Ana Maria Peres

Membros
  • #Conteúdo

    10478
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Days Won

    26

Tudo postado por Ana Maria Peres

  1. Meu querido André, eu demoro tempo para formular os trocadilhos. Embora seja já uma mestre nisto, preciso de me reunir e alinhar os chakras para conseguir formular bons trocadilhos. Por exemplo, com o seu há milhares para fazer. Olhe, veja um: Será o André um santo, capaz de santificar o seu nome na lista de vencedores do Secret Story? Objetivamente, tem a ver com as entrevistas que são formuladas depois, no sentido de apurar mais detalhes sobre os segredos. Para além disso, ajuda-nos a preparar o concurso. É caso para dizer que o menino Ricardo é bom garfo.
  2. Desculpe não lhe ter respondido mais cedo, mas estive num retiro onde só bebia água benzida para livrar das más energias que a Júlia Pinheiro me manda. Sim, que aquela flopada pede à Maria Helena para eu falhar! Então, meu querido, eu não sei se é o meu favorito por uma razão: ainda não o vi tomar banho. Sabe, isso é fulcral para eu decidir se gosto ou não de um concorrente... Ainda me lembro do Paulinho, quantas vezes eu me derreti a ver aquele corpo! Inventar segredos? Só se tiver a ver com o Cristiano Ronaldo. Sei lá, comi do mesmo prato que o Ronaldo, passei na mesma ponte que o Ronaldo... Só assim! Mas isso agora não interessa nada, meu querido SIM, a única coisa que estou a pensar é nos trocadilhos que vou fazer, caso participar, com o seu nome!
  3. Vais morrer. #spoiler #naoeverdade Sim, depois quando toda a série acabar (ou mesmo antes), terei esse cuidado. Sei que há gente que ficou num episódio e nunca mais leu mais nenhum ou aqueles que leram alguns e que já se perderam. Para evitar isso, arranja-se essa solução.
  4. Baseado numa remake de uma adaptação de uma novela mexicana qualquer, essa que também foi feito um remake e uma adaptação. NOTA PRÉVIA: Vão ficar admirados com a qualidade. Ana Ao Cubo Sinopse Ana Maria é uma professora de geografia normal. Perdeu os pais muito cedo e precocemente lutou para ter aquilo com que sempre sonhou - ser professora de geografia, tendo cumprido com sucesso os seus objetivos. Vivia com um vizinho muito bonzinho que morreu há pouco tempo, mas que lhe ensinou a arte de falar com árvores. De facto, Ana Maria, quando não tem nada para fazer, fala e dá beijos às árvores. Noutro contexto, temos Ana Pimpolho, também ela professora de geografia que também perdeu os pais muito cedo. Para mais, ela é ainda professora de geografia. A única diferença com o caso acima exposto é que viveu sempre com um amigo dos pais muito querido, chamado Manú, que aufere pouca reforma. Está vivo e é cartomante nas horas vagas. É o início do ano letivo. Novamente as colocações são postas. Vendo os resultados, Ana Maria e Ana Pimpolho ficam colocadas na mesma escola, mas não sabem da existência uma da outra. Quando efetivamente o ano letivo começa, elas encontram-se e ficam a olhar uma para outra durante minutos, até tiveram que chamar uma ambulância, pensavam que estavam a ter um ataque de paralisia cerebral. Contudo, não, foi apenas do impacto que o destino criou. Entretanto, surge um homem, também professor, chamado AGUI Lovers que as apaixona imediatamente, quer a uma, quer a outra. Elas simplesmente olharam para AGUI e apaixonaram-se. No dia seguinte, Ana Maria e Ana Pimpolho disputam a atenção de AGUI, mas nenhuma é bem-sucedida. AGUI, um jovem playboy e namoradeiro, só quer saber de noites de paixão loucas, não quer saber do amor sólido e verdadeiro. Contudo, uma doença que terá no futuro, que será tratado no Hospital da novela – o Hospital Bem Viver -, far-lhe-á aperceber que muitas opções que tomou estavam erradas... Os dias vão passando e Ana Maria e Ana Pimpolho não se suportam – discutem na Sala de Professores, vão sem quererem ao hospital juntas (também têm uma doença qualquer) onde discutem, enfim, o ambiente torna-se insuportável. Num dia em que ambas vão ao hospital e onde acabam por discutir novamente, Visky, que também estava lá, reconhece-as. Seguidamente, o homem surge na vida de ambas para a revolucionar. Este homem – desempregado - era amigo dos pais, sendo o único (juntamente com a esposa) que sabia do segredo. Sendo assim, sentiu necessidade de lhes contar a verdade de que são irmãs. E fá-lo: Ana Maria e Ana Pimpolho ficam emocionadas e tornam-se grandes amigas a partir desse momento. Visky, no entanto, tem mais uma notícia chocante – é que têm ainda outra irmã, Ana Jenny. Ana Jenny viveu sempre mal, em condições precárias. Ficou a viver com uma vizinha que lhe dava maus tratos. Um dia, quando a vizinha horrível estava a entender roupa, Ana Jenny foge e promete vingança da mesma. Isto até que vai a um café e encontra Magy (dona do mesmo e que é casada com Visky), que a reconhece, e lhe dá conta que tem