã que permitem isto numa boa sem punir ditos extremistas??? Contem-me sobre leis de blasfêmia que condenam a morte pessoas que não seguem a religião cristã em países ocidentais? Regurgitem todos os terroristas cristãos motivados por ódio religioso que plantam bombas ou sequestram aviões pra dizimar os ''infiéis'', botam fogo em mesquitas no ocidente e uma população cristã que os defende e os resguarda??

Mano! Que porr# vcs escrevem? Não é realmente um ataque pessoal, mas o que eu li nesta página foi o lixo mais delirante que eu já vi neste mês, no mínimo!!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Oi?????? Primeiro, países islâmicos são ditaduras, só a Turquia que não! Segundo, a violência não é contada em países em guerra civil, só em países onde há relativa ordem. Relativa ordem esta que faz com que os números de homicídios sejam contados e também expostos por serem países democráticos. Digam-me países islâmicos assim?! Aqui na AL a violência deriva das drogas, enquanto nos países islâmicos a violência deriva praticamente da religião, logo o catolicismo não tem culpa pelo o que ocorre na AL.

Bom, explicado isto, agora digam-me extremistas cristãos que mutilam mulheres ou as apedrejam em praça pública por terem tido ousadia de serem estupradas? Ou países de maioria cristã que permitem isto numa boa sem punir ditos extremistas??? Contem-me sobre leis de blasfêmia que condenam a morte pessoas que não seguem a religião cristã em países ocidentais? Regurgitem todos os terroristas cristãos motivados por ódio religioso que plantam bombas ou sequestram aviões pra dizimar os ''infiéis'', botam fogo em mesquitas no ocidente e uma população cristã que os defende e os resguarda??

Mano! Que porr# vcs escrevem? Não é realmente um ataque pessoal, mas o que eu li nesta página foi o lixo mais delirante que eu já vi neste mês, no mínimo!!




Mas a Igreja é separada do Estado e só por isso é que não ves esses abusos hoje em dia, mas os Cristãos faziam o mesmo que os islâmicos a uns séculos atrás. Ja pra nao falar da complacência da Igreja com os abusos sexuais e as Lavandarias de Madalena que existiram até aos anos 90.
JoanaSantos gosta disto!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Qual é a parte que problema aqui não são raças? Por amor de deus, esse pensamente seria ridículo. O problema é que a entrada de pessoas que nós não sabemos bem quem são e À FORÇA. Eu compreendo a tua ideia, compreendo que o obejtivo não seja aculturação, é a convivência... e essa convivência? Achas que isso é fácil? Há um choque enorme de culturas... mas cedo ou mais tarde pode dar problemas, e obviamente que não estou a dizer em todos os casos, mas enfim. 

E please, "nunca conheceram outra realidade", tens noção que muita daquela gente estava na Turquia e não sei quê? Isso não é desculpa para chegaram a um país que não é deles e fazerem o que têm feito.. e recusar comida e água? No minimo deprimente. Só decidiram vir para a Europa porque basicamente queriam melhores condições.. achas que alguma vez eles se vão integrar a longo prazo na sociedade? Eu acho que não, e isto tem tudo para correr mal... mas pronto, é a minha visão das coisas... mas sem falar nesses problemas todos, e os terroristas que vêm infiltrados? Outro problema... Isto é um grave problema para a Europa, que estourou agora (que ainda n percebi bem pq), e que tem tudo para dar mal.

 

Eu acho que tudo isso tem pura e unicamente que ver com preconceitos. Acredito que estes refugiados podem integrar-se na sociedade europeia. A Europa, desde que se abriu aos países de leste, tem dentro de portas culturas totalmente diferentes e isso até agora não deu problemas. Claro que pode have a possibilidade de gente mal intencionada entrar no continente, mas é assim os terroristas já entraram e se assim o desejarem voltam a entrar, construam os muros que quiseram. Agora, o problema real é que há um grande desconhecimento, o que traz medo, em relação aos muçulmanos. Há um grupo de radicais que tem aterrorizado o mundo desde 2001, mas isso é um grupo, é uma minoria dentro da religião que está em guerra, o que obrigou estes refugiados a fugirem daquele terror. Eu acho que seria no mínimo desumano simplesmente impedir a passagem daquelas pessoas. É como se diz agora, a Europa tem de ter as portas abertas, mas não escancaradas. É óbvio que tem de haver um controlo, mas sinceramente eu acho que tudo pode correr pelo melhor. 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Os fundamentalistas cristãos conseguem ser piores que os muçulmanos. 

Não concordo, os muçulmanos se for preciso matam sem olhar a meios, os cristãos acho que não (não conheço nenhum caso semelhante). Mas alguns cristãos são de tal forma agarrados à religião que são deveras mesquinhos e conservadores, deitam abaixo as outras religiões só porque sim, e têm mentalidade quadrada que se resume apenas ao que está na Bíblia e o seu conteúdo é o que está certo, mais nada, e nem se adaptam aos tempos modernos. Aposto que muitos deles não devem gostar deste Papa por estar a abrir as mentalidades das pessoas e a quebrar alguns estereótipos da Igreja.

srcbica, JoanaSantos e Corey Taylor gostam disto!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais


Mas a Igreja é separada do Estado e só por isso é que não ves esses abusos hoje em dia, mas os Cristãos faziam o mesmo que os islâmicos a uns séculos atrás. Ja pra nao falar da complacência da Igreja com os abusos sexuais e as Lavandarias de Madalena que existiram até aos anos 90.

Tu estás a falar do passado, enquanto eu estou a falar do presente. Adivinha porque países cristãos são laicos? Porque há menos cristãos extremistas e os que são, não fazem cócegas nos extremistas islâmicos. A religião islâmica impede a laicidade, a igualde e a democracia muito mais que o cristianismo, por isto que países islâmicos são como são. 

O único ponto atual teu digno de preocupação são os abusos sexuais dos padres. Entretanto no islamismo os abusos sexuais não estão restritos aos imãs, estão disseminados em todos os homens que seguem a religião e acham que a mulher não tem direito de se vestir da forma que quer, tampouco direito ao próprio corpo. Não digo que todos os homens muçulmanos são estupradores e todos os cristãos são santos, apenas que muçulmanos quando não estupram, estão mais provavelmente a defender o estuprador e tudo isto com base religiosa. Cristãos, em contrapartida, tendem a condenar mais o estuprador e serem menos cúmplices, apesar de óbvio muitos serem misóginos e culparem a vítima. Há menos chances de um cristão estuprar ou condenar a vítima do que um muçulmano, isto para mim é um fato.

Quanto a meninos serem abusados, eu não sei como é a reação islâmica, uma vez que homens não precisam ser virgens. Talvez o condenem por ser homossexual? 

João F. gosta disto!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

A religião cristã é a maior praga da nossa sociedade. Séculos depois continua a fazer autênticas lavagens cerebrais às pessoas, impede a evolução, só cria guerras no mundo já cheio de discórdia. Realmente, não consigo perceber o poder e a influência que a Igreja ainda tem na nossa sociedade. Quanto a mim, seremos todos mais livres, ou seja, mais felizes quando conseguirmos expulsar a Igreja da nossa mente. Igreja e as religiões no geral, porque todas fazem o mesmo: criar um rebanho que impede as crenças individuais e características pessoais e torna todos iguais na maneira de pensar e de agir, segundo regras medievais e restritas de liberdade. 

Forbidden e JoanaSantos gostam disto!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!


Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!


Entrar agora