Nathan

Membros
  • #Conteúdo

    143
  • Registado Em

  • Última Visita

2 Seguidores

About Nathan

  • Rank
    Principiante da TV
  • Aniversário 09-11-1992

Profile Information

  • Género
    Homem
  • Localização
    Porto.

Quem visitou o meu perfil

2358 visitas ao perfil
  1. Acho que a segunda arrasta um bocado se for o realismo da série que te cativou mas pela terceira tudo vale a pena.
  2. Sim. Já houve novo clip hoje sobre essa situação, com herói improvável. Adorei o conceito mas estou mortinho que isto acabe - quero sempre que seja Fredag. Ver 4 min de cada vez não é a mesma coisa.
  3. Sorry. Inacreditável que já estamos na penúltima semana da temporada e ainda falta definir quase tudo. Estou bastante certo que o Isak já é a minha personagem favorita da história da televisão, em cerca de 8 episódios de menos de 30 min. E o actor é qualquer coisa de surreal para a idade que tem.
  4. João Koehler disse que não repete a experiência do Shark Tank ao Dinheiro Vivo. Diz que gostou da primeira temporada mas não da segunda. De facto o nível dos candidatos baixou drasticamente. Isto de gravarem tudo num dia ou quase também deixa muito a desejar. Será que voltará para uma terceira temporada?
  5. Não fazia ideia que já havia em português, excelentes notícias. Visitem o facebook Skam Brasil então. A comparação com Skins é óbvia por tratar questões fracturantes sobre adolescentes (droga, homossexualidade, integração cultural) e suspeito que por o título ser parecido mas este Skam propõe-se a muito mais. O Skins tem muito de série cómica e de soap britânica lá pelo meio enquanto que as influências de Skam, embora seja televisão e seja para adolescentes, vêm muito mais do cinema. O ritmo das cenas é lento, para um americano é quase documental lol, e a complexidade da performance dos dois protagonistas desta temporada é algo que nunca vi em nenhuma série teen. Por falares em ler, um artigo para quem não lhe chegar o meu entusiasmo : http://www.dazeddigital.com/artsandculture/article/33790/1/the-risque-norwegian-tv-series-causing-teen-hysteria
  6. Sinto-me na obrigação de voltar cá para partilhar isto com vocês e perguntar se mais alguém está a assistir. É uma série teen norueguesa que está a tornar-se viral no tumblr/twitter no mundo inteiro e que já é a série recordista de audiências na Noruega. É uma série superiormente executada (actores amadores com uma performance que nunca vi em televisão nesta faixa etária, e já vi de tudo) com um conceito fenomenal - a série ocorre em tempo real, os actores são escondidos dos media e só existem como personagens, tendo mesmo perfis nas redes sociais e uma existência palpável. Todos os dias saem clips da vida deles como se estivesse a acontecer na realidade. É um conceito emprestado da reality tv mas adaptado a ficção de grande qualidade. Nas sextas-feiras sai o episódio que contém tudo o que passou durante a semana. Já vai na terceira temporada que foi onde ganhou notoriedade por contar a história de um coming out e uma relação entre dois rapazes. Mas podem deitar os clichés todos pela janela porque feito desta forma ainda não viram. Só existem legendas em inglês. Não tenho a certeza se posso postar aqui os links (não há maneira legal de adquirir ou assistir à série) portanto podem-me pedir por mensagem privada mas qualquer pesquisa por "Skam google drive" ou "Skam tumblr translated" leva-vos lá.
  7. Pensem um bocadinho. É virtualmente impossível que num universo de milhares de pessoas ninguém acerte numa pergunta de quatro hipóteses. Não há nada de estranho no formato.
  8. Só assinalar que a SIC escolheu transmitir os 6 jogos do Sporting na Liga Europa, ignorando os outros clubes portugueses. Eu considero perfeitamente normal. Mas com outros clubes já deu discussão neste fórum.
  9. Dermot e Louis Walsh são a história do mais bem sucedido talent show de sempre mas Nick Grimshaw vai ser uma surpresa pela positiva. Estou confiante. Simon estou certo que terá outros investimentos mas em termos de carreira no entretenimento não tem muito onde se agarrar agora. Confio que vai dar a volta por cima com este rebranding do programa.
  10. E um ano depois... o rapaz cresceu saudável. Aceitem o sucessor espiritual do Colton Haynes.
  11. Mark Wahlberg há uns valentes anos. Nick Jonas na sua nova série, Kingdom. (spoiler alert: esta personagem revela-se gay na série. yup.) Só porque estou contratualmente obrigado a postar este urso sempre que venho a este tópico.
  12. Jack Falahee, How To Get Away With Murder. Mikey Bromley dos Only The Young. E o obrigatório... gajo random do Tumblr.
  13. BTV

