_zapping_

Cinema

4000 posts neste tópico

Fui ver no sábado o filme. Gostei, mas gostei mais do primeiro a nível de piadas e de humor. Este vale mais pela história e pelo sentimento.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Sem dúvida que é um grande filme de animação, no entanto, o primeiro foi bastante mais giro, acho q teve mais acção e mais humor :)

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Fui ver o filme. Adorei! É dos melhores filmes portugueses que já alguma vez vi (tornou-se um dos meus favoritos a par de "O Mistério da Estrada de Sintra" que também está muito bom).

É com este(s) filme(s) que se prova o quanto somos bons no cinema. Claro que há produções melhores que outras, mas temos bons produtos no ramo do cinema.

Destaco, claro, a intrepretação da actriz que faz de "Amália". É a revelação, com certeza. Merece o próximo Globo de Ouro para a melhor actriz de cinema!

Ana Padrão e Carla Chambel estiveram cinco estrelas e adorei ver, que tem estado longe da televisão (a gravar ou gravou "Cenas do Casamento"), a Susana Mendes.

Tive pena que a sala não estivesse muito cheia. Acho triste! Este filme, pelo valor que tem, deveria estar na prioridade dos portugueses. É de lamentar se não tiver uma boa adesão!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Portugal está a melhorar a qualidade do cinema, ainda tem algumas falhas, mas com o passar do tempo e com a experiencia enriquecidora, seremos uma grande porta do futuro do cinema, e temos uma coisa que a maioria dos países não tem, as melhores condições para gravar, paisagens lindas, e clima ameno, com isto tudo se pode fazer um filme "perfeto".

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Onde eu acho que Portugal se destaca no cinema é com filmes de época. Esses deixam-me de boca aberta e faz.me pensar que estamos num patamar bem alto, a par de grandes indústrias. Fiquei de boca aberto com "O Mistério da Estrada de Sintra" e o mesmo se prova com "Amália, o filme" que, mesmo sendo feito em tempo recorde, está muito bom.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Entrevista com Sandra Barata Belo

Duas semanas e meia depois da estreia, "Amália- O Filme" já foi visto por quase 100 mil portugueses, que se emocionaram com a história da diva do fado. A actriz Sandra Barata Belo, que encarna Amália, conversou com SapoFama sobre este momento alto da sua carreira.

sandra-belo-24-12-225.jpg

"Amália- O Filme" foi a terceira fita mais visto na semana de estreia em Portugal. Satisfeita com esta receptividade do público?

Sim, estou muito contente com o resultado. Ainda não completámos três semanas de exibição e já estamos perto dos 100 mil espectadores, o que significa que as pessoas estão a gostar. Não há melhor promoção do que o "boca a boca".

A sua parecença física com a fadista Amália é inegável. As pessoas dizem-lhe muito isso?

Agora que sabem que interpretei a fadista, algumas pessoas conseguem ver as nossas semelhanças, embora as opiniões se dividam entre aquelas que acham que sou "tal e qual" e aquelas que acham que "dou uns ares."

Antes do casting para o filme, alguma vez se tinha apercebido dessa semelhança física?

Não.

O que mais lhe dizem os fãs da Amália quando a abordam?

Até agora só tenho tido elogios. Conheci muitas pessoas que, de alguma forma, privaram mais ou menos com Amália, e os comentários são sempre muito positivos, o que me deixa bastante tranquila e confiante.

Algumas passagens do filme foram criticadas, por supostamente não corresponderem à verdade. Como encara essas críticas?

O nosso filme teve um largo período de pesquisa, que envolveu conversas com mais de 20 pessoas próximas de Amália, documentos biográficos e entrevistas que a própria deu. Tudo isto serviu de base para os guionistas, para o realizador, para os décors, para mim, enfim, para todos os criadores do filme. A nossa intenção foi ser fiéis àquilo que foi um pouco da vida de Amália. Tudo foi tratado com muito cuidado, numa perspectiva de, uma vez mais, homenageá-la. Sendo um filme, é também uma obra de ficção mas com base em factos reais. Este é um filme sobre a perspectiva de Amália. Qualquer obra sobre ela irá ser sempre polémica.

sandra-belo-24-12-225b.jpg

Qual a cena que exigiu mais de si enquanto actriz?