duas irmãs, mas que não sabe onde estão. Nesse mesmo dia, Visky liga à esposa e conta-lhe quem encontrou, sendo que Magy faz o mesmo. Ana Jenny fica assim a saber da vida de ambas, que é relativamente bem-sucedida. Fruto do seu carácter duvidoso, sentiu raiva das irmãs por ciúmes e inveja. E, automaticamente, a partir desse momento, quer destruí-las! No entanto, ainda não sabia do paradeiro das mesmas, logo não podia fazer nada, precisando de um aliado que as encontrasse. Ana Jenny fez a prioridade da sua vida a vingança das irmãs, mas sabe que sozinha não o consegue; para isso, manipula um dos três filhos de Visky e de Magy - SIM. Este que era ambicioso, não tendo escrúpulos para atingir os seus fins. Contudo, também era muito interesseiro, sendo que Ana Jenny cedo se apercebeu que ele não tinha motivos para se vingar das outras Anas, logo não o ia fazer. Precisava assim de um plano sólido para ele a ajudar, sendo que, mais tarde, descobre que SIM roubava metade das reformas parcas aos avós paternos do mesmo - joanna e Rafael A. Ana Jenny consegue provas dos atos cometidos e manipula-o. Começa, desta forma, o plano de vingança de Ana Jenny e SIM. Nesta aventura, SIM também vai descobrir podres acerca da sua própria família. Magy, sua mãe, tinha um amante - Gabriel_C! Este era um banqueiro todo poderoso – dono do Banco BCGH -, muito rico, mas muito corrupto e maquiavélico! Era a malvadez em pessoa, mas Magy achava-lhe piada. Casado com herportrait, Gabriel_C escondia não só mulher, como também dos filhos, as traições que cometia. A vida da esposa, isto é, de herportrait era a vida de uma Tia de Cascais: pouco fazia, só lia revistas e ia ao cabeleireiro. Quer dizer, também dava umas facadinhas no casamento... Gabriel e herportrait tinham 4 filhos: Magazine – o irmão ambicioso, calculista e sem escrúpulos, braço direito do pai; Forbidden – não fazia nada, só lia revistas com a mãe; JDuarte – o filho que fica doente subitamente; e srcbica – que era médico e a única alma caridosa naquela família. srcbica era muito revoltado com os pais – detestava a mãe e o pai, pelo seu carácter. O único que lhe dava afeto naquela família era o empregado João_O, um amor de pessoa. srcbica era médico e trabalhava no Hospital Bem Viver, juntamente com o Enfermeiro D007 (conhecido por ser o enfermeiro mais simpático do mundo, mas que esconde um segredo terrível), Bloody (secretário), Oxi (o diretor geral do hospital), que namorava com Diogo_M, (também ele um “tio” de Cascais, amigo de herportrait, que só lia revistas). Aqui reside um problema – é que quando JDuarte chega ao hospital, por uma doença súbita, Oxi entra sem querer no quarto onde o paciente estava e apaixona-se loucamente por ele. No desenrolar da trama, Diogo_M ficará louco e tentará separar a todo o custo o futuro casal (até vai adotar uma criancinha para demover Oxi de se juntar com JDuarte!). herportrait não saberá em que lado está – apoia o melhor amigo ou o filho? Para além do mais, há outro fator considerável que pesa na decisão da mulher: é que Diogo_M – completamente alterado -, vai chantagear herportrait, pois descobre as traições da mesma com Duarte. Gabriel_C odiava traições e nunca permitiria que a sua esposa oficial as realizasse, pese embora o facto de também trair. Duarte era 20 anos mais novo e era um cantor pimba, sedento de reconhecimento, fazendo de tudo para subir na vida. Era filho de Magy e de Visky e desprezava o pai, só querendo saber da mãe. No extremo oposto estava Ambrósio, um rapaz com bom coração e que trabalhava no café. Detestava o carácter da mãe, mas adorava a simplicidade do pai, ajudando-o a procurar emprego (Visky não trabalhava no café porque tinha fobia a cafés). Há outra ofensiva no meio disto tudo – é que Magazine, embora fosse o braço direito do pai, quer acabar com ele e quer se tornar o diretor geral do BCGH. Tal será difícil, mas contará com o apoio do secretário do pai - ricardotv1, que sabe a vida de todos no escritório e está completamente apaixonado por Magazine, este que não lhe liga nenhuma. Todavia, vai usar este fraquinho de ricardotv1 em seu favor para descobrir os podres do pai. Há ainda mais algo em ter em consideração. Forbidden, nos primeiros episódios, será raptado, depois sequestrado, seguidamente vai perder a memória, vai viver para uma ilha deserta, recupera a memória, até que é atropelado, sequestrado e raptado outra vez. Num dos raptos, conhece Filipe Luís. Um homem alto, corpulento e que foi contratado para fazer tudo de mal a Forbidden... Irmão de Filipe Luís, Angel-O ajuda-o nas tarefas mais sujas. É um pouco desbocado e, por esse motivo, ajudará a resolver o caso... Para descobrir quem é que faz mal a Forbidden, estão os inspectores Ruben Fonseca e Joao 94, que vão ser os típicos funcionários públicos, isto é, muito pouco eficientes. Numa história que