k3o4

Porto Canal

186 posts neste tópico

A televisão regional Porto Canal, que estuda a mudança de nome, vai reforçar em 01 de janeiro a sua rede de delegações, com a abertura de novas instalações em Guimarães, Braga e no Douro, anunciou hoje o diretor-geral da estação.De acordo com Juan Figueroa Boullosa, o plano de expansão implica um investimento de 100 mil euros, bem como a integração de 25 novos profissionais.

O Porto Canal tem a funcionar desde Julho três outras delegações, em Mirandela, Arcos de Valdevez e Penafiel.

Referindo-se ao propósito de alterar a designação da estação, que iniciou as suas emissões em 29 de Setembro de 2006, o diretor-geral considerou que a actual se tornou “algo redutora” face à expansão da rede de delegações por todo o norte.

“Queremos que as pessoas percebam que, de facto, somos uma televisão regional do norte. Neste sentido, vamos tentar encontrar uma solução que reflicta esta nova realidade”, afirmou.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Concordo, espero é que a mudança de identidade seja gradual para não criar confusão e posterior rejeição por parte do telespectador.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

FC Porto pode assumir posição estratégica no Porto Canal

O FC Porto e o Porto Canal assinaram um protocolo que conjugará interesses das duas instituições, podendo o clube, "até ao Verão, assumir uma posição estratégica" naquela estação televisiva, revelou hoje à Lusa fonte ligada ao processo.

A cooperação entre as partes foi anunciada hoje pelas duas entidades em comunicado oficial nos respectivos "sites" na Internet e ambas referem o reforço da sua imagem e intenções ao nível da comunicação.

A sinergia de meios e plataformas de comunicação e marketing "levará a um posicionamento estratégico" do clube na empresa que gere o Porto Canal, assegurou a mesma fonte.

A transmissão em directo do FC Porto-Benfica, da 20.ª jornada do campeonato nacional de hóquei em patins, no sábado, será já um sinal claro do entendimento em curso entre as duas instituições.

O FC Porto revela no memorando de entendimento com os proprietários do Porto Canal (Media Luso, empresa participada do grupo espanhol Mediapro) que tem "como objectivo reforçar a expressão pública e o relacionamento" da instituição, "assim como promover a marca e os produtos e serviços associados".

O Porto Canal anuncia que "será chamado a assumir uma dimensão reforçada no panorama televisivo português, consolidando o trajecto de reforço da notoriedade, da relevância e das audiências que tem vindo a percorrer".

A Media Lusa é uma empresa com experiência nas transmissões televisivas do futebol português, assegurando os meios técnicos para a totalidade das transmissões televisivas para os vários canais portugueses, SportTv, RTP, SIC e TVI.

"O acordo é o primeiro passo de um plano que permitirá o reforço dos canais de comunicação e marketing do FC Porto, nomeadamente a nível da televisão, novos media, e ferramentas sociais", lê-se ainda no comunicado do FC Porto, que remete para data oportuna mais informações sobre o assunto.

Por sua vez, o Porto Canal refere que o acordo "assegurará o incremento de meios de comunicação ao dispor de uma das instituições mais importantes do País".

@ Oje

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Pinto da Costa compra Porto Canal mas quer financiamento garantido

O clube liderado por Pinto da Costa assume o controlo do Porto Canal dentro de três meses.

Concretização do negócio depende do financiamento dos três primeiros anos de actividade.

O Futebol Clube do Porto (FCP) só concretiza a compra do Porto Canal, acordada na semana passada com a espanhola Mediapro, se conseguir assegurar o financiamento dos três primeiros anos de actividade. O clube está à procura de financiamento, revelou ao Diário Económico Luís Paixão Martins, consultor do FC Porto para este projecto. O contrato assinado entre as duas empresas contém uma cláusula que permite ao FCP abandonar o negócio no prazo de 90 dias.

Ainda segundo o consultor, os custos - de capital e de antena - deverão ser suportados com a "própria distribuição do Porto Canal", disponível nas plataformas do Meo e da Zon.

O investimento do FCP no Porto Canal insere-se no projecto de desenvolvimento de uma nova plataforma multimédia com um orçamento previsto (em grelha) de cinco milhões de euros por ano, montante que não inclui o investimento. O clube de Jorge Nuno Pinto da Costa deverá assumir o controlo do canal a 1 de Julho, entretanto está a desenvolver os meios de suporte digital que também vão fazer parte da plataforma.

Segundo o TVU noticiou, Júlio Magalhães poderá ser o escolhido para dirigir o canal.