Fazer uma personagem da adolescência até aos 64 anos é por si só muito difícil. Mas se tiver que destacar alguma idade, sem dúvida a Amália mais velha, de 50 e 64 anos. Por tudo, pela maturidade, pelo peso do corpo e também porque tinha caracterizações muito duras que me obrigavam a estar com uma atenção e concentração redobradas.

Na fase mais adiantada da vida de Amália, o processo de caracterização foi mais complexo. "Sofreu" muito com a maquilhagem e transformação diárias?

Sem dúvida. Foi muito incómodo ter que suportar horas com a cara toda coberta de silicone, e ter de representar com esse incómodo. Mas sempre fui bem tratada por toda a equipa, o que facilitou o processo.

Sente a responsabilidade de dar cara e corpo a Amália?

Claro que sim. Por isso tive uma preparação de dois meses para poder tirar dúvidas, ensaiar, ter aulas de voz e de canto. Durante as filmagens sentia que não podia relaxar, nem quando estava de folga.

Depois de fazer o filme, que imagem vai guardar da mulher e artista Amália Rodrigues?

Uma mulher que sem dúvida gostaria de ter conhecido. Fiquei com saudades dela. Uma mulher muito à frente do seu tempo, de grandes contrastes e com uma personalidade apaixonante. Um expoente da nossa cultura portuguesa.

Passou a gostar mais de fado? Ou já gostava antes do filme?

Sou lisboeta. Gosto de fado.

Qual a primeira coisa que lhe passou pela cabeça quando soube que ia ficar com o papel?

Fiquei muito contente, mas com sentimento de grande responsabilidade. A partir desse dia, Amália tornou-se uma obsessão para mim. Só me sentia bem a estudá-la, porque assim sentia que estava mais perto dela.

Já tem algum projecto novo?

Projectos tenho sempre. Alguns realizam-se outros não.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

de todos os filmes aí mencionados, só vi o "Batman"

não conhecendo os outros, posso apenas dizer que penso que o Globo de Melhor Actor Secundário foi bem entregue ao falecido Heath Ledger, a sua interpretação do Joker foi simplesmente fantástica, e como este prémio caminha para a conquista do Óscar, o prémio pode não ser para quem mais merece, mas que é merecido é.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

QUOTE(Rowar @ 16-Jan-2009, 21:33) <{POST_SNAPBACK}>
não conhecendo os outros, posso apenas dizer que penso que o Globo de Melhor Actor Secundário foi bem entregue ao falecido Heath Ledger, a sua interpretação do Joker foi simplesmente fantástica, e como este prémio caminha para a conquista do Óscar, o prémio pode não ser para quem mais merece, mas que é merecido é.

Há muitos que querem que ele ganhe o Óscar para ser o primeiro actor falecido a receber esse prémio.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

«O Estranho Caso de Benjamin Button» lidera nomeações aos Óscares

As nomeações para os Óscares da Academia acabaram de ser anunciadas pelo seu presidente, Sid Ganis, acompanhado pelo actor, também membro da Academia, Forest Whitaker.

Desenvolvimento

Apesar de todas as previsões, não faltaram surpresas nas nomeações para a 81ª edição da cerimónia dos Óscares: Kate Winslet não recebeu a dupla nomeação para Melhor Actriz e Melhor Actriz Secundária, «O Cavaleiro das Trevas» ficou de fora das principais designações, e o menos falado «The Reader» mereceu a candidatura a quatro troféus, incluindo Melhor Realizador e Melhor Argumento Adaptado.

«O Estranho Caso de Benjamin Button» lidera a corrida com 13 nomeações, a apenas uma de distância do recorde de 14 que teve «Eva» e «Titanic». «Quem Quer Ser Bilionário?», de Danny Boyle, vem logo a seguir, com 10.