mistura amores, traições, irmãs perdidas e doenças, sequestros e raptos, esta história tem tudo para triunfar! Descrição das Personagens NÚCLEO ANAS Ana Maria – Professora de geografia, que fala com árvores nos tempos livres. Bonita, educada e um amor de pessoa. Apaixona-se por AGUI, disputando-o com Ana Pimpolho. Não sabe da existência nem conhece nenhuma irmã, mas vai conhecer através de Visky. Vai ser vítima da vingança de Ana Jenny e muito amiga de Ana Pimpolho. Ana @Pimpolho – Professora de geografia também ela. É muito sensual e adora provocar os homens. Ainda assim, apaixona-se por AGUI. Vai ser a cobaia da vingança de Jenny e amiga de Ana Maria. @Manú Tenry – Reformado que recebe pouco dinheiro. Amigo dos pais das Anas. Cartomante nas horas vagas, consegue adivinhar o futuro. Ana @Jenny – Sofreu maus tratos a vida toda. Fica com ciúmes por saber que as irmãs estão bem na vida e vai tentar acabar com elas. Vingativa, fria, calculista e sem escrúpulos, vai usar SIM para se vingar do facto de ela não ter tido o nível de vida das irmãs. Quer a tudo o custo tornar-se rica e vai defrontar-se com gente muito poderosa... @AGUI lovers - Professor de Educação Visual na escola de Ana Maria e Ana Pimpolho, estas que se apaixonam por ele. É um playboy charmoso, sedutor, namoradeiro e muito carismático. Não vai ligar nenhuma às Anas, simplesmente o que AGUI quer é viver noites loucas e intensas de paixão. Vai ficar entretanto doente e a vida far-lhe-á repensar muitas das opções que tomou até então... NÚCLEO MAGY e VISKY @Magy – Dona de um café, é muito poderosa. Sabe as novidades todas da rua onde vive e adora saber um bom mexerico. É casada com Visky, contudo não o suporta. Detesta-o desde que se casaram, sendo que o fez apenas pelas boas perspetivas de futuro que Visky lhe garantia. Ambiciosa e sem escrúpulos, tem um caso com Gabriel_C, sonhando um dia herdar tudo do Banco do qual Gabriel é dono. @Visky – Anterior advogado, fica na miséria quando perde um caso importante. Fica sem emprego e não consegue arranjar nenhum. É casado com Magy, amando-a, só que não percebe a indiferença com que a mesma lhe trata. Adora Ambrosio, o filho mais novo. @Duarte – Filho mais velho, quis sempre ser um cantor pimba famoso e reconhecido. É um homem atraente, que passa horas no ginásio. Vaidoso, valoriza demais o corpo. Odeia a pequenez do pai, compatibilizando-se com a ambição desmedida da mãe Magy. Vai andar enrolado com herportrait. @SIM – Filho do meio, foi sempre um rapaz tímido e introvertido. Ainda assim, não escondia o facto de ser ambicioso, sem escrúpulos, disposto a tudo para atingir os seus fins. Vai entrar na vingança de Ana Jenny contra as Anas, porque Ana Jenny descobre que rouba as reformas dos seus avós, descobrindo – neste percurso – grandes podres da sua família. Trabalha num supermercado a repor stocks, mas rouba mais do que repõe. @Ambrósio – O mais novo e o mais caridoso dos irmãos. É bom por natureza, adorando o pai. Trabalha no café, mas a mãe não gosta dele. @JoanaSantos – Mãe de Visky, é mulher que recebe uma parca reforma e que a gasta quase toda a ligar para os 760. @Rafael A. – Pai de Visky é um senhor com muita educação. Detesta que a mulher gaste a reforma a ligar para os 760 e detesta a nora. Nunca a reconheceu como tal e pensa que a mesma é interesseira. NÚCLEO HERPORTRAIT E GABRIEL @Gabriel_C – Dono do banco BCGH, é um homem muito arrogante. Conseguiu herdar o banco por trafulhices. Contudo, tornou-se a cara principal do mesmo e o Diretor Geral dele. Muito rico, tem dinheiro para fazer aquilo tudo aquilo que quer. É altamente corrupto e não lhe pesa a consciência por fazer operações ilícitas dentro do seu banco. Casado com herportrait por conveniência, não liga nada à mulher nem aos filhos, à exceção de Magazine, o qual é o único que vê com bons olhos, não sabendo, no entanto, o que o filho lhe prepara. Tem um caso amoroso com Magy. @herportrait – Casada com Gabriel_C, é filha de boas famílias, oriundas da nobreza portuguesa. Casou com Gabriel por amor, mas, atualmente, já não o ama. É a típica tia de Cascais – só lê revistas e está sentada com o filho Forbidden. Isto até que conhece Duarte, um rapaz mais novo que ela 20 anos, ficando perdidamente apaixonada por ele, sendo capaz de fazer tudo por ele. É ainda a melhor amiga de Diogo_M. @Magazine – Filho mais velho de Gabriel, é ambicioso, sem escrúpulos e faz tudo para atingir os seus fins. Quer roubar a presidência do BCGH ao pai, contando com a ajuda do secretário Ricardo. @Forbidden – Só está sentado com a mãe a ler revistas, até que é raptado e sequestrado para aí umas 14 vezes. @srcbica – É o filho que nenhum dos pais gosta. Não quis seguir gestão como o pai mandou, preferindo enveredar pela sua grande missão de sua vida – ser médico. Lutou sempre contra o preconceito de ter tudo de mão beijada, sendo