Daniel_TV

Membros
  • #Conteúdo

    8310
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Days Won

    7

Daniel_TV last won the day on January 9 2016

Daniel_TV had the most liked content!

About Daniel_TV

  • Rank
    A TV nasceu comigo
  • Aniversário 05-03-1998

Profile Information

  • Género
    Homem
  • Localização
    Westeros

Quem visitou o meu perfil

25503 visitas ao perfil
  1. Não gosto muito do Weeknd, mas não estou a aguentar a música com a Lana. Morto, matado.
  2. Obrigado pelos teus ensinamentos sobre música. Talvez eu não perceba nada mesmo, mas continuo a achar-me no direito de ter uma opinião. Vou tentar explicá-la. O que acho que distingue a Lady Gaga de todos, o que me faz ser fã dela desde o primeiro dia, é o facto de ela lançar pedradas no charco. The Fame Monster foi uma pedrada nas águas paradas do mainstream, Born This Way foi algo gigante pelos compromissos artísticos que demonstrava (uma mensagem), Joanne foi uma viragem no percurso da Gaga (e não, não é um álbum pop-country em lado nenhum é pop muito simplesmente) e até ARTPOP tinha intenções boas, apesar de ter tornado um qualquer álbum EDM. É isso que eu admiro na Gaga: não seguir o mainstream, fazer o mainstream. Eu não sou ignorante o suficiente para rotular tudo o que é mainstream como ignorante (como tu dizes, enquanto fã da Gaga, sigo fielmente o seu princípio "pop music will never be lowbrow"). Aliás, nunca disse tal, tu e a tua suma inteligência é que inferiram essa ideia. Tudo aquilo que eu disse foi que a Gaga se rendeu ao comum, ao que já ouvimos no rádio há dois ou três anos, consecutivamente. A Gaga que eu admiro não faz isso, simplesmente segue o seu próprio ideário. The Cure é básico, porque é igual a qualquer coisa feita depois de Purpose (foi o Justin Bieber na verdade que empurrou muito para este estilo). Não estou desiludido pela Gaga ser uma pop star e fazer música pop, eu sei muito bem quem ela é, estou desiludido por ela ser básica. Desculpa, mas eu quero que ela continue a evoluir, sempre, não quero que ela regresse ao passado. The Cure, provavelmente, foi uma música pensada para ARTPOP II. Ora, não é isso que eu quero da Lady Gaga. É tão simples como isso. É esta a minha opinião, podes respeitar ou não, agora pára de ser tão pretensioso para cima de mim, com textos muito longos, como te dizendo o conhecedor da verdade única, e cheio de emojis e frases bombásticas à lá "Quem gostou bate palmas, quem não gostou paciência" só para ter mais um like. Obrigado. P.S. Perfect Illusion tem um instrumental bombástico. Tem a letra um pouco repetitiva, mas é uma música pop genial. Mas não foi um smash hit, por isso, percebo que tu não consigas ouvir com os ouvidos, apenas com os rótulos.
  3. Vergonha por ter uma opinião ou por não seguir o rebanho? E com certeza não frequentas o GagaDaily Qualquer coisa em Joanne é melhor do que isto. Não é trendy, mas é íntegro artisticamente. Mas pronto, percebo que a própria Gaga precise de ganhar popularidade no streaming e que a forma mais fácil seja gravar uma música que podia ser dos The Chainsmokers. Fico contente que ela tenha sucesso, porque continuo a ser fã, mas tenho pena que seja esta música em particular a ser bem-sucedida e não uma outra qualquer dela que merecesse mais. De qualquer forma, é assim que funciona os charts.
  4. Não acredito que o Harry Styles e a Gaga lançam um single pela mesma altura e que o dele é mil vezes melhor do que a música pop tropical house básica dela. Reviravoltas nesta vida.
  5. Funcionou como um interlude. O que matou foi ela ter ignorado Perfect Illusion De resto, bom concerto, porque cantou as favoritas dos fans. Detestei. Parece a Mariah Carey a tentar seguir os trends.
  6. Purificando este tópico
  7. Foda-se, a música do Harry Styles está boa demais. Odiava os One Direction e agora gosto do Zayn e do Harry? O que se está a passar comigo? A sério, a música está qualquer coisa. Bowie para sempre
  8. Para além da Sílvia, também acho que a Vanda vai arrasar aqui
  9. Que acabe com as reposições das novelas.
  10. Vai ser lindo ver a Sílvia Rizzo aqui
  11. Sim, eu também acho que o problema dos gritos tem que ver com o estúdio. O problema do programa está relacionado com a acústica do estúdio.
  12. Bem, vi este segundo programa. O conceito é giro. Passa-se bem uma hora a ver isto, porque é entretenimento puro. É muito divertido e eu gosto disso. Talvez uma das razões pelas quais os game shows/ quiz shows não fazem grandes resultados é a sua seriedade; e talvez seja pelo Preço Certo não ser assim que é um grande sucesso há anos. Por tudo isto, percebo a aposta da TVI e aplaudo-a. Quanto à Cristina, ela realmente grita demasiado, como nunca tinha visto. Até para ela é exagerado. Não sei se é o estúdio que faz eco, se é a dimensão do público que leva a barulho, eu não sei. A verdade é que ela grita demasiado. Espero que melhore isso, porque, de resto, ela e o Pedro estão bem para isto.
  13. Acho que está com pouca dinâmica. Podia ser mais enérgico. Mas não está mal...
  14. Para algumas pessoas só é uma grande representação as atrizes que berram, gemem e chorem. Isso é que é expressividade, tudo o resto é horrível.
  15. Eu não sabia que a Warner Bros estava presente em Portugal. Em que outros programas estiveram presentes?