Quase todas as categorias têm uma nomeação surpresa: por exemplo, na de Melhor Actor é a de Ricard Jenkins por um filme pouco visto, «O Visitante», e na de Melhor Actriz é Melissa Leo por «Frozen River», fita que também conseguiu a nomeação para Melhor Argumento Original.

Tal como se esperava, o já falecido Heath Ledger foi nomeado para Melhor Actor Secundário pelo seu papel em «O Cavaleiro das Trevas», e, no prémio para Melhor Actriz Secundária Amy Adams, Penélope Cruz e Marisa Tomei são os nomes mais sonantes.

Na categoria de Melhor Longa-Metragem de Animação, «Wall-e», «O Panda do Kung Fu» e «Bolt» foram os contemplados, mas a animação também está presente na categoria de Melhor Filme Estrangeiro com «A Valsa com Bashir», por Israel, que acompanha filmes como «A Turma», de Laurent Cantet.

A cerimónia dos Óscares realiza-se daqui a um mês, no dia 22 de Fevereiro, no Kodak Theatre em Los Angeles.

A lista de nomeados é:

MELHOR FILME

«O Estranho Caso de Benjamin Button»

«Frost/Nixon»

«Milk»

«The Reader»

«Quem Quer Ser Bilionário?»

MELHOR REALIZADOR

Danny Boyle por «Quem Quer Ser Bilionário?»

David Fincher por «O Estranho Caso de Benjamin Button»

Gus Van Sant por «Milk»

Ron Howard por «Frost/Nixon»

Stephen Daldry por «The Reader»

MELHOR ACTOR

Brad Pitt por «O Estranho Caso de Benjamin Button»

Frank Langella por «Frost/Nixon»

Mickey Rourke por «O Wrestler»

Richard Jenkins por «O Visitante»

Sean Penn por «Milk»

MELHOR ACTRIZ

Angelina Jolie por «A Troca»

Anne Hathaway por «O Casamento de Rachel»

Kate Winslet por «Revolutionary Road»

Melissa Leo por «Frozen River»

Meryl Streep por «Dúvida»

MELHOR ACTOR SECUNDÁRIO

Heath Ledger por «O Cavaleiro das Trevas»

Josh Brolin por «Milk»

Michael Shannon por «Revolutionary Road»

Philip Seymour Hofman por «Dúvida»

Robert Downey Jr. por «Tempestade Tropical»

MELHOR ACTRIZ SECUNDÁRIA

Amy Adams por «Dúvida»

Penelope Cruz por «Vicky Cristina Barcelona»

Marisa Tomei por «O Wrestler»

Taraji P. Henson por «O Estranho Caso de Benjamin Button»

Viola Davis por «Dúvida»

MELHOR LONGA-METRAGEM DE ANIMAÇÃO

«Bolt»

«O Panda do Kung Fu»

«Wall.E»

MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL

«Frozen River»

«Um Dia de Cada Vez»

«Em Bruges»

«Milk»

«Wall.E»

MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO

«O Estranho Caso de Benjamin Button»

«Dúvida»

«Frost/Nixon»

«The Reader»

«Quem Quer ser Bilionário?»

MELHOR FILME DE LÍNGUA ESTRANGEIRA

«O Complexo de Baader Meinhof»(Alemanha)

«A Turma» (França)

«Departures» (Japão)

«Revanche» (Áustria)

«A Valsa com Bashir» (Israel)

MELHOR DIRECÇÃO ARTÍSTICA

«A Troca»

«O Estranho Caso de Benjamin Button»

«O Cavaleiro das Trevas»

«Revolutinary Road»

«A Duquesa»

MELHOR FOTOGRAFIA

«A Troca»

«O Estranho Caso de Benjamin Button»

«O Cavaleiro das Trevas»

«The Reader»

«Quem Quer ser Bilionário?»

MELHOR FOTOGRAFIA

«A Troca»

«O Estranho Caso de Benjamin Button»

«O Cavaleiro das Trevas»

«The Reader»

«Quem Quer ser Bilionário?»