que conseguiu tudo o que conseguiu graças a muito esforço próprio. É um excelente médico e que se vai ver afetado com a doença do irmão. Trabalha no Hospital Bem Viver. @JDuarte – É o irmão doente. Sempre fora saudável, até que começa a ficar com altas temperaturas. É-lhe diagnosticado uma doença grave com a qual terá de lutar, sendo internado. Contudo, será esta doença grave que lhe dará encontrar o amor da sua vida – Oxi. @João_O – Empregado de herportrait e Gabriel_C, adora cozinhar e é uma boa pessoa. Tem uma especial afinidade com srcbica. @ricardotv1 – Secretário de Gabriel, sabe da vida toda do patrão, assim como dos funcionários do banco. É mesmo coscuvilheiro, mas também muito afetuoso e simpático. Sente um fraquinho pelo filho do dono - Magazine -, que o vai usar para derrubar o pai Gabriel_C da presidência, mas Ricardo vai perceber a estratégia… NÚCLEO HOSPITAL BEM VIVER @srcbica – já explicado; @D007 – Enfermeiro e braço direito de srcbica. É o melhor enfermeiro do hospital e todos o adoram. No entanto, esconde um segredo terrível… É que, ao mesmo tempo que exerce o seu cargo de enfermeiro, é dono de um bordel, juntamente com João 94... @Oxi – Diretor geral do hospital, cedo chegou à presidência do mesmo. Muito profissional, é muito reto e não deixa que nenhum valor contrário ao seu penetre na esfera hospitalar. Responsável e maduro, tem uma relação amorosa com Diogo_M. No entanto, o amor de Oxi vai desvanecer quando, por incidente, entra no quarto de JDuarte e se apaixona por este loucamente. A partir daí, fará de tudo para garantir anos de vida ao seu futuro namorado. Terá, no entanto, um dilema – preferirá Oxi salvar o amado ou ter uma atitude corrupta? @Diogo_M – Oriundo de boas famílias, Diogo_M foi sempre alguém com muitos pretendentes. Contudo, desde que conheceu Oxi, que o ama incondicionalmente. Vai reagir muito mal quando souber que o namorado quer acabar com ele, planeando uma vingança contra o seu ex. (com Bloody), ficando possesso. Chegará inclusive a adotar uma criança para Oxi sentir pena dele, o que não resultará. É o melhor amigo de herportrait. @Bloody - É um secretário administrativo do Hospital Bem Viver. É um homem infeliz com o seu emprego, sendo que descarrega para cima dos pacientes a sua frustração. A sua vida muda quando se apercebe da paixoneta entre o paciente JDuarte e Oxi, contando tudo a Diogo_M. Vai ser o grande aliado deste contra Oxi, sobre o qual sente uma inveja profunda. Vai acabar despedido, até que D007 lhe encontra rapidamente um emprego no seu bordel... NÚCLEO DOS INSPETORES @Ruben Fonseca – Polícia. Tem em mãos o caso dos raptos de Forbidden. É o típico funcionário público e está sempre a fazer greve. Trabalha pouco e deposita tudo o que é trabalhoso no ajudante Joao 94. É pouco eficiente e poucos casos consegue resolver. É ainda facilmente "influenciável". @João 94 – Ajudante de Ruben. Trabalha pelo patrão e por ele, odiando a gestão danosa que Ruben pratica. Só continua no trabalho em que está, para esconder a sua segunda profissão. É que, juntamente com D007, é dono de um bordel! @Filipe Luís - É um homem perigoso. Já teve 15 anos preso, mas conseguiu sair por bom comportamento. É um mercenário que está disposto a tudo por dinheiro, inclusive matar. Vai compensar monetariamente Ruben Fonseca para a polícia "atrasar" a investigação dos raptos de Forbidden. Irmão de Angel-O. @Angel-O - Irmão mais novo de Filipe Luís. Não é tão perigoso quanto o irmão nem nunca esteve preso. Ainda assim, ajuda-o nas patifarias. É um pouco trapalhão e muito desbocado, sendo que este traços ajudarão a resolver os raptos de Forbidden... FIM PS: Espero que não levem a mal esta pequena brincadeira, juntamente com a citação. Se levarem, digam imediatamente, é que eu arranjo forma de apagar o vosso nome daqui, não há qualquer problema. Juro que isto é só uma Sátira da ficção das novelas, nada contra vocês nem contra a vossa intimidade. PS2: Maravilhoso, não é? Rumo aos 600 episódios, 3 temporadas e mais 35 personagens que entrarão no meio da história!
  5. Calendarização dos últimos episódios Dado a história estar a acabar, e com o intuito de tornar a leitura mais dinâmica, decidi - nestes últimos episódios - alterar a calendarização. Atentem: 35º Episódio: 28 de Abril (sexta); 36º Episódio: 30 de Abril (domingo); 37º Episódio: 02 de Maio (terça); 38º Episódio: 04 de Maio (quinta); 39º Episódio: 05 de Maio (sexta); 40º Episódio e último: 06 de Maio (sábado). Ou seja: até ao 37º Episódio, tudo seguirá igual ao que tem sido norma até agora. Só os três últimos episódios - para não quebrar o ritmo de leitura com pausas -, serão lançados em três dias consecutivas. A história termina, assim, no Episódio 40, no dia 6 de Maio de 2017. Não percam pitada! Como é que a vossa personagem acabará? Mal ou bem? Nos próximos episódios saberão!