    Não tenho hábito de citar posts longos para tornar o fórum menos pesado e esteticamente mais apelativo mas terei isso em consideração daqui para a frente. Não tens grande autoridade para falar em postar com clubite aguda dado o teu histórico recente de posts neste tópico, sobre o qual claramente não estás à vontade para opinar com ponderação. Não sei se deste conta mas só na página anterior tens vários posts sobre o mesmo assunto, alguns deles praticamente a falar sozinho. A tua preferência clubística transborda em praticamente todos os posts longos que te vi fazer sobre conteúdos desportivos neste fórum - ora é o programa da manhã da SIC não sei quando, ora é a escolha de jogos da Liga Europa da SIC, ora é promoção à Sporttv, ora é a BTV transmitir a Premier League, you name it. E isto é um parênteses, não tem mal nenhum que o faças, só não venhas atacar os outros com falsa superioridade moral e condescendência. Nunca me viste a defender a BTV com unhas e dentes, aliás praticamente não posto neste tópico porque não tenho grandes considerações a fazer que sejam de interesse generalista, nem ando aqui a promover nenhum canal. É um canal com muitos defeitos e com alguns profissionais de qualidade muita duvidosa, como é de facto o caso de José Calado, como é o caso de Pedro Guerra, como é o caso de Carlos Dias da Silva, etc. Tem no entanto uma linha editorial muito mais clara e transparente do que aquilo a que temos assistido por parte da Sporttv, que supostamente representaria os pontos de vista de todos os clubes, nos últimos largos anos - que é a subtil manipulação da verdade desportiva em favor da orientação clubística daqueles que são, desde sempre, os seus principais accionistas. PS: Como curiosidade, a partir desta época, a Sporttv começou a aparecer como parceiro oficial do FC Porto no site do clube, algo que não acontece com mais nenhum clube da Primeira Liga. http://www.fcporto.pt/pt/corporate/partners-club/Pages/premium.aspx#ancora_topo
  14. BTV

    Acho fantásticas estas críticas aos profissionais da BTV vindas do utilizador que venera tudo o que vem do canal corrupto de Joaquim Oliveira e dos profissionais da RTP que colocam jornalistas envolvidos nas escutas do processo Apito Dourado em painéis de informação desportiva. Tudo em nome na independência jornalística, obviamente. Também eu sou parcial nesta discussão mas com toda a seriedade, a BTV tem regra geral realização e comentários tão ou mais imparciais que a Sporttv. Todos os relatadores e comentadores da Sporttv à excepção de Pedro Henriques mostram total incapacidade de conter o seu anti-benfiquismo (principalmente os inenarráveis Rui Orlando e Rui Pedro Rocha). Com certeza que a este utilizador já não incomoda nada o fanatismo portista de grande parte dos jornalistas da RTP: Bernardino Barros (conseguiu a proeza de trabalhar no Porto Canal e no canal público ao mesmo tempo), Luis Baila, Hugo Gilberto, Bruno Prata, etc.
  15. É difícil convencer alguém realmente importante a meter-se nisto. Se nos USA já é, na mentalidade portuguesa muito mais. E mesmo nos USA, será que os sharks deles já eram conhecidos do grande público quando o programa começou? Duvido muito. O único nome de peso é o Cuban mas só entrou mais tarde, quando o programa era um sucesso.