MELHOR GUARDA-ROUPA

«Austrália»

«O Estranho Caso de Benjamin Button»

«A Duquesa»

«Milk»

«Revolutionary Road»

MELHOR MONTAGEM

«O Estranho Caso de Benjamin Button»

«O Cavaleiro das Trevas»

«Frost/Nixon»

«Milk»

«Quem Quer Ser Bilionário?»

MELHOR CARACTERIZAÇÃO

«O Estranho Caso de Benjamin Button»

«O Cavaleiro das Trevas»

«Hellboy 2: O Exército Dourado»

MELHOR BANDA SONORA ORIGINAL

«O Estranho Caso de Benjamin Button», de Alexandre Desplat

«Resistentes», de James Newton Howard

«Milk», de Danny Elfman

«Quem Quer Ser Bilionário?», de A.R. Rahman

«Wall.E», de Thomas Newman

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

«Down to Earth», de «Wall.E»

«Jai Ho», de «Quem Quer Ser Bilionário?»

«O Saya», de «Quem Quer Ser Bilionário?»

MELHORES EFEITOS SONOROS

«O Cavaleiro das Trevas»

«O Homem de Ferro»

«Quem Quer Ser Bilionário?»

«Wall.E»

«Procurado»

MELHOR SOM

«O Estranho Caso de Benjamin Button»

«O Cavaleiro das Trevas»

«Quem Quer Ser Bilionário?»

«Wall.E»

«Procurado»

MELHORES EFEITOS VISUAIS

«O Estranho Caso de Benjamin Button»

«O Cavaleiro das Trevas»

«O Homem de Ferro»

MELHOR DOCUMENTÁRIO DE LONGA-METRAGEM

«The Betrayal» («Nerakhoon»), de Ellen Kuras e Thavisouk Phrasavath

«Encounters at the End of the World», de Werner Herzog e Henry Kaiser

«The Garden», de Scott Hamilton Kennedy

«Homem no Arame», de James Marsh e Simon Chinn

«Trouble the Water», de Tia Lessin e Carl Deal

MELHOR DOCUMENTÁRIO DE CURTA-METRAGEM

«The Conscience of Nhem En», de Steven Okazaki

«The Final Inch», de Irene Taylor Brodsy e Tom Grant

«Smile Pinki», de Megan Mylan

«The Witness- From the Balcony of Room 306», de Adam Pertofsky e Margaret Hyde

MELHOR CURTA-METRAGEM DE ANIMAÇÃO

«La Maison en Petit Cubes», de Kunio Kato

«Lavatory-Lovestory», de Konstantin Bronzit

«Presto», de Doug Sweetland

«This Way Up», de Alan Smith e Adam Foulkes

MELHOR CURTA-METRAGEM DE IMAGEM REAL

«Auf der Strecke», de Reto Caffi

«Manon on the Asphalt», de Elizabeth Marre e Olivier Pont

«New Boy», de Steph Green e Tamara Anghie

«The Pig», de Tivi Magnusson e Dorte Høgh

«Spielzeugland» («Toyland»), de Jochen Alexander Freydank

PRÉMIO HUMANITÁRIO JEAN HERSHOLT

Jerry Lewis

Fonte

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Geralmente os filmes "de Verão" não entram nestas contas... Só o Batman é que entrou por causa do Heath Ledger...

Por isso é que os estúdios normalmente guardam os filmes para o fim do ano... Se reparares a maioria deles são agora muito recentes... À excepção dos de animação, mas esses também não há muitos! :P

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Mas isso acontece todos os anos! Os nomeados são sempre os filmes mais recentes, que estrearam lá no fim do ano.

Agora das duas uma: Ou os da Academia nomeiam os mais recentes porque os têm mais frescos na memória, ou os produtores é que estreiam os melhores filmes no fim do ano.

Ou seja, eu não acho que seja uma das duas mas sim as duas. Devem ser os produtores que deixam os filmes melhores para o fim do ano, pois sabem que terão mais oportunidade de serem nomeados...

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!


Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!


Entrar agora