  6. Novamente, contamos com as opiniões de Carlos Costa! O performer está pronto para avaliar novamente as canções. Boa tarde a todas! Ontem não me foi possível vir, pois tive outros compromissos. Posso dizer que foram bastantes sensuais! Tudo o que faço o é, por isso não é novidade para ninguém! Súbditas, hoje avaliarei mais uma canção: as que farei uma análise profunda será a de Israel, a de Espanha, a da Sérvia e a do Chipre. Estejam prontas, pois divar de maneira fabulosa! ||| Israel | AAAAAA! Que gatinho é este? Deus me livre, que pedaço de mau caminho... Este Imri é assim uma coisa de outro mundo. É lindo e já me estou a imaginar a fazer certas e determinadas coisas com ele. Enfim, sem ser isso, adorei a música! Lembrou-me da Queres Que Eu Dance: é cachy, dá para dançar e faz-me querer ouvir mais e mais. Já quanto ao videoclip, também gostei. De facto, adorava mais estar lá com aqueles isrraelistas todos, principalmente com o rapazito que canta. Eu sinto-me mesmo vivo ao ouvi-la e vê-la, é ótimo! Súbditas, esta canção vai para o meu lote de canções favoritas, isso podem ter a certeza! Espanha | O que fazia a este menino... Bom, gostei desta canção, é gira até; é assim calma, para ouvir na praia, súbditas, quando estamos a envergar um bikini com o nosso corpo esbelto que as inimigas invejam! Contudo, o que é mais giro é ele! Do It For Your Lover também me lembra do meu passado... Quantas vezes já não fez eu coisas pelos meus queridos amantes. Mas bem, isto não é a Máquina da Verdade e não tenho de estar aqui a dar pormenores sobre a minha vida íntima! Pronto, Manelzinho, já sabes: se quiseres ir beber Tequila comigo, eu dou-te o meu número, não me custa. O que é pena é que Espanha é longe de Portugal. Sérvia | Esta proposta é meia agridose; por um lado, gostei do videoclip: homens a correr de um lado para o outro, um cenário muito giro e os adereços em palco também são muito bonitos. Por outro, a letra também é muito engraçada: fala de profundidade e sou uma rainha dada a isso. Súbditas, não sou dada a coisas levezinhas, gosto de, por exemplo, conversas intensas. Aquilo que não gostei foi a mulher. Aquele body fica-lhe muito mal: péssimo. Ficar-me-ia melhor a mim, tenho a certeza. A ela ficava-lhe melhor, sei lá, uma camisa floreada. De resto, a canção não me diz muito; gostei, ainda assim nada que me arrebatasse a tiara de espanto. Chipre | Não gostei. É uma demasiada carregada para o meu gosto. A ouvi-la não posso mexer o meu corpo, é muito pesada. O rapaz não é mau; gosto do seu ar. Mas a música... Não é do meu gosto. A seguir, a letra... Gravidade? Para quê que vem falar daquela teoria da Química, tão desinteressante? Ó chipreno, isto não é um concurso de nerds, é algo para fazer as súbditas e eu, a Rainha, dançarmos sobre o amor, não sobre essa coisa de nome gravidade. Também confesso que me lembrou uma música qualquer, o que não é bom. Deste forma, Hovig: dedica-te a fazer coisas mais leves e a dar música para bailar aqui às doidas! ||| Adoraram, certo? Espero que sim. Caso não, têm muito mau gosto, porque quem não gosta das minhas opiniões... Só pode ser perconceituoso... Bem, eu volto amanhã para dar as minhas últimas 3 avaliações. Hasta Manhana! Já agora, votem até QUINTA-FEIRA, ÀS 18:30. Não ouviram? Votem para se tornarem súbditas do meu clube de fãs!
  7. Decidi abri este tópico, porque acho que falta um tópico assim. Aqui podem falar da vossa religião (sejam muçulmanos, cristãos, etc.) ou caso não tenham religião, criticar a religião, tudo o que faça parte deste tema. Atenção, peço que não desrespeitem a opinião dos outros.
  8. Olá menino Ricardo, olá em cima, olá de lado, olá, olá! Aqui o que lhe dá pontos e é um verdadeiro pé de feijão é ser o meu favorito, não é comer feijões. O máximo que esses feijão farão é dar-lhe gás e não é rumo à vitória.
  9. No episódio anterior: 34º Episódio Ressaca Positiva Depois de uma noite onde festejou o seu aniversário, JDuarte não estava a ter umas boas entradas no seu novo número de anos de vida. Sentira-se mal e Ana Maria havia sido a primeiro a notar que o seu amigo estava desmaiado. A mãe herportrait rapidamente ficou a par da situação e chamou, em primeira instância, o filho srcbica, que era médico. Não tendo meios suficientes para apurar de quê que o irmão padecia, decidiram levá-lo ao Hospital Bem Viver. Acompanharam-no a mãe, a amiga Ana Maria, o seu mano e ainda o pai Gabriel_C. Este decidira levar a sua secretária consigo, inventando que tinha uns assuntos para tratar. Aquilo que o banqueiro queria era passar mais tempo com Ana Jenny. Quando chegaram ao hospital são recebidos por Bloody; o secretário estava a fazer o turno da noite. Dá-se conta de quem são os pacientes e quando os atende, manda a boquinha: - Olhem os riquinhos… Vieram visitar a plebe? - Desculpe? – questionou herportrait. – Por favor, o nosso filho desmaiou e não reage a nenhum sinal! - Muito bem. Preciso dos seus documentos. - Aqui tens, Bloody. – diz srcbica que o conhecia bem. – E não sejas assim. - Eu sou o que me bem me apetecer. E não é por terem connects e serem podres de ricos que vão ser atendidos mais depressa. Pronto, dito isto, o vosso filho já tem o check-in pronto para ir à recolha. Até já. Todos olharam para aquele homem com desdém. Não gostaram do tom acusatório dele. Contrariamente ao esperava Bloody, JDuarte