Por um lado estou contente por o FCP ter um canal. Por outro tenho pena que o projecto de tornar o Porto Canal no Canal do Norte ser, em princípio, posta de lado.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Rui Cerqueira é o director do Porto Canal

F.C.Porto começa a gerir o Porto Canal a 1 Julho. Júlio Magalhães negoceia lugar de presidente

O actual director de comunicação do F. C. Porto, Rui Cerqueira, vai assumir as funções de director-geral do Porto Canal, estação que a partir de 1 de Julho passará para as mãos do clube. Para Júlio Magalhães está reservado o lugar de presidente do Conselho de Direcção.

Em Julho, a F. C. Porto Media, criada pelo clube para o efeito, passa a gerir a estação adquirida à Media Luso, detida pelo grupo espanhol Mediapro, e desde logo será possível assistir a alterações gráficas, inspiradas no clube, e à introdução de novos programas. "Está previsto que se façam emissões desde um novo estúdio instalado no Estádio do Dragão", avança fonte ligada ao projecto, da parte do F. C. Porto. Outra das apostas será um "talk show" nocturno diário.

O acordo estabelecido com os espanhóis define ainda o compromisso de prestação de serviços, durante quatro anos, por parte da Media Luso, cujo tecto mínimo é de 60%. Ou seja, a empresa que actualmente produz o canal continuará a fornecer programas para aquela antena. O clube tem depois até três anos para adquirir o capital. A Avenida dos Aliados SA, sociedade proprietária neste momento da estação, é detida em 97% pela Media Luso. Os restantes 3% estão divididos entre o Finibanco e a JP Sá Couto: o primeiro detém 2% e o segundo 1%.

A hipótese de Júlio Magalhães ficar associado ao projecto mantém-se, refere a mesma fonte. O pivô da TVI continua em negociações com os responsáveis do clube, mas agora tendo em vista um lugar cimeiro, o de presidente do Conselho de Direcção.

Sem perder tempo, os novos gestores preparam ainda a contratação de um novo director de informação. A componente noticiosa, nomeadamente a desportiva, começará a reforçar a oferta da emissão de imediato, embora estejam previstas alterações faseadas. Reserva-se para Janeiro o lançamento de uma estação assumidamente focada no desporto.

A par da entrada em cena dos novos gestores, começaram os contactos com distribuidoras internacionais. E as conversações com uma operadora angolana tem corrido da melhor forma, revela a mesma fonte, o que significa que Angola deverá ser o primeiro dos destinos fora de portas. Em Portugal, o facto de o Porto Canal fazer parte da oferta de todos os operadores, do Meo, à Zon, à Vodafone Casa, torna a sua recepção mais universal do que a actualmente existente pelo Benfica TV, ainda excluído da maior plataforma, a Zon, por causa de um desentendimento antigo.

O Porto Canal iniciou emissões a 29 de Setembro de 2006, com a ambição de fornecer programação de interesse específico aos 14 concelhos da área do Grande Porto. Várias produtoras do Porto - Farol de Ideias, Filbox, Media Luso, entre outras - garantiram 60% da sua estrutura financeira. Parcerias com algumas autarquias da região marcaram esta sua primeira fase. Bruno Carvalho, um dos fundadores, chegou a deter 49% do canal que dirigiu durante três anos, saiu em Agosto de 2009. A Media Luso foi reforçando a sua posição na empresa, até deter, em 2007, 49% do estrutura accionista.

A última grande aposta da estação tem sido as delegações no Norte, apresentadas como um veículo de proximidade com os cidadãos de uma região mais alargada. Chegou mesmo a equacionar-se a mudança de nome na sequência desta investida.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Confesso que a ideia da compra do Porto Canal não me parecia nada boa...Mas pode ser que assim o canal vá avante e cresça em termos de audiências, até porque tem feito por isso, com a transmissão de vários encontros desportivos, não só de clubes, mas tbm de amigáveis da selecção nacional principal de Futsal.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Espero que dê desporto do F.C.Porto em várias modalidades e não são futebol, futebol apenas das camadas jovens, e depois que mostre as festas da cidade do Porto, que transmita a Queima das Fitas do Porto, dá para fazer um canal fixe, com ar jovem mas para todas as idades.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Pinto da Costa vai ter programa no Porto Canal

Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto, vai ter um programa no Porto Canal, a estação de televisão que o clube adquiriu à Mediapro Portugal. O carismático dirigente desportivo terá "um programa mensal de entrevistas", garantiu ao CM fonte ligada ao projecto.

Ao que o nosso jornal apurou, este formato deverá ser transmitido a partir dos estúdios que o canal está a instalar no Estádio do Dragão.

No próximo dia 1 de Julho, os azuis-e-brancos assumem a direcção e a gestão do Porto Canal, que entretanto já está a tratar da sua expansão para África. "Estamos a trabalhar no processo de distribuição do Porto Canal para fora de Portugal, pois a internacionalização é uma meta que foi sempre considerada. Para já, estamos a ultimar com Angola e Moçambique" revela a mesma fonte ao CM.

O Porto Canal terá Rui Sequeira como director-geral e uma equipa de 15 profissionais, a que se juntará um director de Informação. "Já está escolhido e será anunciado na estreia. Trata-se de um jornalista que tem uma posição de chefia num órgão de comunicação social e mais não podemos dizer", adianta a mesma fonte.

Recorde-se que se chegou a falar em Júlio Magalhães, jornalista da TVI e ex-director de Informação do canal de Queluz, para ocupar o cargo, mas o próprio terá depois desmentido. "Júlio Magalhães está muito bem na TVI e muito ocupado", considera fonte do Porto Canal.

Como o CM avançou, estão disponíveis 5 milhões de euros para a nova grelha do Porto Canal, presente nos principais operadores: Meo, Zon, Cabovisão e Vodafone.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Desde 2ª que este canal passou a ser gerido pelo FCPorto.

Nem tudo é azul e branco no canal de TV do FC Porto

O logótipo localizado no canto superior esquerdo do televisor manteve-se inalterado durante (quase) toda a emissão, a habitual grelha de programas de segunda-feira sofreu poucas alterações e o desporto foi um assunto marginal - isto até Pinto da Costa assumir o protagonismo na estreia do programa "Somos Porto". A nova vida do Porto Canal, agora sob gestão do FC Porto, arrancou ontem, mas a marca portista ainda é ténue. A grande metamorfose da estação televisiva está prevista para Janeiro, mas o cariz generalista vai manter-se para "a região do Porto e do Norte terem uma voz no país".

Qualquer semelhança entre os tradicionais canais de televisão de clubes de futebol - Benfica TV incluído - e o novo projecto agora iniciado pelo FC Porto é pura coincidência. E essa é uma aposta assumida pelos responsáveis pelo canal do clube "azul e branco". Domingos Andrade, novo director de Informação e Programação do Porto Canal, não tem dúvidas de que seria "muito fácil fazer um canal exclusivamente sobre desporto", mas elogia o "gesto de inteligência" que foi a aposta, "muito mais exigente", numa televisão generalista.

"Numa altura em que poucos investem nos media, o FC Porto aposta num canal para a cidade do Porto e a região Norte" e o objectivo, afirma ao PÚBLICO Domingos Andrade, é "levar as perguntas do Norte aos diversos poderes". Apesar de reconhecer que "o foco da informação" terá uma localização "regional", o ex-director-adjunto da agência Lusa garante que a agenda informativa do canal "não ficará fechada" nessas "fronteiras" e será "abrangente", porque "o que interessa ao Porto e ao Norte interessa ao resto do país".

A partir de Janeiro, com o início da grelha de programação delineada pela nova equipa, que terá Rui Cerqueira como director de Informação Desportiva, a tendência será para que os espaços exclusivamente dedicados ao FC Porto, "que terão uma "marca de água" própria", aumentem. Até lá, haverá dois programas: o "Flash Porto", diariamente às 21h45 e 23h15, e o "Somos Porto", emitido às segundas-feiras a partir das 22h. Haverá ainda edições especiais nos dias das partidas de futebol, transmissões em directo das conferências de imprensa e de jogos das modalidades.

Para assumir este projecto, o FC Porto tem financiamento garantido para os próximos três anos, período em que pode exercer opção de compra sobre a estação, e o orçamento anual deverá rondar os dois milhões e meio de euros.

Público

Confesso que agrada-me a ideia de continuar a ser um canal generalista, assim pelo menos tem conteúdo...

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Descobri há dias o «Jornal do Norte», todos os dias às 20h00, no Porto Canal. Um espaço informativo, que vai para o ar no horário dos jornais das generalistas, só que são apenas notícias sobre o Norte do País.

Fiquei espantado. São peças jornalísticas fantásticas e de grande qualidade, não ficando nada atrás de uma RTP1, SIC ou TVI. Gosto bastante do grafismo e do rodapé.

É um jornal agradável, e que vai ser a minha nova companhia das 20h, para estar bem informado ;)

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Também já vi esse informativo. :)

Nunca percebi porque é que o Porto Canal e outros canais regionais não estão em sinal aberto. Em Espanha, estão e não é por isso que não deixa de haver publicidade... se os canais se mantêm na TV Cabo, porque não hão-de estar em sinal aberto?!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

O Júlio a querer levar o Marcelo para o Porto Canal e a destruir os domingos da TVI ... ai ai Júlio :cha:

Também penso que o Marcelo queira ficar na TVI, por todas e mais algumas razões (é a TVI)!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Por mim...eu até nem vejo o Porto Canal, alias quem é que vê? 10 pessoas, 20 no máximo? :P Mas realmente, tem com cada um... :D Haja paciência ;)

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!


Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!


Entrar agora