foi rapidamente atendido, tendo sido acompanhado pela mãe e pelo irmão. Na sala de espera ficaram Gabriel_C, Ana Jenny, assim como a sua irmã. O ambiente entre ambas estava muito tenso, trocando olhares agressivos, e pior ficou quando o bancário saiu de cena, para atender uma chamada vinda da comunicação social que, entretanto, já soubera do escândalo. Para tentar quebrar o gelo, Ana Maria estranhava a ida da secretária. Assim, comenta: - Que leal és ao teu patrão! - É verdade. – responde Ana Jenny. – Não se vê muitas funcionárias assim. E não precisei de andar na universidade, maninha. - Autodidata, estou a ver. Também o foste no recalque, certo? - Que graça, irmãzinha! Mas aproveita o prato enquanto podes. Quando fizer da tua vida um inferno… Aí será diferente. - Muito. Estou com muito medo, Ana. Vê lá se, com essas ideias de vingança, não ficas sem tempo para o teu querido namorado bancário. – provoca Ana Maria. - Eu não namoro com ele. Aliás, não lhe sou nada. Simplesmente honro os meus compromissos profissionais com muita dedicação, maninha… - Tá, e sou a Madre Teresa de Calcutá. - Ah, só espero que essa senhora tenha terminado de maneira ruinosa a sua vida… Se te intitulas assim…. Rematando a conversa, surge, segundos depois, Gabriel_C. Surpreendentemente, e tendo os conta os cenários onde estava envolvido, o bancário mostrava-se feliz, com um sorriso enigmático. Entra na sala para chamar Ana Jenny; queria conversar com a rapariga. Dirigem-se à parte exterior do hospital, com o intuito de falarem a sós. Percebendo como o patrão estava, a secretária questiona: - Que se passa? Está muito airoso e feliz… - Apesar de tudo, as coisas estão a correr bem. Acabaram de me ligar de uma revista cor-de-rosa. - E? - E a imprensa está toda do meu lado. É verdade: o nome daquela meretriz está completamente manchado e eu fiquei a vítima no meio disto tudo, o pobre homem de família que é traído por uma insensata louca por rapazinhos imberbes. Sabes, adoro a nossa sociedade, de facto. Quando um homem trai uma mulher tenta-se desculpabilizar o seu ato; agora quando é ao contrário… Todos estão prontos para atirarem pedras à devassa. Mas ainda bem que assim é. É de maneira que me vinguei dela e melhor: não tive de fazer nada. - Isso são ótimas notícias! – exclama Ana Jenny. - Concordo. São excelentes mesmo. Agora, preciso de falar consigo. - Sobre o quê? Estou curiosa. - Sabe, com a expulsão da minha ex-mulher de casa… Fiquei sozinho. Sem dúvida que me sentirei um pobre lobo solitário e, honestamente, odeio isso. Assim, Ana Jenny, gostaria de saber se gostaria de ir viver comigo. A surpresa e a apreensão tomaram conta da nossa protagonista. Nunca havia imaginado aquilo e nunca, nem nos seus melhores sonhos, havia formulado tamanho privilégio. Apesar disto, estava dividida. Por um lado, a parte racional dizia-lhe que para aceitar de imediato aquela proposta. Finalmente, depois de tanto sofrimento, ia ter uma vida digna. Uma vida de milionária onde teria tudo aquilo que sempre desejara… Mas por outro, o seu lado emocional dizia que não. Ir para a casa do Gabriel significava que teria de assumir o seu relacionamento com ele. O seu amado, aquela paixão platónica com o nome de srcbica nunca a iria perdoar. Estava assim num dilema: a possibilidade de morar numa mansão, em detrimento de perder o seu grande amor. Pensando melhor, chegou a uma conclusão: poderia não rescindir do melhor dos dois mundos… Não, de facto a ideia que ela tivera tido era ótima. Deste modo, começa por dizer: - Eu adoraria ir viver consigo. - Isso é um sim? - Não. É uma dúvida. Sabe, eu não sei se é muito boa ideia ir viver consigo. Como deve de saber, a comunicação social estará a vigiar os movimentos da sua casa, quem entra, quem sai… E caso arranjar uma nova pessoa para viver consigo, neste caso eu, tal poderia mudar a opinião pública sobre si. Poderá ser o mau da fita e a pega da sua ex-mulher uma vítima. - Isso é que não pode acontecer! E tem razão. – reconhece Gabriel. - A não ser que se invente uma desculpa para a minha ida para sua casa… E eu tenho a perfeita! Não sei se sabe, mas o seu filho está completamente apaixonado por mim… - Já deu para ver. Na festa não tirava os olhos de si. - Então, eu vou com falinhas mansas, digo que preciso de um lar e ele receber-me-á de braços abertos, pedindo-lhe permissão. A seguir… A seguir podemos fazer aquilo que quisermos… Uma verdadeira relação entre patrão e empregada… - Adoro a ideia! Aliás, adoro a sua perspicácia. - Há é um problema. – contrapõe Ana Jenny. – Com o tempo, o seu filho saberá e decerto que ficará magoado consigo… - O que não o mata, torna-o mais forte, não se preocupe. Posto isto, era oficial: a irmã de Ana Maria ia passar a viver na casa dos ricos. E conseguiu aquilo que almejara: por um lado, vai viver para aquela casa de luxo; por outro, continuará a ver o seu amado. O problema seria quando ele descobrisse; mas Ana Jenny tinha a certeza de que lhe conseguiria dar a volta. Na futura casa da nossa protagonista, o ambiente estava caótico. João_O estava a arrumar a casa, depois da festa; simultaneamente, estava com o coração nas mãos por causa do menino JDuarte. Magazine era o único irmão presente; havia bebido tanto, que já estava a dormir. Ninguém se apercebeu nem do desaparecimento de Forbidden, nem que dois estranhos estavam sentados no jardim a conversarem. Nós conhecemos bem quem eles são. Ambrósio e Ana Pimpolho, que se apresentaram na festa, havia sentido uma química brutal entre ambos. Tinham sentido algo que poucas vezes haviam experimentado: algo soberbo, algo poderoso, mas magnífico. Assim, decidiram ver as estrelas sentados no jardim de Gabriel e herportrait. Conheceram-se, conversaram sobre o passado e o futuro, falaram do tema de conversa que os unia, ou seja, Ana Jenny, e sentiram uma conexão muito especial. Por esse motivo, o irmão de SIM decide beijar a rapariga na face. A atmosfera ficou diferente e, prova disso, é que o silêncio imperou a partir do momento que Ambrósio a beija. Começam a trocar olhares de cumplicidade. Aproximam-se. Tocam na mão um do outro. Sentados a ver a lua, fitam os olhos um do outro. Simultaneamente, aproximam as faces e beijam-se na boca. Uma perfeita simbiose havia sido criada. Embora o sentimento possante que os estava a dominar, Ana Pimpolho decide parar o beijo. Não lhe apetecia, mas a sua timidez inicial fê-la dizer: - Bem, está a ficar tarde… - Sim, tens razão. Trocam o número de telefone e vão juntos embora. Esperavam não ser apanhados por nenhum segurança, o que, felizmente, não aconteceu. Contudo, ao sair daquela mansão, veem uma mulher a chorar. Ambrósio reconhecia-a: era a sua mãe. Percebendo-se que alguém chegara perto dela, refere: - Saia daqui! - Mãe, sou eu. O Ambrósio. - O que estás aqui a fazer? – questiona Magy. – Vieste dar-me um sermão? O teu irmão já mo deu! Com efeito, Duarte havia ficado extremamente magoado com a mãe, dado tê-lo envergonhado em frente de todos os convidados para àquela festa. Afirmou que não ia falar mais com ela e para não o voltar mais a contactar. A mãe do rapaz havia ficado desfeita com aquelas palavras. Ambrósio fez questão de responder: - Não lhe vim dar um sermão, aliás, nem sabia que aqui estava. Mas vim lhe dizer que também estou muito chateado consigo. Aquilo que a mãe fez foi de uma crueldade… Não só assumiu que traiu o meu pai durante anos, como humilhou o seu filho perante gente que ele nem sequer conhece! Acha que aquilo que fez é digno de perdão? - Ambrósio, tu já sabes como é que eu sou! Sou impulsiva, não pensei no que disse nem no que fiz… Sem falar de que estava farta daquela situação! Foi a Ana Jenny a chantagear-me, foi o rapto, foi uma série de coisas. - Isso não justifica tudo… - diz Ambrósio. - Justifica. Quando as situações estão no limite… Temos ações no limite. O pior são as consequências: perdi tudo. Perdi a minha casa, perdi o amor dos meus filhos… Perdi o controlo da minha vida. Isso é que o é o pior. - Tinha de calcular os riscos… - Ambrósio, não sejas assim! Compreende a tua mãe. Quem acabara de falar era Ana Pimpolho. A rapariga que se havia mantido calada a conversa inteira, decide intervir, no sentido de o filho da dona do café ter compaixão. Magy não sabia quem ela era; deste modo, interrogou: - Quem é esta? A sua cara não me é estranha… - É a Ana Pimpolho, a irmã da Ana Jenny. - E é tão reles como a irmã? Se for, vai-te embora. - Não. Acho. – diz Ana Pimpolho. – Apesar de não a conhecer bem, penso que não sou como ela. Já agora, Ambrósio, reflete sobre a situação da tua mãe: vê-se que está arrependida. Depois de pensar durante uns momentos, Ambrósio decide perdoar a mãe. Não iria esquecer aquilo que fez, mas perdoa-a. A dona do café fica radiante. Decidem-se ir embora daquele sítio e abandonam-no. Num cenário completamente diferente, mas que já se conhece, estava o enfermeiro D007, juntamente com o seu sócio João 94. O bordel que haviam aberto tinha bastante sucesso; a sua afluência aumentava desde da abertura. O negócio corria às mil maravilhas. Até tiveram que contratar um novo barman: Tiago João. Após ter sido despedido, arranjou emprego a servir bebidas. Todos estavam a conversar, assim como a ver um show de uma rapariga: - João, esta aqui foi uma aposta ganha! - Ainda bem que eu a trouxe de Amesterdão. – refere João. A conversa ia circulando até que o telefone de D007 toca. O enfermeiro vai atender. Não conhece quem está do outro lado; este diz-lhe “vem cá fora”. Embora com reticência, o dono do prostíbulo dirige-se ao exterior, onde vê um homem encapuçado, junto a um automóvel preto. Pergunta-lhe: - Foi você me ligou? - Sim. - Para quê me obrigou a sair de lá dentro? Já disse que só podem usar as raparigas lá dentro, não fazemos serviço expresso. - O quê? Isto é um bordel? OK. Não faz mal. Serve. - Mas serve para quê? – questiona D007. - Pois. Serve para eu esconder uma pessoa. - Esconder? Está louco, só pode. - Não estou. Quero que esconda um rapaz dentro do seu bordel. Isso ou esta noite vai dormir com os anjinhos. – diz o homem, mostrando uma arma. D007 percebeu que aquilo era sério. Também não lhe custava nada servir como esconderijo: tive uma cave velha desabitada, que servia perfeitamente. Embora amedrontado, contesta ao raptor: - Para quê que o quer esconder aqui? - Porque o armazém onde supostamente eu ia pô-lo está fechado e houve uma confusão qualquer. Amanhã venho busca-lo e livra-se de mim e do rapaz. Já agora, sou o Filipe Luís. - D007, prazer. Estranhamente a ouvir a conversa, Tiago João, o barman, ficou muito confuso com este novo negócio do patrão… No próximo episódio: Espero que tenham gostado. Sexta-feira sai o 35º episódio: só faltam 5 para acabar!
  10. Já recebi alguns votos e, assim, já dá para formular umas curiosidades. É, sem dúvida, a semifinal mais equilibrada, até agora, de todas; Embora haja um último lugar bem definido, todos lugares estão muito abertos; O segundo e o terceiro lugar estão muito próximos; De igual forma, o quarto e o quinto estão separados apenas por 1 décima; As votações estão muito díspares, em cada país. Podem votar até às 18:30 de quinta!
  11. Fruto de um problema que surgiu ontem, e com as coisas do concurso Melodifestivalen, ontem não me foi possível colocar o episódio. Assim sendo, retoma-se a linha de continuidade dos episódios, sendo que o próximo episódio sai amanhã, às 21:45!
  12. Depois de Luce Diba Abreu ter dado as suas opiniões muito construtivas, é altura de mudarmos o disco para um novo comentador - Carlos Costa. Olá a todas! Como é que estão? Espero que estejam glamorosas como eu estou! A Rainha da Quinta decidiu vir fazer uma visita real a este Melodifestivalen e estou muito contente por ter sido convidado. Estranho seria é que se não fosse. Sou uma diva e, como tal, tenho privilégio sobre muitos. Fui escolhido por várias razões; para além de pertencer à nobreza do bom gosto e da tequilla, adoro a Eurovisão e já tentei participar 1 vez na mesma, com a minha bomba de canção Queres que eu dance. Só não ganhou, porque não estava nos meus dias e a câmara não beneficiou os ângulos onde estou mais bela. Enfim, estou pronta para avaliar canções: hoje, serão a de Itália, a da Grécia e a da Bulgária. ||| Itália | Adorei esta canção do Francesco qualquer coisa. Súbditas, a música é muito gira e, sinceramente, fiquei impressionado. Também gostei do gorila; lembra-me a Quinta, onde tratava de gorilas e vacas. Eram aos montes! A letra também me identifiquei com ela. Embora não queria saber do Osidente, que nem sei donde fica, gostei de ele ter incluído a palavra Karma. Decerto que as minhas inimigas pagarão e engolirão tudo aquilo que de mal disseram de mim. Será o karma a lichá-las, espero bem! Por fim, também reconheço que o rapaz não é nada de se deitar fora... E podíamos fazer uma canção sobre Pizzas, em vez de Tequilla... Grécia | Nesta música, confesso que estou dividido. Por um lado, acho-a interessante. É uma canção que, aos bares onde frequento, teria muito sucesso e todos adorariam. Mas por outro... Em primeiro lugar, esta Demy pensa que é quem? Súbditas, esta gaja tem a mania. A usar uma tiara? Ela devia de saber que eu sou a única permitida a usá-la! Lembram-se da minha entrada da Quinta, digna da realeza? Esta pirosa copiou-me! Odeio-a. Para além disso, acho que aquele vestido não lhe fica nada bem. Parece um alfogueca. Eu ficaria melhor, já me estou a imaginar com aquele vermelho todo a sambar na cara das súbditas invejosas! Bulgária | Ai, isto é a Eurovisão das criancinhas? Credo. Ele tem que idade? 14? 13? Parece que acabou de sair do infantário. Olhem, súbditas, não gostei muito. Com ela não consigo dançar, é muito melancólica e sem gracinha nenhuma. Depois o videoclip... É um cavalo, é ele com uma vestimenta preta pirosa, saído do século 10.. Mas o menino bulgário vai para onde? Para um funeral realizado no ano 1349? Que seca de proposta. Depois continuo sem perceber a letra. Bonita confusão? Kristov, mini-súbdita, tens de entender que quem é bonito não é confuso. Olha para mim: percebes logo que sou uma kueen, pronta para reinar o mundo inteiro! ||| Gostaram das minhas opiniões? Vieram do fundo do meu coração e são muito sinceras. Podem querer, eu não minto ao meu clube de fãs, as Súbditas! Eu volto amanhã com mais 4 canções para avaliar; apesar de ser feriado daquilo da República do Salazar, eu virei na mesma. A não ser que receba um convite, mas depois aviso! Já agora, votem até QUINTA-FEIRA, ÀS 18:30. Se não votarem, eu levo-vos à Máquina da Verdade, que de verdadeira nada tem!
  13. Itália, Grécia, Bulgária, Israel, Espanha, Sérvia, Chipre, Montenegro, Reino Unido e Moldávia são os 10 concorrentes desta semifinal, que está inteiramente colocada! Votem até quinta, às 18:30!
  14. 1ª Semifinal 10 canções serão, em seguida, apresentadas. PRAZO PARA VOTAR: Quinta-feira, às 18:30!
  15. 31 | Moldávia
  16. 30 | Reino Unido
  17. 29 | Montenegro
  18. 28 | Chipre
  19. 27 | Sérvia
  20. 26 | Espanha
  21. 25 | Israel
  22. 24 | Bulgária
  23. 23 | Grécia
  24. A semi 3 acaba de ser colocada! A primeira música! Será difícil...